Pular para o conteúdo principal

Dias sofre ameaça de morte por pedir retirada de Deus do real

Jefferson Aparecido Dias
"Religião também é usada para
violar os direitos humanos"
O procurador Jefferson Aparecido Dias (foto), da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal em São Paulo, vem sofrendo ameaças de morte desde que deu entrada a uma ação na Justiça pedindo a retirada da expressão “Deus seja louvado” das cédulas real.

“Eu estou sendo ameaçado por causa dessa ação, por cristãos”, disse em entrevista a Talita Zaparolli, do portal Terra. “Recebi alguns emails com ameaças, em nome de Deus.”

O procurador tem se destacado como defensor da laicidade do Estado brasileiro. Em 2009 ele ajuizou uma ação pedindo a retirada de símbolos religiosos das repartições públicas federais.

Dias, que é católico, recorreu à Bíblia para defender a laicidade prevista na Constituição. “Em nenhum momento Jesus deu a entender, para quem é cristão, que o dinheiro deveria trazer o nome dele ou o nome de Deus”, disse. “Acho que é uma inversão de valores.”

Na entrevista, ele informou que pediu a retirada de Deus do real em atendimento a uma representação de uma pessoa ateia. Ele também rebateu as críticas segundo as quais não tem o que fazer e falou sobre algumas conquistas do Ministério Público Federal.

Segue a íntegra da entrevista.

"Da forma como está hoje, um presidente poderia
 mandar colocar no real 'Vai Corinthians'"

Como surgiu essa ação [da retirada de Deus do real]?

Uma pessoa ateia entrou com uma representação na PRDC [Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão] questionando a existência do "Deus seja louvado". Na procuradoria, as queixas são distribuídas e, dependendo da temática, vai para a PRDC. Toda essa temática de liberdade religiosa vai para a PRDC e aí eu passo a investigar. A reclamação era só no aspecto de laicidade do Estado, um Estado laico. E aí nós constatamos também que não tem uma lei autorizando, que era um pedido pessoal do ex-presidente da República num primeiro caso e, depois, um pedido pessoal do ministro da Fazenda. Então aí a ação é proposta sob dois aspectos: violação da legalidade e violação do princípio da laicidade do Estado.

A pessoa que entrou com a representação se sentia incomodada com a expressão? 

Ela relata que se sentia afetada na sua liberdade religiosa pelo fato dela não crer em Deus e ter que conviver com a manifestação estatal de predileção por uma religião. Se chegar uma representação pra mim, independentemente de qual for a temática, eu sou obrigado a investigá-la. É uma obrigação legal minha.

A substituição das cédulas vai gerar despesas ao Banco Central? 

Não vai gerar nenhum gasto. As cédulas vão se danificando e vão sendo substituídas gradativamente. Ela tem um tempo de vida útil e aí ela acaba se deteriorando e sendo substituída. Na ação nós pedimos que, nessa substituição de cédulas, elas sejam trocadas sem a expressão. Nem que demore 10, 15 ou 20 anos. Mas acredito que demore menos.

Um ateu entrou com a representação por se sentir ofendido, mas fato de retirar a expressão "Deus seja louvado" das cédulas não vai ofender uma população 64% católica, além das demais religiões cristãs? 

O Estado não pode manifestar predileção religiosa. O Brasil optou em 1890 por ser um Estado laico. O mais grave que um eventual sentimento dos católicos, é o fato de ser ilegal. Por exemplo, eu não gosto de pagar impostos, então não quero pagar impostos, mas é ilegal. Mesmo sendo católico, eu ouso discordar um pouco. Porque, se você for estudar a Bíblia, Jesus nunca teve uma posição materialista. Jesus disse que, quando lhe é perguntado se ele deveria dar dinheiro, pagar imposto a César, ele fala "A César o que é de César, a Cristo o que é de Cristo". Quando ele encontra vendedores no templo, ele os expulsa de lá dizendo que "A casa do Senhor não é casa de comércio". Perguntado sobre o rico, ele fala que "seria mais fácil um camelo passar pelo buraco da agulha do que um rico entrar no reino dos céus". Então, em nenhum momento Jesus deu a atender, para quem é cristão, que o dinheiro deveria trazer o nome dele ou o nome de Deus. Acho que é uma inversão de valores.

Com tantas injustiças e violência, essa não seria uma forma de ressaltar certa religiosidade, pregar o cristianismo? 

Mas essa é uma injustiça e uma violência. Eu estou sendo ameaçado por causa dessa ação, por cristãos. Recebi alguns emails com ameaças, em nome de Deus.

Ameaças em que sentido? 

De que vão me matar. A religião é usada para violação de direitos humanos também. Acho um pouco de hipocrisia do religioso que usa um discurso, mas não usa uma prática condizente. Eu tenho uma religiosidade, a minha, mas acho que o Estado não pode ter religiosidade. Cada cidadão tem direito de optar pela sua.

O senhor já foi abordado na rua, questionado sobre essa a ação? 

Na sexta-feira, em um jantar, fui bastante abordado. Mas para ser elogiado pela iniciativa. As pessoas me questionam mais pelo Twitter.

O senhor responde aos comentários? 

Em alguns casos eu respondo. Só não quando a pessoa falta com a educação porque a abordagem está sendo agressiva, desrespeitosa.

O senhor poderia divulgar o seu endereço no Twitter? 

Jefferson Dias - Claro, é @jeffdiasmpf.

Qual a posição do senhor com relação à crítica do ex-presidente e presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP) que disse "eu acho que isso é uma falta do que fazer"? 

Eu acho que as pessoas não se dão ao trabalho de pesquisar sobre o trabalho da PRDC. Só nos últimos seis meses, por exemplo, nós fizemos um acordo com o INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social) em uma ação nossa, que é o maior acordo da história do instituto. Em torno de 3 milhões de pessoas serão beneficiadas e R$ 15 bilhões. Nós conseguimos obrigar o governo federal a fornecer remédios para o AVC (acidente vascular cerebral), em abril desse ano. Temos uma ação contra a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para que ela obrigue as empresas aéreas a transportar cadeiras de rodas sem custo, porque ela cobra. Na página da Procuradoria nós temos relatórios semestrais. Há uma PRDC por Estado e nós somos a que mais tem demanda, a que mais tem ações, a que mais produz. Então eu estou um pouco acostumado. Se eu entro com uma ação defendendo portadores de necessidades especiais, falam que eu não tenho o que fazer. Se eu entro com uma ação defendendo homossexuais, falam que eu não tenho o que fazer. Então, isso é desculpa de quem se sente incomodado com alguma das nossas medidas. Sempre as pessoas acham que o outro problema é mais importante.

O senhor foi procurado por algum representante do Banco Central, do governo federal ou até mesmo por algum religioso para que a ação fosse retirada?
 
Até o momento não.

Na moeda americana, o dólar, também há a expressão religiosa In God we trust (Nós confiamos em Deus) e também uma em latim annuit coeptis (Deus ajudou na nossa empreitada). O senhor é contra essas manifestações? 

A história do dólar é um pouco diferente. Essas expressões foram colocadas no dólar em 1.776 pelos maçons porque eles ajudaram na independência do País. Existe toda uma história. Mas no Brasil foi mandado colocar pelo ex-presidente José Sarney em 1986. Não tem história nenhuma. E da forma como está hoje, um presidente poderia mandar colocar "Vai Corinthians", por exemplo. E se a maioria entender que é para colocar essa expressão? Aí o restante vai ter que aceitar? Pelo discurso do Banco Central, poderia colocar isso.

Então se quisermos escrever alguma outra expressão nas cédulas, como "Pague seus impostos em dia", por exemplo, poderia?
 
Pela tese do Banco Central, sim. Segundo o governo federal, pode ser colocada a mensagem que quiser. E é contra isso que eu estou lutando.

Por se tratar de uma ação demorada, sua saída da PRDC (no início de 2013 devido ao término do mandato) enfraqueceria esse pedido? 

