Pular para o conteúdo principal

Edir amaldiçoou dissidentes por ter perda material, diz conselho cristão de Angola

O Cica (Conselho das Igrejas Cristãs em Angola) criticou o bispo Edir Macedo por ele ter amaldiçoado os pastores dissidentes da Universal, assim como suas esposas e descendentes.

A reverenda Deolinda Dorcas Teca, secretária-geral do Cica, afirmou que a reação de Edir Macedo demonstra “sentimentos de perda de bens materiais e financeiro”.


Os dissidentes, todos são pastores angolanos, acusam a direção da igreja brasileira de lavagem de dinheiro, discriminação e imposição de vasectomia. Eles tomaram pelo menos 30 templos da Universal, expulsando os pastores brasileiros.

O bispo brasileiro Honorilton Gonçalves, dirigente da Universal em Angola, nega as acusações.

O Cica tem como associadas 20 igrejas e duas organizações religiosas. A Universal não faz parte dele.

Citando a Bíblia, a reverenda Teca afirmou não ser tarefa “de homem nenhum amaldiçoar os outros, mas abençoar”. 

Comentários

Emerson Santos disse…
Que mentira...pessoas evangélicas são o maior exemplo de virtude e amor ao próximo ... vejam a bancada evangélica no congresso... que são exemplos de cristandade...