Pular para o conteúdo principal

Cartunista Laerte anuncia que agora não é homem nem mulher



Laerte: antes e agora

O cartunista Laerte Coutinho (fotos), da Folha, passou a usar roupas femininas em 2009. Na época sua namorada e filhos estranharam e até hoje alguns de seus amigos suspeitam que ele tenha endoidado. Agora, nas últimas semanas, ele tem dado entrevistas para explicar por que adotou o cross-dressing (travestimento). 

Laerte, que é bissexual, tem afirmado que decidiu se libertar de uma “cultura binária” que impõe às pessoas que sejam homens ou mulheres. Ressalta que se veste com roupas femininas, mas sabe que não é mulher e deixou de se considerar homem.

Para confundir ainda mais quem tenta entender o seu comportamento, ele afirma que seu novo vestuário não tem nada a ver com fetiche sexual. “O travestimento é uma questão de gênero, não de sexo.”

Há quem diga que Laerte começou a ficar pirado em 2005 por causa da morte naquele ano de um de seus filhos em um acidente de carro. Foi quando as suas tiras no caderno Ilustrada ficaram estranhas, na avaliação de leitores e de jornalistas da Folha.

O cartunista garante estar na plenitude de sua consciência. “Eu não me sinto fora do eixo, fora do tom, fora de nada”, diz. “Comecei a me aproximar do travestimento em 2004. Interrompi por causa da morte do meu filho e agora retomei.”

Ele atribui o estranhamento das pessoas ao seu comportamento ao fato de que não se rompe com facilidade "o código da cultura binária”.

A colunista Nina Lemos escreveu que Laerte chutou todos os preconceitos e é o primeiro cross-dresser do Brasil a sair do armário para usar vestido, brinco, unhas feitas e maquiagem. “Hoje ele é um dos caras mais livres do país.”

Laerte diz estar ainda na fase da descoberta de tecidos, estampa, cor – o que lhe cai bem. Reconhece que antes era mais simples: “Eu comprava uma calça a cada três anos, colocava uma camiseta e pronto”.

Está impressionado com os elevados preços das roupas femininas. Mas nem por isso – assegura – tem recorrido ao guarda-roupa de sua namorada.

Com informação do iG e da Folha.

Cartunista no quintal de sua casa



Para creche na Suécia, crianças não são masculinas nem femininas

John agora é Jane e usa saia, e sua mulher não o deixou

Comentários

Anônimo disse…
“Eu não me sinto fora do eixo, fora do tom, fora de nada”

Ow. Tá normalzaço. Parabéns campeão.
Anônimo disse…
Pô e pensar que nas antigas era fã da tiras deste camarada e do Glauco, o Glauco se envolveu com a Seita do santo Daime e deu no que deu este diz que não tá pirado, acredito que consumiram muita droga nas antigas. Mas cada um é livre para fazer o que quiser. Mas que é ridiculo ah isto é.
Anônimo disse…
Não tenho nada contra o travestimento. Cada um se veste com quer. Mas, ao olhar esta foto do Laerte, a em que ele está no quintal de sua casa, me parece que perdeu o senso do ridículo. Além do mais, ele tem pernas feias.
Anônimo disse…
Fico pensando na vergonha dos filhos do Laerte. Ser de vanguarda, posar de moderninho, e expor ao mesmo tempo familiares ao constrangimento tem um nome: egoísmo.
Anônimo disse…
É bem provável que o próximo passo dele seja o suicídio...
Anônimo disse…
O Laerte é um gênio da arte do nosso País. Como se ser criticado por pessoas medíocres tirasse todos seus méritos e inteligência. Vestido de mulher ou pelado ele continuará sendo um gênio, enquanto vocês continuarão sendo comentadores de Internet, semianalfabetos.
Anônimo disse…
Laerte é um gênio na sua opinião, anônimo das 15h40.

Quanto aos "comentadores da internet", se isso significa uma depreciação, como dá a entender, você também é um de nós, caro colega, ainda que não se dê conta dessa obviedade.
Anônimo disse…
O Laerte foi muito bom, mas repito FOI. Eu nem sabia da morte do filho dele e que alguns julgam esta ser a causa da queda de qualidade de seu trabalho. Mas faz tempo que deixei de gostar de seu trabalho.
Anônimo disse…
Acho gozado: o cara se veste de mulher, se pinta, faz trejeitos e diz que não há nada de sexual nisso.

