Defensores do Estado laico são ‘intolerantes’, diz apresentadora

Rachel Sheherazade
Para Rachel, liberdade e honestidade
são princípios do cristianismo
A apresentadora evangélica Rachel Sheherazade (foto), do SBT Brasil, acusou ontem (30) os defensores do Estado laico de “intolerantes” por “voltarem sua ira contra a minúscula citação ['Deus seja louvado'] nas notas do real”.

Para ela, os laicistas estão perseguindo o cristianismo, porque querem acabar com o ensino religioso e tirar o crucifixo das repartições públicas.

Rachel fez esses comentários após ler a notícia de que a juíza Diana Brunstein, da 7ª Vara da Justiça Federal em São Paulo, tinha negado pedido do MPF (Ministério Público Federal) para a supressão da referência a Deus das cédulas do real.

A apresentadora disse que os defensores do Estado laico são ingratos para com o cristianismo, que, segundo ela, é o responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça. “É no mínimo uma ingratidão à doutrina que inspirou nossa cultura, nossos valores e até mesmo a nossa própria Constituição promulgada sob a proteção de Deus.”

Afirmou que “o próximo alvo dos laicistas” será a Constituição, para dali tentar tirar a referência a Deus. “Mas aí não bastará uma simples ação civil, [porque] eles terão de emendar a Constituição”.

Rachel disse concordar com o presidente do Senado, José Sarney, para quem o Ministério Público, ao entrar na Justiça com ação contra a menção a Deus no dinheiro, demonstrou não ter “o que fazer”.

Antes de ser contratada pelo SBT Brasil, Rachel trabalhava no Tambaú Notícias, da paraibana TV Tambaú. Em 2011, ela conseguiu chamar a atenção nas redes sociais ao criticar o Carnaval com um discurso moralista.

"Foi falta do que fazer"






Apresentadora que critica Estado laico não sabe nada de história
dezembro de 2012

Ministro do STF critica a frase ‘Deus seja louvado’ do real
junho de 2012

Religião no Estado laico


Comentários

  1. Ela acerta em algumas e erra em várias. Pensei que jornalistas tinham que ser imparciais. Só pensei mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara nem assisto mais jornal, exatamente pq eles não são mais imparciais seus reportres não fazem seu trabalho que seria de investigar e pesquisar antes de falar, atualmente eles falam seu achismo como verdade e as pessoas aceitam

      Excluir
    2. Galerinha dizendo que jornalista tem de ser imparcial.

      O Paulo Lopes é jornalista, não se esqueçam.

      Excluir
    3. É evidente que ela, como muitos, confundiu estado LAICO com estado ATEU, porque afinal foi pedido a retirada da frase em respeito a todas as crenças e não-crenças dos cidadãos pagadores de impostos, exigindo a imparcialidade do Estado nesse assunto.

      Num estado ateu, não se teria pedido a retirada da frase, mas a substituição pela frase "deus não existe".

      Quanto a defender ensino religioso em escola pública, quem pode opinar melhor sobre isso é Silvio Santos, afinal ele é judeu e o ensino religioso nas escolas é cristão, qual será a opinião dele?

      Essa moça parecia ser inteligente, mas a cada comentário dela, percebo ser rasa como uma poça de lama, superficial e desprovida de conhecimento básico sobre o que está falando.

      Excluir
    4. “É no mínimo uma ingratidão à doutrina que inspirou nossa cultura, nossos valores e até mesmo a nossa própria Constituição promulgada sob a proteção de Deus.”

      Ela segue exatamente a mesma linha de pensamento do nosso colega comentarista Willian Papp.

      Excluir
    5. O pior é que esses safados covardes tem a vantagem de dispor da emissora para alardear seus pifios argumentos sem nos dar chance de resposta na mesma altura.Quero ver se tem coragem de debater em rede nacional cara a cara!É triste mas isso nunca vai acontecer no brasil,pois as emissoras são todas concessões do governo e são usadas para interesses nefastos e insanos!!!!

      Excluir
    6. Não é questão de imparcialidade. Até porquê, apesar de MUITO estranho, ela é âncora (neste momento, sim, ela tenta ser "imparcial").
      Mas quando a câmara muda e chama OPNIÃO, ela dá a OPINIÃO dela.

      Portanto, não se discute imparcialidade, neste caso.

      Se discute a construção do argumento dela, que é MUITO falho e com acusações gratuitas.
      Ela não deu UM motivo REAL pra você pensar: "Poxa, acho que a frase não tem problema."

      Excluir
    7. O Paulo Lopes é um jornalista mas seu blog é particular. É diferente de um jornalista a serviço de uma emissora com concessão pública.

      Excluir
    8. Ela parece uma lobista conservadora e não âncora de um jornal. Primeiro ela demostra total ignorância quanto a história do Brasil, pois a única atitude inspirada pelo cristianismo não foi de liberdade, honestidade, respeito e justiça e sim o contrário de tudo isso, pois se assim fosse, os religiosos de outras denominações e não religiosos teriam seu respeito. É bom lembrá-la que o cristianismo ajudou a dizimar nossos índios na colonização, foi intolerante e violento com o protestantismo, a ponto de juntar multidões com tochas para expulsar os primeiros missionários do Brasil e reprimir os outros com intolerância e muita brutalidade. São os valores cristãos que estão incentivando a violência e também intolerância contras os homossexuais. Por favor! o Brasil não merece ouvir besteiras como essas em rede nacional.

      Excluir
    9. Paulo Lopes é jornalista mas seu blog é particular. É diferente de um jornalista comentando em um canal de concessão pública.

      Excluir
    10. Não entendo esse furdunço. Ela tem o direito de opinar. A imbecilidade dela é vísível, mas deve ser respeitado o dreito de opinião. E quanto a ser isento, é algo ilusório. Não existe imparcialidade na comunicação humana. O que temos que fazer é avaliar o que é dito. Simples. Ela pode falar as besteiras que quiser e temos o total direito de avacalhar e mostrar o quanto imbecil e retrógrada essa mulherzinha é.

      Excluir
    11. Anônimo 1 de dezembro de 2012 10:16

      "Não entendo esse furdunço.
      (...)
      temos o total direito de avacalhar e mostrar o quanto imbecil e retrógrada essa mulherzinha é."


      Dona Coerência mandou lembranças!

      Excluir
    12. Se dependesse desse jeovázinho e desse cristianismo que ela diz ser "responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça", ela estaria em casa caladinha e fazendo comida para o marido na beira do fogão.

      Excluir
    13. Dona Coerência mandou lembranças!

      SE FOSSE HONESTO E MANTIVESSE NA INTEGRA O QUE ESCREVI TERIA COERÊNCIA!

      Não entendo esse furdunço. Ela tem o direito de opinar. A imbecilidade dela é vísível, mas deve ser respeitado o dreito de opinião. E quanto a ser isento, é algo ilusório. Não existe imparcialidade na comunicação humana. O que temos que fazer é avaliar o que é dito. Simples. Ela pode falar as besteiras que quiser e temos o total direito de avacalhar e mostrar o quanto imbecil e retrógrada essa mulherzinha é

      NA ÍNTEGRA PARA JULGAREM SE HÁ INCOERÊNCIA!

      Excluir
    14. liberdade, essa inimiga1 de dezembro de 2012 21:01

      O comentário do Anônimo que critica o "furdunço" (1 de dezembro de 2012 10:16 e 17:43) e que diz que a jornalista tem o direito de opinar, e os outros de discordar ou concordar com ela, está certíssimo.