Em tese não. Mas pode ser que haja alguma decisão e ninguém recorra. Não tem como prever o que vai acontecer. Principalmente porque, em tese, é uma ação que pode ser levada até o Supremo Tribunal Federal. E as decisões do Supremo são bem interessantes. O ministro Marco Aurélio Mello quando foi julgar o caso do aborto de anencéfalos, no voto dele, ele fala muito sobre as cédulas. Ele já fala que ele acha que deveria ser retirada a expressão. Tanto que a ação foi baseada muito no voto dele também. Inclusive, ele conseguiu dados que o Banco Central se recusava a me informar. Porque o BC foi muito reticente em me dar informações sobre por que havia sido incluído, quem mandou, e quem conseguiu foi ele.

O Banco Central dificultou de alguma forma? 

O Banco Central dificultou sim a obtenção de informações, acho que, já desconfiado de que ia ter alguma medida judicial. Num primeiro momento ele respondeu única e exclusivamente que a expressão foi incluída porque estava no preâmbulo da Constituição, só. Aí depois que o ministro Marco Aurélio descobriu tudo e colocou no voto dele, aí sim o Banco Central começou a reconhecer que não era bem assim, que existiam pedidos pessoais.

Mas a expressão usada no preâmbulo da Constituição não é feita em nome de Deus?
 
Sim, é outra. Inclusive o Supremo já decidiu que a palavra Deus no preâmbulo não tem força normativa, não gera efeitos jurídicos. Pessoalmente, acho que estamos abstraindo um problema de sentimentos pessoais. Acho que é inevitável. O Brasil, mais cedo ou mais tarde, vai ter que fazer essa separação efetiva entre Estado e governo. O interessante é que a própria Igreja Católica tem documentos dirigidos aos países muçulmanos. Quando diz respeito a países muçulmanos, a Igreja Católica defende a separação de Estado da igreja. Mas quando é do lado dela, ela defende outra coisa.

Essas expressões não são utilizadas apenas pela Igreja Católica, mas por outras igrejas cristãs também. 

Mas tudo indica que foi incluída pela Igreja Católica. Além de ser uma expressão que não vai incorporar os politeístas e os ateus. Vamos supor que o próximo presidente da República seja ateu e ele queria escrever "Deus não existe". Pela regra que eles falam, poderia.

Como senhor avalia as decisões tomadas pelo Supremo, já que o citou, diante de temas polêmicos como o aborto de anencéfalos, o uso de células tronco e a união homoafetiva? 

O Supremo está decidindo juridicamente e não de acordo com religião. Acho isso importante. São decisões acertadas que debatem a partir de preceitos legais, funcionais, e acho que é o caminho. Esses são os grandes temas discutidos hoje em que os argumentos não são jurídicos, são religiosos. Esse desejo da Igreja Católica de continuar pautando decisões a partir de visões religiosas e não legais, acho que não tem mais espaço. Superamos essa fase. Muitas pessoas vão ficar incomodadas, mas acho que é um preço muito pequeno a se pagar pela democracia.






Com informação do portal Terra.



Comentários

Anônimo disse…
Não demora o dia em que seremos levados a fogueira novamente.
Devemos lutar contra isso.
Unknown disse…
Caso clássico de amor baseado na bíblia.
Me lembro de semana passada ter visto um vídeo de um homem que se diz pastor evangélico, GRITANDO, APONTANDO, JULGANDO este procurador ... será que tem relação ?
Invocar um nome divino no preâmbulo da Constituição é priorizar um segmento religioso em desfavor de outros; uma aberração que jamais deveriam ter permitido.
VILAS BÔAS disse…
Estou de pleno acordo, precisamos acabar de vez com esse fanatismo religioso e imoral, como a própria situação prova os religiosos estão sempre querendo impor suas ideias sob o domínio do medo e de ameaças.
Anônimo disse…
sem dúvida. A religião é um estorvo que precisa ser erradicado.
Unknown disse…
interessante é o fato do cara ser cristão e ser secularista.

Ele entendeu que uma coisa é religião, outra é o Estado
VOZ DO BRASIL disse…
Teologicamente, se é só assim que os cristãos sabem entender, em primeiro lugar nada diz na bíblia sobre o nome de deus no dinheiro, muito pelo contrário... dinheiro é uma coisa, fé é outra diferente...

Porém, os cristãos já extrapolaram qualquer limite do bom senso e da boa convivência com a sociedade... A ganância e a soberba deles impõem quebra de limites lógicos em tudo.

O cristianismo desde Constantino se transformou nessa mancha histórica da humanidade que vemos a milênios... e não adianta discursos e frases feitas de "amor" e "compaixão" que nada vai mudar no conceito geral.

Os cristãos a muito deixaram de se comportar como seguidores do messias Ieshua Bem Iosef para serem bibliólatras de um livro com as mais diversas traduções torpes em nome de interesses de estado, das guerras e do poder de algumas correntes.

Há muitas outras formas de se buscar de fato a elevação humana além do cristianismo, judaísmo ou islamismo. Alias, muito pelo contrário, essas três religiões abrahâmicas ainda vão destruir o mundo pelo dinheiro e pela ignorância fundamentalista que há entre elas.
Anônimo disse…
Deu no Estadão de domingo

Cada coisa em seu lugar

por Sírio Possenti

Os discursos são organizados com bastante rigidez. Às vezes parece que não. Numa cidade, por exemplo, parece que se vê de tudo em todos os lugares. Mas, observando as coisas mais de perto, vemos que há muita ordem. Não há luminosos em qualquer lugar, não há outdoors em qualquer lugar. E, principalmente, não se lê Banco do Brasil em um prédio do outro banco nem o nome de outro banco num do Banco do Brasil.

Numa banca de revistas, as coisas podem parecer misturadas, mas procurando um pouco - às vezes, isso nem é necessário - encontram-se as revistas femininas aqui e as de língua portuguesa acolá. Mais: ao abrir uma delas, descobre-se que cada texto, cada propaganda e cada carta de leitor(a) fazem sentido nessa e não naquela revista.

É bastante raro que os textos estejam fora do lugar. Outdoors com a inscrição "Deus os fez macho e fêmea", espalhados pelo pastor Silas Malafaia, são uma raridade. Estes só foram possíveis em uma campanha contra homossexuais e, ainda mais, porque a defesa de seus direitos foi lida como tentativa de imposição a todos de uma opção sexual de minorias.

É um pouco por causa dessa ordem dos discursos que corre um debate a respeito da inscrição da frase "Deus seja louvado" em cédulas de nossa moeda. Essa frase, em um templo ou em texto religioso, não causa estranheza. Mas o que ela faz numa cédula?

Uma hipótese é que uma sociedade profundamente religiosa (na verdade, cristã, pelo menos atualmente, por mais que se queira forçar as interpretações apelando para a história ou para vaguidades como "a palavra designa qualquer divindade ou força superior") se sinta compelida a louvar a Deus sempre e em qualquer lugar.

Observe-se bem: trata-se de louvar. A frase não é "Deus nos ajude", mas "Deus seja louvado".

Deus, em sociedades como a nossa, de tradição católica, tem diversas serventias: pede-se a ele proteção ou ajuda (às vezes, automaticamente, quando o avião decola), agradece-se quando acontecem coisas boas (ou milagrosas) ou, mais modestamente, se não acontece nenhuma desgraça. Quando essas ocorrem, aliás, muitos praguejam ou blasfemam, e perdem sua fé.

Há versões do cristianismo que se dedicam a louvar. Outras, a pedir. Algumas levam a viver com Deus uma relação especial, como fazem os monges. Louvar é uma ação que decorre fundamentalmente da crença de que Deus possui todos os predicados que o fazem superior. É uma ação sem interesses. Louva-se graciosamente, porque Deus é onipotente. Aliás, monges louvam muito. (continua)
Anônimo disse…
(continuação)

Mas esse sentido está preservado pela inscrição no dinheiro que se ganha e se gasta de mil maneiras, muitas pouco religiosas? Significa que não é só nos templos que se pode orar, que se pode fazer isso em qualquer lugar, mesmo no dinheiro? Que Deus seja louvado porque recebi esta grana por meu trabalho ou porque tenho dela o suficiente para pagar minhas contas, sem pedir esmola ou, pior, um empréstimo bancário, com suas pouco louváveis taxas de juro? Pode-se louvar a Deus com dinheiro sujo, dinheiro de corrupção, dinheiro na cueca ou transferido online para uma conta secreta? Dinheiro do suor, dinheiro do pó, dinheiro das máfias: será que Deus aceita o louvor de todas as granas, ou só do sagrado dinheiro do dízimo e das doações para a construção do templo?

