Hospital ensina a pacientes oração de cura pelas mãos


"Energia vital do universo"

No elevador de um hospital de São Paulo que tem um selo internacional de excelência, deparei-me com um convite a pacientes e acompanhantes para participar de sessão de Johrei.

O convite [ver acima] explica que se trata de um “método de canalização da infinita energia vital do universo para o aperfeiçoamento espiritual e físico” e bla-blá.

A tal “energia”, informo, foi “descoberta” por Meishu-Sama, fundador da Igreja Messiânica Mundial.

O Johrei é a oração feita com a imposição das mãos, com o potencial de promover cura, acreditam seus adeptos.


O que esse hospital deveria fazer era homenagear a habilidade  das mãos de seus profissionais, dos enfermeiros e médicos, que são representantes da ciência, a qual, ali, é o que efetivamente salva vidas.

Como escreveu Richard Sloan, pesquisador de medicina comportamental na Universidade de Columbia (EUA), não há nenhuma evidência de que a fé ou “energia transcendental” faça bem à saúde.

E quem associa uma coisa a outra, afirmou ele, é porque tem o interesse de promover alguma religião.

Com informação sobre Johrei do Wikipédia e foto deste site.





Não há ligação entre ciência e religião, afirma Neil Tyson


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.