Chilenos promovem matança de cães após incentivo de bispo

Dom Bastres chamou os cães de "praga" e disse que
Bíblia autoriza o homem  a eliminar o que o incomoda 
Moradores de Punta Arenas, no sul do Chile, mataram por envenenamento no fim de semana dezenas de cães, deixando os corpos amontoados nas ruas. 

A matança ocorreu depois que o bispo local, Bernardo Bastres,  escreveu um artigo se queixando do excesso de cães abandonados nas ruas e que eliminá-los seria uma decisão respaldada pela Bíblia.

O bispo escreveu que, conforme está em Gênesis, tudo o que existe está a serviço do homem e que, portanto, “também podemos nos desfazer dos problemas criados pela natureza”, sugerindo a eliminação dos cães sem dono, a exemplo do que ocorre em algumas cidades europeias, segundo ele.

No artigo, Bastres se mostrou indignados com “a praga” dos cães porque eles tinham atacado um idoso quando saia de uma igreja, após a missa. Acrescentou que hoje em dia parece que os animais têm mais direitos que os humanos.

Punta Arenas tem cerca 12 mil cachorros abandonados, o dobro da média de outras cidades.

Dezenas de defensores de animais fizeram no domingo (13) uma manifestação diante da igreja do bispo, responsabilizando-o pela violência e impedindo a celebração da missa.

O bispo negou que tivesse incentivado a matança. Falou que as pessoas que mataram os animais são “desequilibradas” porque, em um sistema democrático, “o povo não pode fazer Justiça com as próprias mãos”.


Bispo disse que parece que animais têm mais direitos que humanos

Com informação das agências.





Bispo chileno afirma que Bíblia autoriza matar cães de rua
janeiro de 2013


Comentários

  1. Essa é a consequência das merdas que saem da boca dos "líderes" religiosos. Eles sabem que sempre tem alguns dispostos a por a mão na massa. Adoro cachorros e esse ato foi imperdoável. Sempre assim...

    ResponderExcluir
  2. "Crueldade é algo que está presente em famílias humanas por incontáveis eras. É quase impossível alguém que é cruel com os animais ser generoso com as crianças. Se se permite às crianças a crueldade contra seus animais de estimação ou outros que cruzem seus caminhos, elas aprenderão facilmente a ter o mesmo prazer com a miséria de seus semelhantes. Essas tendências podem facilmente levá-las ao crime"
    Frederic McGrand citado em "The extended circle: a dictionary of humane thought" - página 190.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Daqui a uns dias o alvo será os ateus e outras minorias, tudo respaldado pela bíblia ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a coisa mais estupida que eu ja li...

      Excluir
    2. Infelizmente, em um período de trevas intelectuais e domínio religioso conhecido por Idade Média, os ateus e outras minorias já foram caçados e mortos com requintes de crueldade extrema.

      Excluir
    3. Da mesma forma que crentes foram e ainda sao mortos. No fundo o ser humano e cruel. e sao muitas as motivacoes que usa para poder exercer essa crueldade seja ela politica, economica, religiosa, ideologica etc etc a historia desde do inicio da humanidade ate os dias actuais esta cheia de exemplos.

      Excluir
    4. Não é uma característica religiosa, pois em várias e diferentes religiões ou até mesmo em alguns que não creem nada vemos esses atos abomináveis. É uma característica de uma mente vazia, fria, inerte e incapaz de questionar, examinar e decidir. Infelizmente alguns "animais" se valem da fé sincera de alguns, e distorcem os principios e verdades contidos nas escrituras, fazendo com que os seus obejtivos excusos sejam friamente atingidos através da manipulação. Atribuir á religião a responsabilidade do ato no mínimo inconsequente de um lider é cometer injustiça com aqueles que com sinceridade praticam o amor, caridade e compaixão.É mais fácil dizer que o que crê diferente de mim é o problema, difícil é assumir seus desvios de caráter e ver que necessita de mudança.

