Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 23 de maio de 2015

Malafaia compara Lula ao diabo por mentir 'descaradamente'

Roubalheira escandalosa
não foi feita pelo diabo,
mas pelo PT, disse pastor
O pastor Silas Malafaia (foto), da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, divulgou um vídeo [ver abaixo] na sexta-feira onde se dirige diretamente ao ex-presidente Lula para dizer que o responsável pela roubalheira no governo não é o diabo, mas o PT.

Na quinta-feira, em um evento com sindicalistas, Lula comentou em tom de brincadeira atitudes dos pastores neopentecostais.

"Os pastores evangélicos jogam a culpa em cima do diabo. Acho fantástico isso. Você está desempregado é o diabo, está doente é o diabo, tomou um tombo é o diabo, roubaram o seu carro é o diabo."

Na resposta, no vídeo, o pastor afirmou que Lula está enganado.

“Nós sabemos que o diabo é um ser que odeia o ser humano. Mas nós não tiramos as responsabilidades das pessoas de suas ações", disse.

"O mensalão não foi o diabo, não: foi o PT. A roubalheira escandalosa da Petrobras, não é o diabo não, é o seu partido, é o PT".

Continuou: "Quem cometeu estelionato eleitoral enganando o povo, baixando a energia elétrica para depois explodir no preço, não é o diabo não, é o PT".

Mais: "Não é o diabo que tirou o emprego do povo brasileiro não, Lula: é a política econômica do governo do PT".

Malafaia comparou Lula ao diabo ao dizer que Deus atribui a este a invenção de uma só coisa, a mentira (João 8:44).

“Um homem que mente descaradamente ele se parece com diabo. Lula, que tal você falar toda a verdade e deixar de enganar o povo brasileiro. Que você sempre soube dessa roubalheira e dessa cachorrada, dessa safadeza de seu partido. Você sempre foi o mandão.”

O pastor terminou com um recado: “Lula, você vai me entender. Você sabia que Jesus liberta da cachaça”

"Lula, Jesus liberta da cachaça"

  

Com informação do vídeo de Malafaia





Malafaia atribui união gay ao modelo ateísta de sociedade

sexta-feira, 22 de maio de 2015

TJs querem como doação até o dinheiro de sorvete de criança

Campanha induz menina
a desistir do sorvete para
dar o dinheiro à igreja
As Testemunhas de Jeová, dos Estados Unidos, está fazendo uma campanha de aumento de sua arrecadação com um vídeo no qual tenta induzir as crianças a doarem o dinheiro que têm para comprar sorvete.

Isso faz lembrar o dito popular segundo o qual “é mais fácil do que tirar doce de criança” quando se obtém alguma sem esforço ou por meios ilícitos.

Críticos da campanha afirmam que as TJs estão tentando sensibilizar as crianças porque não têm argumentos que convençam os adultos.

A Igreja passa por grave crise financeira.

Recentemente, Stephen Lett, do Corpo Governante, foi dramático ao dizer que as TJs estão perdendo dinheiro porque o que arrecada é insuficiente para seus custos e empreendimentos.

Ele pediu aos fiéis que orem para a situação melhorar, mas também deixou claro que quer mais dinheiro, além do que já doado.

A verdade é que falta transparência às contas da Igreja. Exceto o Corpo Governante, ninguém sabe ao certo o que tem feito o dinheiro evaporar.

Campanha explora a criança





TJs encobrem pedofilia, acusam ex-fiéis

Vereadores de Embu decidem doar R$ 100.000 à Marcha para Jesus

Dinheiro de contribuintes de
todas as religiões e de ateus vai
financiar evento evangélico
A maioria dos vereadores de Embu das Artes (SP) incluiu no Orçamento da cidade R$ 100.000 para a realização em 2016 da Marcha para Jesus. A proposta foi apresentada pelos vereadores Ney Santos (PSC), Gilson de Oliveira (PT) e Jefferson Sequeira (PR), todos evangélicos.

Movida pelo Ministério Público, a Justiça tem anulado decisões como essa em outras cidades, porque prefeitura não pode destinar recursos a nenhuma atividade religiosa, de acordo com a laicidade do Estado brasileiro.

Em relação a Embu, o Ministério Público ainda não se manifestou.

A cidade tem 240 mil habitantes. fica a 23 km de São Paulo e o seu prefeito é Francisco Nascimento de Brito (PT). Ela tem graves problemas a administração de recursos dos contribuintes.
O dinheiro que vai ser doado aos pastores organizadores da marcha vai fazer falta, por exemplo, ao pronto socorro.

Ao final de 2014, houve uma manifestação contra o estado precário do atendimento. Faltavam na unidade cadeiras e macas para os pacientes e ventiladores, além de higiene. O lixo estava acumulado e havia um cachorro que parecia morar no local.

Na mesma sessão que liberou o dinheiro aos evangélicos, a Câmara aprovou moção de aplauso, de autoria do vereador Pedro Valdir, ao apóstolo Valdemiro Santiago, pelos 17 anos de existência da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Já se tornou rotineiro a celebração de cultos no plenário da Câmara.