Se é assim, alguém pode me responder por que a escolha dos adeptos do travestimento é a mulher e não, por exemplo, um chimpanzé?
Anônimo disse…
Droga demais afeta os neurônios, como todos sabem. A expectativa agora é saber qual será o próximo cartunista a Folha a virar notícia.
Anônimo disse…
dorgas manolo.
Anônimo disse…
Laerte, Glauco e Angeli sempre foram pirados, e isso nao tira a genialidade dos tres.
O problema é ele sair com a namorada, e pensarem que é um casal de lésbicas... ou sei la o que!
Palmas pra namorada que ainda esta com ele, isso que é amor haha
Anônimo disse…
Fico imaginando os filhos dizendo aos amigos: "Este é o meu pai. Ele é lésbico".
Anônimo disse…
eu gostei, quebrar paradigmas é pra quem tem coragem, parabéns.
Rosinha Carmin disse…
Parabéns Laerte, você é livre...
Anônimo disse…
Ah, sabe que ficou bonitinho? Ele sempre teve cara de mulher mesmo...Olha a primeira foto, a forma do rosto, o queixo, o olhar pidão, tudo muito feminino. E que pernas, hein? Parabéns.
Anônimo disse…
Anônimo das 15h31: "o olhar pidão, tudo muito feminino"...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Anônimo disse…
Acho o Laerte, Glauco, Angeli e Adão Iturrusgarrai simplesmente os únicos artistas de nosso país, juntamente com Lobão e Rogério Skylab na música, Luiz Felipe Pondé na filosofia e Marcelo Mirisola na literatura.
São muito criativos (no caso de Glauco, era) e, acredito que a sociedade brasileira, pelo que vi nos comentários desta notícia, é ingrata. O artista que não se sacrifica suga os otários, que o seguem como cordeiros.
Anônimo disse…
As pessoas ultimamente tem perdido o senso do ridículo!!! Se ele não homem nem mulher, que diabos ele é então??

Ah, e que pernas esquisitas, hein? Deveria nos poupar pelo menos disso!
Cosme Souza disse…
Senhores "defensores dos padrões e dos bons costumes": por acaso as roupas e trejeitos do cartunista afetam o andamento da sua vida de alguma forma? Ele está cometendo algum crime previsto em lei? O QUE VOCÊS TEM A VER COM A VIDA DELE?
É tão difícil assim compreender que aquilo que o ser humano faz na esfera INDIVIDUAL (em seu corpo, ou entre quatro paredes ou sua maneira de ver o mundo) não afetam a coletividade?
Anônimo disse…
Eis, Cosme, você já ouviu falar da "vergonha alheia"? Coloque-se no lugar do filho do Laerte, que você entenderá.
Cosme Souza disse…
Pois é, caro anônimo das 23:56, você disse tudo. Tenho que admitir sua feliz ênfase na "vergonha alheia". Enfrentá-la é o primeiro passo para aqueles que querem se sentir realmente livres. Tem que ter muita coragem para isso, são poucos o que dão a cara a tapa.O anonimato da nternet, por exemplo, funciona como um valioso escudo.
Não estou dizendo que a atitude do Laerte seja digna de condecorações, quero sim enfatizar a coragem dele em tentar exercer sua individualidade plenamente.

PS: Desculpas pelo duplo sentido da expressão "andamento da sua vida" em meu primeiro comentário, o correto seria "andamento da vida de vocês".
Você pode pensar: que hipócrita! Fala em tolerância e não respeita minha opinião! Não, respeito sim, mas tenho o direito de contra-argumentá-la.
Anônimo disse…
Em primeiro lugar, Cosme Souza, assinar como Anônimo ou com qualquer nome dá no mesmo, porque nada prova que se trata de um nome verdade.

Me parece que você está em cima do muro. Diz que Laerte não merece condecorações, mas, se bem entendi, defende a coragem dele para ser o que é (ou o que deixa de ser).

Ora, meu caro, uma pessoa ter coragem para defender o seu egocentrismo até que é fácil. O difícil mesmo é se colocar no lugar do outro, no lugar do filho, no caso do Laerte, e entender a "vergonha alheia".

O filho do cartunista declarou a uma revista que tem vergonha de andar com o pai. Você não teria?

Não somos apenas o que acreditamos que somos -- isso é egoísmo demais. Somos também (ou deveríamos ser) um pouco "do outro", um pouco dos nossos filhos, dos nossos país, etc.

O egoísmo, meu caro, é o pai e a mãe das mazelas humanas. Tentar detê-la, individual e socialmente, é um ato de civilizatório, de superação em relação ao que há de pior na condição humana.

Nesse sentido, Laerte, embora se ache de vanguarda, é um brucutu.
Anônimo disse…
Pela feiura, o cara não tem nenhum compromisso com a estetica
Anmer disse…
"Se ele não é homem e nem mulher o que ele é então?"

Acho que alguém não leu o que o Sr. Laerte disse sobre "cultura binária".
Realmente é ridiculo eu ser destinado a eternamente ter que agir de certa maneira só porque nasci com um pau entre as pernas. Não me visto de mulher e nem sou gay, mas todo esse papo 'machos devem ser assim' me irrita também.

E o mesmo pras mulheres.
carol disse…
Concordo com o Anmer.

