Pular para o conteúdo principal

Justiça do Reino Unido determina transfusão em Testemunha de Jeová

A Suprema Corte do Reino Unido decidiu nesta terça-feira (10) que os médicos de um hospital estão autorizados a submeter uma jovem de 15 anos a uma transfusão de sangue.

A adolescente foi batizada recentemente na igreja Testemunhas de Jeová, religião para a qual Deus não permite o uso de sangue, mesmo para salvar vida.

No país, há jurisprudência de que, em casos como esse, o que prevalece é o direito à vida, não o de crença.

A jovem sofre de anemia falciforme, que é uma doença que passa de pais para filhos. Os glóbulos vermelhos sofrem alterações e ficam parecendo como uma foice, daí no nome “falciforme”.

A transfusão terá de ser ministrada na jovem a qualquer momento.

No Brasil, o Supremo Tribunal Federal deverá decidir nos próximos meses qual terá de ser o procedimento dos médicos em situações semelhantes.







Testemunha de Jeová recusa sangue, morre e deixa 9 filhos

Comentários

Heavyman disse…
Oque vale e a decisão dos pacientes, tá certo se for religioso comete suicidio por causa de uma religião e um livro velho arcaico.

Posts + acessados hoje

Igreja do 'santo' Maradona tem altar, cultos e mandamentos

Para não pagar imposto, TJs alegam que máquina de passar roupa é essencial à religião

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade