Apoio de âncora a Feliciano constrange jornalistas do SBT

Opiniões da jornalista são
rejeitadas pelos seus colegas
O apoio velado que a âncora Rachel Sheherazade (foto) manifestou ao pastor-deputado Marco Feliciano (PSC-SP)  deixou jornalistas e funcionários do "SBT Brasil" constrangidos. O clima na redação do telejornal é de “indignação”, segundo a Folha de S.Paulo.

Na semana passada, Sheherazade minimizou a importância das afirmações tidas como homofóbicas e racistas de Feliciano, embora ele seja o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, dizendo tratar-se apenas de “opinião pessoal”.

A Folha informou que os funcionários do telejornal estariam elaborando um abaixo assinado intitulado “Rachel não nos representa” para ser encaminhado à direção da emissora.

Marcelo Parada, diretor de jornalismo do SBT, afirmou não saber nada sobre o abaixo assinado e acrescentou que os âncoras têm liberdade para manifestar sua opinião.

Apesar da rejeição de seus colegas, Sheherazade se sente segura no cargo porque ela conta com a proteção do dono da emissora, Sílvio Santos.

Os comentários da jornalista costumam ser pontuados pelo conservadorismo moral. É contra o Carnaval, por exemplo. Para Sheherazade, que é evangélica, por exemplo, os defensores do Estado laico são “intolerantes” porque, entre outras coisas”, querem tirar do real a frase “Deus seja louvado”.





Com informação do Yahoo, entre outras fontes.

Fundamentalismo de Feliciano é ‘opinião pessoal’, diz jornalista
março de 2013

Comentários

  1. Se uma Comissão de Deputados já não faz diferença, que dirá a opinião de uma jornalista do SBT.

    Jornalismo este que na hora que dá na telha do Sílvio Santos, ele muda de horário e mete "Chaves" no lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é bem por ai mesmo, até achava interessante o pensamento dela, mas essa ultima é contráditória a tudo o que ela havia dito. infelizmente nem tudo dá pra se entender...srs

      Excluir
    2. boa!! kkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Realmente, ao invés de ver um jornal com uma ancora fundamentalista, conivente e retrógrada, é melhor ir ver o filme do Pelé.

      Ruggero

      Excluir
    4. Dia desses, a mesma jornalista estava falando o que aconteceria no Carrossel. Detalhe: durante o telejornal.

      Credibilidade lá em cima.

      Excluir
    5. Ah ta!

      Mas se ela estivesse defendendo o ativista gay TONY REIS, que deu empurrões no sexagenário na Câmara dos Deputados, então ela seria uma jornalista séria, queridinha e aplaudida pelos colegas. Afinal, a imprensa nunca mostra agressões de homossexuais!

      O PIOR: TONY REIS agrediu fisicamente o idoso, dentro da CDH, que eles dizem que era imparcial. PURA MENTIRA. Aquilo ali era só o EMUNCTÓRIO por onde as verbas para o ativismo gay eram viabilizadas. Vide os 11 milhões do Chico Alencar etc.

      Esse SAFADO AGRESSOR DE IDOSOS teve que ser contido por um segurança ou o idoso poderia ter se ferido!

      FONTE:
      http://www.youtube.com/watch?v=BILeJuPkXuc

      BANDO DE ÉTICOS CAOLHOS!

      BANDO DE PILANTRAS, POR QUE NÃO VÊEM ISSO!

      Por essas agressões e outras centenas, que não são divulgadas é que DEVEM SER COMBATIDOS DE QUALQUER FORMA!

      Excluir
    6. Joel vc já consultou algum psiquiatra? vc pode estar sofrendo de alguma doença mental pra falar tantas asneiras, se trate enquanto é tempo, ou vc é só mais troll reacinha doutrinado pelo carequinha da veja ou pelo astrólogo esquizofrênico.

      Excluir
    7. Os caras não podem sair de mãos dadas que correm o risco de apanhar ou de ser morto, ai vem um maluco, obviamente fã do Feliciano, e fala que devem ser combatidos só por estarem buscando seus direitos, e ainda usa esse vídeo ai sem nem saber o que aconteceu lá, e o faz de forma a colocar todos os gays como agressores, isso é no minimo desonesto.

