Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Ricardo Oliveira da Silva

Império Romano chamava os primeiros cristãos de ateus; saiba por quê

Ali deixa o ateísmo e se converte ao cristianismo com argumento de extrema direita, diz estudioso

Laicidade de Estado pressupõe a garantia ao casamento homoafetivo

Vídeo: época da caça às bruxas também foi de perseguição aos ateus, diz estudioso

Ateísmo vai além de não crer em deuses, diz professor. Porque é um movimento político

'A Origem das Espécies' faz 163 anos; e prossegue o conflito ciência-religião

UFMS oferece minicurso gratuito sobre 'História do Ateísmo'. Inscreva-se

Estado laico não é contra Deus nem a favor

Constituição veta uso de religião em eleições, mas a prática é outra

UFMS promove exposição sobre a história do ateísmo

"Ateísmo é um fenômeno que faz parte da história"  O campus Nova Andradina da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) está promovendo uma exposição sobre história do ateísmo, destacando alguns dos principais nomes dessa corrente de pensamento e fatos históricos. O professor Ricardo Oliveira da Silva tomou essa iniciativa como parte do curso que ministra aos sábados na universidade sobre ateísmo, o primeiro e único até agora em âmbito universitário. “O ateísmo é um fenômeno que faz parte da história das sociedades humanas, inclusive no Brasil", diz o professor. "Conhecer a trajetória de vida e a visão de mundo de pessoas sem crenças religiosas é um passo importante para descontruir preconceitos, combater discriminações e desenvolver formas de convivência mais tolerantes.” Silva é autor do livro “ O ateísmo no Brasil: os sentidos da descrença nos séculos XX e XXI " e mantém um portal no YouTube . A exposição, que termina ao final deste mês, fica no seg

Vídeo: professor explica a diferença entre o ateu da antiguidade e o de agora

'Ateísmo' passou a significar uma nova visão de mundo  O professor de história Ricardo Oliveira da Silva explica no vídeo abaixo que na antiguidade ser ateu não significava necessariamente não crer em deuses, mas não ter a proteção dos entes poderosos do sobrenatural. Em sentido amplo, era uma condição de desgraça total. Quem não contava com a ajuda de deuses não podia esperar muito da vida. A palavra "ateu" passou a ter o sentido que tem hoje — aquele que não acredita em deuses — a partir do século 17. Silva chama a atenção para essa diferença etimológica, um divisor de águas, para que não se confunda os ateus da antiguidade com os de hoje, o que prejudica o entendimento da história do ateísmo. Sócrates (470 a.C. — 399 a.c.), por exemplo, foi considerado ateu e condenado a beber cicuta por blasfemar contra deuses de poderosos da época, mas ele acreditava em um mundo espiritual, de espíritos. O filósofo grego tinha apreço por Zeus. Para o professor Silva, o novo sig

Diversidade do ateísmo brasileiro é desafio para a militância dos sem deuses

Quem são os ateus brasileiros? RICARDO OLIVEIRA DA SILVA  /  professor de história Um fenômeno que recebe pouca atenção por parte de acadêmicos e analistas dos meios de comunicação diz respeito ao crescimento no número de pessoas que se declaram ateias no Brasil. Aliás, falar sobre a presença do ateísmo no país ainda é motivo de estranhamento para parcelas da população brasileira com um perfil religioso multissecular. Mas quem são os ateus brasileiros? Uma resposta inicial seria dizer que eles se identificam pela ausência de crença em Deus (aqui estou pensando particularmente o Deus cristão, dado sua hegemonia nas crenças religiosas da população nacional). Contudo, quem olhar mais atentamente vai notar que existem nuances e particularidades na maneira como cada ateu vivencia sua descrença. Como pesquisador da história do ateísmo no Brasil, eu diria que não existe um ateísmo. O que existe são ateísmos, no plural. A população ateísta começou a aparecer de forma acentuada nos Censos do IB

Vídeo: por que Deus nada faz para impedir o mal? Entenda o paradoxo de Epicuro

> RICARDO OLIVEIRA DA SILVA Professor do Curso de História da UFMS

Vídeo: como o ateu deve lidar com o preconceito de sua família religiosa? Depende

>  RICARDO OLIVEIRA DA SILVA Professor do Curso de História da UFMS

'O Ateísmo no Brasil: os sentidos da descrença nos séculos XX e XXI'. Um ano do livro!

> RICARDO OLIVEIRA DA SILVA professor do curso de história da UFMS/CPNA

Vídeo: o que o movimento ateísta tem a aprender com o ‘sair do armário’ LGBTs?

> RICARDO OLIVEIRA DA SILVA  doutor em História pela UFRGS

Vídeo: como se explica ateus que apoiam o presidente do slogan 'Deus acima de tudo'? Três hipóteses

   RICARDO OLIVEIRA DA SILVA

Vídeo: por que ser ateu/ateia?