Atriz ganhadora do Oscar chama Bento 16 de 'papa nazi'

A atriz norte-americana Susan Saradon (foto), 65, disse durante uma entrevista que Bento 16 é um "papa nazi". Ela é ganhadora de vários prêmios, entre os quais o Oscar de 1995 de melhor atriz pela sua interpretação em Dead Man Walking.

Susan é uma ativista de causas sociais
Susan se referiu a Bento 16 quando disse ter enviado ao papa o livro que deu origem ao Dead Man Walking. Um jornalista quis saber se o tal papa é o atual, o Ratzinger. Ela respondeu: “Foi o papa anterior [João Paulo 2], e não este "nazi" que temos agora”. Durante a entrevista, ela voltou a chamar Bento 16 de "nazi".

Ratzinger foi membro da Juventude Hitlerista, como a maioria dos jovens de sua época porque se tratava de uma convocação. Não há registro de que ele tenha se destacado nas atividades do grupo.
Susan não disse por que chamou o papa de nazista. Ela é uma ativista social, envolvendo-se em campanhas contra a homofobia e de combate à Aids, entre outras, o que contrasta com a pregação ultraconservadora de Bento 16. Em uma visita a África, continente abatido pelo vírus da síndrome, por exemplo, o  papa chegou desaconselhar o uso de preservativo.

Entidades ligadas à igreja querem que a atriz peça desculpas porque entendem que ela ofendeu todos os católicos. Abraham H. Foxmanm, da ADL (Anti-Defamation League), disse que Susan tem o direito de criticar o papa, mas ela não deveria usar “palavra de ódio”.

Com informação das agências.

Hitler foi católico e nunca renunciou ao batismo, lembra Dawkins
setembro de 2010

Celebridades.

Comentários

  1. Uai, mas todo mundo chama o Ratzinger de "nazi pope"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô coitada, tipica atriz decadente que precisa se promover na mídia às custas do Papa, lamentável!!!
      quanto ao fato fato de supostamente o Papa ser nazista a reportagem mesmo esclarece que era um alistamento obrigatório, assim como no Brasil temos o alistamento obrigatório, sabe-se que Joseph Ratzinger foi alistado obrigatoriamente mas nem sequer serviu, então o Papa agora é bode expiatório para o nazismo????

      Excluir
    2. Não, ele é culpado pelas merdas que causa na África, como o artigo diz. Você não leu?

      Excluir
  2. NAZISTA MESMO !!!!!!!!!

    Robson Kvalo...

    ResponderExcluir
  3. divertindo com ateus10/19/2011

    Putz, isso é inédito!

    Militante da causa gay e do ateísmo xingando o Papa de "nazista" ?!?!

    Acho que nunca vi isso antes!

    Muito original mesmo!

    (o humor involuntário homo-ateísta continua brilhando)

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10/19/2011

    Sério, tem tanta coisa séria pra criticar o papa e a mulher o chama de "nazi"... tipo, "hã"?

    Jesusmisericórdia!

    ResponderExcluir
  5. humor involuntário homo-ateísta continua brilhando...os teístas estão aprendendo a serem sarcásticos? ahshahsha

    ResponderExcluir
  6. LEGIÃO10/20/2011

    Não importa se foi convocado ou se foi por vontade própria. O comportamento dele hoje e a história dele dentro da ICAR mostra o que ele é: um NAZI.

    ResponderExcluir
  7. Eduardo Araújo10/20/2011

    Os estúpidos mais intolerantes e idiotas da atualidade são, com certeza, os novos ateus, doutrinados na imbecilidade de Dawkins, Sam Harris, Dennett et caterva.

    Agora uma pessoa é considerada "nazi" por causa do "comportamento dele hoje" e a "história dele dentro da ICAR (sic)".

    Pergunte-se ao babaca se ele conhece a história de Joseph Ratzinger dentro da "ICAR",coisa que duvido. Certamente, a anta nem sabe direito o que é nazismo.

    Ironicamente, muito próximo do modo de agir nazista foi o comentário dele, com seu imbecil "reductio ad Hitlerum", baseado em porcaria alguma (a não ser o lixo ateísta que deve andar lendo por aí).

    ResponderExcluir
  8. Ok, temos um novo troll para substituir o Izaque que fugiu. E esse é puxa-saco do Papa. É cada uma...

    ResponderExcluir
  9. Somente uma pessoa muito ressentida pra associar o ateísmo apenas na figura de Richard Dawkins.

    O drama dos que acreditam nas mitologias do deus de Abraão é tamanho que os cegam, ao ponto de convergir todo o ateísmo apenas à figura de Richard Dawkins.

    De qualquer maneira, a palavra Dawkins continua a evocar espíritos ressentidos, amargurados por quem desafia sua mitologia preferida.

    Não os alimentem, deixe-os descansar em paz! :D

    ResponderExcluir
  10. E o Papa não é nazista, é o o Imperador Palpatine.

    ResponderExcluir
  11. Cognite Tute10/21/2011

    Avelino: "E o Papa não é nazista, é o o Imperador Palpatine." (2)

    http://4.bp.blogspot.com/_zrz8cPDn6lc/TGl2xxd1FII/AAAAAAAAEEY/6nx2q0JLRDc/s400/pope-benedict-palpatine.jpg

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  12. Cognite Tute10/21/2011

    Avelino: "Não os alimentem, deixe-os descansar em paz! :D" (2)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  13. LEGIÃO10/21/2011

    Her Ratzingering!!!

    ResponderExcluir
  14. LEGIÃO10/21/2011

    Her Ratizingoering!!!

    ResponderExcluir
  15. piromaníaco10/22/2011

    Susan Sarandon abafa no Halloween com essa carinha de bruxa velha raivosa!

    Será que é por isso que ela tem raivinha da Igreja?

    ResponderExcluir
  16. Anônimo10/28/2011

    Ateus não tem ódio! ha...ha...ah...ha..ha

    ResponderExcluir
  17. Take This!12/18/2011

    Papa...tine!

    ResponderExcluir
  18. Anônimo1/11/2012

    Papabosta, dentro da mente dele só tem fezes

    ResponderExcluir
  19. Anônimo2/02/2012

    Piromaníaco que podre esse teu comentario ''abafa no Halloween com essa carinha de bruxa velha raivosa.''

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Pastor afirma que 'mendigos têm dever bíblico de passar fome'

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Nos EUA, críticos da pseudociência processam fabricante de homeopatia