      Excluir
    8. Aleluia, irmão! Explodiu, foi? Tadinho. Esses crentes deveriam viver a própria vida sem se meter na dos outros. As minorias (especificamente os gays) apenas reagem. Nojo de falso moralismo! Quer viver sem festas, sem bebida, transando apenas na função de perpetuar a espécie (hanran, Cláudia, senta lá!), que viva. Mas querer impor regras e condições ao resto do mundo...PARA LÁ!

      Excluir
    9. Resumindo a choradeira do tal "Brasil na Cadeia": 'Caras, vejam qualquer outra coisa, mas não vejam as maracutaias do meu querido Feliciano!' OK, crentola, agora me passe seu cartão com a senha.

      Ruggero

      Excluir
    10. Amarra uma âncora envolta do pescoço e pula da ponte, sherazade!

      Excluir
    11. Parabéns a essa jornalista, sou contra qualquer tipo de viadagem, não tenho homofobia...fobia quer dizer medo,e eu tenho medo é de pisar em BOSTA ,portanto deixem de hipocrisia, família de verdade é formada por PAI, MÃE E FILHOS, passou disso,é doença ou pouca vergonha.

      Excluir
    12. chora mais reaça

      Excluir
    13. Acho muita graça que os comentários dos mais ferrenhos e radicais contra os gays sao assinados como Anônimo. Têm coragem mesmo, bando de canalhas, mostrem a cara!

      Excluir
    14. É só mais uma que não faz a menor idéia do que esta dizendo ou fazendo. Difícil é encontrar gente consciente na TV.

      Excluir
  2. é estranho essa onda de pessoas achando que ela é uma ótima jornalista e tal... ela perdeu toda a credibilidade na reportagem da retirada do"deus seja louvado" das notas, depois defende o Feliciano.... e ainda assim ganha fãs? é tem alguma coisa muito errada por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos olavetes e reaças por aí.

      Excluir
    2. Alienação. O Brasil já é um país religioso, basta uma palavra contra os "laicistas" e a favor de líderes sem vergonha como infelicianus que já é o suficiente pra ganhar fãs.

      Excluir
  3. Será que esta "jornalista de deus" sabe que o Feliciano além de homofóbico e racista, é um misógino?

    Será que ela é misógena? Aqui no Brasil está cheio, infelizmente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Misogino, porque? Vocês que são intolerantes, ninguem pode ser contra, não se pode ter outra opinião, outra visão do assunto, somente a visão dos glbt está correta? E vivemos numa democracia onde o lider maior o presidente, senadores são eleitos por maioria dos votos, seguindo essa linha que a população brasileira no censo 2010 é de aproximadamente 66% catolicos mais 22% evangelicos mais judeus e muçulmanos uns 7% total igual a 95% da população contra união homoafetiva, vamos propor um referendo sobre a questão, o povo decidirá.Carlos Roberto.

      Excluir
    2. ele nao é homofóbico,apenas se baseia na biblia,se ele cre na biblia é logico q vai discordar...qto as acusaçoes de racismo,é um desatino como ele pode ser racista se ele é descendentes de negros e indios a pelo amor de Deus vcs nao percebem q é uma questao teológica e religiosa ? Isso nao tem nada haver com racismo

      Excluir
    3. Eu não sei porque essas mocinhas largaram o tanque de roupa suja para vir aqui matraquear. É hora de trabalhar para a honra e glória do Deus-marido, como rezam o Novo e o Velho Testamentos.

      Excluir
    4. "Misogino, porque? Vocês que são intolerantes, ninguem pode ser contra, não se pode ter outra opinião, outra visão do assunto, somente a visão dos glbt está correta?"

      Ele pode se expressar como ele quiser, meu caro. Agora, os argumentos dele não é de um presidente da Comissão dos Direitos humanos e MINORIAS, e ponto. Para seguidores intolerantes, ele pode falar as asneiras dele e repetir mil vezes até se tornar verdade (como o velho nazista Goebbels adorava dizer), já que só trouxa vai acreditar. Problema deles e o deus eles.

      Se isso não é misoginia, eu não sei o que é:
      http://www.paulopes.com.br/2013/03/direitos-da-mulher-prejudicam-a-familia-diz-feliciano.html

      " aproximadamente 66% catolicos mais 22% evangelicos mais judeus e muçulmanos uns 7% total igual a 95% da população contra união homoafetiva,"
      AHUHAUHUAHUAhuhauhUauhuah Vc vive em um mundo paralelo, meu filho!

      Anônimo25 de março de 2013 18:57, usar a religião como álibi para seus preconceitos é muito fácil e desonesto. Conselho: leia a sua bíblia para ajudar na sua escrita. Aliás acho que vc é um troll...

