Pular para o conteúdo principal

Discurso de Michelle Bolsonaro exalta o nacionalismo cristão. Leia a íntegra

A ex-primeira-dama abriu a manifestação bolsonarista hoje (domingo, 25) em São Paulo com uma exaltação à implantação de uma teocracia cristã


Ao falar para uma multidão na avenida Paulista, a mulher do ex-presidente Jair Bolsonaro lamentou que a religião não tenha alterado política o suficiente, ignorando a laicidade de Estado prevista na Constituição. 

"E o mal ocupou o espaço", afirmou numa referência à vitória de Lula nas eleições presidenciais

"Chegou o agora o momento da libertação".


"Glória a Deus"
FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO

Íntegra do discurso

“Boa tarde, Paulista. Boa tarde, mulheres e homens de bem. Boa tarde.

“Nós somos gratos a Deus por esse dia tão lindo. Pela sua misericórdia, pelo seu amor e pelo seu cuidado. Deus é maravilhoso em tudo que ele faz. E não tem como não se emocionar vendo o exército de Deus nas ruas. Vendo o exército de homens e mulheres patriotas que não desistem de sua nação. Quantos viajaram dias, quilômetros para estarem aqui. 

Aqui fica meu agradecimento a cada um de vocês. Por vocês saírem das suas casas, saírem da zona de conforto para dizer que o Brasil é do senhor. Para dizer que somos um povo de bem e que defendemos valores e princípios cristãos. Um povo que ama essa nação e aprendeu a acreditar que ela tem promessas e que elas vão se cumprir. Em um momento tão difícil da história, meus amados.

“Desde 2017 nós estaremos sofrendo. Nós estamos sofrendo porque exaltamos o nome de Deus no Brasil. Porque meu marido foi escolhido e declarou que era 'Deus acima de todos'. E se é difícil com Deus, com certeza é impossível sem ele. 

E quantos ataques, meus amados, quantas injustiças. Mas eu aprendi, naquele leito de hospital, onde os médicos falaram que era só Deus, eu ajoelhei e falei: 'Senhor, não cai um fio da nossa cabeça ou a folha de uma árvore sem a sua permissão'. E a partir daquele dia, a minha fé foi renovada. Eu me sinto forte. Eu me fortaleci em Cristo para estar ao lado dele [Bolsonaro]. Eu não pedi para estar aqui.

“Aprova o senhor nos colocar à frente desta nação. Aprouve Deus nos colocarmos na Presidência da República para que as pessoas pudessem trabalhar e fazer a verdadeira justiça social na vida daqueles que mais precisam. E hoje o povo brasileiro sabe a diferença de um governo justo de um governo ímpio. Esse semente foi plantado e nós vamos colher. Nossos filhos e netos colherão um Brasil abençoado e próspero, porque nossa nação é rica, abençoada e só está sendo mal administrada.


“E meus amados, aqui quero direcionar minha palavra para as mulheres. Como é difícil deputadas, vereadoras, prefeitas, para nós mulheres estarmos à frente da política. O assassinato de confiança é diário, mas algo muito maior e muito mais forte nos move para continuarmos lutando pela nossa nação.

“Sim, por um bom tempo formos negligentes ao ponto de dizer que não conseguimos alterar política com religião. E o mal tomou e o mal ocupou o espaço. Chegou o momento, agora, da libertação. 

'Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará' foi o versículo que ele [Bolsonaro] usou em toda campanha e eu acredito que isso foi gerado no mundo espiritual, porque eu acredito em um Deus vivo. 

Um Deus todo poderoso que é capaz de restaurar e curar a nossa nação. Não desistam, mulheres, homens, jovens, crianças. Não desistam do nosso país. Continue orando, continue clamando porque eu sei que o nosso Deus, do alto céus, irá nos conceder um socorro.

“E nós estamos aqui neste dia, um dia marcado, para dizer que nós amamos o Brasil. Para dizer que não estamos aqui não num propósito de poder. Mas com propósito de libertação. Em um propósito de ameaças para o Brasil. Para que possamos ser usados ​​como instrumentos de benção para abençoar as pessoas. Para livrar nossas crianças da morte, para levar o alimento ao necessitado, para proteger nossas viúvas.

“E aqui eu quero agradecer a todos os nossos intercessores. Quero agradecer a igreja brasileira que tem orado por nós. Não tem sido fácil, mas nós só estamos de pé porque Deus nos sustenta através da oração de vocês. Eu não posso, em nenhum momento, não glorificar o nome de Deus. Porque eu vivo um dia de cada vez. Eu vivo um dia de cada vez. Mas eu sei que ele me ama e que ele nos escolheu. 

"E eu não estou aqui para questionar, mas só para te pedir, pai, nos ajude. Nos ajuda a ser obedientes neste propósito e nessa missão. Quantas dores refletem na família. Quanta maldade. Mas o senhor está por nós.

“Mas, nessa tarde, pastor Silas Malafaia, eu quero te agradecer por essa mobilização, pelos seus intercessores. Pela amada irmã que está ali do outro lado. Acabei de ver lá atrás. Ao governador Tarcísio [de Freitas], que abriu as portas da casa dele para gente. Governador Jorginho, Zema, Caiado. Os nossos deputados, senadores, a nossa vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão. Prefeitos, vereadores e todas as autoridades que estão aqui presentes nesse ato pacífico, de civilidade, pelas nossas liberdades. 

Nós temos de lutar por eles, meus amados.