Com informação do Jornal da Net e de outras fontes.





TJ impede que cidade gaste dinheiro com Marcha para Jesus

Câmara de Cuiabá cria feriado para comemorar ‘Dia do Evangélico’

Vereador evangélico
Santos é o autor da
proposta que virou lei
A Câmara Municipal de Cuiabá (AM) derrubou o veto parcial do prefeito Mauro Mendes (PSB), instituindo assim o feriado do “Dia do Evangélico”, 31 de agosto, que passa a valer já em 2015.

O prefeito tinha aprovado a criação do Dia do Evangélico, mas vetado o feriado. Do total de 25 vereadores, 19 votaram contra o veto de Mendes.

A proposta para a criação do feriado foi apresentada pelo vereador Marcrean dos Santos (PRTB), foto, líder da Igreja Assembleia de Deus.

Ele disse que os evangélicos merecem essa homenagem porque proporcionam à comunidade um trabalho espiritual e social a custo zero.

Os comerciantes reclamaram de a cidade ter mais um feriado, porque isso afetará os seus negócios. Santos respondeu que a “palavra de Deus é soberana”.

O professor Alexandre Gil Lopes, especialista em direito civil, disse que, embora o Estado seja laico, o município tem autonomia para decretar feriado religioso, dentro dos da lei 9.093, de 12 de setembro de 1995.

Além disso, se o Ministério Público tivesse de questionar o feriado evangélico, o mesmo teria de ser feito com o feriado católico de 8 de dezembro, Dia de Nossa Senhora da Conceição.

O ideal seria acabar com todos os feriados religiosos, substituindo-os por laicos, quando possível, mas o Brasil não está preparado para isso.

Com informações do Expresso MT e de outras fontes e foto de divulgação.





Defensores do Estado laico são ‘intolerantes’, diz apresentadora

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Sites religiosos de namoro podem estimular a radicalização

por Hélio Schwartsman
para Folha de S.Paulo

'Uma das consequência será
a radicalização de posições
ideológicas e religiosas'
Deu na Folha. Se você é evangélico e está em busca de um(a) parceiro(a), já pode encontrá-lo através do site Divino Amor, especializado em unir casais que frequentam igrejas protestantes. O Divino Amor, que já conta com quase 2 milhões de usuários, segue os passos de outras ferramentas individualizadas para religiões, como o judaico JSwipe e o Namoro Católico. Isso vai dar certo?

Décadas de pesquisas sobre o que faz com que pessoas se sintam atraídas uma pela outra e as mantém juntas mostram que a religião é importante. De acordo com um estudo de 2011, de John Alford e colaboradores, pertencer à mesma igreja é o fator mais relevante, seguido por preferências ideológicas e hábitos etílicos.

Traços de personalidade, como extroversão/introversão, e características físicas, como peso, altura e tamanho do lóbulo auricular, também apresentam correlação positiva, mas bem mais modesta. Poderíamos ver aí alguma evidência de que transcendemos nossa animalidade. No mundo contemporâneo, as pessoas já não buscam no casamento tanto um parceiro para procriar, mas alguém que tomariam por amigo.

Receio, porém, que não seja tão fácil transcender a biologia. Os dados sugerem que, quanto maior for a oferta de candidatos (nos sites, eles chegam aos milhões) e mais livre for a eleição do(a) amado(a), mais parecidos os casais tendem a se tornar. E, como a grande parte dos pares heterossexuais formados gerará uma prole que carregará algumas das características de seus genitores, mais semelhantes também se tornarão os filhos. Se esses casais durarem, as tendências genéticas serão ainda reforçadas pelos estímulos de criação.

Uma consequência possível desse fenômeno, já antevista por Alford para a política, é a radicalização das posições ideológicas, religiosas e até etílicas. Mais do que nunca, é o momento de reforçar a cultura da tolerância, ou teremos problemas.





‘Deus nos livre de um Brasil evangélico’, escreve pastor

MP do Acre dá vexame ao se envolver com adoração católica

Procurador-geral Lima Neto
pediu a benção da 'Mãe de Deus'
a todos os brasileiros  
O desrespeito à laicidade do Estado brasileiro está tão generalizado que até um Ministério Público estadual, o do Acre, se envolve em atividades religiosas.

O MP acolheu na quarta-feira (20) por uma hora a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, em um evento onde “os católicos puderam fazer suas orações e render homenagens à Padroeira do Brasil”, conforme relatou o site do órgão.

Já que o Ministério Público do Acre decidiu pisotear a Constituição brasileira, ele ao menos deveria fazê-lo de forma isonômica, propiciando também eventos para evangélicos, espíritas, budistas, umbandistas, ateus, etc.

O envolvimento do órgão em uma cerimônia de adoração que só diz respeito aos católicos foi vexatório porque teve a participação do procurador-geral de Justiça Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto (foto). Foi ele quem deu as boas vindas ao bispo de Rio Branco, dom Joaquim Pertinez, que levou a imagem ao ministério.

