Na África, recomendação de Bento 16 contra HIV surpreende órgãos de saúde


A maioria das pessoas infectadas pelo HIV está na África (22 milhões de pessoas de um total de 36 milhões em todo o mundo), e, por isso, já se esperava que Bento 16, em sua primeira visita à região, defendesse a abstinência como forma de combater a disseminação do vírus da Aids.

Mas o papa surpreendeu ao fazer uma afirmação que contraria levantamentos e estudos de organizações de saúde e de combate ao HIV.

Ele disse que a distribuição de preservativos – como ocorre em vários países, incluindo o Brasil – “piora o problema” da Aids.

Como? Ele não explicou.

Com informação das agências.



Papa Bento 16 está de malas prontas para o inferno

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Anônimo disse…
o papa diz isso porque tem tolos que o levam sério
Ricardo disse…
A falta de sexo faz as pessoas dizer essa bobagens. Creio que esse seja o problema do papa. Ele precisa relaxar, como disse a Marta Suplicy, relaxa e goza.
Anônimo disse…
o papa esta certo o sexo desenfreado levou a africa ao que em pouco tempo ira acontecer no mundo inteiro!!!
Anônimo disse…
o papa ta certo devemos nos disciplinar!!!