Me sinto mulher, sou mulher (e, sim, biologicamente sou do sexo feminino); e acho que cumpro bem o papel que a sociedade me deu por ser mulher, escapando apenas no quesito sexualidade porque sou lésbica. Mas morro de preguiça de como as pessoas levam isso a sério. Como se fosse questão de vida ou morte.

Nem to falando de preconceitos, de ficar generalizando tudo e atribuindo comportamentos, tipo "Homens são insensíveis e mulheres são fofoqueiras".

É só que, gente, vocês são criaturinhas únicas. Então não se subestimem, vocês são mais que seus órgãos sexuais. :) Imagina só se existisse apenas dois tipo de pessoas: os homens e as mulheres, cada um fazendo o que tem que fazer. Existem cerca de 7 bilhões de pessoas. Ainda bem.
Anônimo disse…
Ficou muito legal. Que pernas, hein? Aos 59 anos, ficou uma coroa inteiraça. E sendo bissexual, pode ficar com garotões e garotonas. Parabéns.
Anônimo disse…
hahah no mínimo intrigante
e meio nojento hahaha
Anônimo disse…
Com tanta coisa mais importante no mundo acontecendo, as pessoas se preocuparem com um surto psicótico de um homem que se drogou a vida toda e que talvez ainda tenha que usar desse artifício para aguentar sua vida esquisita e medíocre. Esse comportamento do Laerte realmente não passa de egoísmo, pois ele deveria passar ao menos uma hora por dia em um hospital de câncer infantil para poder saber realmente o que é um problema e deixar de idiotisse que é isso de se vestir de mulher e achar que existe mais que dois gêneros criados por Deus.
Anônimo disse…
Se um pobre fizer isso, será denominado de louco, safado, sem-vergonha... Mas porque ele é uma pessoa culta e pública as pessoas dizem que ele é pioneiro e está quebrando preconceitos.... Pelo amor de Deus, o que é isso? Vocês gostariam o ver seu pai vestido desta forma?
Anônimo disse…
Eu preferiria mil vezes ter um pai cabeça, intelectual, mesmo que fosse travesti, cross dressing ou sei lá o que, do que ter tido um pai como o das pessoas que fazem posts reacionários, conservadores e retrógrados por aqui. Pois eu sei que esses pais conservadores, em sua grande maioria, são falsos moralistas, puritanos de araque, escondendo das mulheres e das filhas suas nojentezas sexuais, heteros e homos...posando de santinhos, de bonachões, porém uns devassos. Garanto que o Laerte não ofende nem uma mosca. E ficou bonitinho(a) e tem belas pernas, melhores que as de muitas barangas por aí.
robson disse…
Aos defensores da liberdade total, do seja-o-que-quiser-ninguém-tem-nada-haver-com-isso, quero ter o direito de achar essa atitude ridicula,de achar que é doença e que provavelmente esta pessoa não é feliz...será que tenho liberdade para pensar assim e não ser discriminado por isso?
Anônimo disse…
Sobre liberdade de escolha..... Liberdade ele tinha antes de fazer essa, agora está preso nisso, duvido voltar atrás. Algum ex gay ou ex lésbica poderia se pronunciar, por favor? Teria interesse em conhecer algum.
Progressista Radical Chique disse…
O Laerte agora deve avançar: deve se travestir de veado, melancia ou pavão e se libertar da cultura humana.
Ricardo disse…
Laerte é um cara talentoso, mas chamá-lo de gênio é um exagero, aliás muito comum em nossos dias. Basta fazer algum sucesso (de preferência em qualquer coisa que possa ser considerada "artística") e, pronto, temos um novo gênio no pedaço. E o pior de tudo é usar isso como justificativa pra ele fazer o que bem entender, o que é totalmente desnecessário. Por mim ele poderia se vestir de mulher mesmo que você um débil mental, é problema dele, sem precisar recorrer a esses discursinhos peseudossociológicos de "cultura binária". Mas que ficou ridículo, ah isso ficou!
Anônimo disse…
Vergonha alheia? Acho muito errado alguém ter vergonha de uma pessoa apenas porque ela se traveste de mulher, afinal não é nenhum crime ser travesti. Esse filho dele é um babaca e ainda tem muito o que aprender, assim como todos que estão criticando o Laerte!
Anônimo disse…
Pô meu, nem sei o que dizer, sempre fui fã do trabalho do Laerte e ainda sou, mas não consigo me libertar do sentimento de vergonha alheia no que se refere a essa maluquice de se vestir de mulher, a principio achei que era alguma brincadeira, mas conforme o tempo foi passando e vi algumas entrevistas dele me dei conta de que a coisa é seria mesmo, nas entrevistas ele parece tão coeso e a vontade nessa nova fase é como se tivesse tirado um peso de seus ombros. Boa sorte a ele e que seja feliz.
Anônimo disse…
Depois disso perdi minha fé na humanidade!!! Deixa pra lá.
Anônimo disse…
Deixando de lado: sexo, drogas e rock roll. Acho que ele ficou feio mesmo, só isso.
Anônimo disse…
Ela só tá doida momentaneamente. Já já passa e ela cai na real. Ela tá indecisa, meio doida...Ela tá precisando é de uma plástica pra ajeitar essa cara e de um psiquiatra. Só isso. Toma uma chazinho, filhinha.
Anônimo disse…
Já já ela volta e vai dizer que é uma minhoca, afinal as minhocas são bi também.
Anônimo disse…
ele e um ridiculo,nao e travesti,nao e mulher,nao e viado,nao e porra nheuma,que vergonha para a familia dele.nao e preconceito mais meu deus.ainda pra pior e feio que doe,vai procurar um sicologo seu nao sei o que falar,ou achar um nome pra voçe escroto.
dudu pererê disse…
Engulam essa seus caretas:
os caretas são os que só aceitam o que é normal.
O normal é a norma, a lei, o padrão.
O artista e o louco são livres(e claro,são espécies raras)
esses são mais sensíveis e podem perceber os abusos na norma e a violência na normalidade.
"saúde não se vende, loucura não se prende, quem está doente é o sistema social"
Anônimo disse…
que horror,ele ta ridiculo!!te cofesso de homem fica melhor!!se nao meu amigo..ivo pitangui....urgentissimo!!!
Anônimo disse…
Q isso!!!!!!!!!!!!!!!!!
Pra mim continuou tão feio quanto era antes.

Só que agora usa batom e saias.
Fernando disse…
"A colunista Nina Lemos escreveu que Laerte chutou todos os preconceitos e é o primeiro cross-dresser do Brasil a sair do armário para usar vestido, brinco, unhas feitas e maquiagem. “Hoje ele é um dos caras mais livres do país.”

Ué, ser homem não é liberdade?
Anônimo disse…
Na nossa sociedade, mulher já pode fazer praticamente de tudo que ninguém discrimina mais. Até todas as roupas que antes só os homens usavam, elas estão usando. Agora, vai um homem usar uma simples saia ou um vestido na rua pra ver o que acontece! Caso vocês não saibam, a sensação de liberdade que temos em usar uma saia, ou um vestido, é simplesmente indescritível! O fato é que hoje, homem tem menos liberdade que a mulher! Ser homem é bom, o que não é bom é a maneira como a sociedade trata o homem, mantendo-o refém sob a espada do machismo e do preconceito. Tem que ter muita coragem pra fazer o que o Laerte faz, neste país que tem a triste marca de ser campeão mundial de crimes contra gays e travestis. Crimes estes muitas vezes motivados pela ignorância religiosa.

Em muitos países desenvolvidos da Europa, como França, Espanha, Inglaterra, etc, o travestismo já é visto com naturalidade. Se o Brasil almeja um dia sair das trevas da ignorância e adquirir padrão de vida europeu, que tem como uma de suas principais características o respeito pelas escolhas individuais (escolhas essas que se pensarmos bem não fazem mal a ninguém), ele deve começar se espelhando naqueles países que já alcançaram isso.
Anônimo disse…
Meu caro colega "Anônimo" eu diria que "egoismo" é seu de expor sua opinião de forma tão preconceituosa e o pior: você esta julgando outra pessoa sem saber de fato oque se passa com ele.Se for opçãodo Laerte,certo esta ele,afinal quem dera se todos nós tivéssemos uma vez na vida a coragem de sermos oque realmente lá no fundo desejamos.De forma alguma o Laerte esta sendo egoísta,esse é um momento dele,talves tenha sido insuportável durantes anos para ele não ter assumido sua bissexualidade."Vergonha" nós todos podemos fazer nossa familia passar,principalmente quando não somos indulgentes com o próximo,fazendo julgamentos egoistas...cresça!!!!!.Ps..meu nome é Ricardo ;)
Anônimo disse…
Toma vergonha na cara Laerte!!!!!! Voce não tem mãe!!!!
Anônimo disse…
rapaz depois de tanto tempo so agora ele descobriu esse fato ridiculo.aonde agente vai chegar
júlio disse…
Gostei do que o Anmer falou, algumas pessoas se acham tão inteligentes, principalmente esses comentadores de internet semianalfabetos, mas não conseguem ver o que está fazendo sinais bem na sua frente, eu acho o Laerte um ser revolucionário, muito além da compreenssão dos pseudointelibabacas que querem se passar por inteliburros e insistem em obrigar a todos a ler suas baboseiras internéticas, e tenho dito!!
júlio disse…
Na minha opinião e na de muita gente que reflete, os valores masculinos é que estão levando esse planeta para o seu aguardado fim, não me admiro nada o cartunista Laerte ter desistido de se considerar Homem, existe algum mérito em ser Homem hoje? Todos os assassinos, estupradores, todos os atos de covardia e violência, tudo de ruim que existe no mundo não é patrocinado nem por mulheres, nem gays, nem travestis e sim por Homens heteros e seus valores de brutalidade.
Anônimo disse…
QUE NOJO.
Anônimo disse…
O velho Laerte pirou de vez. Dizendo-se sábio, torno-se louco.Deus o abençôe.
Anônimo disse…
Eu pegava! Vestido de homem ou mulher.