      O problema é que determinados grupos militantes (gays e ateus, por exemplo) se acomodaram em sua crença pessoal, egocêntrica e autoritária de que apenas opiniões favoráveis às suas causas devem ser permitidas, e se dedicam a combater e cercear a liberdade de expressão alheia, pois acham que esse direito só pode existir para si mesmos, não para quem discorda deles.

      Depois esses grupos ficam chateadinhos se alguém fala que eles são INTOLERANTES (e são mesmo, não se cansam de demonstrar), como a jornalista Rachel Sherezade tão bem falou.

      Excluir
    15. Jeová Redentor, esse amigo1 de dezembro de 2012 21:20

      O problema é que determinados grupos militantes (evanjegues e olavetes, por exemplo) se acomodaram em sua crença pessoal, egocêntrica e autoritária de que apenas opiniões favoráveis às suas causas devem ser permitidas, e se dedicam a combater e cercear a liberdade de expressão alheia, pois acham que esse direito só pode existir para si mesmos, não para quem discorda deles.

      Depois esses grupos ficam chateadinhos se alguém fala que eles são INTOLERANTES (e são mesmo, não se cansam de demonstrar), como os comentaristas daqui tão bem falaram.

      Excluir
    16. Pronto, o invertido invertedor compulsivo já veio correndo com mais uma de suas inversões "jeniais" de comentários alheios.

      Excluir
    17. Liberdade de expressão vale para todos2 de dezembro de 2012 00:42

      Quem está tentando cercear a liberdade de expressão, cacete? Ela falou um monte de bosta, liberdade de expressão. As pessoas estão opinando sobre o que ela disse ser um monte de bosta, liberdade de expressão do mesmo jeito! Ou liberdade de expressão agora é alguém falar merda e eu ser obrigado a bater palma?

      Excluir
    18. invertido (por que é o contrário daquilo que foi dito)
      invertedor (por que inverteu o que foi dito)

      O pior é que a inversão faz todo o sentido e é, de fato, condizente com a realidade.
      Já faz tempo que venho reparando uma coisa: O teor das acusações feitas pelos religiosos/crentes sobre os grupos que discordam, é um retrato fiel dos próprios religiosos/crentes acusadores.

      Assim como acontece nas tais "possessões" onde uma "entidade" narra sobre a vida do crente "possuído", parece que o subconsciente desses religiosos - quando acusam os outros grupos - também lhes dá um panorama completo a respeito de suas próprias intenções e ações, que na hora da acusação consciente só é feita uma inversão adaptativa para tentar encaixar a descrição como se fosse mesmo ao grupo acusado.

      Assim que houver um avanço que possibilite maior independência e imparcialidade na área da Psicologia, certamente que a religiosidade/fé ainda será devidamente classificada como um sintoma de distúrbios psicológicos.

      Se o progresso for rápido, talvez já tenhamos a religiosidade/fé classificada no CID-11, quem sabe?

      Homossexualidade, transsexualidade, efebofilia... enfim, desejos e comportamentos afetivos sendo despatologizados, e a crença religiosa/fé sendo patologizada por sua natureza destrutiva e anti-social...

      De modo inconsciente, os religiosos/crentes sabem que tudo caminha pra esse avanço, tanto que eles já vivem reclamando do que chamam de "inversão de valores" na sociedade! Isso é só um reflexo, uma espécie de "grito de sobrevivência", que as regiões sombrias de seu inconsciente lhes manda, afinal, o "mal" não quer ser extirpado de jeito nenhum!

      Excluir
    19. Só falta o "AAGEH" completar sua aula de Psicologia Pomposa e Fajuta garantindo que esse seu nickname não é uma variação de um de seus outros nicks ("Anônimo Ateu Gay Efebófilo Humanista") nem que ele é o Anônimo invertido invertedor de comentários alheios (que agora acusa os oponentes -sempre religiosos, segundo ele- de estarem praticando "inversão"... hahaha) e que, do alto de seu autoritarismo de autoridade gay efebófila, acha "justo" exigir "morte aos homofóbicos" como "consequência natural" de haver gente emitindo opiniões que não lhe agradam.

      Certamente, o AAGEH não é nada dissso. É tudo projeção e delírio de uma mente religiosa patológica retrógrada (a minha, por exemplo) que enxerga um sociopata onde há apenas um brilhante gay efebófilo, pobre vítima da homofobia de gente ignorante e malvada como eu.

      Nota: Invertido AAGEH, não se esqueça de tentar me ofender me chamando de "olavete", nem de postar mais algumas dezenas de inversões de comentários alheios, como você, obssesiva e compulsivamente, não consegue deixar de fazer em todas as páginas deste blog. Não quero que você tenha espasmos, sofrendo uma crise de abstinência tentando negar quem você é, e eu acabe ficando com remorso.

      Excluir
    20. Liberdade de expressão pra todos, MESMO2 de dezembro de 2012 07:57


      Obviamente, liberdade de expressão vale (ou deve valer) para a Rachel Sheherezade, para quem discorda dela e pra quem concorda com ela.

      Infelizmente, como já foi falado, não é assim que pensam ALGUNS grupos (parcelas de militantes ateístas e gays, por exemplo), amantes da censura à expressão de idéias e fatos que os contrariam.

      Tais grupelhos acham que liberdade de expressão é um direito que só vale pra eles, e não para seus "inimigos".

      Tais grupelhos autoritários já são viciados em apelar, a todo momento em que se deparam com algum posicionamento contrário de maior alcance, para processos judiciais, presepadas via MPF e invenções/distorções legais (e também mecanismos menos legais) para ameaçar, tentar punir e calar a boca de quem diz que não lhes agradam.

      Excluir
    21. Pronto, o conspirador enrustido compulsivo já veio correndo com mais uma de suas conspirações "jeniais" em cima de comentários alheios.

      Excluir
    22. Mais uma vez a olavete delira e conspira sobre os fatos.

      Ela pensa que todos os comentaristas daqui são a mesma pessoa.

      Mas novamente ela erra pois nem ela, e nem seu astrólogo favorito tem talento para as previsões.

      Excluir
    23. Será que ela sabe o que é ser intolerante? Ela deve ser uma religiosa muito 'tolerante'.

      Excluir
  2. Essa tem futuro, se fosse imparcial, teria mais...

    ResponderExcluir
  3. You girl, went full retard. Never go full retard.

    Bostejou por completo. "Justiça?" pela religião? Tipo essa que queimava pessoas na fogueira por dizerem o que pensavam e acreditavam em coisas diferentes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prevejo ela pedindo desculpas.

      Excluir
    2. Perdeu a graça depois dessa , muito infeliz o comentário !

      Excluir
    3. Correto! a "JUSTIÇA" da igreja levou muitos a fogueira, pessoas na grande maioria INOCENTES. É pelo exemplo dessas "JUSATIÇAS" que hoje ocorrem - como tb ocorreram no passado - guerras em nome de DEUS.
      Maior e celebre amostra da justiça da igreja foi a condenação de Galileu!

      Excluir
  4. Acho que precisamos ser gratos ao cristianismo.
    Gratos pelas torturas do passado, pela extorsão do passado e presente, pelos julgamentos do passado, presente e futuro. Por impedirem o avanço da ciência, célula tronco, uso de camisinha etc.