      Excluir
  5. "Chegará o dia em que os homens conhecerão o intimo dos animais e, nesse dia, um crime contra qualquer um deles será considerado um crime contra a humanidade". Leonardo da Vinci

    "Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais". Abraham Lincoln

    ResponderExcluir
  6. Não entendo uma coisa: porque não fazer uma campanha de castração e adoção? Porque a igreja sempre tem que MATAR? Que lógica escrota de resolver problema é essa? A igreja não dialoga, não discute soluções, a igreja dita regras e os alienados retardados executam!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez porque até esperar a boa vontade da população em adotar vira latas horríveis muitas doenças terão sido espalhadas e muitos cidadãos mordidos. Se matamos ratos, por que não cachorros?

      Excluir
    2. Apoiado Roberto!

      Excluir
    3. Pro primeiro anônimo: Essa tua lógica é totalmente furada.

      Excluir
    4. Não é não cara ... por exemplo na minha cidade existe um problema grave quanto animais de rua... e existe campanhas de concientização e adoção e tudo mais, mas adotão 1 por mes e abandonam 15...
      A diferença é que na minha igreja (e as que eu conheço daqui) não incentivam a matar, muito pelo contrario, ja fizemos campanhas de adoção... (eu mesmo adotei um =))

      Excluir
    5. Traduzindo o primeiro anônimo com o pensamento religioso extremista: "Talvez porque até esperar a boa vontade dos ateus em acreditar em deus e evitar que seus ideais de pensamento livre se espalhe entre os cidadãos... Se matamos ratos, por que não ateus?"

      Excluir
    6. Anônimo das 2:24, que comparação mais debilóide! Então pegue um rato e o ponha pra guardar sua casa; pegue um rato e o coloque pra brincar com seu filho/irmaozinho/etc. E os vira-latas não são horríveis - estão horríveis porque um bípede que era seu dono o soltou na rua quando não quis mais ajuntar o cocô do bicho, ou seja gente que queria que o bicho guardasse a casa mas não queria cuidar do mesmo. Castraçao e campanha de doação são opções dignas, mas um cabeça podre, apoiado no livro mais sujo e sanguinário já escrito, propõe uma saída mais fácil e covarde.

      Excluir
    7. Lá vem o bando de hipersensibilizados. Na maioria dos países o poder público extermina cães de rua, apenas o que ocorreu no Chile foi uma zoonose amadora.

      Excluir
    8. La vem um idiota sem respeito por animais excretar asneiras, como se um país que faça exterminio de animais justifique a matança no chile.

      Excluir
    9. Deveríamos exterminar humanos, pois são propagadores de diversas doenças aos demais animais. Hitler e cia ltda já o fixeram, então se justifica né mesmo anônimo acima? E o que aconteceu no chile e muito mais que uma zoonose amadora. São imbecis tomando atitudes impensadas e propagados por um religioso ainda mais imbecil, que se baseia numa crença não menos imbecil.

      Excluir
    10. Atitudes impensadas? Uma cidade é infestada por animais de rua, a ponto de um idoso ser atacado (engraçado é que não vi ninguém lamentar por esse pobre senhor) e a população, diante do fracasso do poder público de resolver o problema, se junta para dar um jeito na situação e são acusados de cruéis e imbecis. Imbecis são todos os que estão defendendo que o bem estar animal é mais importante que o humano.

      Excluir
  7. Pra igreja eh assim...Matar pode...castrar eh pecado...tanto eh q condenam o uso de preservativos...Naum existe coisa mais estupida e sem fundamento logico do que religiao...qualquer pessoa que questiona e naum se conforma com respostas vazias certamente vai se afastar delas...e vai ser realista, como sao rotulados os ateus...Naum precisamos de um Deus q nos castigue pra ter carater, sentimentos e respeito pelo proximo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discodo um pouco cara ...
      Do geito que voce fala voce diz que quem tem religião -como eu- é ignorante. Generalizar é a coisa mais errada posivel. eu particularmente tenho alguns amigos ateus que são inteligentes o bastante pra não fazer isso (por exemplo meu primo que me mandou essa noticia), do mesmo modo que alguns são escrotos a ponto de votar em palhaço pra deputado(se é que vc me entende)
      O lance é não tome um cara que leu e entendeu errado algo, por uma grande maioria que segue de verdade...
      Fica a dica...

