Igreja Católica não excomunga seus estupradores, diz Varella


Médico acusa
 a Igreja de
intimidar a
população
[notícia]

Em artigo em que se solidariza com os seus colegas médicos de Pernambuco que foram excomungados por interromper a gravidez de gêmeos na menina de 9 anos estuprada pelo padrasto, Drauzio Varella diz que a Igreja Católica foi coerente ao não punir o estuprador.

Na Folha de 14 de março de 2009, Varella (foto) escreve: “Por que cobrar a excomunhão do padrasto estuprador, quando os católicos sempre silenciaram diante dos abusos sexuais contra meninos, perpetrados nos cantos das sacristias e dos colégios religiosos?".

Continua: "Além da transferência para outras paróquias, qual a sanção aplicada contra os atos criminosos desses padres que nós, ex-alunos de colégios católicos, testemunhamos?”


Afirma que as normas da Igreja Católica estão ancoradas na Idade Média e que, por isso, são opostas à missão da medicina.

“Nosso compromisso profissional é com a vida terrena, o deles, com a eterna. Enquanto nossos pacientes cobram resultados concretos, os fiéis que os seguem precisam antes morrer para ter o direito de fazê-lo.”

Os males da igreja à sociedade são muitos, diz Varella. Mas o pior deles, ressalta, é a vocação secular para intimidar população e dirigentes.

Varella observa que nem sequer as entidades que representam os médicos tiveram coragem de expressar solidariedade aos profissionais que, dentro da lei, interromperam a gestação de risco.

Íntegra do texto de Drauzio Varella.


Caso da menina estuprada da polêmica gerada pela igreja

Caso de menina estuprada leva francês a pedir desbatismo

Arcebispo excomungador renuncia por atingir limite de idade



Cristo seria excomungado por Bento 16 se voltasse, diz filósofo

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

Rodrigo Piva disse…
Tive a oportunidade de ler este excelente artigo do Drauzio e concordo inteiramente.

Abração
Anônimo disse…
A mesma igreja nunca excomungou o nazismo, tampouco os padres que apoiaram.
Anônimo disse…
Ah, esta mesma igreja não puniu seus padres envolvidos no holocausto de Ruanda.
Tereza disse…
Não é sem motivos que admiro Drauzio Varella. Ele inunda sua tarefa de médico com humanidade e a sua lucidez é brilhante. Seu texto é prova disso, destaco quando ele sinaliza que o pior mal da igreja é "intimidação" do sujeito. Paulo, as mulheres que o digam...

Abs
Pedro Antonio Acerbi disse…
Excelente... sou fã do Dr. Drauzio Varella há muito tempo. Ele merece.
Anônimo disse…
naum a igreja nao necessita punir este estrupador publicamente pois o mundo ja o puni mas o aborto q todos acitam esse deve ser discutido e punido msm,a cultura dii morte ta entranduuu no brasil...
Anônimo disse…
tem q punir msm,esses assasinos ...
Anônimo disse…
esta puniçao foi boa...pois nao podemos aceitar a cultura de morte iniciada com o aborto...
Anônimo disse…
Quanto ao assunto do aborto é realmente uma polêmica e assunto delicado, mas concordo tanto com o Drauzio Varella quanto ao Stefano com respeito aos abusos cometidos pela igreja e acho que os governos já poderiam começar a tomar as devidas providências contra essa baixaria que é acobertada.
Daniel Rodarte disse…
Hum... Aos que apoiam o morte...
Primeiro, o arcebispo não excomungou ninguém, Cristo assim o fez, pela pessoa de Pedro.
Segundo, todos, tem o perdão de Cristo, quando assim o quiserem e buscar o perdão.
Terceiro, a igreja, NUNCA apoiou nem irá apoiar a Morte de inocentes, mesmo que estes não tenham nascidos.
Quarto, para vocês estuprar é menos ofensivo que matar? Aborto é matar uma criança em favor de uma sociedade hipócrita, que pelo relativismo, tem por verdades, meias mentiras, onde para um fraco argumento, deixam as emoções mundanas aflorar.
Quinto, quando dizem que a igreja nunca excomungou o nazismo... desculpe-me pela sua Ignorança, mas o Nazismo não é uma pessoa para tal punição. A igreja condena abertamente o Comunismo e por conseqüência o Nazismo.
Por fim, aos que apóiam o aborto e afins, me resta pedir a Maria que intercedam por vós.
Que a Verdade estejam convosco.
Realista disse…
"a igreja, NUNCA apoiou nem irá apoiar a Morte de inocentes, mesmo que estes não tenham nascidos."

Sei...sei... E o que me diz da Inquisição e da Ustasha?

" para vocês estuprar é menos ofensivo que matar? Aborto é matar uma criança em favor de uma sociedade hipócrita, que pelo relativismo, tem por verdades, meias mentiras, onde para um fraco argumento, deixam as emoções mundanas aflorar."

Olha qm vem falar de hipocrisia!!! 1 católico!!
Depois de vários crimes brutais, Roma vem falar de vida??? Roma pouco se importa com as vidas dilaceradas pela pobreza,drogas etc.
Qm vive da mentira é a igreja!!!


"Quinto, quando dizem que a igreja nunca excomungou o nazismo... desculpe-me pela sua Ignorança, mas o Nazismo não é uma pessoa para tal punição. A igreja condena abertamente o Comunismo e por conseqüência o Nazismo.
Por fim, aos que apóiam o aborto e afins, me resta pedir a Maria que intercedam por vós.
Que a Verdade estejam convosco."

A expressão nazismo é usada no sentido amplo, tanto a ideologia quanto seus adeptos. a igreja finge condenar o nazismo.
a igreja condena o comunismo por intere$$e$.

Cara, se preocupe com as freiras que praticam aborto.
Anônimo disse…
Boa noite a todos!

Que lamentavel que muitas pessoas ainda não entenderam a verdadeira cultura: DEUS!

Não adianta ficar discutindo o que passou há séculos!

Procurem conhecer a cultura de DEUS, essa obra que nos salvará e para isso enviou seu filho JESUS, não para condenar os pecadores, mas para que todos se convertam e vivam... e vivier minha gente, não siginifa viver apenas essa vida de prazeres e luxos!!!!

Não se esqueçam que todos nós morreremos nessa vida.

Procurem ler a Bíblia antes de opinarem ou acharem maravilhos artigos de pessoas preocupadas apenas com essa vida, pessoas que não entenderam ainda o projeto de DEUS para todos nós e consequentemente não conhecem a igreja...

Fico impressionado ver tanta gente com raiva da igreja, mas nem ao menos tem a curiosidade de conhecem a obra de DEUS através da bíblia!!! A igreja não inventou nada não viu gente... Tudo o que a igreja prega está pautado nas sagradas escrituras! É só isso! E o mais importante, ela está preocupada com nossas almas, para que possamos viver de fato na verdadeira vida e não simplesmente nessa!

Por que nascemos? Por então que iremos morrer? Ou vocês estão achando que são árvores???

Gente, leiam a Bíblia antes de sairem falando essas barbaridades...

Sugiro isso. Façam essa experiência ok.

Boa noite e fiquem com DEUS!!!!
Anônimo disse…
a igreja tenta impedir q o mundo se destrua mais rapido assasinando crianças inocentes atraves do aborto!!!
moreir4 disse…
Curioso: matar alguém estando em estado de necessidade, isso é matar (mesmo um inocente) para salver a própria vida, não causa críticas. Ninguém discute o direito de cada um fazer o necessário para continuar vivo.
Mas a grávida que corre risco de vida se não interromper a gravidês é diferente. Nesse caso há polêmica!