    Devemos ser gratos ao cristianismo e voltar a idade da pedra. Muito inteligente essa apresentadora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devemos fazer fogueiras com as biblias do mundo.

      Excluir
    2. Em outrora ela se mostrou mais inteligente.
      Todos temos o direito de expressar opiniões, mesmo que esta não agrade a todos.
      Se daqui para o Natal ela fizer uma declaração condenando o Natal cristão que de nada passa de uma distração para que os pagãos parassem de venerar o rei Sol durante o equinócio de inverno (a noite mais longa do ano seguidos por dias cada vez maiores (lá no hemisfério norte), que culmina na festa da colheita, vulgo São João do povo nordestino.

      Excluir
  5. "... cristianismo, que, segundo ela, é o responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça"

    Sim, porque todos nós sabemos que antes do cristianismo, Egito, Roma, Grécia, Pérsia, Suméria, Babilônia, China, etc etc etc., eram civilizações e culturas completamente bárbaras, injustas, desonestas e sem absolutamente nenhum valor moral ou ético.

    ResponderExcluir
  6. "responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça"????!!!!! LIBERDADE? tipo dos homossexuais, judeus, muçulmanos? HONESTIDADE? tipo como a Igreja encobre padres pedofilos? RESPEITO? tipo oq a Igreja tem com os que n obedecem suas doutrinas?
    JUSTIÇA? preciso mencionar as Cruzadas?

    ResponderExcluir
  7. "é o responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça."

    Claro, nada disso existia antes do cristianismo. Tortura, perseguição, controle social também não, aparentemente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes do cristianismo as pessoas na se masturbavam.

      Excluir
  8. Misturou as coisas...

    Se alguem pode se tornar descrente, significa que a religião não tem as evidências necessárias para a manutenção da fé...

    Estado laico já.

    Dee Jay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, quantos comentários intolerantes e sem fundamento. Mostra que vc é acima de tudo um infeliz. O pior de tudo é não respeitar o direito dos demais. Não posso lhe mostrar o caminho, pois vc tem os olhos tapados, o coração acorrentado e a alma doente. Vc não tem obrigação de seguir nenhuma religião, mas seria justo respeitar quem assim deseja. Desejo Luz nos seus caminhos.

      Excluir
  9. no discurso do carnaval ela mandou bem, agora só não cagou no pau pq nao tem um.

    ResponderExcluir
  10. KKKKKKKKKKKKKKKK eu ri com ela, bixinha. Gnt tinha tanto admiração por ela. O mundo dá voltas.

    ResponderExcluir
  11. No perfil no Twitter dela: "muito grata a deus por tudo que ele me deu". Acho que isso explica a coleção de abobrinhas proferida pela mocinha.

    ResponderExcluir
  12. No perfil no Twitter dela: "muito grata a deus por tudo que ele me deu". Acho que isso explica a coleção de abobrinhas proferida pela mocinha.

    ResponderExcluir
  13. Eu sempre achei as opiniões dela bem ridículas mas essa foi de mais.

    ResponderExcluir
  14. Desde quando catequizar na base da pólvora é sinônimo de Justiça e Liberdade?

    Defecou litros!

    ResponderExcluir



  15. .... Acho que eu nunca vi tanta hipocrisia e ignorância assim na minha vida....

    ResponderExcluir
  16. No perfil do Twitter dela: "muito grata a deus por tudo que ele me deu". Acho que isso explica a coleção de abobrinhas proferida pela mocinha.

    ResponderExcluir
  17. Serio que ela é jornalista diplomada? Pra falar uma asneira dessas da até pra pensar que ela comprou esse diploma," responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça." De 4 citações que ela fez, ela errou 8, televisão só dá isso msmo...

    ResponderExcluir
  18. Deixe-me adivinhar... A sujeita é crente ?

    ResponderExcluir
  19. Cadê a imparcialidade do jornalismo brasileiro no horário nobre?Agora eu quero que além da frase "Deus seja louvado" a apresentadora também seja retirada.

    ResponderExcluir
  20. Foi ridícula falando de carnaval e duplamente ridícula falando de Estado Laico... É uma ignorante, só temo por pessoas como ela terem acesso à comunicação de massa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso ,pessoas como ela não podem ter comunicação da massa, tipo ratinho e datena. esses são proliferadores de merda

      Excluir
    2. Ratinho é comédia e não se compromete com a verdade, diferente de alguem que se diga jornalista e esteja em um programa teoricamente informativo.

      Excluir
    3. O ratinho pode ser comédia e não ter compromisso com a verdade, mas ainda assim é um formador de opinião.
      Inclusive, esteve patrocinando debates entre o Malafaya e membros do movimento GLBT, onde estes últimos não tinham sequer a oportunidade de responder alguma questão. Só Mala falava.

      Excluir
    4. Ela não reúne condições para apresentar um programa jornalístico.

      Excluir
  21. Ela é bonitinha, mas de mente ordinária.

    ResponderExcluir
  22. Mais uma imbecil. será que só se encontra liberdade, honestidade e tantas outras virtudes só no cristianismo ? visão muito limitada dessa moça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liberdade ahahahahahha o cristianismo é uma das coisas que mais acorrenta as pessoas no mundo.

      Excluir
  23. Claro por que liberdade, honestidade, respeito e justiça não existiam antes do cristianismo e a bíblia é bem específica quanto ao amor ao próximo, independente do que fez, sobre roubar terras alheias, sobre respeitar as diferenças e ser justo, falando nisso acho que alguém deveria presenteá-la com uma bíblia.

    ResponderExcluir
  24. Como dizia o romario vc calada e uma poeta... e brasil

    ResponderExcluir
  25. Como diria o romario vc calada e uma poeta... e brasil...

    ResponderExcluir
  26. aposto que é católica NÃO PRATICANTE

    ResponderExcluir
  27. Respostas
    1. Haha, também pensei nisso!
      O patrão dela é judeu e a "patroinha" é pentecostelha...

      Excluir
  28. Coitada... Ela realmente não estudou História.

    ResponderExcluir
  29. Incrível, não sabia que antes de catequizarem o Brasil, com liberdade, respeito, honestidade e justiça, os índios que aqui viviam, não tinham uma cultura, e por isso devemos ser gratos à uma crença implantada através da força. Graças ao cristianismo fomos civilizados mesmo. (Y)

    ResponderExcluir
  30. Mais uma crentelha burra que acha que tudo que é bom veio do cristianismo, e tudo o que é ruim veio das outras culturas pagãs.

    ResponderExcluir
  31. Se não tem nada de útil pra dizer, diga assim mesmo, o importante é não ficar calado. <-- Essa é a filosofia dela.

    A única coisa que eu tenho que agradecer ao cristianismo é por ter trazido tantos feriados, como o Natal e a Páscoa, que por sorte foram secularizados e transformados em feriados diferentes. O natal ainda é um feriado onde a gente compartilha felicidade e alegria com a família, mas agora podemos usar desse sentimento sem precisar realmente se ligar no significado religioso.

    Mas assim, o cristianismo nunca trouxe algo de bom, realmente. Acho que se não fosse pela idade das trevas, poderíamos estar a esta altura, viajando pelas galáxias!