PS: sou mulher
Anônimo disse…
isso é culpa do aquecimento global. os efeitos do calor cada vez maior sobre a cabeça das pessoas vem causando uma "fritura" da meninge, o que provoca efeitos malucos na personalidade de alguns como esse doido.
Felipe... disse…
Manda o silas malafaia e bolsonaro exorcizar ele e já era
Anônimo disse…
caros amigos,isso chama-se pura viadagem.
Anônimo disse…
Laerte é genial!! Se ele é homem ou mulher ou algo no meio disto é o que menos importa!Pra entender o que se passa em sua cabeça é preciso ter 10% de sua genialidade...Num país em que cultura se transformou em pagode e sertanejo (e num monte de outras coisas que não se consegue classificar)pode-se considerar "normal" comentários que o condenem. Podem ter certeza, Dercy Golçalves, Hebe Camargo e outras passaram pela mesma coisa quando romperam com a idéia de que as mulheres podiam ser artistas, elas foram consideradas prostitutas...Laerte só é e sempre esteve muito na frente de seu tempo...daqui a 50 anos será visto como pioneiro. Mas precisamos usar 2% de nossa mente pra entender isto...alguns não vão conseguir nunca....
Anônimo disse…
"deu na Folha!!"...mais um, o cartunista.
Anônimo disse…
Se essa conduta irreprovável desse maluco ou sei lá o quê,
Sr. Laerte for considerado daqui a 50 anos como pioneiro,
desse absurdo, então posso considerar que o mundo nesse
futuro a médio prazo será considerado: horrível,perver-
tido e nogento. como podemos considerar tudo isso, se Deus
quando criou o homem e a mulher, sabía que a inteligência
dada ao homem chegaria na ciência como tecnologia a favor
do homem , nunca para criar um novo ser totalmente dese-
quilibrado e uma aberração da natureza
ROBERTO O. LEME
Anônimo disse…
Já perceberam que a maioria (eu disse maioria, não todos) dos argumentos contra a atitude do Laerte também mencionam deus? Por que as pessoas ainda insistem em querer fazer do mundo uma extensão de seus templos, de fazer da constituição um apêndice da bíblia, por acaso não é isso um egoísmo muito pior do que supostamente o do Laerte em querer ser o que ele quer, seja lá o que for, pois nem ele consegue se definir... Não acho essa atitude (do Laerte) revolucionária, acho uma atitude isolada e exótica que todo dia alguém toma neste mundo (aqui no país da 'des'ordem e 're'gresso isto ainda é exótico), e que não precisa ser apoiada, consagrada ou eternizada, mas pelo menos respeitada. É tão difícil assim somente respeitar as atitudes dos outros? ps: quanto a achar ele bonito ou feio de saias é algo totalmente pessoal, o problema é querer julgar o ato que ele fez, e isto sim é desrespeitoso. Ass: Winston Smith
Anônimo disse…
descordo de vc . eu e maioria esmagadora.
Anônimo disse…
concordo, sao genios em alguns campos e pirados para vida real social.
Anônimo disse…
sim afeta, pessimo exemplo para os jovens e criança da nova geração. vcé cego?
que tal a gente respeitar a decisão pessoal dele? ele não obriga ninguém a segui-lo, e esta feliz assim.. porque isto incomoda tanto as pessoas, olha a quantidade de comentários...
Anônimo disse…
"pessimo exemplo para os jovens e criança da nova geração. vcé cego?"

E você é retardado?
Anônimo disse…
E daí? Na Alemanha, uma maioria esmagadora já apoiou um partido nazista. ;)
Gerson B disse…
Tai um comentário cheio de besteiras. Tem mulher, gay, travesti etc filhos(as) da puta, safados(as), assassinos(as) e até mulheres estupradoras. O mundo é muito complicado.
Gerson B disse…
Eu acho... esquisito. É um direito dele, e coisa antiga, o personagem/alter ego dele, Laerton, já gostava de se vestir de mulher. Acho que o Hugo ou outro das tirinhas tambem. Mas não concordo que ele deixou de ser homem, ele é o que é.

Tambem acho que ele não ganhou o direito de usar o banheiro feminino (rolou um problema num restauirante por causa disso).