      Excluir
    5. Carlos Roberto
      referendo pra decidir o direito de uma minoria é algo meio nazista.

      Se religiosos sao contra casamento gay, que nao casem com pessoas do mesmo sexo, mas eles não tem o direito de impedir que gays tenham o direito de se casar.

      Excluir
    6. O problema é que a tão chorada comissão de direitos humanos tem que ser das "minorias"?

      Então tá.

      Marco Feliciano representa os evangélicos, que constituem uma das minorias deste país (a maioria da população é católica).

      Pronto. Está resolvido o problema.

      Feliciano é um legítimo representante das minorias, e está capacitado para ser presidente da CDH.

      Excluir
    7. O problema é que a tão chorada comissão de direitos humanos tem que ser das "minorias"?

      Então tá.

      Jean Wyllys representa os gays, que constituem uma das minorias deste país (a maioria da população é machão).

      Pronto. Está resolvido o problema.

      Jean Wyllys é um legítimo representante das minorias, e está capacitado para ser presidente da CDH.

      Excluir
    8. O referido pastor representa sim uma minoria, a dos estelionatários sociopatas que tem vergonha de assumir que são gays.
      E Evangélicos fazem sim parte de uma maioria no país, mas se eu expressar de qual, vão falar que é "Perçeguissão Religiosa de Ódio desses Zateus que cultua o Diabo". Bom, pela forma que expresse acredito que deixei claro de qual maioria pertencem.

      Excluir
    9. Será que a olavete não sabe que o nome é Comissão de Direitos Humanos E MINORIAS ou se faz de joão-sem-braço?
      Acho que é a segunda opção, pois o bandido homofóbico ainda por cima faz joguinho de palavras para colocar os evanjegues na mesma situação que os gays.

      Excluir
    10. Anônimo/Carlos Roberto (25 de março de 2013 18:34)

      Misógino pq? Vou te mostrar o pq, querida olavete/juliete:

      "Quando você estimula uma mulher a ter os mesmos direitos do homem, ela querendo trabalhar, a sua parcela como mãe começa a ficar anulada, e, para que ela não seja mãe, só há uma maneira que se conhece: ou ela não se casa, ou mantém um casamento, um relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo, e que vão gozar dos prazeres de uma união e não vão ter filhos. Eu vejo de uma maneira sutil atingir a família; quando você estimula as pessoas a liberarem os seus instintos e conviverem com pessoas do mesmo sexo, você destrói a família, cria-se uma sociedade onde só tem homossexuais, você vê que essa sociedade tende a desaparecer porque ela não gera filhos" (Marco Feliciano)


      >> "E vivemos numa democracia onde o lider maior o presidente, senadores são eleitos por maioria dos votos..."

      Só que democracia não é a ditadura da maioria, seu burro! Embora presidente da república, vereadores, deputados, prefeitos, etc, sejam eleitos pela maioria, eles representam toda a sociedade como um todo e trabalham para atender as necessidades da sociedade inteira, não apenas a parcela da população que os elegeram.


      >>"...seguindo essa linha que a população brasileira no censo 2010 é de aproximadamente 66% catolicos mais 22% evangelicos mais judeus e muçulmanos uns 7% total igual a 95% da população contra união homoafetiva, vamos propor um referendo sobre a questão, o povo decidirá."

      Já que duvido mto que vc conheça pessoalmente 95% da população brasileira, vc poderia dar fontes de que esses seus dados sobre 95% da população ser contra a união homoafetiva? A não ser que vc tenha tirado esses dados do seu rego trincado...lol

      Excluir
    11. Anônimo (25 de março de 2013 18:57)

      >> "ele nao é homofóbico,apenas se baseia na biblia,se ele cre na biblia é logico q vai discordar..."

      Exatamente...e quer livrinho mais homofóbico (e machista e racista) do que a bíblia?


      >> "qto as acusaçoes de racismo,é um desatino como ele pode ser racista se ele é descendentes de negros e indios a pelo amor de Deus vcs nao percebem q é uma questao teológica e religiosa ? Isso nao tem nada haver com racismo"

      Isso tem mto a ver com racismo. O fato de Marco Feliciano ser descendente de negros e índios não muda e nem sequer minimiza o comentário preconceituoso que ele disse sobre negros e africanos. Só prova que esse traste é um oportunista hipócrita e cheio de má-fé.

