Pular para o conteúdo principal

Interações entre animais marinhos atestam a importância da conservação ambiental

Estudos mostram que as interações entre ofiúros e esponjas no Nordeste brasileiro são fundamentais para a manutenção do ecossistema 


Agência Bori
serviço de apoio à imprensa na cobertura da ciência

As interações entre animais marinhos contribuem para o equilíbrio e a manutenção da diversidade no oceano. Oito associações inéditas entre ofiúros e esponjas, dois grupos de animais que fazem parte do ecossistema marinho, foram encontradas na costa Nordeste do Brasil. 

Das interações, sete foram observadas em áreas importantes de conservação da biodiversidade: o Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio e o Canal das Arabaianas, ambos em Fortaleza.

As descobertas reforçam a relevância das áreas de conservação ambiental para estudos sobre a biodiversidade brasileira.



Na foto, exemplar de esponja
Callyspongia (Cladochalina)
aculeata da coleção de porifera
do Museu Nacional do Rio

FOTO: ARQUIVO DOS PESQUISADORES


O achado está descrito em estudo publicado na revista científica “Ocean and Coastal Research”, por pesquisadoras da Universidade Federal do Ceará (UFC), do Instituto Federal de Brasília (IFB) e da Universidade de Brasília (UnB).

Os ofiúros, ou ofiuróides, são conhecidos como serpentes-do-mar e são parentes próximos das estrelas-do-mar. Eles atuam na reciclagem de matéria orgânica dos oceanos. 

Já as esponjas, também conhecidas como poríferos, desempenham um papel fundamental na formação e manutenção do ecossistema marinho. 

Muitas vezes, animais como os ofiúros se aproveitam da estrutura das esponjas para obter alimentos, para se proteger contra predadores ou para se abrigar. Ao mesmo tempo, esses animais fazem a limpeza dos canais de água das esponjas, que se alimentam filtrando a água do mar.

Para investigar as relações ecológicas entre ofiúros e esponjas, as pesquisadoras analisaram coleções científicas da UFC e do Museu Nacional do Rio de Janeiro, que abrigam exemplares desses dois grupos de animais.

Os animais estudados foram coletados na costa do estado do Ceará, nordeste do Brasil, entre julho de 2009 e outubro de 2021.

No total, foram encontrados registros de 14 interações entre quatro espécies de ofiúros e 11 espécies de esponjas. Dessas, oito foram documentadas pela primeira vez nesse artigo. 

“Os animais foram coletados e analisados em laboratório”, explica Mariany Oliveira Arruda, coautora do artigo. Dessa forma, as pesquisadoras conseguiram registrar as associações existentes entre as espécies.

Segundo Oliveira, investigar as relações que acontecem entre diferentes grupos marinhos é uma maneira de entender melhor o funcionamento dos ecossistemas. Isso pode proporcionar o estabelecimento de medidas de conservação mais efetivas dos oceanos. 

“Os oceanos são os principais reguladores da temperatura do nosso planeta, permitindo que possamos viver adequadamente. Se cuidamos do mar, estamos cuidando de todas as relações ecológicas existentes, que são essenciais para a nossa sobrevivência no planeta Terra”, explica a autora.

A pesquisadora enfatiza que os impactos ambientais, derivados de atividades como a pesca industrial, prejudicam as interações ecológicas e afetam o equilíbrio dos oceanos.

“Semelhante aos desmatamentos em massa das florestas terrestres, as esponjas acabam sendo retiradas, e isso atrapalha a relação ecológica desempenhada por esses animais. E tal qual como ocorre nos biomas terrestres, essas grandes devastações geram um desequilíbrio em cadeia no funcionamento do ecossistema marinho”.

A pesquisa estaca a importância das coleções biológicas de museus e universidades para estudos de biodiversidade e para a elaboração de planos de conservação, por exemplo. 

Para Oliveira, o estudo “reforça a importância de investigar o ambiente marinho a partir de coleções científicas, locais onde os componentes da biota são depositados. Elas funcionam como importantes fontes de dados para estudos de biodiversidade”.

> Com informações da  revista científica Ocean and Coastal Research.

Comentários

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Morre o americano Daniel C. Dennett, filósofo e referência contemporânea do ateísmo

Entre os 10 autores mais influentes de posts da extrema-direita, 8 são evangélicos

Ignorância, fé religiosa e "ciência" cristã se voltam contra o conhecimento

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Oriente Médio não precisa de mais Deus. Precisa de mais ateus

Vídeo mostra adolescente 'endemoninhado' no chão. É um culto em escola pública de Caxias

Ateu, Chico Anysio teve de enfrentar a ira de crentes