Pular para o conteúdo principal

Brasil registra em 2022 o menor número de nascimentos em 45 anos

O IBGE informou que nasceram em 2022 2,5 milhões de bebês, 3,5% a menos que em 2021 e 10,8% abaixo da média pré-pandemia.


Trata-se do menor número desde 1977. Todas as regiões registraram queda no número de nascimentos, com destaque para o Nordeste (-6,7%) e Norte (-3,8%).

Os únicos estados com aumento foram Santa Catarina (2,0%) e Mato Grosso (1,8%).

A participação de mães com menos de 29 anos nos nascimentos vem diminuindo desde 2000. Já as mães com 30 anos ou mais aumentaram sua participação. Em 2022, 34,5% dos nascimentos foram de mães entre 30 e 39 anos, contra 22% em 2000.

Do total de nascimento de 2021, 2,1% dos nascimentos em 2021 não foram registrados.

O Brasil registrou 1,5 milhão de mortes em 2022, uma queda de 15,8% em relação a 2021. A queda é atribuída à imunização contra a covid-19.

Apesar da queda geral, o número de mortes na faixa etária de até 14 anos aumentou 7,8% em 2022. Entre as crianças de 1 a 4 anos, a alta foi de 27,7%.

Uma das possíveis causas é a vacinação tardia de crianças contra a Covid-19, considerando que, nessa faixa etária, os óbitos ocorrem principalmente por doenças respiratórias.

> Com informação do IBGE.

Comentários

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Morre o americano Daniel C. Dennett, filósofo e referência contemporânea do ateísmo

Entre os 10 autores mais influentes de posts da extrema-direita, 8 são evangélicos

Ignorância, fé religiosa e "ciência" cristã se voltam contra o conhecimento

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Oriente Médio não precisa de mais Deus. Precisa de mais ateus

Vídeo mostra adolescente 'endemoninhado' no chão. É um culto em escola pública de Caxias

Ateu, Chico Anysio teve de enfrentar a ira de crentes