A discussão está nas mídias. Membro do Ministério Público quer retirar a inscrição das notas. A frase atentaria contra os princípios da igualdade e da não exclusão de minorias. Além disso, o Estado é laico. Portanto, não pode misturar nada com igrejas (o argumento foi mobilizado há algum tempo para tentar retirar crucifixos dos tribunais).

O argumento da defesa (do BC) foi invocar a Constituição, que inclui a expressão "com a proteção de Deus". Mas não se pergunta como foi parar lá.

Como se dá com quase tudo que ocorre nos últimos 30 anos, Sarney está no meio da disputa. A frase teria ido parar nas notas a pedido dele. O curioso é que foi mantida por FHC, quando ministro da Fazenda. O argumento seria que se trata de "tradição da cédula brasileira". Logo FHC, o ateu, que por isso perdeu uma eleição em São Paulo.

Há quem argumente que até a moeda americana traz inscrição semelhante: In God we trust. Pode bem ser que esta seja a versão para o americano comum. Para os que têm dólares em penca, a inscrição deveria ser We trust in trusts.

O MP pede que a Justiça Federal estipule multa diária de R$ 1 se a União não cumprir a decisão. O que não está dito é se deve ser paga em moedas com ou sem a inscrição.
Anônimo disse…
Isto serve para juristas e autoridades em geral ficarem alertas e saber que existe cristãos tão fanáticos quanto antes e que são capazes de tudo. Os cristãos acham que são donos do brasil mais eles são só mais uma peça deste lindo país, mesmo sendo maioria pela força do hábito eles não são regra,

manda investigar e coloca na cadeia os cristão que tem te ameaçado de morte, eu até imagino a cara do infeliz, os crente são retardados e estão promovendo ódio contra o procurador por pura falta de cultura e estudos, o que o procurador esta fazendo é totalmente legal e é o trabalho dele, cristianismo, judaismo , islamismo são religiãos professadas por quem as segue e não são religiões do estado, religião é como um clube frequenta quem quer e as regras é para os seguidores do clube e não para o estado e nem para o governo.. Nosso governo é laico e deve cuidar do bem comum de todos cidadãos, já pensou se o governo agora tem que agradar todos grupos étnicos, filósoficos , religiosos etc,

como o procurador disse daqui a pouco vai ter que escrever vai corinthians ,pois os corinthiano são uma nação com mais de 30milhões de torcedores, pô gente o governo é laico e agora mais do que nunca tem que se fazer valer disso, antes que aqui vire o oriente médio tupiniquim.
Anônimo disse…
Pode ter certeza que o ódio tem disseminado estes pastores doentes que ao invés de passar um pouco de cultura e sabedoria para suas cabra ,já sairam defecando ódio contra procurador , mesmo sabendo que a ação dele é totalmente dele e que dentro do exercício da profissão ele não está fazendo nada de errado,

Agora se vê textos tendencios escrito por reinaldo azevedos da vida, e videos incitando o ódio contra o procurador dos malafaias da vida, esses sim é que não tem o que fazer, que ao invés de levar informação e ética, levam desinformação e discordias..queria ver eles apontar aonde o procurador esta errado ou errando, tenho certeza ninguém sera capaz de apontar.
Anônimo disse…
estranho. Deve ser ateu.
Anônimo disse…
acho de uma breguice só quando o individuo vai buscar versiculos na biblia para apoiar algum ponto de vista...



eca!
Anônimo disse…
Pode ter certeza que este ódio contra o procurador quem tem
disseminado são estes pastores
doentes que ao invés de passar
um pouco de cultura e sabedoria
para suas cabra já sairam
defecando ódio contra
o
procurador , mesmo sabendo que
a ação dele é totalmente legalista
e
que dentro do exercício da
profissão dele ele não está fazendo
nada de errado,
Agora se vê textos tendencios
escrito por reinaldo azevedos da
vida, e videos incitando o ódio
contra o procurador pelos malafaias
da vida, esses sim é que não tem
o que fazer, que ao invés de levar
informação e ética, levam
desinformação e
discordias..queria ver eles
apontar aonde o procurador esta
errado ou errando, tenho certeza
ninguém seria capaz de apontar algum erro do procurador.
Abraço por trás disse…
A ameaça deve ter vindo do segmento evangélico. Não há dúvida. Tem muita gente ruim nesse meio.
Wagner disse…
Olha a bobagem... junto da intolerância.
Anônimo disse…
Que bom que ele é catolico, se nao ia ficar esta choiradeira de "ah, so persugue os deus pq é um ateus sem deus no coraç~ssao." o cara é catolico, é bem consciente do mundo que vive, parabens para ele.
Anônimo disse…
Quem esta ameaçando ele é um verdadeiro cristão pode ter certeza.
Anônimo disse…
bobagem não. A religião há tempos é boicote das faculdades humanas. O tempo dela está prestes a ter fim. Chega de superstições e ridiculos bizarros.

a sacudida que ela vem levando atualmente não tem precedentes na história. Isso sem falar em mecanismos naturais, como o envelhecimento e morte das populações religiosas, dando espaço a jovens livres dessas amarras culturais.

Anônimo disse…
daqui a uns 200 anos, as pessoas se perguntarão: como é que eles podem ter ficado tanto tempo com religião? Bizarro!

e se lamentarão dessa fase negra (e ridicula) da história da humanidade.
Anônimo disse…
"Então, isso é desculpa de quem se sente incomodado com alguma das nossas medidas. Sempre as pessoas acham que o outro problema é mais importante"

O procurador matou a pau. Esse pessoalzinho de baixo nível que vive falando que é "falta do que fazer" pensa que não deixa entrever suas reais intenções e interesses pessoais. Fosse para tirar, por exemplo, a frase "Deus não existe", estariam aplaudindo de pé. Mas, essa gente com "Deus no coração" está até ameaçando de morte o procurador por uma ação que visa, por tabela, desvincular - pasmem! - a crença deles do materialismo (representado pelo dinheiro)que tanto dizem abominar. Não é à toa que certo pastor ultramaterialista dono de jatinho se posta contra. E também foi curioso saber, pela entrevista, que o procurador é católico. Teístas que acusavam-no de ser ateu (como se isso fosse crime...) devem ter ficado com cara (mais um pouco) de tacho.

Ruggero

Anônimo disse…
provavelmente é ateu.
Anônimo disse…
cristianismo e ameaça de morte: mais do mesmo.


próximo!




o curioso é que o ano é 2012....
Anônimo disse…
BOMBA CRISTÃOS AMEAÇAM PROCURADOR DE MORTE.
Anônimo disse…
Tem um trecho do post interessante:"Sempre as pessoas acham que o outro problema é mais importante." Isso é quase um "senso comum" entre os brasileiros e seguindo está lógica a gente não vai conseguir resolver problema nenhum, é só ver comentários do tipo "a pra que discutir maioridade penal se tem gente passando fome" e por aí vai.
Anônimo disse…
Não vi nenhum grupo de evangélicos se unindo com adoradores de outros deuses pra protestar contra a retirada da frase religiosa do dinheiro , sera que eles entraram em contado com lideres umbandistas ,candomblécitas etc????? ah mais deus o causador de divisões seja louvado..islamicos não entende este deus do dinheiro como sendo o deus deles e muito menos os judeus..me parece mesmo que este deus é o dos cristãos..porque só eles estão entendendo que este deus é o deus deles ..E se for o deus Mamom ,ele que foi citado como sendo o deus do dinheiro , sim a bíblia diz que existe um deus do dinheiro ...pfffffffffffffff
Anônimo disse…
pra que discutir sobre os direito de igualdade dos lgbt se tem pessoas morrendo no afeganistão.
Compíuta disse…
Os políticos fazem discursos, isso é ter o que fazer?
Anônimo disse…
Com certeza tem relação e espero que um dia as autoridades tome providencias contra isto , um dia vi no twitter de um pastor dizendo que professores homossexuais é uma nojeira, e vale lembrar que milhares de crianças estão crescendo e sendo educadas com esta cosmovisão religiosa.. pais que aplaudem estes pastores e suas ideias segregadoras e discriminatorias existe aos milhares , eles estão formando milhares de intolerantes para o futuro.. imagine como serão esses filhos.
Anônimo disse…
Não sei quem é pior, se é o babaca querendo tirar do dinheiro, ou se são os cristãos ameaçando o babaca....