    ResponderExcluir
  32. A maioria dos defensores do Estado laico e os não teístas toleram todas as manifestações religiosas desde sempre. Como podem ser acusados de intolerância?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é aquela: Eles nos pregam numa cruz, nos apedrejam e, se nos contorcermos, somos acusados de intolerantes e ofensivos às crenças deles.

      Aos olhos incautos, pode parecer que isso seria vitimismo de minha parte, mas como eu disse, isso se dá aos olhos incautos mesmo, pois podemos dizer que tal analogia, perto do que de fato ocorre, seria quase um eufemismo.

      Excluir
  33. Minha amiga,
    Vai fazer esse discurso ignorante na sua igreja! esta querendo ibope? por causa disso vc quer ferrar com toda nossa politica, com essa patifaria religiosa? guarde seu Deus e seus comentários para vc, não queremos o seu "Deus" influenciando nossa politica.

    ResponderExcluir
  34. Alguns burrões pedem imparcialidade da moça,
    mas só que a imparcialidade que estes burrões só é bom quando esta do lado dos ateus.

    Que se dane os 99%

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara,
      Só pelo jeito que vc escreve, e pela ofensa que vc faz ao pessoal aqui, se percebe que vc é um religioso.
      Imparcialidade faz parte do jornalismo, os "burrões" ali, pelo jeito sabem mais sobre isso que vc, e outra, não importa se é 80%, 99% o que realmente importa, não é a maioria, e sim, a busca por nossos direitos e por justiça.

      Excluir
  35. Ela só está certa quando aquilo que ela fala não vai de encontro aos dogmas de muitos ateus daqui, não é?

    E ao invés de analisarem aquilo que ela falou e fazerem uma réplica fundamentada em argumentos racionais prefere-se atacar a honra e a competência da repórter, não é?

    Vocês novos ateus tem muito o que aprender, a começar, pelo RESPEITO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rachel é voce ? kkkkk

      Excluir
    2. W.P é você? kkkkk

      Excluir
    3. W.P é você? kkkkk [2]

      Excluir
    4. Dogmas ateus? Quais? Nunca ouvi falar, e olhe que sou ateu.

      Excluir
    5. Dogmas ateus?!!!! Alguém dá um dicionário para essa mula aprender o significado de dogma antes de usar termo.

      Ruggero

      Excluir
  36. Ôôôôôô imparcialidade da mídia brasileira. Como que não tem vergonha de citar o Sarney? O cara mais sujo, mais corrupto, mais ladrão, mais fdp do Brasil. Por isso que você é ancôra desse jornalzinho desse canalzinho de merda. Afinal, toda a TV aberta é uma merda! Fundamentalista desprezível!

    ResponderExcluir
  37. Jornalista diplomada? Eu acho que ela deveria voltar estudar um pouco história e outras coisas, assim poderia trabalhar em um jornal local ou algo do tipo.

    ResponderExcluir
  38. Querido anônimo, que respeito teve ela com os ateus quando nos ofendeu em rede nacional? ^^

    ResponderExcluir
  39. Ela é âncora? Porque me parece que somente o âncora pode emitir opiniões, mais como linha editorial do que própria,o que só é permitido para jornalistas muito tarimbados e não novatos coadjuvantes. Se ela deu opinião não estando orientada e autorizada a fazê-lo,pode levar uma 'mijada' do redator chefe, podendo até ser demitida. Dever de jornalista é informar fatos em jornais e não interpretar, avaliar fatos. Se quiser fazer comentários e emitir opiniões próprias deverá ter uma coluna para isso, ou blog... No caso de jornal/noticiário por rádio e tv, é preciso avisar ao fim da fala 'esta é a opinião da casa (tipo da Rede Bandeirantes/Globo, etc.,de televisão).
    Nem mesmo âncoras deveriam dar tanta opinião como se tem visto na TV. Virou moda comentar a notícia qdo o certo é apenas dar a notícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando ela fala aparece um gc escrito "Opinião - Raquel Sherazad"

      Excluir
    2. Nem sabia quem ela era, não vejo muito tv. Obrigada!
      Até gostava do Carlos Nascimento, mas a hora do jornal dele é de lascar. E os telejornais estão todos tão iguais que dá sono.

      Excluir
    3. por nada :)

      esse gc identificando o comentário como opinião pessoal do apresentador inicialmente não existia no SBT Brasil
      foi adotado de certo ponto em diante, percebendo-se a acidez dos comentários

      Excluir
  40. as cadeias e as camaras politicas estao cheias de "princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça"

    faça-me rir, o que esperar de uma jornalista de uma rede de televisao que seus donos sao alienados de igrejas evangelicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvio Santos é judeu. Sua mulher e filhas é que são evangélicas.

      Excluir
    2. Uma TV verdadeiramente JUDAICO-CRISTÃ, literalmente.

      Excluir
  41. Como é que essa criatura passou no vestibular pra jornalismo considerando que ela não sabe nada de história que é uma das matérias que mais pesam na avaliação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é por que ela ficou famosa por causa de um desabafo contra o carnaval. é isso. foi contratada pelo sbt por isso.

      Excluir
    2. Desabafo moralista, diga-se de passagem.

      Excluir
  42. é só uma citaçãozinha né...
    são só alguns crucifixozinhos e bíbliazinhas em repartições públicas...
    só algumas orações em atos e sessões públicas...
    só aluns estados, municípios, ruas e escolas com nomes religiosos né...

    e ainda diz que somos intolerantes...
    acredite... EU TOLERO MUITA COISA! ¬¬

    perdeu totalmente o meu respeito

    ResponderExcluir
  43. Luiz Carlos Prates nela!

    ResponderExcluir
  44. Hum... eu não sabia que a Marisa Lobo tinha uma sósia apresentando telejornal.

    É isso aí, Brasil! Estamos indo muito bem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o que poderíamos esperar vivendo num estado que dá aval, através de respectivos órgãos, para profissionais continuarem exercendo a chamada "psicologia cristã"? Só poderíamos ter agora um "jornalismo cristão" sendo subvencionado pelo estado através de suas concessões públicas de TV aberta, não é mesmo?

      E olha que a "Theocratic Party" só está no começo!

      Excluir
  45. "Intolerantes" ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Espera! será que eu aprendi errado nos livros de história? será que foram os ateus que matavam, que queimavam, que rotulavam?

    Só que não moça!

    Vou fingir que vc não comentou essa barbaridade.A história da religião foi escrita com as mãos pesadas da intolerância, vc dizer que são os ateus os intolerantes e citar palavras como "ira", afim de rotular, é o fim da picada.

    ResponderExcluir
  46. Os cristão não tem noção de o quanto isso soa absurdo para não cristãos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer não cristão, inclusive o patrão dela, que é judeu, um dos grupos mais perseguidos na "Idade da Trevas".

      Excluir
    2. Simplesmente por que os cristãos não tem noção.

      #fatocomprovado

      Excluir
  47. Concordar com Sarney é pacto com o diabo!

    ResponderExcluir
  48. Mais uma reassa que deve ser ignorada.

