Pular para o conteúdo principal

'Quando tinha 15 anos, eu fui abusado por um padre, que ficou impune'

O arcebispo Joseph Ratzinger, hoje papa emérito, acobertou o caso

MAX W. BOEDDEKER
repórter do jornal alemão Bild e sobrevivente de padre predador

Sempre houve relatos de abuso sexual na Igreja Católica — mas o relatório publicado no dia 20 de janeiro de 2022 abala os alicerces da Igreja e mostra o caminho infernal em que os representantes de Deus na terra estão há décadas.

Silenciar, cobrir, mentir. Entre 1945 e 2019, 497 crianças e jovens foram abusados ​​sexualmente por padres, diáconos e funcionários da igreja.

O relatório encomendado pela Arquidiocese de Munique e Freising chegou à conclusão de que muitos desses casos de abuso não foram levados a sério e não foram processados.

︎ Os principais responsáveis: os ex-arcebispos Friedrich Wetter (93) e Joseph Ratzinger (94), papa Bento XVI, hoje emérito.

Quando eu tinha 15 anos, fui repetidamente abusado por um padre. 13 anos atrás, após 30 anos de angústia voraz e terapias dolorosas, eu finalmente tive a coragem de registrar uma queixa — e fui pego no turbilhão confuso de mentiras abjetas e intimidação ultrajante, garantias sussurradas e declarações deliberadamente falsas.


O "venerável" padre ficou impune — e foi conduzido direto para o Vaticano! Para mim, na época, sua ascensão foi pura zombaria e um vislumbre de um inferno cheio de mãos cruzadas.

Pode parecer paradoxal, mas é justamente por isso que o relatório é uma bênção! Reflete a imagem de uma igreja que traiu seus valores dados por Deus — impiedosa com as vítimas, misericordiosa com os perpetradores.

Agora, o edifício das mentiras desmoronou com um estrondo. O atual arcebispo de Munique e Freising, cardeal Reinhard Marx, 68, levantou-se dos escombros fumegantes e anunciou com línguas angelicais como estava "chocado e envergonhado".

Mas não teve coragem de responder pessoalmente pelos fracassos e crimes de centenas de crianças e jovens.

Marx não estava presente quando o relatório foi apresentado. Exatamente isso teria sido um sinal corajoso para os afetados e para a Igreja. 

Uma supressão da responsabilidade no mais alto nível, como praticada pelos predecessores de Marx. O cardeal Friedrich Wetter nem sequer nega ter conhecido casos de abuso, mas até hoje não quer identificar nenhuma má conduta de sua parte. Consequências: nenhuma!

Ele até nega ter participado de reuniões sobre os abusos, embora seja citado na ata. Como um cão do inferno, o homem santo defende a instituição da igreja e a si mesmo, e mente e peca e se contorce.

Os dignitários e representantes de Deus na terra se mostram diabolicamente humanos. Eles não conseguem nem pedir desculpas de seus lábios trêmulos. A igreja está danificada além do reparo, acabada, acabada com o mundo.

O cardeal Rainer Maria Woelki admitiu erros pessoais após a apresentação de um relatório de abuso para a Arquidiocese de Colônia em março de 2021, mas se recusou a renunciar.

Não perdi a fé em minha imagem pessoal de Deus, mas perdi a fé em sua equipe de terra (principalmente) remota e retraída.


Bento 16 acobertou padre que abusou de 23 crianças, diz jornal alemão





Comentários

E ainda há quem defenda essa trolha multibilionária, com Estado prórpio, o Vaticano, influente nefastamente em vários países etc de péssimos e ainda por cima ACOBERTA os inúmeros casos de abusos dentro da própria Instituição.
Sempre costumo lembrar aos crédulos: tens uma religião, ficando "de boas", ok! Mas nunca confunda, nem defenda igrejas. Religião e algo que deveria ser bem pessoal e entre ADULTOS. Esquema organizado começa em geral a avacalhar, e a institucionalização ou igrejas, é a ESCULHAMBAÇÃO da liberdade religiosa quase sempre.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Morre o americano Daniel C. Dennett, filósofo e referência contemporânea do ateísmo

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Britney Spears entra na lista de famosos que não acreditam em Deus

Oriente Médio não precisa de mais Deus. Precisa de mais ateus

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Vídeo mostra adolescente 'endemoninhado' no chão. É um culto em escola pública em Caxias

Ignorância, fé religiosa e "ciência" cristã se voltam contra o conhecimento

Prefeito de Sorocaba não acata Justiça e mantém Bíblia em escolas

TJs quase conseguiram que Michael Jackson destruísse Thriller antes do lançamento