Primeiramente esse cara deveria agradecer de morar no Brasil e ter a opção de querer ser salvo, queria ver se morasse na África, terra amaldiçoada por toda eternidade, que lá ele estaria brigando por comida e não pra tirar uma frase das notas de real....

Eu não entendo o prazer dos ateus em sempre ficar focando nas coisas sobre Deus.. ou cristãos.... gostam de zoar... perseguir.... qual é o problema em ter uma frase no dinheiro sobre Deus?? aposte se tivesse algo voltado ao capeta ele não se incomodaria.... VAI CAÇAR O QUE FAZER SEU BABACA

e para os criatãos.... parem de com essa babaquisse.... de ameçar o babaca ai que vai direto pro inferno.... coisa mais ridícula.... ele se entende com Deus depois cara!
Abraço por trás disse…
Primeiramente esse cara deveria agradecer de morar no Brasil e ter a opção de querer ser salvo, queria ver se morasse na África, terra amaldiçoada por toda eternidade

O discurso de um perfeito BABACA. Talvez um babaca evangélico...
Vai vendo. disse…
Um grupo de cristãos ligado ao movimento malafaiano segregacionista obscurantista ameaçam procurador da justiça de morte, o grupo ainda não assumiu a autoria do ataque terrorista ao promotor, mais tudo leva crer que é uma questão de horas para que a policia federal chegue até os elementos desse grupo e possa chegar no lider e desmenbrar esta quadrilha de terroristas.

Anônimo disse…
Não se deve ampliar a voz dos imbecis.
Anônimo disse…
Pq é impossivel a pessoa ser religiosa e secular ao mesmo tempo né? =P
Aff é cada uma...
Anônimo disse…
Uau deus vai mandar o homen para o inferno só por ele estar exercendo seu trabalho UAUUUUUUUU , não sei porQue adoram o diabo , não existiria um ser mais perverso do que este deus JUDAICO-ISLAMICO-CRISTÃO em lugar nenhum se ele fosse verdadeiro...
Anônimo disse…
Ele disse q era católico.
E mesmo q fosse ateu, e daí?
Cássio Rocha disse…
Vejam o que o povo de Deus é capaz de fazer por "amor" a um ser jamais visto/ouvido. Lastimável como pastores e padres conseguem controlar seus rebanhos.
Fiquei assustado com o que o Sr. Silas Malafaia disse em seu programa de TV sobre o assunto.
Anônimo disse…
Retirada de Deus do real ???? Não sabia que Deus cabia em uma nota!!
Que texto mal formulado!!!
Nosferatuzod disse…
"Esse desejo da Igreja Católica de continuar pautando decisões a partir de visões religiosas e não legais, acho que não tem mais espaço. Superamos essa fase.

Muitas pessoas vão ficar incomodadas, mas acho que é um preço muito pequeno a se pagar pela democracia."

Sem mais meritíssimo.
Anônimo disse…
imbecis HAHAHA condenar o procurador por causa da ação movida por ele é o mesmo que condenar um borracheiro por esTar trocando um pneu deum carro..Esses pseudo-intelectualistas religiosos são uma piada HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Anônimo disse…
Eis aí um dos imbecis que deve ter ameaçado o procurador por e-mail. Pelo menos o perfil de otário fanático religioso destilando preconceito contra ateus, africanos, etc, se encaixa direitinho. Anônimo vagabundo das 12:34, vai procurar uma enxada e vai carpir um terreno, que assim você é útil par alguma coisa, crentino!

Ruggero
Anônimo disse…
Pra mal entendedor, deve ser mesmo, mal formulado...
Unknown disse…
"Quem está ameaçando ele é um verdadeiro cristão pode ter certeza"

Não tenho a menor dúvida.

Unknown disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse…
Eis aí um dos imbecis que deve ter ameaçado o procurador por e-mail. Pelo menos o perfil de otário fanático religioso destilando preconceito contra ateus, africanos, etc, se encaixa direitinho. Anônimo vagabundo das 12:34, vai procurar uma enxada e vai carpir um terreno, que assim você é útil par alguma coisa, crentino!

Ruggero
-----------------------------------------------------------
Mas antes leia o texto, se conseguir...Anônimo das 12:34

Anônimo disse…
Eu não sabia que ele era católico...

Bato palmas pra esse procurador, prova de que nós ateus não temos que lutar pra acabar com a religião, mas sim contra o fundamentalismo das religiões e infelizmente de muitos ateus também que as vezes conseguem ser mais, verdade seja dita...
Anônimo disse…
A crentalhada (não me refiro aos moderados, esses têm o meu respeito) acusando o procurador de falta do que fazer, mas eles, mesmos, gastando um tempão xingando, fazendo ameaças, esbravejando contra algo que, por bom senso, deviam concordar ("o que o nome de Deus está fazendo no sujo dinheiro?!"). E, ora!, o procurador está fazendo o seu trabalho! Enquanto tem gente que devia fazer o seu mas está se prestando até a fazer ameaças contra a vida de alguém. Amor e respeito vindos da religião? Cada vez mais, mera retórica. Porque na prática...
Anônimo disse…
Lei contra o cristoismo!!!

Datada do dia da Salvação: primeiro dia do ano Um (em 30 de Setembro de 1888, pelo falso calendário).

Guerra de morte contra o vício: o vício é o cristianismo!!!

Artigo Primeiro – Qualquer espécie de antinatureza é vício. O tipo de homem mais vicioso é o padre e os pastores: eles ensinam a antinatureza. Contra o padre, pastores, bispos e papas não há razões: há cadeia.

Artigo Segundo – Qualquer tipo de colaboração a um ofício divino é um atentado contra a moral pública. Seremos mais ríspidos com protestantes que com católicos, e mais ríspidos com os protestantes liberais que com os ortodoxos. Quanto mais próximo se está da ciência, maior o crime de ser cristão. Conseqüentemente, o maior dos criminosos é filósofo.

Artigo Terceiro – O local amaldiçoado onde o cristianismo chocou seus ovos de basilisco deve ser demolido e transformado no lugar mais infame da Terra, constituirá motivo de pavor para a posteridade. Lá devem ser criadas cobras venenosas.

Artigo Quarto – Pregar a castidade é uma incitação pública à antinatureza. Qualquer desprezo à vida sexual, qualquer tentativa de maculá-la através do conceito de “impureza” é o maior pecado contra o Espírito Santo da Vida.

Artigo Quinto – Comer na mesma mesa que um padre é proibido: quem o fizer será excomungado da sociedade honesta. O padre é o nosso chandala – ele será proscrito, lhe deixaremos morrer de fome, jogá-lo-emos em qualquer espécie de deserto.

Artigo Sexto – A história “sagrada” será chamada pelo nome que merece: história maldita; as palavras “Deus”, “salvador”, “redentor”, “santo” serão usadas como insultos, como alcunhas para criminosos.

Artigo Sétimo – O resto nasce a partir daqui.
Anônimo disse…
A religião é um insulto a dignidade humana, sem ela Teríamos pessoas boas fazendo coisas boas, e pessoas más fazendo coisas más. Mas para pessoas boas fazerem coisas más é necessário a religião... " Stever Wineburg- Nobel em física.
Quando uma pessoa sofre de um delírio, isso se chama insanidade. Quando muitas pessoas sofrem de um delírio, isso se chama religião, misticismo, esoterismo, sectarismo e espiritismo, cristianismo, judaismo. A religião é tão somente uma invenção primitiva feita pelo homem para comandar, suprimir, e se aproveitar dos outros, na qual somente as formas de vida espiritualmente fracas sucumbem.