    ResponderExcluir
  49. As escolas publicas não são obrigadas a ter ensino religiosos e se ela quer crusifixo coloque na sua casa repartição e lugar neutro.
    Decepção falta de imparcialidade,quero ver você mocinha criticando o fanatismo religioso que tambem é uma DROGA

    ResponderExcluir
  50. Que o jornalista é um ser humano com seus direitos particulares de crença, disso nenhuma pessoa esclarecida duvida (acredito q muitos aqui sejam esclarecidos por mais simplistas q possam parecer os comentários). Mas deve-se haver separação entre o pessoal e o profissional. Como um transmisso de informes, um jornalista, seja este âncora ou correspondente externo, deve operar imparcialmente. Ela deveria resumir a matéria na fria descrição dos fatos, sem emitir opiniões pessoais, em respeito à diversidade de mentalidades e para permitir interpretações sem ofender uma parte da opinião pública. Pois além da ignorância (laicidade não é ditadura, mas o termo definidor do Estado plural e democrático de direito), a âncora da supracitada matéria devia saber também as motivações da colocação da frase nas cédulas, bem como a conotação notadamente cristã da mesma. Uma maioria de cristãos (católicos e protestantes de diversas denominações) não significa q se deva classificar o país como cristão, mas apenas de maioria cristã.
    Os formadores e emissores de opinião pública em geral devem ter obrigação de terem conhecimento adequado e transmitir a informação igualmente adequada, independentemente do achismo governamental e pessoal. Sou a favor da escola laica, contra a obrigatoriedade do ensino religioso e contra a frase nas cédulas desde sempre, mas sou frontalmente contra a ditadura q os religiosos impõem, bastando o exemplo da infestação do Congresso por sacerdotes, em especial evangélicos.

    Salete

    ResponderExcluir
  51. vcs foram rapidos
    eu estava assistindo ao jornal do SBT qdo me deparei com o comentario da jornalista ancora
    Eu geralmente curto ver os comentarios, a forma critica dela e por ai vai... mas ela pisou no tomate desta vez heim

    Entao, levando em conta a opniao dela, esta certo ferir a propria lei sobre o estado laico pra prevalecer algo q é uma bobagem?

    Eu mesmo acho esta discussao boba, bem como nao to nem ai pra crucifixos em locais publicos, pra mim, tantufas... mas nao é legal e nem legitimo

    ResponderExcluir
  52. De boa, das redes sociais ela veio, e pelas redes sociais ela vai voltar, ninguém merece tanto absurdo, essa mulher não tem idéia doque fala... agora o "deus" dela é a justiça, e liberdade. Quero ver colocar o símbolo do nazismo la na nota se ela não reclama, ou até outro símbolo de outra religião. Afinal, a humanidade já teve tantos "deuses", e logo esse vai ser o verdadeiro?

    ResponderExcluir
  53. Já conhecia essa direitista imbecil. Ela só fala merda.

    ResponderExcluir
  54. Decepcionado, só o que eu tenho a falar.

    ResponderExcluir
  55. Rachel, cala a boquinha, ok fofa?

    A mulher deve aprender em silêncio, com toda a sujeição. Não permito que a mulher ensine, nem que tenha autoridade sobre o homem. Esteja, porém, em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, e depois Eva.

    ResponderExcluir
  56. 1) Não sabe minimamente as origens do cristianismo.
    2) Ideia deturpada e reacionária do que significa justiça e liberdade.
    3) Não sabe as consequências históricas/políticas do domínio cristão sobre o mundo.
    4) Apesar de ateus e laicistas serem, de fato, minoria, a senhorita parece desconhecer o direito dos mesmos no que diz respeito a posicionamento político e protesto.
    5) Discurso comum nas mídias de massa, "criminalizando" e marginalizando o pensamento crítico revolucionário, onde lutar por direitos e pelo direito ao debate se transforma em "intolerância".
    6) Típico pensamento conservador, de direita, reacionário. Mas o que esperar das mídias de massa enquanto não temos, de fato, a democratização dos meios de comunicação? Eles são os donos da palavra, do microfone. Não importa o princípio da imparcialidade ou qualquer outra regra ética acadêmica. Eles criam as próprias leis e dizem o que devemos entender como lei, como verdade. Quem já teve alguma introdução ao marxismo entenderá que tudo isso pode ser resumido em uma palavra: ideologia.

    ResponderExcluir
  57. Parabéns, Rachel Sheherazade.

    Você falou a verdade nua e crua, e denunciou, em rede nacional, a picaretagem rancorosa e suja de uma minoria raivosa que odeia a maioria e que não suporta a democracia.

    Até que enfim uma profissional do jornalismo não submissa à babaquice politicamente correta de minorias autoritárias. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marisa Lobo, és tu?

      Excluir
    2. Deve ser o Olavo de Carvalho ou o Reinaldo Azevedo. Quem sabe, o Ives Gandra. Uma coisa é fato: o assunto está dando voz aos imbecis. E esses imbecis são unanimes numa coisa: nenhum sabe o que significa estado laico ou que é esse estado laico que garante a liberdade de manifestação das religiões deles, por mais idiotas, pedantes, preconceituosas, hipócritas e mau caráter que sejam.

      Ruggero

      Excluir
  58. Liberdade? Onde? Honestidade? Respeito? Justiça? Caso não tenham reparado, um, dos principais motivos dos problemas do mundo, é a religião!

    ResponderExcluir
  59. Mais uma crentelha militando em causa própria na TV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Utilizando CONCESSÃO PÚBLICA de TV aberta para ATACAR GRATUITAMENTE minorias que reivindicam o cumprimento da Constituição Federal sem - ainda mais - privilégios para determinada classe majoritária da população!!!

      Excluir
  60. Rachel acabou de perder meu respeito e admiração

    ResponderExcluir
  61. Essa não faz o minimo esforço de ser imparcial quando o assunto é religião.

    ResponderExcluir
  62. mais uma analfabeta com a falacia que cristianismo ajudou nossa nação e blá blá blá e por isso todo mundo deve andar com uma cruz enfiada no anús. É mesmo uma ditadura da maioria ,falar que valores absolutamente humanos é graças ao cristianismo é uma doente mental mesmo, ela tem que lembrar que por causa dos valores cristãos milhões foram mortos, p.q.p esta mulher não estuda história

    ResponderExcluir
  63. Ela é uma total ignorante.

    Veja. Segundo ela, foi a doutrina cristã que inspirou tais princípios.

    Que livros foram lidos por ela? Foram somente bíblicos, certamente, e as palavras do padre.

    Não sei o que é preciso ser para tornar-se apresentadora. Mas muito provável que somente uma boa "aparência" - epa, ou seja, um requisito discriminatório, aliás, que contrariam os mesmos tais princípios de justiça -, um jeito engraçadinho, alguma bunda, claro, conhecer de algum lugar algum figurão da mídia - não importa de onde: pode ser de família, ou não; de motel, ou não; etc.

    ResponderExcluir
  64. Emendar a Constituição? Para retirar frase do preâmbulo? Desde quando o preâmbulo é norma? Vá estudar, loira (digo: doida) varrida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O preâmbulo conta uma história e as histórias servem para dar fundamento às leis.