      Excluir
    2. Colega Rubinho, claro que nem todos os religiosos são tão imbecis, mas a maioria usa essa religião como bengala para atos estúpidos.
      Extraindo como uma máxima, religião é ótima em conseguir tornar pessoas boas em mas. Salvo as raríssimas excessões.

      Excluir
  8. Este é o amor pregado pela biblia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, esse é um maluco que leu e entendeu errado, e passou pra mais alguns que entenderam errado... o amor da biblia não tem nada haver com isso

      Excluir
    2. Rubinho_SJR16 de janeiro de 2013 08:42


      _É isso aí!!!!

      Excluir
  9. Seguindo o raciocinio do clérico, tambem poderemos exterminar os moradores de rua. Pois tambem espalham doenças e crimes, incomodando a sociedade constituida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, o raciocínio do clérigo não permite esse tipo de atitute. Ele disse que cães podem ser mortos porque Deus conferiu aos homens poder sobre os animais. Ele não disse nada sobre o extermínio de homens pelos mesmos motivos pelos quais se exterminam animais. Sugiro também que você se inscreva em algum curso de portguês, mais especificamente, de pontuação.

      Excluir
    2. Anonimo 16 de janeiro 13:55, Agradeço a audiencia que voce me dispensa. Pelo estilo eu ja sei quem é voce. Eu entendo a sua dor de cotovelo.

      Excluir
    3. Anonimo 16 janeiro 13:55- Eliminar problemas criados pela natureza. E conserte o seu teclado.

      Excluir
    4. O clérigo já cansou de fazer isso quando podia. E tinha predileção em exterminar com fogo.
      Isso de exterminar animais é só pra matar a saudade masoquista desses dementes.

      Excluir
    5. Apoiado Warner!

      Excluir
    6. Homem = animal racional

      Excluir
  10. a igreja sempre matou pessoas em nome de deus, imagine um pobre animal; e esse livro de horror que é a biblia, um manual de ditador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é o mesmo que falar que um politico que promove um projeto e rouba milhoes, fez pelo povo. ele fez por ele...
      A igreja matou em nome dos interesses dela, foi dito que era em nome de Deus...
      As pessoas querem sempre por a culpa em alguem, ou em Deus , no diabo, na biblia...

      Excluir
    2. Se você não pode confiar em uma igreja pra interpretar a verdadeira palavra de Deus, uma palavra que é tão ambígua que a maioria das pessoas se sente insegura de interpretar por conta própria, qual é a utilidade da igreja? Teoricamente, a função de uma igreja é ser um canal entre o homem e Deus. Se na realidade ela não serve pra isso, serve pra quê?

      Excluir
    3. Então Rubinho, reza a lenda que deus teria dito que as portas do inferno não prevaleceriam sobre sua igreja. Parece que essa merda de espírito santo não serve pra nada né?

      Excluir
    4. A igreja sempre serviu para acolher os desesperados que diante da ignorância e o medo da morte, despedaça a lógica reprimindo sua inteligência com fé diante de pedras e divindades! A igreja lhe convence que o tornou superior a morte e a todos os animais, ensina o tolo a acreditar em um paraíso celestial, e acreditar que a servidão desta vida lhe trará privilégios em uma outra vida amargando uma eterna hipocrisia ate surpreender-se nos braços da morte como todo e qualquer animal...

      Excluir
  11. verdade, alguns países mata gente, porque não cachorro!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, alguns países mata gente, porque não imbecis.

      Excluir
  12. Os defensores dos animais chilenos deveriam se manifestar sobre este lamentável extermínio. Mas o que mais me preocupa é se este tipo de manifestação for transferida para as minorias que a Igreja Católica não vê com bons olhos (gays, ateus, umbandistas, espiritas...).
    Acho que é só um pessimismo de minha parte, nada mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O preço da liberdade é a eterna vigilância.

      Thomas Jefferson

      Excluir
  13. Porque não é permitido matança de fanaticos religiosos?

    ResponderExcluir
  14. Se cachorros podem causar algum problema, isso não se compara ao mal perpetuado por bispos, padres e pastores. Logo...