Qualquer espécie de antinatureza é vício. O tipo de homem mais vicioso é o padre e os pastores: eles ensinam a antinatureza. Contra o padre, pastores, bispos e papas não há razões: há cadeia.
A fé religiosa não permite evolução humana, pois cria uma pseudossabedoria que bloqueia a inquietude da consciência na busca inteligente pela verdade.
A verdade é encontrada pelo questionamento e pela sabedoria em derrubar argumentos falsos. Assim, a ciência é um ótimo instrumento para isso.
Anônimo disse…
A religião é um insulto a dignidade humana, sem ela Teríamos pessoas boas fazendo coisas boas, e pessoas más fazendo coisas más. Mas para pessoas boas fazerem coisas más é necessário a religião... " Stever Wineburg- Nobel em física.
Quando uma pessoa sofre de um delírio, isso se chama insanidade. Quando muitas pessoas sofrem de um delírio, isso se chama religião, misticismo, esoterismo, sectarismo e espiritismo, cristianismo, judaismo. A religião é tão somente uma invenção primitiva feita pelo homem para comandar, suprimir, e se aproveitar dos outros, na qual somente as formas de vida espiritualmente fracas sucumbem.

Qualquer espécie de antinatureza é vício. O tipo de homem mais vicioso é o padre e os pastores: eles ensinam a antinatureza. Contra o padre, pastores, bispos e papas não há razões: há cadeia.
A fé religiosa não permite evolução humana, pois cria uma pseudossabedoria que bloqueia a inquietude da consciência na busca inteligente pela verdade.
A verdade é encontrada pelo questionamento e pela sabedoria em derrubar argumentos falsos. Assim, a ciência é um ótimo instrumento para isso.
Anônimo disse…
Deviam escrever isso aqui nas notas:

JESUS CRISTO É O PRÓPRIO SATANÁS 666!
Jesus Cristo Yeshua é verdadeiramente o próprio filho do mal, o filho da ruína, Jesus Cristo é o oponente mortal contra o conhecimento, a sabedoria e a verdade, e o oponente contra o amor, a paz, o respeito e a harmonia. Jesus Cristo é o próprio 666 o Anti-logos em múltiplas formas. Jesus Cristo é a força do mal, o 666, que é contra a verdade da Criação, contra a verdade do Espírito e contra a obediência das leis e recomendações da Criação.
Troile disse…
Amigo, muito obrigado, é raro achar algo relevante na internet hoje em dia e é sempre bom entrar em um site/blog e quando se dá conta esta lendo praticamente tudo por tudo é muito bom.

Bom trabalho.
Francisco Neto disse…
Ele é sensato e demonstrou não estar agindo por impulso. As pessoas não estão prontas para serem expostas a religião simplesmente por não terem limites. Um dia, religião será algo agradável, mas só quando ela não ficar acima das leis dos homens.
Anônimo disse…
impossível não, mas geralmente o religioso cristão tem tendencia a ser inflexivel com sua fé.

provavelmente é ateu no armário. O catolicismo tá cheio disso.
Anônimo disse…
ateu no armário.


nada. Só observação.
Anônimo disse…
deus existe, mas inferno e céu não.
Anônimo disse…
enquanto a religião querer a realidade pra si, não.


a religião se tornará algo besta, como contos de fadas (em termos de fantasia vs realidade). As novas gerações não vão tolerar essas bobagens.
Maycon disse…
Cássio, ontem foi meu aniversário...e uma amiga católica disse q não iria pra missa por causa disso. Ai eu disse pra ela: "Olha, acho q vc faz bem em não ir e ficar comigo. Veja bem, vc sabe que eu existo num sabe?" kkkkkkk a filha da mãe ainda riu tb.
Maycon disse…
Assim espero no que depender de mim para com os mais novos.
Unknown disse…
esses religiosos fanáticos deveriam ser fuzilados
Anônimo disse…
Ameaças de morte mostram que o assunto não é insignificante como muitos opositores afirmam...
Anônimo disse…
Ameaças de morte mostram que o assunto não é insignificante como muitos opositores afirmam... (2)
Anônimo disse…
No outro post, disse ser bom dizer que há religiosos a favor do Estado Laico. Vejam, o próprio procurador é um exemplo.
O estranho e ler que há os que o ameaçam por isso. Ora, não era um assunto sem importância?

Winston Smith
Unknown disse…
somente os fanáticos devem ser fuzilados
Anônimo disse…
Mas é comum ter religioso favorável à laicidade. Alguns segmentos é que são contra, e a maioria por causa de interesses pessoais dos líderes...
sem novidade disse…
Mais um ateísta raivoso e mentiroso se fazendo de vítima.

praxe disse…
O procurador Aparecido é um serviçal do lobby ateísta e gay.

É natural que invente estórias como essas.
Anônimo disse…
"Qualquer espécie de antinatureza é vício."

Avise isso para a militância gay.
Anônimo disse…
Apóio o Anônimo acima.

Viva a ditadura ateísta!
Unknown disse…
nao to com raiva nem me fazendo de vitima


Unknown disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse…
nao sou mentiroso, nem me fazendo de vitima, e vc porq se esconde
Anônimo disse…
Os reacionários defensores do status quo ameaçam até mesmo um procurador da república, imagine então o que não fariam com um reles cidadão comum.

Depois, alguns cínicos, ainda têm a desfaçatez de se surpreenderem e chamar de "covardes" as pessoas que utilizam-se do anonimato para defenderem alguns pontos de vista "polêmicos" neste blog!

Mas entendo que tal cinismo destes seja apenas uma indução psicológica utilizada de forma estratégica para forçar os discordantes a se identificarem para, num segundo passo, silenciar suas vozes "libertinas" através de ameaças mais diretas e consistentes. (isso se não os silenciarem de uma forma mais física mesmo)
Hello hipocrisia disse…
Olavete sem argumentos tenta justificar o 'amor' cristão.
Anônimo disse…
Não alimente os trolls. Mas se quiser alimentá-los, por favor, evite fazer flooding fora do campo de respostas, ok?
Anônimo disse…
Mas fanáticos são os "verdadeiros".
Unknown disse…
tava custando pra aparecer a velha ladainha dos Olavlótras.
Unknown disse…
facepalm.
Anônimo disse…
São os terroristas do Malabruxo. O que finge odiar gays.
Unknown disse…
como defender sem se identificar, se nem tem a coragem, não estou ameaçando ninguem, so nao gostei de me chamarem de mentiroso queria saber onde menti
Anônimo disse…
O comentário das 18:06 não foi sobre a sua discussão com o anônimo crente troll que se identificou como "sem novidade", embora seu questionamento também se encaixe no que foi dito, afinal, não é preciso alguém se identificar para defender de forma consistente uma ideia que afronte os (pre)conceitos sustentados pelo senso comum.
habitual disse…
A "ameaça" (se é que realmente houve e o procurador-militante não está inventando) pode ter sido feita por um ateu ou gay disposto a pintar os religiosos como monstros perigosíssimos, que preecisam ser combatidos e eliminados.

Como os ateístas e gays que comentam neste blog também tanto gostam de fazer.
Unknown disse…
pra mim defender em anonimato não vale dinada
Anônimo disse…
*Pra eu me defender em anonimato, não vale de nada.
Anônimo disse…
**Pra eu defender em anonimato, não vale de nada.
Anônimo disse…
Quem ameaça de morte já não é cristão, mas para o idiota do procurador que só quer uma desculpa é!
Anônimo disse…
Depende de qual é a sua prioridade quando defende alguma ideia:

1.Defender a ideia em si. (identificar-se é irrelevante)
2.Utilizar-se da defesa de uma ideia para obter algum reconhecimento pessoal de seu intelecto. (identificar-se é fundamental)
Anônimo disse…
Cristão de verdade não ameaça, mas vai lá subjuga o opositor ao fio da espada!

A história mandou lembranças...
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Mas realmente é de praxe este tipo de falácia dos reaças olavetes!
Anônimo disse…
Pois é, todos os bandidos cristãos são, na verdade, gays ateus enrustidos, não é mesmo? Isso quando não são satanistas, não é?

Clap, clap, clap!
Anônimo disse…
A unica novidade nesta frase é a palavra "procurador", pois o resto... é de praxe!
Anônimo disse…
Sem novidade, habitual e de praxe são os seus discursos reacionários!
Anônimo disse…
A olavete nº1 não entendeu a ironia da olavete nº2...
Anônimo disse…
A olavete retornou depois de completar seu mapa astral com seu astrólogo favorito.
Stalin disse…
Que novidade, ateus querendo fuzilar religiosos.

Nunca vi isso antes.
Anônimo disse…
Olavete, don't be a such twat wanker you big loser. Warum verausschminkt sich roman. Big fail onde estaria a antinatureza da homossexualidade? hahahahaha....Vai ser imbecil lá no Irã, seu big asshole!. Olavete direitopata,¿Por qué no te callas?
Anônimo disse…
A olavete está tão repetitiva!

Ela está precisando ir ao blog do patinho mascarado para aprender novas teorias da conspiração...
professor ateu disse…
O correto é:

Pra mim defender, em anonimato não vale, dinada.
Anônimo disse…
Então você reconhece que "religiosos fanáticos" são sinônimo de religiosos, não é?

Menos mal.
Anônimo disse…
Gays denovo, Olavete??

facepalm


Vai caçar um peito peludo, reprimido.
Anônimo disse…
E a mesma olavete dissimulada cheia de amor pra dar no coração (e no reto) de chorôrô no blog.
Previsível disse…
Ha ha ha hahahahaha. Vejam o desespero do olavista. Oh mon Dieu... Cai na real olavo-lover! Aquela ameça contra o Jean Wyllis foi invencionice também, não foi? Vocês PROVARAM alguma coisa contra ele? HOUVE CRENTROUXA DIZENDO QUE IA PROVAR. E aí, provaram? Como esses caras malafaianos e olavistas, "arautos da moralidade" e do antipetismo anti-ateístas e antigays são previsíveis...
amiga disse…
Ao acordar hoje de manhã, me arrependi de ter feito a escolha errada.
Anônimo disse…
i'll shoot in your ass!. Olavete profusely previsível quer ouvir isso de algum bofe. Olavete anda muito carente e reprimido.
Anônimo disse…
Hmmm... que tipo de ameaça? que ele vai para i inferno?
peça proteção policial, investigue de onde veio os emails.
Não foi este promotor que pegou um video editado para tentar ferrar com o Malafaia?

Aquele video que o Malafaia pede para os católicos entrar de pau contra a parada gay por vilipendio de objeto de culto, onde fizeram uma montagem encaixando no contexto de violência homofóbica.

Fizeram a maior mutreta e tentaram passar uma lábia no Juiz.

Que feio!


é doença disse…
Ryoko Hakubi, também conhecido(a) como Shiroyaka, Morgoth e outros nomes que ele(a) muda o tempo todo é também o Anônimo obcecado com "olavetes".

Mala sem alça compulsiva e obsessiva, que posta em cada página dezenas de comentários cujo "conteúdo" básico é chamar os outros de "olavete" e acusá-los de serem homossexuais como ele(a).
doença braba disse…
Ryoko Hakubi, também conhecido(a) como Shiroyasha, Morgoth e outros nomes que ele(a) muda o tempo todo, é também o Anônimo obcecado com "olavetes" e "olavólatras".

Mala sem alça compulsiva e obsessiva, com tara especial em relação ao Olavo de Carvalho, que posta em cada página dezenas de comentários cujo único "conteúdo" são gritinhos chamando os outros de "olavete" e acusando-os de serem homossexuais como ele(a).
Anônimo disse…
Quem diz que é ou não cristão é a própria pessoa, e não você. Você não tem autoridade para dizer se são cristãos ou não...

Chato isso, né?!
Anônimo disse…
O deputado gay sem votos é outro picareta que inventou que estava sendo "ameaçado" pra se fazer de "vítima" de cristãos malvados, mas nunca provou nada.
Anônimo disse…
Por isso eu digo, nunca use sarcasmo ou ironia com um crente, pois ele vai realmente achar que está recebendo apoio.
Anônimo disse…
"é doença", acho que vc se enganou. Ryoko Hakubi era a Morrigan, o Shiroyasha/Morgoth é outra pessoa.
Só pode ser olavaids disse…
doença braba, eu não sou a Rioko, mas você tem espelho em casa?
Anônimo disse…
O amor cristão é algo que realmente emociona a gente.
Fail disse…
Ptz, Ryoko Hakubi era a Morrigan, o Shiroyasha /Morgoth era outra pessoa. Só pelo que escrevem e a forma como escrevem seus comentários já se percebe a diferença.
Anônimo disse…
São várias pessoas diferentes que não suportam esses cara. Isso é um mala-sem-alça insuportável que veio do blog do Júlio Severo. Aqui ficou conhecido como olavete. Porque repete a baboseira que se prega por lá. Cara chato do cacete. Quantas derrotas eleitorais mais vão ser necessárias para esse troll cair na real?
Anônimo disse…
A olavete errou o alvo.
é tara disse…
Ryoko Hakubi = Morrigan Aensland = Shiroyasha = Morgoth sei-lá-o-quê = outros nicknames esquisitinhos

=

Anônimo gay que xinga os outros de "olavete", não pára de lamuriar sobre o Julio Severo e o Silas Malafaia e não pára de pensar no peito peludo do Olavo de Carvalho.
Anônimo disse…
O astrológo e o Silas Maracutaia são outros picaretas que também inventaram que estavam sendo "ameaçado" pra se fazerem de "vítimas" de gays malvados, mas nunca provaram nada.

Anônimo disse…
O apoio é aos ateus e à ditadura ateísta.

Que dificuldade para minhas amigas ateístas entenderem!
Anônimo disse…
Olavete, explique para sua amiga do tarô, que aquele texto foi escrito por você.
Anônimo disse…
concordo plenamente com o procurador tanto é que está send ameaçado de morte pelos fanáticos. Religião é uma droga só naõ ver isso quem não quer. Cego é aquele que não quer ver.
Anônimo disse…
Realmente, Ryoko Hakubi, Morrigan, Morgoth, Shiroyasha, Anônimo-compulsivo-anti-olavete, etc. são pessoas diferentes, pois nota-se claramente que cada uma delas é muito mais idiota que a outra.
Anônimo disse…
O astrólogo não tem mais peito cabeludo, vocês se depilaram depois das consultas de tarô requisitadas por você.

Não se lembra?
demorô disse…
A jeanete retardada e sem imaginação, invertida e invertedora de comentários, volta a dar o ar de sua (falta de) graça.
Anônimo disse…
Ateus falam merda e querem culpar os outros.
Anônimo disse…
"Qualquer espécie de antinatureza é vício"

"eles ensinam a antinatureza"

Está falando do Kit Gay?

Fail disse…
É impossível alguém ser mais idiota que a olavete!
Avelino Bego disse…
"Meu deus é o deus do amor e mato quem duvidar disso"...
só rindo disse…
Quanta mentirada e conversa fiada de gays sem o que fazer.

Parecem mesmo o deputado BBB sem votos.
Anônimo disse…
pra que discutir sobre pastor vendendo martelinho mágico por 1000 reais se tem criança abandonada nas ruas.
Anônimo disse…
Ameaça de morte boa e legítima é a que os ateus e gays proferem contra os religiosos.

Como gostam de fazer aqui.
Anônimo disse…
HaiL Cristo, HaiL Deus, HaiL Hithler
Anônimo disse…
/\
||
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
MPF aprova disse…
Pelo que se vê aqui, certos comentaristas gays e ateus já têm desonestidade suficiente para ocuparem o cargo de Procurador do MPF.

Todo reforço é bem-vindo.
Anônimo disse…
O astrólogo é tão ruim em suas previsões, que não consegue nem descobrir os autores dos comentários feitos contra seus discípulos...

Deve ser por isso que ele tenta tanto ser filósofo!
Anônimo disse…
Pelo que se vê aqui, certos comentaristas olavetes e malafaietes já têm desonestidade suficiente para ocuparem o cargo de astrólogo fiscal do fiofó alheio.

Todo reforço é bem-vindo.
Anônimo disse…
A olavete retardada e sem imaginação, repetidora de conspirações, volta a dar o ar de sua (falta de) graça.
Toma na cara! disse…
A tua conversa fiada de conspiracionista antigay ajudou a eleger o Haddad-kit gay, Olavete. Esqueceu?
Anônimo disse…
kkkkkkkkkk o olavete não entendeu a ironia e acabou atirando no próprio pé.