      Excluir
  65. Cristianismo que também é responsável pelas cruzadas, várias guerras, a inquisição, perseguição às bruxas e cientistas como Copérnico e Galileu, condenação ao uso de preservativos, entre outros. Pergunta a ela se ela defende esses ideais também. "O cristianismo é o responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça", não me faça rir. Será que esse pessoal realmente lê a bíblia ou só as partes que o padre/pastor indica. A arca de Noé foi construída para que deus matasse toda a humanidade porque não aproveitamos o livre arbítrio - que ele nos concedeu - do jeito que ele queria. A bíblia também defende a escravidão, o apedrejamento de crianças desobedientes, o divórcio (isso mesmo, o divórcio) e contêm passagens com uma cobra e uma jumenta falante. Religião é o ópio do povo e quanto mais rápida for eliminada maior será a taxa de avanço da humanidade. Prova disso foi o buraco deixado no avanço científico e tecnológico pela Idade Média.
    Países como Noruega tem maioria de população atéia/agnóstica e os melhores IDHs do mundo, enquanto no Brasil temos que conviver com Bancada Evangélica e escândalos de corrupção.
    Vocês pararam de acreditar em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, Cuca e Bicho Papão quando fizeram dez anos de idade. Que tipos de evidência ainda sustentam a fé em um ser sobrenatural e todo poderoso incapaz de tarefas simples como garantir que todos tenham o mínimo de calorias diárias para sobreviver ou que mulheres não sejam apedrejadas por serem vítimas de estupro.
    A laicidade do Estado está prevista na constituição e inscrições e símbolos religiosos ferem essa laicidade e devem ser retirados. Instituições como a Atea (https://www.facebook.com/ATEA.ORG.BR?ref=stream / www.atea.org.br) lutam para que os princípios da constituição sejam cumpridos e para que o valores religiosos sejam restritos aos cultos.
    Entendo que a constituição também garante liberdade religiosa e de expressão (mas jornalistas em horário de trabalho deveriam manter sua opinião para si e focarem-se nos fatos da notícia) e sou a favor de que a população tenha o direito de acreditar em Deus, Zeus, Ganesha, Rá ou no Monstro do Espaguete Voador (pesquise Pastafarianismo), desde que essa crença não interfira com os dizerem da constituição.
    Já está mais do que na hora de a população abrir os olhos e perceber que a Idade Média acabou a mais de 500 anos e que desde o Renascimento a sociedade se baseia nos princípios científicos e que graças a eles essa discussão via internet é possível. É lindo ouvir as pessoas dizendo que preconceito não leva a lugar nenhum e que não se deve julgar um livro pela capa, mas experimenta comentar que você é ateu pra ver a reação das pessoas. Coisas como pacto com satã, atos de maldade e “isso é coisa de quem não tem deus no coração” não são raras de se ouvir.
    Para terminar, gostaria que todos refletissem sobre o que eu escrevi e que os cristãos realmente lessem a bíblia, sob um ponto de vista crítico, começando pelo começo e dando atenção especial a passagens como a da cobra falante, a das pragas do Egito e a do apedrejamento de crianças desobedientes. Não é à toa que ateus acreditam que a maior “arma” a favor do ateísmo é a própria bíblia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de me identificar...
      Pedro Schein
      www.facebook.com/pedroschein
      phs_schein@yahoo.com.br

      Estou aberto a críticas, sugestões, opiniões, comentários... desde que feitos com educação e fundamento. Mensagens de ódio livre serão ignoradas.

      Excluir
  66. Ela é uma total ignorante.

    Veja. Segundo ela, foi a doutrina cristã que inspirou tais princípios.

    Que livros foram lidos por ela? Foram somente bíblicos, certamente, e as palavras do padre.

    Não sei o que é preciso ser para tornar-se apresentadora. Mas muito provável que somente uma boa "aparência" - epa, ou seja, um requisito discriminatório, aliás, que contrariam os mesmos tais princípios de justiça -, um jeito engraçadinho, alguma bunda, claro, conhecer de algum lugar algum figurão da mídia - não importa de onde: pode ser de família, ou não; de motel, ou não; etc.

    ResponderExcluir
  67. Ela só fala o que os trouxas querem ouvir, infelizmente imparcialidade já não é mais pré-requisito para ser jornalista, e sim a demagogia e a hipocrisia...

    ResponderExcluir
  68. imigrantes judeus , japoneses , negros não cristãos ateus etc etc etc vocês que não ajudaram no desemvolvimento da nossa nação por favor se retirem de nosso país vocês tem 24hrs pra fazer isto , foi aberta a inquisição quem não se declarar cristão perante o nosso estado teocratico brasileiro sera morto preso enforcado empalado eviscerado queimado estrangulado , então por favor se retirem

    Att

    República Federativa Teocrata Cristã Brasileira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é claro que todas essas pessoas ajudaram e ajudam no desenvolmimento da nação mais só os cristãos são a bola da vez , então por isso deve esmagar qualquer outra cultura que não seja a cristã.

      Excluir
  69. Ela diz que nós somos ingratos por valores morais que vem do cristianismo ?? fala sério,que valores morais são esses ??Ela foi muito imoral e tendenciosa com o comentario.

    ResponderExcluir
  70. Eu sugiro a quem, como eu, acha a frase uma arbitrariedade cristã a mais, que a retire de cada cédula que lhe cair nas mãos por conta própria, com uma caneta... Simples assim!...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. excelente ideia... vou começar a praticar agora mesmo

      Excluir
  71. alguém sabe como era o cristianismo a 100 anos atrás ? acho que não né , o cristianismo era a religião da elite burguesa , vocês acham que negros e pobres eram bem vindos na igreja , ja que a elite burguesa que ocupava as primeiras fileiras , até hoje é assim e por isso mesmo que o movimento evangélico cresceu tanto,

    cristianismo sempre foi uma religião dos ricos dos imperadores dos barões do café etc.

    ResponderExcluir
  72. "respeito" é valor cristão? rsrsrsrs... então ela deveria respeitar quem não tem religião, ou pelo menos quem não é cristão... eu "tinha" admiração por ela, de verdade... mas depois desse monte de asneiras... que fanática religiosa... muito ridículo...

    ResponderExcluir

  73. Ela só errou em um detalhe: Onde ela disse "laicistas" ela deveria dizer "antiteístas" . Laicismo não é religião ou filosofia!
    E outra coisa: Os neo-ateus que querem a retirada das mensagens nas notas não são defensores do estado laico; Muito pelo contrário, Estão defendendo interesses, mimos e caprichos próprios!

    Att. Fábio

    ResponderExcluir
  74. quem é que mais ganha e ganhou com a religião ? A elite clerical , enquanto a igreja pregava a pobreza o vaticano acumulava fortunas e mais fortunas , e porque nas igrejas evangélicas é cheio de campanhas pra enriquecer , mais só enriquece o alto clero evangélico ? agora tem pastor fazendo campanha pra pessoa dar o dizimo de quanto ela quer ganhar , se quer ganhar 3.000 tem que dar 0 dizimo de tezentos , a igreja evangélica é maniaca nesse negocio de dizimo , Ora o mestre deles nãoi disse que quem estivesse nele tudo que lhe pedisse ele faria , e olha que esses crentes nenhum pede pra curar criancinhas com cancêr póis se pedisse jesus faria , afinal não foi ele que disse tudo que me pedir eu farei , então ao invés de dar o dizimo peça e fica esperando mais espera sentado , ele só vai atender o pastor e auto clero , porque são eles que mete a mão no dinheiro.

    ResponderExcluir
  75. É a segunda vez que essa moça (que acerta em algumas vezes) diz besteiras em relação ao laicismo.

    Um Estado laico é NEUTRO em relação às religiões. Ele não é CONTRA nenhuma delas.

    Quanto à esse argumento batido de que "a moral, ética, liberdade são princípios cristãos", não é verdade.

    Estes princípios são UNIVERSAIS.

    Agindo desta forma, a repórter age como muitos: o Estado deve ser laico, desde que seja Cristão.

