Estudos revelam por que obesos podem contrair forma mais grave de Covid-19

Jornal da USP A obesidade pode aumentar o risco de uma pessoa desenvolver a forma mais grave da Covid-19, é o que afirmam pesquisadores brasileiros na revista Obesity Research & Clinical Practice.

O artigo é resultado de revisão sistemática da literatura científica com meta-análise que incluiu dados de nove estudos clínicos, que relatam a evolução de 6.577 pacientes infectados pelo SARS-CoV-2 em cinco países.

A pesquisa foi coordenada pela professora Sílvia Helena de Carvalho Sales-Peres, da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP.

A suscetibilidade ao vírus acontece porque quando o Índice de Massa Corporal (IMC) está acima de 25 os indivíduos podem apresentar alteração da produção de anticorpos e algum grau de inflamação crônica que favorece o desenvolvimento da doença.

O IMC é calculado dividindo o peso (em quilos) do paciente pela altura (em metros) ao quadrado. De modo geral, para adultos, em resultados a partir de 25, os indivíduos são considerados com sobrepeso.

A análise mostrou também que o indivíduo obeso tem mais chances de apresentar doenças como diabete e hipertensão.

Os obesos costumam ter o sistema respiratório prejudicado pois o tecido adiposo comprime o diafragma e dificulta a movimentação normal do órgão.

Nos estudos analisados, 9,4% dos obesos infectados pelo novo coronavírus, internados em Unidade de Tratamento Intensiva (UTI), foram a óbito.


Brasileiros higienizam alimentos de forma inadequada na pandemia

AstraZeneca e Oxford retomam testes com vacina contra Coronavírus 

Bolsonaro vetou leitos de UTI a indígenas por orientação de Damares




Médico criador de kit com cloroquina e ivermectina morre de Covid-19 







Comentários

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Artista gospel se recusa a cantar em casamento de amigo gay

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Historiadora diz que Moisés não existiu. E sofre ameaças de morte