    ResponderExcluir
  15. Esse anonimo ridiculo que diz que se matamos ratos,podemos matar caes,nao tem justificativas plausiveis, inventa absurdo fundamentalista.Deve ser catolico,ou quem sabe parente do bisco....kkkk.Olha aqui, seu ridiculo,cada dia mais me envergonho de pessoas como vc,que provavelmente nao gosta nem de si proprio.Na verdade esta aqui so ocupando espaço.Pessoas que desvalorizam vidas,desconhecem valores eticos e morais,e tem mais, nao e preciso ama los,pois nem todos tem essa capacidade, mas e preciso sim respeita los.E porque nao diz seu nome?

    ResponderExcluir
  16. crescei e multiplica é uma praga tanto humana quanto animal. Um exemplo pobres se multiplicando se multiplica a miséria a desgraça se multiplica o cristianismo. É a mesma coisa que acontece com os cães vira uma praga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja ouviu falar em campanhas de esterilização, trouxa?

      Excluir
    2. Creio que mais de noventa por cento da população daquele local deva ser de cristãos, que não cuidam com reponsabilidade os seus animais de estimação. Logo a superpopulação de cães é mais uma das responsabilidades de que os cristãos tentam se esquivar vergonhosamente.
      Métodos mais civilizados para lidar com o problema não é coisa pra cristão. Tem de ter um bispo ridiculo e incentivar comportamento violento pros verdadeiros "TROUXAS" cordeirinhos executarem.
      Bando de hipócritas. Religião, deus, tudo um lixo.

      Excluir
  17. Um "religioso" com este não merece pastorear um igreja ou fiéis! ~E nem assume a responsabilidade pelo que diz. Espero que a população saiba colocá-lo em seu verdadeiro lugar!

    ResponderExcluir
  18. Só pro bispo ficar ligado, cães não são criação de "Deus" (ou seja, da natureza), mas do Homem. Estudos científicos já comprovaram que os cães não são uma espécie propriamente dita, mas uma derivação de uma espécie de lobo, cujos filhotes foram adotados por seres humanos há milhares de anos atrás, e desta domesticação, vieram os cães, através de eugenia rudimentar - cruzamentos entre exemplares, buscando ressaltar certas características. Além do próprio sistema de seleção natural onde o meio ambiente promoveu grande influência (por ter um ciclo de vida relativamente curto e reprodução rápida, os cães são propicios a evoluirem mais rapidamente do que outras espécies). Amostras de DNA mostraram que o DNA de cães e lobos é apenas diferente em 99,8%.

    Agora vem a grande tragédia da história e que explica inclusive a "praga" de cães. Lobos vivem em matilhas, e nesse bando existe um macho alfa e uma femea alfa. Apenas eles podem se reproduzir, porque exalam um feromonio que reprime a vida sexual dos demais. Desta forma o equilibrio ecológico é garantido, já que uma femea loba pode dar cria duas vezes por ano e vários filhotes por vez.

    Mas vem o ser humano e tira o lobo do bando. Esse vira o cão. Todos tem vida sexual. Todas as femeas, após menos de um ano de vida, já podem se reproduzir. Duas vezes ao ano e podendo ter até 12 filhotes em algumas raças. Começaram a entender o problema? Pra complicar, cães não tem predadores natural, e contam com a proteção do ser humano, que lhes dá abrigo e comida. Enfim, quanto mais humanos, mais cães. Jà que hoje temos um superpopulação mundial Humana, a dos cães é apenas consequencia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Houve um erro de edição da minha parte no texto acima. Onde se lê "Amostras de DNa mostraram que o DNA de cães e lobos é apenas diferente em 99,8%, o correto é que o DNA de cães e lobos é semelhante em 99,8%, ou seja, diferente em apenas 0,2%.

      Excluir
  19. Não concordo com a a atitude do Bispo e muito menos com a barbaridade de envenenar todos esses cães mas não podemos nos esquecer que no Brasil e em muitos outros países do mundo milhares de cães são abatidos mensalmente em locais controlados pelo próprio governo e pago pelos nossos impostos. essa e a dura realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vamos meter o pau nessa prática também né?
      Não Vamos usar um erro pra justificar outro.