E o problema com o filho não é algo a ser despezado, mas ai é um sofrimento que atinge filhos de gays e lésbicas, o rapaz terá que conviver com isso.
AlyneS2 disse…
HUm...eu não acho ele bonito não! Mas ele merece parabéns por não temer o preconceito, espero apenas que ele não exagere. Queria muito conhecer melhor o trabalho dele^^
Adoro tudo o que tem haver com desenhos!!!Em especial os cartoons^^
Anônimo disse…
Concordo!!! O cara é patético, doente mental e o povo fica achando o máximo!!!
Anônimo disse…
Ser um gênio não quer dizer que o cara não seja patético e ridículo! Esse imbecil tá expondo seus filhos ao ridículo , é um pirado, doente mental e o povo mais imbecil ainda acha o máximo!!!
Anônimo disse…
EXCELENTE!!!!!!!!!! CONCORDO COM VC!
Anônimo disse…
Concordo com vc! esse cara é patético, ridículo e doente mental...E mais ridículos são esses imbecis que acham o cara o máximo!!!
Anônimo disse…
Ele é um ser humano integral, pode ser homem, mulher, ou nenhum dos dois. Pode ser o que quiser, nem sempre um estereótipo tem a capacidade de abarcar a complexidade e riqueza do ser humano.

Veja http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/eliane-brum/noticia/2012/02/enfim-emancipacao-masculina.html

Cada um é cada um... e é assim que devemos aceitar o próximo.
Anônimo disse…
Ele é um ótimo exemplo para jovens, crianças e adultos de qualquer geração. Ele faz o que quer de sua vida e não importa para as limitações de entendimento dos outros...

Se todos fossem assim, seriam mais felizes.
Anônimo disse…
Ser livre é ser o que quiser, homem, mulher ou seja lá o que for...

Ser homem pode ser liberdade também.
Anônimo disse…
imbecil e analfabeto...
Anônimo disse…
Júlio, esse seu comentário foi excelente, exprime exatamente o que eu penso também! E Gerson B, repare que as penitenciárias estão lotadas de homens metidos a machões, e não de afeminados ou travestis, e que a quantidade de mulheres presas é muitíssimo inferior à quantidade de homens presos. Isso quer dizer que tem muito mais homem cometendo crime do que mulher, afeminado ou travesti. Homens metidos a machões são a escória do mundo!
Anônimo disse…
Laerte tá cagando pra o que vcs acham. Acho mesmo, que os homens machistas que ocupam maiores escalas nas penitenciárias são assim porque não se libertam, não me refiro a serem ou não, gays, héteros, bi's, pansexualistas, ou sei lá o que... Enfim. Muitos por ai, vivem em seus paradigmas e mal conseguem pensar por si próprios é um ciclo de casulos muito destrutivos onde fazem com que os imbecis semianalfabetos não enxerguem os ovos podres que colocam por aí. Ao invés de cada um procurar viver a sua vida, ficam ai procurando alfinetes para espetar vidas alheias, que coisa feia, todo mundo possui o seu lado escuro da lua, procurem cada um os seus, o mundo será bem melhor, acredite. E outra coisa, problema dele o que ele decidir ser ou vestir, com a família dele ele se entende, procurem ler, estudar mais ou se quiserem, continuem em seus casulos, ou saiam, tenham liberdade mas respeitem a liberdade e o livre arbítrio do outro, nem o próprio Deus se interfere.
Anônimo disse…
Tá chapéu, Jucão!?
Anônimo disse…
Ridículo é julgar. Como as pessoas temem a liberdade, meu Deus!
Anônimo disse…
Se incomodar com a vida dos outros é coisa de gente que não tem o que fazer ou que não tem coragem/competência para bancar determinado comportamento.

Esse povo que critica deve ter muita coisa reprimida. Cuidado que um dia explode tudo de uma vez e vc não dá conta, camarada!

Bruna.
Anônimo disse…
A sociedade brasileira não é ingrata, é ignorante. Ou você acha que metade das pessoas que deixaram comentários aqui conhecem todos os nomes que citou acima?

Se perguntar pra uma pessoa se ela quer ser livre, sem pensar, ela dirá que sim. Mas quando souber o que é a liberdade, recusará tal dadiva como quem recusa um câncer. Generalizando, nossos conterrâneos não estão preparados para ver nem ter o que é a verdadeira liberdade, pois vivem na ignorância, cultuando títulos, rótulos, valores ultrapassados e ideias medíocres.

Bruna.
Unknown disse…
O Laerte não poderia estar mais sóbrio. Parabéns a ele!