    Um paradoxo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ver se um grupo islâmico, pequeno mas violento e organizado, tomasse o poder e instaurasse uma teocracia islâmica no Brasil. Queria ver quem continuaria dizendo que estado laico é estado ateu. Será tão difícil assim entender o que é laicismo?

      Quando eu era cristão já defendia o estado laico e era contra feriados religiosos. Não precisa ser ateu para querer isso, basta o mínimo de bom senso.

      Excluir
    2. Pois é.

      Talvez se começássemos a lutar por um estado ateu, então os cristãos fariam um pequeno esforço pra compreender o que é estado laico e qual é a importância de respeitar a laicidade!

      Acho que nunca vamos alcançar um equilíbrio social até que a maioria tenha que realmente enfrentar uma força ainda maior que toda essa tirania que ela exerce!

      Excluir
  76. agradecer ao cristianismo pela liberdade e outros princípios? nós podemos agradecer à religião outras coisas como intolerância, charlatanismo e a boa e velha inquisição, fora o atraso cientifico e tecnológico causado por princípios religiosos.

    ResponderExcluir
  77. Comentário perfeito sobre a frase "Deus seja louvado" na nota de Real - YouTube http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=xzAsagfVGNs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não é um comentário perfeito, porque, como explanado por mim e por outros, essa ideia batida de que "liberdade, moral e ética" não são princípios cristãos, são princípios UNIVERSAIS.

      Excluir
  78. Assistir televisão em pleno 2012.

    ResponderExcluir
  79. Paulo Lopes, você, como jornalista, sabe como posso enviar uma email me queixando do ocorrido? Procurei algum tipo de contato ou ombudsman no site do SBT Brasil e não achei.

    Acredito, que todos nos deveríamos entrar em contato com o jornal SBT Brasil se queixando -de modo racional e civiloizado- da apresentadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O SBT não tem ombudsman. Você poderá enviar sua reclamação por intermédio deste formulário.

      Excluir
    2. O Paulo Lopes já respondeu, gostaria de complementar, por curiosidade...
      Tem uns 6 anos mais ou menos, conversando com o VP do SBT na época, o Maluf (não é o político) sugeri à ele o assunto de um "Ouvidor", inicialmente um "Ouvidor Interno". O mesmo me respondeu que havia uma semana que ele havia falago com o silvio e que o mesmo foi enfático, como DONO, havia lhe dito: NÃO, NÃO HAVERÁ. Final do assunto.

      Excluir
  80. Quem estuda ciencias humanas aprende de início uma coisa: não existe imparcialidade. Todos não fazemos e falamos algo que nos diz interesse. Todos nós somos portadores de ideologias e isso incluem também os jornalistas. Ao falar sobre a imparcialidade como o fundamento do jornalismo, a mídia se autoproclama com a verdadeira portadora da verdade. Ora será que não somos capazes de pensar por si próprio? O que eu gosto deste site é a tomada de opinião, a parcialdade do discurso. Quando se saber que qualquer fato é interpretado se pode manter a atitude crítica. É isso que nos falta ensinar nas escolas: a capacidade de inquirir porque aprendemos certas coisas e outras não e estendendo ao jornalismo: por que a notícia e apresentada desse jeito e não de outros. A forma como digo algo demonstra muito sobre como eu me posiciono no mundo. Por fim, jornalismo imparcial é discurso ideológico de dominação.

    ResponderExcluir
  81. Ela ficou ofendida com isso? Foda-se ela. Cristianismo nunca deu liberdade, honestidade e muito menos respeito pra porra nenhuma. Ela tem mais que calar a boca dela e ficar quieta pra não falar besteira.

    ResponderExcluir
  82. Imagina só, substituir a frase "deus seja louvado" por
    "SEU DEUS NÃO EXISTE", sera que os cristãos iriam gostar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isto sim seria um estado ateu, mais escrever Deus seja louvado e pendurar símbolos do cristianismo em locais públicos é normal.. O dinheiro tem dois lado , esquece o laicismo e adota o ateismo em respeito aos ateus . Escreva de um lado Deus seja louvado, e do outro Deus não existe, já que não querem respeitar a laicidade e se manterem neutros faça logo isto que eu falei.

      Excluir
    2. Mas estamos há 26 anos com essa frase na nota, quer dizer que esses 26 anos o estado era cristão e não laico infelizmente.

      Excluir
  83. eu não quero que minha nação se torne uma nação teocrata islamica, mais não vejo problema nenhum de qualquer pessoa querer seguir esta religião deste que eles não queiram se impor sobre todas as outras crenças e enfiar seus símbolos em locais públicos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é preciso lutar a eugenia religiosa é muito perigosa.

      Excluir
  84. Essa apresentadora não deve ter crédito da parte dos teleespectadores pois a mesma se presa à emitir opiniōes sobre as reportagens apresentadas no telejornal e, o que é pior, lê opiniōes do chefe (diretor) de jornalismo do SBT dando "ênfase" nos textos, na sua grande maioria, exageradamente preconceituosos e ditatoreais (por exemplo, críticas à liberdade de expressão, ao Google que não remove vídeos e sites "dos outros", etc). COMO OBSERVADOR, considero essa mulher nojenta. TEXTOS "5 REAIS", apresentadora VENDIDA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como jornalista, ela seria uma ótima assistente de palco de programas da Jequiti.

      Excluir
  85. Essa mulher não sai do senso comum, tudo o que ela falou eu já cansei de ler por aí, em debates sobre o tema. Tirar a venda da fé pra analisar o caso imparcialmente ela não quer, né? Se pra ela a laicidade do Estado não precisa ser respeitada, que tirem a liberdade de expressão dela, afinal, também é prevista na constituição, a qual ela claramente tá cagando e andando para.

    ResponderExcluir
  86. Só faltou mandar aquela do feriado religioso, pra completar o show do senso-comum e do argumento pífio e raso :D

    ResponderExcluir
  87. "O cristianismo é o responsável por princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça" parei de ler logo depois dessa demonstração clara de imensa ignorância por parte dessa jornalista.
    A ética e a moral que fundamentam esses princípios citados, são introduzidos na nossa sociedade pelos gregos, muito antes do surgimento do cristianismo.
    Vide "A Republica" de Platão.

    ResponderExcluir
  88. eu levava em consideração o que ela falava, mas depois dessa, queimou seu filme, assim como na bíblia, que dizia que queimava as pessoas....ela fez o mesmo...ela se queimou...

    ResponderExcluir
  89. Na minha opinião :
    Tirar a frase do dinheiro vai gerar economia de tinta;
    Esses simbolos, esses feriados. O povo não quer saber disso não, eles querem é fuleragem.Alguem vai se penitenciar na quarta feira de cinzas.Depois do furdunço, pedir perdão.
    Os defensores destes simbolos inuteis, so estão tentando manter seu dominio sobre os tolos. Lamento que em nossa patria, a lei não e levada a sério.Enquanto isso nos somos extorquidos pelo erario, pelos bancos etc, por que ai a lei esta funcionando que é uma beleza. Manter a frase mesmo contra a lei, é sucumbir a chantagem.

    ResponderExcluir
  90. "voltaram a sua IRA, para a minúscula expressão"

    ResponderExcluir
  91. Alguém fala pra essa repórter ignorante que as bases da democacia foram criadas da grécia mt antes do cristianismo...aliás quando penso e m cristianismo e política só consigo me lembrar da santa inquisição!!!!