“O nosso país é tão rico e tão abençoado que eles têm sede para nos tomar. E nesse momento, a palavra de Deus fala que o que está ligado na terra, será selado nos céus. Eu gosto muito, sempre, todos os dias, de declarar a palavra do Senhor e profetizar as bênçãos do senhor para a nossa nação.

“E aqui quero declarar o Salmos 24, que foi o Salmos que eu declarei os 4 anos de governo como primeira-dama. E ao final, eu gostaria que vocês dissessem: 'Amém, amém'. E eu aprendi a glorificar ao Senhor em qualquer situação. Porque eu adoro e amo a Deus não pelo que ele pode me proporcionar, mas por quem ele é. E eu gostaria que vocês fizessem a mesma coisa.

“Em um único ato e uma única voz, nós déssemos 7 'glórias a Deus'. Ó 1º glória a Deus, você imaginando o nosso Brasil livre. O 2º glória a Deus, famílias restauradas, o nosso Brasil livre da corrupção, livre da iniquidade. 

Pensem, mentalizem o que vocês quiserem. Mas falem com o coração. Vamos romper os céus. Eu acredito que Deus vai ouvir as nossas orações.

“Salmo 24: Do senhor é o Brasil e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam, o mundo e os que nele vivem.

“Pois foi ele quem a fundou sobre as éguas e firmou-a sobre as águas.


“Quem poderá subir ao monte do Senhor? Quem poderá estar no seu Santo Lugar?

“Aquele que é limpo de mãos limpas e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade e nem jura enganosamente.

“Este obteve vitórias do Senhor, e a justiça do Deus da sua salvação.


“Este, o Brasil, é a geração daqueles que você busca, que busca a sua face, ó Deus de Jacó.

“Levantai, ó portas, as suas cabeças! Levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará no rei do Brasil.

“Quem é este rei da glória? É o senhor forte e poderoso. Ó senhor poderoso na guerra.

“Levantai-vos ó portas, as suas cabeças! Levantai-vos ó entradas eternas e entrarei no rei da glória.

“Povo, povo brasileiro. Respondam. Quem é este rei da Glória? É o senhor dos exércitos. Ele é o rei da glória.

“Pai, nós te agradecemos por essa tarde, senhor. Nós te agradecemos porque o senhor é o Deus de amor. O Deus de provisão, o Deus de cuidado, o Deus de libertação. Ó Deus que restaura. Ó Deus que realiza milagres. E nós pedimos que seus anjos estejam acampados aqui, senhor. Que o senhor possa levantar o teu muro de fogo assim em Zacarias 2:5, que o senhor possa nos proteger. Que o senhor possa dar ordem aos teus anjos para que o senhor nos guarde embaixo das tuas armas.

“Que possamos estar protegidos. Que o teu sangue precioso esteja sobre cada vida aqui presente. Que cada família aqui representada seja guardada e abençoada. Que tudo que leve o nosso nome seja abençoado. Que não sejam as nossas palavras, senhor, mas que sejam as palavras vindas do teu trono.

“Nós te amamos, pai. Nós te amamos e te pedimos que o senhor estabeleça o seu reino no Brasil, o teu reino que é dele, glória, o teu reino que é justiça, paz e alegria. O senhor ama a verdade. O senhor ama a verdade e odeia a iniqüidade. Senhor, essa tarde é para ti. Entrega, senhor, o que o senhor tem para nós. Sara a nossa nação, lembra de nós, lembra dos nossos louvores, das nossas adorações. Lembra dos altares que foram levantados para adorar o teu nome e dizer que o senhor é o senhor do Brasil. Somente o senhor é o rei dos reis e não há portas dos infernos que prevalecerão em nossa nação.

“Eu louvo o teu nome e te agradeço, pai. Peço que os teus olhos estejam sobre as nossas vidas e que o teu verdadeiro shalom esteja dentro dos muros de Israel. Nós abençoamos o Brasil. Nós abençoamos Israel, em nome de Jesus. Amém. Aleluias. Aleluias. Glória a Deus.

“Vamos lá nos 7 glória a Deus?

“Glória a Deus;

“Glória a Deus;

“Glória a Deus;

“Glória a Deus;

“Glória a Deus;

“Glória a Deus;

“Glória a Deus. Aleluias. Deus é bom. Deus é maravilhoso.

Beijo na irmã Lida, te amo, amada.”


Comentários

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Mescla da política e religião intimida ateus no Brasil. E defendê-los e defender a razão

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Como as memórias são armazenadas em nosso cérebro?

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Fé de pais TJs não supera direito à vida de um bebê, decide juíza

Marcha para Jesus no Rio contou com verba de R$ 2,48 milhões

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou R$ 2,48 milhões para a realização ontem (sábado, 19) da Marcha para Jesus, que reuniu cerca de 300 mil evangélicos de diferentes denominações. Foi a primeira vez que o evento no Rio contou com verba oficial e apoio institucional da Rede Globo. O dinheiro foi aprovado para a montagem de palco, sistema de som e decoração. O pastor Silas Malafaia, um dos responsáveis pela organização da marcha, disse que vai devolver R$ 410 mil porque o encontro teve também o apoio de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo. “O povo de Deus é correto”, disse. “Quero ver a parada gay devolver algum dinheiro de evento.” Pela Constituição, que determina a laicidade do Estado, a prefeitura não pode conceder verba à atividade religiosa. Mas o prefeito Eduardo Paes (PMDB), que compareceu à abertura da marcha, disse que o seu papel é apoiar todos os eventos, como os evangélicos e católicos e a parada gay. A marcha começou às 14h e contou com sete trios