Pular para o conteúdo principal

Justiça impede construção de estátua de São Sebastião de R$ 3,175 milhões

A Justiça de São Sebastião (SP) anulou o decreto do prefeito daquela cidade litoriana que autorizava o gasto de R$ 3,175 milhões para construior uma estátuda do padroeiro do local.

A pedido da Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos), o juiz da 1ª Vara Cível de São Sebastião, André Quintela Alves Rodrigues, já tinha suspendido em março de 2020 liminarmente (em caráter provisório) a edificação no Morro do Araça.

Na época, o prefeito Felipe Augusto argumentou que a estátua de 40 metros ia incentivar o turismo religioso na cidade.

Agora, em sua decisão definitiva, o juiz Rodrigues, concordando com a ação civil pública da Atea, afirmou que os recursos devem ser destinados para resolver problemas graves de infraestrutura.

“A cidade é carente de infraestrutura básica, como o sistema viário e o de saneamento básico, o que causa transtornos nas temporadas, como engarrafamentos e lentidão no trânsito e falta de água, bem como saturação dos serviços de atendimento médico de urgência e de coleta de lixo, entre outros serviços públicos, o que é notório em toda a região do Litoral Norte”, afirmou.

Ressaltou que a vocação da cidade é o ecoturismo e não o turismo religioso.

Ainda assim, de acordo com o juiz, se o prefeito estiver preocupado com o patrimônio cultural, ele deveria cuidar da manutenção, preservação ou restauro arquitetônico, inclusive de origem religiosa, como “as capelas caiçaras centenárias, sítios arqueológicos e o próprio centro histórico da cidade, composto de vários quarteirões tombados”.

São Sebastião, na
versão dos Simpsons

Com informação do Diário do Litoral e de outras fontes.


Vídeo mostra que filho de Testemunhas de Jeová já discrimina colega da escola


Comentários

Anônimo disse…
Tenho orgulho de financiar a ATEA. A Igreja Católica é rica, ela pode muito bem construir esse padroeiro com os milhares de ouros que possuem no Vaticano.
Psique disse…
Os fiéis pedem proteção aos santos, mas os santos não protegem nem a si mesmo e muito menos uma estátua protege a si mesmo. Daí que é correto quebrar as estátuas dos santos para mostrar que elas não protegem ninguém.

Posts + acessados hoje

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Líder religiosa pagava quem trabalhava em sua empresa com promessas de salvação divina