      Excluir
    12. É,será q ela gostaria de ter por lei o salario diminuto ao do homem?Gostaria de não ter os direitos iguais,q foram duramente conquistados?

      Excluir
    13. To fora! Vcs simpatizantes desse câncer lgbt, a vontade de contrariar a natureza é tanta que perderam a noção quando seus pais souberam que nasceria um menino, eles compraram roupas de MENINO, quando esse mesmo menino fez 5,6,7,8 anos eles ganhavam carrinhos e CUECAS e não calcinhas, lacinhos, estojos de maquiagem, portanto, parem de pouca vergonha, respeitem seus pais e sejam homens e
      mulheres decentes, a verdade dói...mas vcs gays já estão acostumados a sentir dores né? Fui...Moupqd.

      Excluir
    14. Anônimo29 de março de 2013 18:58, tragam a camisa de força q temos um lunático a vista.

      pq a evanjagada não se preocupa com o cancer celibatário hein, fiscal de bunda de bicha.

      Excluir
  4. sem futuro!
    deixa ela falar o que quer,so os alienados vao na onda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então "só" a quase totalidade da população brasileira irá na onda, né?

      Excluir
    2. Isso já acontece desde o descobrimento. Na ditadura, enquanto uns morriam pelos ideais, a grande massa ficavam feliz com o novo lançamento do Pirata Carlos da perna de pau. Nos anos 90, enquanto o alicerce dessa corrupção estava sendo erguida, com a destruição do parco sistema educacional dentre muitas outras formas, estavam muito ocupados dando ouvido para Carla Perez, Padre Marcelo e outras aberrações do ShowBiz. Década passada, 00, enquanto fundamentalistas tomavam conta da política, estavam ocupado sabendo a nova asneira do momento do Big Brother, ou preocupado demais em parecer um indigente, favelado e sem instrução, pois esta era a moda da novela e do cinema.
      Agora, colhemos os frutos de décadas de alienação, com uma população retrógrada, fraca, analfabeta e fanática em levar conceitos arcaicos de dois ou três mil anos atrás na forma de conduzir a nação.
      Os ditadores de certo modo estavam certos... Terra dos Papagaios, ame-o ou deixe-o.
      Porque mudar? rsrs
      Só pra pior, rumo a ordem dos fanáticos sem-cultura, sempre em progresso para a idiocrasia.

      Excluir
  5. Sílvio Santos não gosta de que o SBT seja vinculado a patifes. Acho que a cretina vai dançar. De qualquer forma ela tem emprego garantido em alguma igrejola de beira de esquina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gosta? Deve ser por isso que tem o Ratinho na grade, né?
      No jornalismo, além desta reacionária, tem o Carlos Nascimento...

      Excluir
  6. Se isso for verdade, essa "âncora" Rachel Sheherazade está pisando muito na bola últimamente. Eu até gostava das opiniões dela, mas hoje em dia está lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostava por que você (e a maioria) se identifica com as idéias conservadoras e reacionárias dela, mas só agora houve um choque de posicionamento bem pontual, é por isso.

      Se vocês que antes gostavam e concordavam com as opiniões dela fossem mais honestos, fariam uma completa revisão de seus valores e conceitos em geral.

      Excluir
    2. ea louça que é bom foi lavar??

      Excluir
  7. olha ela ai de novo kkkkk
    é bom os evanbiblia se manifestarem,pois veremos a que ponto estar a situaçao psiquica desse povo.

    pais de aliens dementes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom esse comentário, e tem verdade aqui.

      Excluir
  8. Quero Chapolim no horário dessa demente!

    ResponderExcluir
  9. ninguem está interessado na verdade.


    hipócritas.

    ResponderExcluir
  10. Evangélica... tá explicado.

    ResponderExcluir
  11. Seria legal essa jornalistazinha fanatica ser demitida
    o ego dela ta bem la no alto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela não será demitida tão cedo, pois o patrão dela é judeu, e as filhas e esposa dele são evangélicas fervorosas.

      Excluir
    2. concordo plenamente esta na hra dessa jornalista cai fora e deixar seu lugar a outro se ela tah tao iquivocada com sua religiao vah ser pastora nessas igrejas de esquina nao ao cargo de jornalista

      Excluir
  12. "Marcelo Parada, diretor de jornalismo do SBT, afirmou não saber nada sobre o abaixo assinado e acrescentou que os âncoras têm liberdade para manifestar sua opinião."

