Pular para o conteúdo principal

Justiça de Angola determina o fechamento de todos os templos da Igreja Universal

A pedido do Ministério Público, a Justiça de Angola acionou a polícia para fechar gradualmente todos os templos da Igreja Universal do Reino do Deus, incluindo os que se encontram tomados por pastores dissidentes. Só em Luanda, capital do país, há 211 templos.

A polícia tomou o depoimento de pastores, liberando-os em seguida.

A direção da Igreja em Angola afirmou ter ficado surpresa com a medida, acusando a operação policial de “desproporcionada e excessiva”.

Pastores dissidentes acusam a igreja brasileira de lavagem de dinheiro, desvio de dízimo para o Brasil, discriminação contra os sacerdotes angolanos e imposição da vasectomia a seus pregadores. 

Universal nega todas as acusações e afirma estar sofrendo perseguição.

Autoridades policiais, Ministério Público e Justiça estão investigando as denúncias, com o apoio discreto do governo.

A determinação do fechamento dos templos acorre no momento em que o governo autorizou a retomada das atividades religiosas, que estavam suspensas por causa da Covid-19.

Em julho, a Comissão de Relações Exteriores do Senado do Brasil decidiu que mandaria em agosto uma comissão de parlamentares a Angola para ajudar a resolver a crise da igreja.

A viagem não se realizou provavelmente porque autoridades governamentais de Angola sinalizaram que se trata de um problema interno.

Naquele mesmo mês, agosto, a TPA (Televisão Pública de Angola), emissora estatal, informou que no dia 31 o bispo brasileiro Honorilton Gonçalves, líder da igreja, tentou deixar o país em um voo humanitário com destino ao Brasil.

Nota da Universal negou a suposta fuga, afirmando que Gonçalves estava em sua casa no horário do embarque do referido voo.

Fechamento dos
templos é por tempo
indeterminado


Com informação do jornal Público e de outras fontes e foto de divulgação.

Governo angolano avisa Brasil que problema com a Universal é interno

Edir amaldiçoou dissidentes por ter perda material, diz conselho cristão de Angola

Bancos de Angola bloqueiam contas da Igreja Universal do Reino de Deus

Bispo rebelde da Universal de Angola revela como a igreja desvia o dízimo

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Pastores da Universal em Angola acusam bispos brasileiros de desvio

Jornal de Angola diz que Igreja Universal impõe vasectomia a pastores

Universal tirou ilegalmente dólares de Angola, diz ex-bispo

Angolano diz que invasão de seitas ameaça cultura do país

Comentários

Emerson Santos disse…
Justiça de Angola determina o fechamento de todas as franquias da Igreja Universal ... fica mais de acordo com a realidade ... kkkkk
Anônimo disse…
Acabou a mamata, vão ter que trabalhar agora pastorada, arrumem uma profissão de verdade.
Heavyman disse…
Parabéns aos Angolanos, estão vendo que essa empresa é uma máfia.

Posts + acessados hoje

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Líder religiosa pagava quem trabalhava em sua empresa com promessas de salvação divina