Olavete, quem usa essa falácia do "tem coisa mais importante pra fazer" são vocês mesmos, os reaças, filhote!

Ai que burro, dá zero pra ele! =D
é tara disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo que pergunta a idade do Felipe disse…
A Morrigan não pode ser a mesma Shiroyasha, pois eu gosto da idéias da Morrigan mas não simpatizo nada com a tal da Shiroyasha, logo, elas não podem ser a mesma pessoa.

Acho que a Morrigan é a Ryoko, ao menos as idéias são parecidas.

A propósito, também usarei o termo olavete pra me referir a alguns reaças a partir de agora!

Eulavo seu Baralho disse…
Parem de atacar os meus discípulos, porra!
Senão eu vou chamar o malabodevelho, porra!

Mas que coisa, porra!
Anônimo disse…
Ameaça de morte boa e legítima é o os olavetes proferem contra ateus, gays comunistas,petralhas etc,etc...Como gostam de fazer aqui.
"#fica a dica: Willian Papp"
Anônimo disse…
sem novidade19 de novembro de 2012 17:28

"Mais um ateísta raivoso e mentiroso se fazendo de vítima".


Mais um olavete raivoso e mentiroso se fazendo de vítima.
"#fica a dica:Willian Papp"
compreendo disse…
Ao contrário do que o Kit Gay do Haddad ensina (em meio a estupros à matemática, à racionalidade e à realidade) nem sempre a vida de bissexual é "100% de lucro".

Vida de bissexual (e de travesti também) às vezes é dura e cheia de conflitos.

Vários nomes, vários nicks, vários perfis, vários sexos, várias "identidades de gênero"...
Anônimo disse…
Efebofilia detected.
Anônimo disse…
Hail é granizo em inglês. Você quis dizer heil? Heil é salve em alemão. Você trocou os idiomas.
Anônimo disse…
Compreende coisíssima nunhuma! vc errou feio, seu retardado!
Anônimo disse…
*nenhuma!
Mao disse…
Eu, o camarada Anônimo, o camarada Paul Thomaz Smith e o camarada Stalin estamos de acordo.

Religiosos são todos fanáticos, são uma praga, devem ser exterminados.

Só assim avançaremos rumo ao necessário Estado Ateu que almejamos.
Anônimo disse…
Terrorista gay plantando mentiras e ameaças e vendo se cola.
Anônimo disse…
Não satisfeito em tentar ser filósofo, agora o astrólogo está tentando ensinar matemática para seus discípulos?
Anônimo disse…
Ele não é católico. Católico que desobedece as regras da ICAR passa a se chamar herege.
Anônimo disse…
Quanta mentirada e conversa fiada de olavetes sem o que fazer.

Parecem mesmo o astrólogo que pensa ser filósofo.
Anônimo disse…
Conspiracionista egodistônico sempre plantando mentiras e ameaças no blog para ver se cola.
Anônimo disse…
Quem vive de folclores não consegue entender uma frase simples sem atribuir a ela uma interpretação fantástica.
Anônimo disse…
isso são os religiosos pregando a tolerancia e o amor ao proximo!
Anônimo disse…
No mínimo patético a olavete chamar os outros de obsessivo, logo ela que não sabe falar de outras coisa a não ser gays.
Vamos Haddad! disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
amor à inversão disse…
Para a jeanete invertida-invertedora compulsiva (o anônimo gay plagiador sem imaginação e tarado pelo Olavo de Carvalho), basta copiar e inverter o comentário alheio, substituindo os FATOS que estavam sendo expostos no comentário original pelas MENTIRAS que ela retira do próprio ânus...

E, pronto, ela acha que tá arrasando, defendendo brilhantemente sua causa gay e massacrando o oponente.

Tanto apego à inversão (em todos os sentidos) e à mentira é realmente de dar dó, coitada.
José Agustoni disse…
A ICAR é que deixou de ser católica há muito tempo.
Anônimo disse…
Quem pode julgar isso é tão somente a ICAR, e não você!
Anônimo disse…
Suck
Anônimo disse…
Aliás, como é engraçado essa coisa de dizer que "não é católico", ou "não é cristão"... na hora que não agrada, "ele não é católico"; "ele não é cristão". Mas na hora que é ficar apelando para a maioria, ninguém analisa os atos ou históricos dos católicos/cristãos: é sempre "a maioria é cristã" ou "a maioria é católica".

Pena que essa falácia já se tornou enfadonha...
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Sei não... Do jeito que andas as coisas, uma igrejola a cada rua de mãos dadas com o péssimo ensino só consigo enxergar esses crentes no poder ditando como vai ser nossas vidas em um futuro próximo.
Anônimo disse…
Teorias da conspiração e direitopatia. IT SUCKS!
dispenso disse…
"o procurador está fazendo o seu trabalho"

"Trabalho" ridículo de um procurador inútil.

E nossos impostos servem para pagar o marajônico salário de um parasita desses.
tá disse…
O procurador gayzista e cristofóbico do MPF é 'católico'.

E eu sou o Batman.

Anônimo disse…
Provavelmente é mais um ateu safado se dizendo "cristão" para enganar trouxas e atacar melhor.

Famoso "lobo em pele de cordeiro"
Anônimo disse…
Não dá para argumentar contra essa lógica, ela é simplesmente perfeita.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Amém.
Anônimo disse…
Anônimo das 00:10, tente essa: procurado bobo e feioso!
Anônimo disse…
E daí?
Anônimo disse…
Madonna mia!
Anônimo disse…
Bem lembrado.
Anônimo disse…
Homofóbicos atribuem valor negativo à homossexualidade e por isso a utilizam para tentar "ofender" outras pessoas!

Deprimente a estupidez de vocês!
Lia de Souza disse…
Tão instruído e ainda católico( crente)... É meio estranho. Tanta instrução não serviu nem para o básico: ser cético?
Anônimo disse…
Não sou a favor deum estado ateu, mas de um estado sem religiãoe sem sentidos nesse aspecto. O estado ateu seria uma ditdura tão retrógrada quanto a teocracia. O q realmente defendo é a submissão da instituição religiosa ao Estado laico. DEveria-se limitar as manifestações religiosas aos templos e casas de família, se estas quiserem. Chato ter q passar diante de ua praça pública com manifestantes religiosos aos brados o tempo todo. Templo existe pra isso, não é não? Abfração!
Anônimo disse…
Como poderia dizer um invertedor de comentários deste blog:

Gayzistas atribuem valor negativo ao que chamam de 'homofobia', e por isso a utilizam para tentar "ofender" outras pessoas!

Deprimente a estupidez de vocês!

católico pracarai disse…
O procurador gayzista e ateísta é tão "católico" quanto Adolf Hitler era.
Anônimo disse…
Não devemos ofender os bobos e feiosos comparando-os com o procurador.

Bobos e feios não se empenham em tentar eliminar referências religiosas da sociedade ou em perseguir pastores acusando-os de "ódio" e "homofobia" baseando-se em vídeos fajutos montados por militantes gays bandidos.

Apenas gays e ateus se dedicam a esse tipo de atividade criminosa.
Anônimo disse…
Não me recrimine, mas não quero caras com idade de ser meu avô!
Anônimo disse…
E ele era.
dúvida disse…
Você quer banir a religiosidade do espaço público, quer confiná-la a recintos fechados, quer submetê-la ao mando do Estado... e ainda jura que não quer Estado ateu nem ditadura ateísta?

Você não admite que haja manifestações de religiosos nas ruas, você acha chato, então elas têm de ser proibidas....

E parada gay na rua, no espaço público, você acha chato também? Topa proibir também?