    ResponderExcluir
  92. 'princípios como liberdade, honestidade, respeito e justiça' não combina com a palavra cristianismo! e ela não levou em conta o respeito por outras religioes tb!

    ResponderExcluir
  93. Ela está certa, esse discurso de “Estado laico” é uma farsa, o que querem na verdade é um Estado ateu, e estão praticando perseguição religiosa com isso. E antes de me criticarem, saibam que SOU ATEU E A FAVOR DE ESTADO LAICO. Mas não apóio essa idéia se for pra praticar perseguição religiosa. Se você é ateu, sabe que todo ateu gostaria que a religião deixasse de existir e que todos fossem ateus, mas não há diferença entre você forçar alguém a ser ateu ou um Jeová que te força a aceitar Jesus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um pseudo tirano ateu confundindo sua apaixonada tirania e síndrome de messias com o ateísmo. Diante de um espelho, vem julgando todos os ateus à sua própria imagem e semelhança!

      Macacos me mordam, era só o que faltava!
      Um messias déspota e megalomaníaco achando que virou o porta-voz dos ateus...

      Excluir
    2. Sem querer ofender, mas... WTF?! Estado ateu seria colocar DEUS NÃO EXISTE nas cédulas e depois, começar a perseguição religiosa que você fala.

      Sou ateu e não gostaria que as religiões desaparecessem. Talvez com menos pessoas religiosas, haveria uma maior variação de credos, o que, culturalmente, pode até ser interessante. Através de familiares, tenho algum contato com a umbanda e, se por um lado não acredito em nada do que vejo nos terreiros ou festas, por outro aprecio certos ritmos, batucadas, músicas e representações.

      Eu gosto de diversidade e acho que não me sentiria bem numa sociedade 100% qualquer coisa. Sou democrático também e não quero impor nada a ninguém. Se nem à minha esposa consigo "impor" todos os meus conceitos por que iria querer impor às outras pessoas?

      Excluir
    3. Crentelho não-praticante confuso1 de dezembro de 2012 21:27

      O crentelho não-praticante está confundindo ateísmo com sua preguiça de ir à igreja e seu pão-durismo da hora do dízimo.

      Excluir
  94. eu acho que deveria continuar escrito deus no dinheiro pq esse deus biblico de faz de conta é usado mesmo para tirar dinheiro dos outros nas igrejas

    ResponderExcluir
  95. QUEM falou o que?

    Falou pra ser repercutida né, porque de outra maneira NINGUÉM saberia QUEM ela é.

    ResponderExcluir
  96. "Rachel, que também é evangélica, criticou a festa popular brasileira no jornal Tambaú Notícias da TV Tambaú e o vídeo estourou no Youtube. Evangélicos e outros que não suportam a “festa da carne” levaram o nome da jornalista para um dos mais comentados do Twitter.
    Com toda a repercussão que fez, a jornalista foi chamada para fazer parte da emissora nacional que tem sede em São Paulo. De acordo com o colunista Daniel Castro, Rachel Sheherazade substituirá Carlos Nascimento no jornal da noite". http://filadelfiacolinas.com.br/?p=214 Fatima

    ResponderExcluir
  97. Parabéns, Rachel. É preciso coragem para nadar contra a corrente da imbecilidade secularista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imbecilidade secularista? HAHAHAHA! O que dizer então de uns 90% das atitudes das igrejas cristãs e dos próprios cristãos, baseados em sua fé. Pra não entrar na questão de cobra falante, Terra achatada, etc, etc, etc.

      Excluir
  98. essa mulher mudou muito depois que conseguiu um emprego no SBT.

    ResponderExcluir
  99. Parabéns,Rachel. É preciso coragem para nadar contra a corrente da imbecilidade secularista...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E por que os protegidos por Deus não são eleitos por Deus e sim pelo povo?

      Excluir
  100. Essa mulher só não é mais imbecil por falta de espaço.

    ResponderExcluir
  101. Parabéns, Sarney! Vossa Excelência impôs sua crentelhice no dinheiro brasileiro, sem consultar ninguém, e agora tá difícil tirar...

    ResponderExcluir
  102. Engraçado que pra por foi preciso só um canetaço, Agora pra tirar fere a constituição(mentira), fere isto, fere aquilo ,fere aquilo outro.. Eu já falei a maioria esmagadora religiosa é contra esta frase no dinheiro até eu era quando eu era religioso.. Eu levaria o caso até o STJ

    ResponderExcluir
  103. O pior que o sarney disse que a frase é para ser grato, só quem tem né sarney e principalmente se ganha ele sendo politico, por enquanto um médico se mata de trabalhar e o salário deles não é nem metade de salários de políticos. Realmente esta frase é de extremo mal gosto pois fere até deista que não liga deus a materialidade, e os mandamento cristão seria amar a deus e ao proximo como a si mesmo, sera que o sarney da o dinheiro que ele louva para pessoas pobres e necessitadas, o cristianismo também manda dividir quem tem com quem não tem, essas parte eles pula..Essa frase no dinheiro só mostra o quanto o deus deles é injusto e desprezivel ,tal como é o dinheiro , tal é o deus deles.

    ResponderExcluir
  104. Nem todo mundo é perfeito. A moça tinha ser evangélica e misturar as coisas. Não perdi o meu afeto por ela. Como bom ateu continuo gostando dela. Em alguns comentários ela acerta em cheio.Exigir que ela entenda essa causa, talvez seja pedir demais para ela e para Sarney que se acha o dono do poder, o dono da verdade, a ultima palavra. Isso pode ficar lá, o crucifixo pode ficar lá, o importante é conscientizar que a religião não tem nada haver com o Estado e que Deus que a constituição se refere não é um Deus de nenhuma religião, é um Deus universal. Targino Silva.

    ResponderExcluir
  105. É preciso entrevistar o sarney e perguntar pra ele porque ele mandou colocar esta frase no dinheiro..Se ele disser que é para agradecimento e gratidão e etc ,isto já não se faz nas igrejas? Porque um estado constitucionalmente laico tem que agradecer divindades ou ser gratos a eles usando o dinheiro público para um ritual religioso .

    ResponderExcluir
  106. Essa é mais uma que prova que as faculdades no Brasil são pífias e se ensina muito pouco ou quase nada, ou ela matou algumas aulas ou é burrinha mesmo.

    ResponderExcluir
  107. é mais confortavel mentalmente pra quem tem saúde, emprego bem remunerado e outras mordomias mais. o teísta pensa consigo mesmo:enquanto a maioria da população mundial tá fodida sobrevivendo dia a dia com uma renda miserável eu to aqui no SBT ganhando uma grana federal, não sou inteligente, não sou o mais esforçado, não sou o mais bonito e no entanto to no paraíso do capitalismo, SÓ PODE SER DEUS o responsável por esta injustiça, não tem outra explicação. e aí usando o pensamento de servidão, característico daqueles que tem tal espírito, submetem-se à autoridade que paga mais, chamam isto de bom senso.

    ResponderExcluir
  108. Ela deu um bicudo na cara do estado laico! Mas, tbm colocarem apenas 120 dias para resolver algo que já atras a mais de 25 anos.

    ResponderExcluir
  109. O Saci é tão cristão! HOEAHOEHOEHEOHEOHEAHEH

    Gustavo M.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site