E a matéria está tecnicamene errada: "cross-dressering" não é sinônimo de "travestismo"

Abraços
Anônimo disse…
Laerte Homem é feio,Laerte Mulher tambem, mas é um genio do Cartunismo, tenho certeza que seus filhos sentem orgulho de ter um Pai tão competente e bom Ator, espero continuar vendo seus cartoons, foi muito corajoso em ser oque é, é isso ai, cada um temque ser feliz do jeito que é, vergonha eu teria se meu pai fosse traficante, padre pedofilo ou pastor ladrão, que cada um cuide de sua vida, ABRAÇOS. um dia terei tanto sucesso quanto o Laerte ou quem sabe até mais do que isso;)
Mello disse…
Eu nunca tinha ouvido falar deste cara. Claro que pode ser bom em alguma coisa que agrade alguns. Mas que o cara nao eh bem certo nao precisa ser psiquiatra para diagnosticar.
Mas o maior problema eh a POLUICAO VISUAL que ele causa.
Devia ganhar o premio Nobel de alguma coisa, pois conseguiu tranformar o feio em medonho.
Anônimo disse…
Sua gramática é uma verdadeira aberração da natureza!
Pedro Medeiros disse…
Ui, de novo os religiosos vem defendendo a moral e os bons costumes. Os filhos do Larte são grandes, vacinados e barbados e lidam muito bem com isso. Tudo ao contrário de você.
Anônimo disse…
os artistas são iconoclastas por natureza, adoram chocar, por abaixo os padroes estabelecidos e isso é normal. Respeito isso. Mas achava ele menos feio como homem. Qd se veste de mulher, não parece uma mulher e sim um homem fantasiado de mulher, muito masculino. Mas é original a atitude dele. Eu não teria coragem, nao deixaria minha aparencia pior.
Anônimo disse…
O Sr Silas Malafaia, esse sim uma aberração da etica só quer saber mesmo é de fazer uma lavagem cerebral nas pessoas e arrecadar o dinheiro delas dizendo que é pra Deus. E o Bolsonaro quer ganhar votos chamando a atenção. O que foi que ele ja fez como politico?
Anônimo disse…
e um cara de pau mesmo ele tem que procurar um psiquiatra
Anônimo disse…
ele e um lixo humano mereçe prisao pra sair do meio da sociedade
Anônimo disse…
Ficou mesmo!
Anônimo disse…
Nada tira a competência dele como cartunista mas também não se trata de um gênio. Gênios sao Beethoven, Vivaldi, Shakespeare, Isaac Newton, Beatles entre outros que causaram comoção mundial de alguma forma nas artes ou na ciência. Ele é apenas um excelente cartunista. Agora em relação ao fato de se vestir como mulher, está claro que ele sofre de um problema psiquiátrico, a não aceitação do seu sexo, porque o que ele queria era ser mulher! Se não, não se vestiria como tal. É claro que ele é homo, e sua vontade era ter nascido mulher. Não tem nada a ver com padrões ou preconceitos nem com "cultura binária". Somos obrigados a adotar alguns padrões externos para nos identificar como homem ou mulher. Agora se você quer se mostrar gay, vai mostrar isso nas roupas também, se você quer se mostrar como mulher vai usar roupas de mulher, sendo homem ou mulher continua sendo roupa de mulher, então se ele coloca essas roupas é porque ele quer ser mulher. Travesti ou cross-dressing, tem essa vontade, so que o travesti leva mais a fundo até colocando próteses etc.
Ele é corajoso mas acho que a coragem tem um limite, principalmente quando envolve pessoas que ele ama como os filhos. A vida é uma só e temos que assumir nossas carências mas tem limites. Digo isso porque sou gay e assumi isso para meus filhos e eles entenderam que que eu não tive "culpa" disso. A sociedade cobra muito. Mas se a gente vive em sociedade temos que ter limites e lutar cada vez mais por liberdade de expressão e mostrar que existem todas essas nuances de seres humanos. Laerte pode fazer o que quiser, mas que ele ficou ridículo, ficou. Pena porque era mais bonito como homem. Deve no fundo sofrer com isso.
EDysoNHAIR disse…
O cara é louco, sem noção e o que se percebe ele quer causar polemica, não tem lógica um cara que tem sua bi sexualidade ativa querer frequentar banheiros femininos quando na verdade ele mesmo diz que não é homem nem mulher, então que criem um banheiro para pessoas com esse estilo de vida sem ferir a outros com disputa de espaço, seja feliz sem violentar a outros com suas idéias
Anônimo disse…
Não é culpa dele que não existe esse tipo de banheiro, para pessoas com gênero neutro ou que questiona seu própio gênero. Não é culpa dele que a sociedade é tão ignorante. Quem ele está violentando? Quem ele está ofendendo?
Aliás, como percebe-se, todos aqui chamanda ele de homem, ou de lésbico, ou de lésbica... Isso é por que não exite pronome na língua portuguesa para gênero neutro, o que é bem triste. mas nada disso é culpa dele, nem de ninguém. É só assim que a sociedade for organizada através dos tempos. Emesmo evoluindo, mesmo com as pessoas mais livres, continua a ignorância, que infelizmente sempre estará presente.
-Felipe
Anônimo disse…
Do mesmo jeito que Laerte não tem, de acordo com você, do mesmo jeito que você está descriminando ele, acho que nós temos o direito total de apontar que a SUA atitude é ridicula, por que o que esse ser humano fez, mesmo que você não entenda, é sim, normal, e é facilmente percebível como ele está feliz, como ele está sendo quem é...
Logo, ofendendo essa pessoa, você está nos dando o direito de ofender a você, seu conservador filho da puta.
-Felipe
Anônimo disse…
Querem saber o quê é um nojo? As pessoas criticando esse ser humano, supondo que ele fez a escolha, que ele só faz isso para ficar mais bonito, para realizar fantasias sexuais, que é uma doença, anormal, que isso é ridiculo. o que é ridiculo é ver como a sociedade continua assim, conservativa, ignorante, INTOLERANTE. E aqui estou, um garoto de 13 anos me expressando e expressando a liberdade o direito de qualquer pessoa, enquanto vocês, que suponho que a maioria tenha no mínimo 16 anos de idade, tem ideias que talvez seriam aceitaveis para uma criança de 5 anos, que certamente seria ensinada uma explicação sobre respeito e liberdade. Talvez, é claro, como uma criança de 5 anos pode não entender esses conceitos, vocês apenas entendam o que já "sabiam"... ou melhor, o que nunca souberam
-Felipe
Maiza disse…
Pois é Felipe, tem uma frase que diz: ser normal numa sociedade doente não é mérito nenhum, ou seja, parabésn pra vc e sigamos sendo anormais com orgulho por não estarmos contaminados com essas doenças, como a intolerência por exemplo....
Maiza disse…
correção: *parabéns e *intolerância
Anônimo disse…
Com uma opinião dessas, acredito que, caso seja verdade que tenha acompanhado a carreira dos dois, você não entendia muito bem as tiras dele e do Glauco
Anônimo disse…
"usar vestido, brinco, unhas feitas e maquiagem. “Hoje ele é um dos caras mais livres do país.”"