Parada gay também deve ficar restrita a ambientes fechados, tipo saunas e boates gays (da mesma forma você acha que manifestações religiosas devem ser confinadas em templos e casas) ou a "parada do orgulho" poderá continuar na boa em praça pública, fazendo todo barulho e perturbação que tem direito, e exibindo todo o maravilhoso e já tradicional show de bizarrices e de taras erótico-políticas?
Anônimo disse…
Não. Seria assim: Olavetes atribuem valor negativo ao que chamam de 'relgiofobia' , e por isso a utilizam para tentar "ofender" outras pessoas!
Anônimo disse…
Vídeo fajuto? Vídeo fajuto é um, que está no YouTube, intitulado "Deus salve as crianças" VERGONHOSAMENTE editado e criminosamente MONTADO por bandidos DE ALTA PERICULOSIDADE da laia do pastoreco pilantra Silas Malafaia e apresentado pelo falso-moralista-oportunista Bolsonaro, em que as falas dos participantes de um congresso sobre juventude LGBT e combate a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero etc na Câmara dos Deputados, foram totalmente descontextualizadas para tentar jogar a opinião pública contra a causa gay, ao tentar incutir na cabeça das pessoas que o congresso era para debater formas de 'doutrinar' crianças à homossexualidade, e passar a ideia de que eles estavam fazendo apologia da violência contra padres e pastores e outros absurdos. Eu não sei o que pensa essa gente do PICARETA Malafaia que acha que tem autoridade para falar em nome da igreja católica e de outros credos sem a ter de fato e de direito.
Anônimo disse…
Há um deputado gay que sempre gosta de reunir a quadrilh.., quer dizer, os amigos de militância LGBT, expondo orgulhosamente todos os seus intentos, vociferando todo tipo de asneira...

E quando o vídeo de suas reuniões vaza e é devidamente exposto e rechaçado, reclamam de que foi "descontextualizado", que o Bolsonaro ou o Malafaia, "homofóbicos" perigosíssimos, estão sendo malvados com eles, tadinhos.

Felizmente, para o bando LGBT, há promotores-comparsas no MP sempre dispostos a acatar suas vontades e mentiras.

Infelizmente, para o bando LGBT, quanto mais atacam, com a sordidez que lhes é habitual, mais sua picaretagem e bandidagem são desmascaradas.
lorota disse…

Tudo indica que esse procurador tá é apelando, inventando.

Primeiro, o procurador tenta fazer uma espécie de pregação pseudo-cristã, demonstrando sua ignorância religiosa de falso católico, com a citação errada "A César o que é de César, a Cristo o que é de Cristo".

A pregação 171 do procurador pseudo-cristão tenta, basicamente, emplacar a conversinha engana-trouxa do tipo "Jesus não gostaria do nome de Deus nas notas de real"

Depois, o entrevistador pergunta para ele uma coisa, e o procurador desconversa.

Dispara, sem mais nem menos, dizendo que está sendo "ameaçado de morte por cristãos" (ele tem certeza de que é por cristãos, ele enfatiza bem, deve ser vidente).

Em seguida, o procurador desfia toda aquela clássica lorota gay-ateísta de "religião como inimiga dos direitos humanos" e talz.

Sei lá, é muita lenga-lenga vitimista.

O tal procurador tá até parecendo um certo deputado gay, famoso por inventar estórias e se fazer de vítima... para melhor atacar seus alvos.
Anônimo disse…
"habitual19 de novembro de 2012 18:26

A "ameaça" (se é que realmente houve e o procurador-militante não está inventando) pode ter sido feita por um ateu ou gay disposto a pintar os religiosos como monstros perigosíssimos, que preecisam ser combatidos e eliminados.

Como os ateístas e gays que comentam neste blog também tanto gostam de fazer."

Que ateu ou gay correria o risco de ser INVESTIGADO pela PF e no fim ser desmascarado e prejudicar a "imagem" atéia ou gay ? Só se fosse muito imbecil.


Victor Uwe disse…
As pessoas querem a Liberdade que somente elas podem infringir. Dane-se a Liberdade dos outros.

Eu acho um absurdo também essas ameaças de morte, sou a favor de tirar a frase da nota, e sou cristão. Agora, façam-me o favor, vão tomar leite com pêra, porque ninguém merece ler comentários de meninos de 15 anos querendo ditaduras ateístas. (me desculpe, mas se você não é tão novo, sinto lhe informar que sua mentalidade é).

Estado Laico não é a proibição das religiões e fés, mas justamente a liberdade total para praticar qualquer credo (ou descredo).

Voltando um pouco ao assunto, a frase "Deus seja louvado", ao contrário do que parece, não remete a uma religião específica. (caso contrário, seria "Jesus seja louvado" ou "Eshu seja louvado" (se é que vocês conhecem outras religiões...). Mas tudo bem.

Eu entendo o que é ter um pensamento diferente da maioria. Mas se você quer se destacar por ser ateu, pelo menos faça isso sem foder com os outros. Eu, quando descobri e gostei da Esquerda (na minha adolescência), sofri muito preconceito na escola dos burguesinhos (ainda mais pelo fato de eu ter ganho bolsa de 100% numa escola particular). Mas não é por isso que eu simplesmente vou desejar morte a todas as pessoas de Direita.

Eu sou cristão, mas diariamente questiono minha fé. Talvez eu seja um ateu no armário? Não sei. Pode ser. Mas não cabe a ninguém me forçar a crer ou deixar de crer em qualquer coisa. Assim como os pensamentos são pessoais e únicos, a fé também é. Eu não sou "burro" ou "ignorante" só porque acredito em um cara barbudo no céu (agora falei do jeito que vocês gostam), assim como, por exemplo, você não é burro e ignorante por acreditar que seu time de interior pode ser campeão brasileiro um dia! Fé é algo separado de pensamento! Uma pessoa pode sim ser inteligente e ter fé. O que causa a impressão de pessoas religiosas serem burras é o fato de que a maior parte da população é religiosa, enquanto pensamentos de vanguarda geralmente estão presentes em meio acadêmico.

*flies away*
O ateu que ignora os Crentes disse…
A primeira coisa que eu aprendi quando entrei na internet e comecei a pesquisar sobre ateismo foi que cristãos com diversos distúrbios mentais e sem cultura e anti-sociais povoam o ambiente onde se fala sobre ateismo, falam de suas loucuras e coisas próprias, e já nos primeiros dia meu de internet e ateismo eu aprendi a ignorar essas pessoas que não tem nada de relevante a dizer , e faço isto até hoje e não pretendo mudar..

“O cristão comum é uma figura deplorável, um ser que não sabe contar até três, e que, justamente por sua incapacidade mental, não mereceria ser punido tão duramente quanto promete o cristianismo”.
Nietzsche.
Anônimo disse…
“O dia chegará em que a geração mística de Jesus pelo espírito santo no útero de uma virgem será comparado à geração de Minerva no cérebro de Júpiter”.
Dário de Paiva.
Anônimo disse…
O mais incrível é que esse procura dor que diz ser um 'defensor dos direitos humanos' está pouco se lixando com a matança descontrolada que está acontecendo em SP ; mas está lutando com afinco por uma causa fútil!

E duvido realmente que esse procurador realmente seja católico. Se ele não reparou, está recebendo apoio justamente da militância neo-ateísta ; Que odeia a sua crença!
Anônimo disse…
“Quando os missionários chegaram pela primeira vez na nossa terra, eles tinham as Bíblias e nós tínhamos a terra. Cinqüenta anos depois, nós tínhamos as Bíblias e eles tinham a terra”.
Jomo Kenyatta, primeiro Presidente do Quênia após a independência.
Unknown disse…
morte aos Olavetes.
Fábio disse…
Isso não passa de puro sensacionalismo.
1- Esse lance das ameaças não passa de pura mentira! Ninguém seria louco de mandar e-mail com ameaça á um procurador; Se todos sabem que ele poderia rastrear.
2- Outra mentira: Ele não é católico. Se fosse, não aceitaria o apoio das entidades neo-ateístas que ridicularizam e são contra o direito dele ter a crença dele!
3- Uma verdade boa: Ele só podia ser corintiano...

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Terraplanista vai a Noruega, vê o sol da meia-noite e admite que a Terra é redonda

Contar o número de deuses é difícil porque são muitos, dezenas de milhares, milhões

Bíblia tem mais de 2,5 milhões de mortes em nome de Deus

Darwin teve a melhor ideia de todas porque liga vida, física e cosmologia, diz Dennett

A beleza ilusória do mundo da nuvem digital tem impacto na saúde mental

Não acreditar em Deus é atalho para a felicidade, afirma Sam Harris

Evangélicos acham que o dízimo é investimento financeiro, afirma estudo