    Ancoras nao deveram ter toda essa liberdade pra expressar sua opnião pessoal num telejornal. Uma vez que este veículo é de uso para transmissão de informação,e nao para cunho de opnião de quaisquer jornalista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E trata-se de uma concessão pública, é sempre bom frisar isso.

      Excluir
  13. Sílvio Santos gosta de loiras. Mas acredito que a posição de Sheherazade é insustentável. A própria classe profissional está contra ela.
    Pra se livrar dessa, nem sentando no colo do patrão!
    A menina talvez vá para a Record.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A RECORD já é um antro superlotado de víboras reacionárias de ego inflado, não cabe mais ninguém, a não ser que algumas sejam demitidas também.

      Ademais, essa Sheherazade é queridinha do patrão judeu e das "patroas" que são todas evangélicas fervorosas, então esqueça essa possibilidade de demissão!

      Senor Abravanel deve estar rindo a toda com essa polêmica envolvendo sua pupila!

      Excluir
    2. O fato dele ser judeu não tem nada a ver com ela permanecer ou não na posição de âncora de telejornal. Esta intolerância gratuita ao judaísmo só reflete ignorância, falta de estudo, mesmo. Evangélicos e judeus não têm absolutamente nada em comum! Sugiro que se informem!

      Excluir
  14. "Marcelo Parada, diretor de jornalismo do SBT, afirmou não saber nada sobre o abaixo assinado e acrescentou que os âncoras têm liberdade para manifestar sua opinião."

    Ancoras nao deveram ter toda essa liberdade pra expressar sua opnião pessoal num telejornal. Uma vez que este veículo é de uso para transmissão de informação,e nao para cunho de opnião de quaisquer jornalista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estes ancoras de blogs e twitteres para que? vão pra net, não estraguem o jornal!

      Excluir
  15. Descobri que esse é o canal dos "intelectuais". Ignorantes como eu não compreendem tanta "Sabedoria". Vos pergunto: Será mesmo que esse barulho todo a respeito do pastor/deputado não deveria estar sendo aplicado a todos os ladrões, corruptos de plantão, como o Senador Renan Calheiros e os mais novos menbros da comissão de Constituição e Justiça? Realmente, esse Feliciano fala um monte de besteiras, mas ninguém nunca o viu agredindo um homossexual ou negro. Ele não é a melhor das pessoas para representar essa comissão, mas quem será? Jean Wylys? A comissão serve para defender os direitos dos brasileiros ou os interesses do movimento LGBT? Conheço vários gays que discordam das opiniões do Jean, será mesmo que ele representa o povo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão não é se o jean representa eles ou não, o malafaia também não representa todos os evangélicos.
      O problema é o próprio cristianismo.

      Excluir
    2. Fico feliz de saber que os funcionários do SBT pensam diferente.
      Já esperava que assim fosse, mas é ótimo saber que eles não as escondem suas opiniões.
      A repórter ficou marcada como tendenciosa, e pior que ficou com cara de mal amada.
      Queimou o próprio filme.
      Por mim, só volto a assistir o SBT quando não mais correr o risco de ver ela na tv.

      Excluir
    3. Jean Martins e a velha tática crentoide da cortina de fumaça...

      Ruggero

      Excluir
    4. "A comissão serve para defender os direitos dos brasileiros ou os interesses do movimento LGBT?"

      A comissão serve pra defender os direitos das minorias brasileiras. Mas, em sua visão, os cidadãos LGBT devem ser cidadãos marcianos, né?

      Excluir
    5. É Ruggero, concordo contigo plenamente. Esse povo não cansa de criar espantalhos. rsrs.
      Se tivessem terminado o ensino médio de maneira funcional, saberiam o que é uma falácia, e como evitar.

      Excluir
    6. Jean Martins,

      FALOU A VERDADE!

      Tem mais. Esses defensores do ativismo gay, não dizem nada sobre as AGRESSÕES FÍSICAS contra um idoso dentro da CDH, em 13/03/13, praticada por ninguém menos que TONY REIS, presidente da ALGBT.

      TEMOS QUE COMBATER ESSES SUJEITOS DE DIREITOS HUMANOS SELETIVOS!

      VEJA VOCÊ MESMO OS DIREITOS HUMANOS DELES:

      http://www.youtube.com/watch?v=BILeJuPkXuc

      Excluir
    7. Doutor em psiquiatria26 de março de 2013 16:27

      a cura pra esse esquizifrêncico chamado joel se chama haloperidol.