Na ocasião, disse o procurador-geral: “Não tenho palavras para descrever a emoção e, neste momento, gostaria apenas de agradecer e pedir as bênçãos de Nossa Senhora, mãe de Deus, a todos nós, para nossas famílias, comunidades, para o nosso povo e para o Brasil”.

É um caso de vergonha alheia.

O que se espera do procurador-geral não é que ele reze para o povo, mas que tome as iniciativas que são prerrogativas de sua função em benefício da nação.

Obviamente, o cidadão Lima Neto tem o direito constitucional de professar a fé que quiser. Mas o procurador Lima Neto tem — ou deveria ter — a obrigação, também constitucional, de garantir que o órgão permaneça descontaminado de quaisquer crenças.

Ele devia saber que quem quiser rezar (ou “orar”, como dizem os evangélicos) deve fazê-lo em casa ou em uma igreja. É assim que funciona o Estado laico.

É de se pressupor que, no Acre, ninguém se sente encorajado a recorrer ao órgão para reclamar de desvio de função de departamentos públicos porque o próprio MP não é um bom exemplo.

Com informação do Ministério Público do Acre.





Estado laico no Brasil só existe no papel, afirma professora

Bill Gates recomenda leitura de livro do ateu Richard Dawkins

Gates afirmou que Dawkins
é um dos maiores escritores
 científicos de todos os tempos
O bilionário Bill Gates (na foto, à esquerda) recomendou a leitura do livro “A Magia da Realidade”, do biólogo evolucionista e ateu Richard Dawkins (foto).

Ao compartilhar uma lista de livros para leitura no verão (nos Estados Unidos), o fundador da Microsoft escreveu que Dawkins é “um dos maiores escritores científicos” de todos os tempos, apesar do seu “excesso de zelo” como “antagonista” da visão religiosa.

Ele escreveu que, por conta desse antagonismo, Dawkins tem sido alvo de “críticas com raiva”.

Gates disse que “A Magia da Realidade” é “um livro envolvente e bem ilustrado que oferece respostas convincentes para grandes questões, como a forma do universo e o que provoca os terremotos”.

“É também um apelo aos leitores de todas as idades para se aproximar dos mistérios com rigor e curiosidade.”

Gates faz parte da lista de “ateus famosos”, mas, de acordo com suas afirmações mais recentes, ele acha que a religião tem um papel importante na formação moral das crianças, diferentemente do que pensa Dawkins.

Melinda, a mulher do bilionário, é católica praticante.

Gates tem sido dúbio quando questionado se acredita em Deus.

Ele já respondeu, por exemplo, que “faz sentido em acreditar em Deus”, mas não sabe dizer que diferença isso pode fazer na vida de uma pessoa.

Quando “A Magia da Realidade” foi lançado, Dawkins disse que o escreveu por estar preocupado com a grande oferta de livros de contos de fadas, “que podem levar as crianças a acreditarem em superstições e na religião”.

Na apresentação do livro, ele explicou ao leitor: “Quero mostrar a você que o mundo real, como é entendido cientificamente, tem sua própria magia. Eu a chamo de magia poética, uma beleza inspiradora que é ainda mais mágica porque é real e podemos compreender como funciona (…) É absolutamente fascinante. Fascinante e real. Fascinante porque é real.”

Com informação do Christian Post e deoutras fontes e fotos de divulgação.





Lançado em português o livro de Dawkins 'A Magia da Realidade'

STF arquiva acusação a Feliciano de preconceito contra pais de santo

Procuradoria alegou que
não dá para provar que voz
 de áudio seja de Feliciano
O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou o arquivamento do inquérito que investigava se o deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), na foto, havia cometido o crime de preconceito de religião. Em um vídeo publicado na internet, o parlamentar profetizava “o sepultamento dos pais de santo” e “o fechamento de terreiros de macumba”.

O pedido para iniciar a investigação foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em março de 2014. Foi o próprio Janot que posteriormente solicitou o arquivamento do caso, porque, segundo ele, não é possível constatar que a voz do áudio era mesmo de Feliciano.

Além disso, segundo ele, os investigadores não conseguiram definir a data da gravação.

No pedido de abertura de inquérito, Janot tinha informado que o vídeo estava disponível no YouTube. “Eu profetizo a falência do reino das trevas! Profetizo o sepultamento dos pais de santo! Profetizo o fechamento de terreiros de macumba! Profetizo a glória do senhor na terra!”, afirma Feliciano no filme.

Feliciano estava sendo investigado pelo crime previsto no artigo 20 da lei do racismo: “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. A punição prevista é de um a três anos de prisão e pagamento de multa.

Por ser deputado, Feliciano tem direito ao foro privilegiado e, por isso, só pode ser investigado em processo no STF. Recentemente, ele foi absolvido em uma acusação de estelionato.

Com informação das agências.





Jovens detidas por beijo gay pedem indenização a Feliciano

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...