      Excluir
  20. Praga e praga baratas ,ratos , caes se traz dano a populaçao sacrificar e o melhor caminho , tratar animais como pessoas e coisa de gente desocupada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita como é lindo esse amor cristão!

      Excluir
    2. E ser desumano que nem vc é ser fascista!

      Excluir
  21. :( Lamento muito isso. Como sempre eles querem fazer as maiores vítimas e dizer que eles são superprotegidos ou sei lá o que dizer que os animais tem m ais direitos que os humanos é o extremo da loucura e da desonestidade. Ele deveria pagar por isso, mas como sempre mais uma vez a história prova que a desonestidade e crueldade compensa.

    ResponderExcluir
  22. Eu estou com uma vontade de estrangular este sujeito LIXO com as minhas próprias mãos

    ResponderExcluir
  23. O ser humano irracional é a pior besta que já pisou esse planeta.

    ResponderExcluir
  24. Essa é a moral que nos é brindada pelas religiões.
    Nunca vou entender como seres humanos podem seguir essas merdas sem um minimo de questionamento.

    ResponderExcluir
  25. Pqp, que bispo cínico!

    ResponderExcluir
  26. Bois, aves, porcos, etc, são enclausurados, torturados e mortos todos os dias.

    Sobre isso, ninguém se revolta, mas agora, se forem gatos e cães...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, e tem mais. Se o bispo fala para o povo, "Vamos nos unir e ajudar os pobres" ou "vamos doar cestas básicas para o orfanato" ninguem ajuda ou faz nada. Agora pra fazer merda, e botar a culpa no bispo tem um monte. Pô, 12.000 cachorros de rua, isso é terrível. Cade as pessoas que protestaram antes de toda essa merda acontecesse? As sociedades protetoras dos animais nao ligavam quando estavam abandonados pelas ruas e agora ficam agitando.

      Excluir
    2. Aliás, sobre a "matança" de animais nos abrigos, vejam só o problema: Digamos que um abrigo tenha vaga para até 400 animais. O número de ações é bem inferior ao número de animais que chegam todos os dias. De repente, o abrigo está com TRES VEZES o numero estipulado de animais que poderia abrigar. Mesmo que se tivesse condições orçamentárias de cuidar de mais de mil cães, um numero exorbitante para uma cidade pequena, as condições de higiene são terriveis e prejudicam os próprios animais. Qualquer fiscalização da vigilancia sanitária fecharia o abrigo. Daí se sacrficia os animais, geralmente na surdina, porque NINGUÉM, absolutmaente NINGUEM se importa com os animais no abrigo. Se passou anos se sacrificando animais no abrigo de Itajaí por exemplo. Até o dia em que "descobriram a polvora", saiu no jornal que tinham matado animais. Daí vem passeata e moradores reclamando em "solidariedade aos bichos". Onde estavam esses "bons-samaritanos" pra vir pegar os animais e adotá-los. O problema é que cada vez mais vivemos numa sociedade em que todo mundo se indigna, mas ningúem quer fazer parte da solução. Todo mundo quer reclamar, protestar, mas ajudar a resolver, isso ningúem quer, afinal sempre foi mais fácil FALAR do que fazer, né???

      Excluir
  27. Nada disso....Vamos sustentar um monte de vagabundos,assassinos,estupradores,que quando presos ficam comendo às nossas custas,aguardando brechas da justiça que os permite visitar papai e mamãe,Papai Noel,coelhinho da Páscoa....Isso pode..Vamos financiar tratamento para a cracolândia,só que os coitadinhos tem o direito de querer manter-se no vicio...Isso pode!!!!De acordo com a nossa justiça,todo mundo tem direito de matar uma pessoa na vida,sem nenhuma punição...Coitados dos animais,esses então não existem...

    ResponderExcluir
  28. Quanta ignorância. Deus deve ter vergonha desse bispo de merda!!

    ResponderExcluir
  29. Quanto tempo até começarem a matar gente?

    ResponderExcluir
  30. Não se esqueçam dos gatos na Idade Média!

    ResponderExcluir

Postar um comentário