"Reconhece que antes era mais simples: “Eu comprava uma calça a cada três anos, colocava uma camiseta e pronto”."

Analisando esses dois trechos retirados do texto, o que é ser livre? Tem certas coisas na vida de mulher que acho verdadeira "escravidão".

Anônimo disse…
Gente, Deus criou tudo tão perfeito...realmente acho que uma pessoa que tem esse tipo de comportamento não conhece, em nada a palavra de Deus...pobre criatura...
Anônimo disse…
Interessante, quando alguém discorda e coloca o que realmente acha, é tachado de egoista e outras coisas.
Não sei qrauem realmente necessita de médico psiquiatra, analista e outros.
Anônimo disse…
É importante em cada momento da vida sermos o que queremos ser.A vida é uma arte, ele foi contra a Ditadura Militar, não é um analfabeto político, gostei dele no programa Roda Viva, é muito culto. Gostei qunado ele falou que o homem não fez a sua revolução. Sempre dei muita risada das tirinhas - um exercício, uma criação.Desejo felicidade para ele!

O que me preocupa é com moradores de rua, ninguém faz política pública para melhorar a Cidade de São Paulo, isso é ridículo, 95% são homens, o que será que está acontecendo?


Anônimo disse…
Pobres filhos. Ter um pai que não sabe se quer ser homem ou mulher. Coitado do Laerte, deve buscar ajuda médica urgente, pois é um baita dum artista!
Anônimo disse…
apenas um doente e um bando de posers aplaudindo...
Unknown disse…
Pq ele te incomoda tanto?nao vejo os folhos nem a mae dele reclamando da atitude dele...vc nao é familiar dele...nem amigo nem nada...pq vc nao arranja algo pra fazer ao invés de criticar quem nem conhece?o que muda na sua vida quando ele coloca uma saia?ao menos ele é um cartunista de talento inconfundivel enquanto vc nao tem nem a coragem de escrever seu nome aqui...pq te incomoda tanto o cata usar ou nao saias e o impacto que isso cria pra familia dele ou nao?vc deveria cuidar da sua vida...fazer algo que o torne útil ou ao menos que deixe de tornar vc anônimo... Anonimo invejoso e chato pra cacete que cuida da vida ,da roupa e dos costumes alheios...o cara nem sabe que vc existe até pq nem coragem de por seu mome no comentário vc tem...nada temos a ver com as escolhas dos outros...viva sua própria vida!!!pare de ser maledicente e invejoso...
Carlos Patiño disse…
Laerte sempre será para mim um ídolo dos quadrinhos de humor brasileiros. mas pelo que vejo, sem querer ou querendo embarcou na onda da "ideologia de gênero"... hoje en dia estão financiando muita gente que faz promoção destas "ideias"...

Posts + acessados hoje

Igreja do 'santo' Maradona tem altar, cultos e mandamentos

Malafaia faz campanha contra vacina: ‘Não podemos ser cobaias de chinês’

Para não pagar imposto, TJs alegam que máquina de passar roupa é essencial à religião