      Excluir
  16. . "Os comentários da jornalista costumam ser pontuados pelo conservadorismo moral. É contra o Carnaval, por exemplo."

    Temos que soutar a franga? Patético, temos sempre que apoiar o que é errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. " temos sempre que apoiar o que é errado?"

      Chegou o dono da verdade...

      Excluir
    2. Ora, é justamente o que faz a jornalística! : apoiar o errado.

      Ruggero

      Excluir
    3. "Errado"??? Quem disse pra você o que é "certo" ou "errado"? Ah sim, foi a influência judaico-cristã que manipula sua mente que você nem sente!

      Excluir
  17. Saudades do tempo em que o jornalismo era objetivo e impessoal.
    Essa nova "leva" de jornalistas apenas sujam o nome da profissão, a qual tenho muito respeito.

    ResponderExcluir
  18. Aguardo ansiosamente o momento de ver Chaves e Chapolin no horário desta crentelha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso será algo natural no SBT, independente dos posicionamentos da jornalista!

      Excluir
  19. Já se foi o tempo em que Rachel tinha opiniões válidas. Ela vomita preconceitos contra as minorias e ainda acha que o Feliciano está certo, é só "opinião pessoal". Pois a minha opinião pessoal é que tanto o Feliciano quanto essa Rachel são duas malas racistas, preconceituosas, machistas e homofóbicas, que pagam de vítima sendo que eles são a maioria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você acha que ela já teve "opiniões válidas" e só a está desqualificando por causa desta divergência de posicionamentos quanto a esta questão específica, então está na hora de fazer uma revisão nos seus conceitos.

      Pelo que ando observando aqui mesmo no blogue, há muitos ateus com mentalidade tão conservadora e reacionária quanto a maioria dos religiosos, especialmente no que concerne à questão da sexualidade, onde o falso moralismo, a desonestidade intelectual e a reprodução da histeria coletiva baseada em preconceitos é algo gritante.

      Excluir
  20. Concordo em genero, número e grau com a jornalista, o pastor foi eleito por 122 mil votos e democraticamente ele tem a liberdade de opinião e a de pensamento garantidos pela constituição. Não que eu seja favorável aos impulsos retrógrados do pastor, mas respeito suas opiniões, assim como respeito as preferências sexuais dos gays. Tudo é parte do mesmo pacote. Só que aqui na pocilga, todo aquele que tem opinião formada contra os homossexuais virou alvo de uma surda inquisição, onde a caça as bruxas toma corpo nas redes sociais e a execração pública do "feladeumapota homofóbico" é lugar comum. Feliciano do alto dos seus 122 mil votos está sendo torpedeado pela turminha do rabo solto, liderados pelos poucos mais de 13 mil votos do EX BBB e deputado do projeto único, Jean Aero Willys. Eu já não aceito o termo homofóbico, para todo aquele que não compactua com o homossexualismo, temos que respeitar os homossexuais como cidadãos, mas jamais aceitar que este "respeito" seja enfiado goela abaixo na marra sob o risco de ser taxado de homofóbico. A cada pressão que é feita pelos grupos dos GLBTS os bovinos replicantes de opinião alheia e os modernos e descolados babacas, saem na porrada contra os Bolsonaros da vida. Querem respeito, mas, não aceitam a opinião alheia. Engraçado não? O que mais eles querem? Calar e censurar o livre pensar? Perseguir e matar aos que não aceitam certos "modernismos"? Se isso acontecer, os gays ganharam suas liberdades civis, e calaram a sociedade, inverteram-se os papéis e a imensa maioria da população terá que sair em protesto nas ruas contra a heterofobia, faremos passeatas do orgulho hetero, e criaremos leis contra a discriminação que estaremos expostos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Se isso acontecer, os gays ganharam suas liberdades civis, e calaram a sociedade, inverteram-se os papéis e a imensa maioria da população terá que sair em protesto nas ruas contra a heterofobia, faremos passeatas do orgulho hetero, e criaremos leis contra a discriminação que estaremos expostos."
      A grande conspiração homossexual se aproxima, corra para as montanhas! Se projeta dos gays estes são muito perigosos, muito mesmo! EU já disse que são perigosos? E ouça a trilha sonora "Night On Bald Mountain" de Mussorgsky, pra criar o clímax.

      "faremos passeatas do orgulho hetero"
      AI filho, é muito esforço ser hétero?

      Excluir
    2. "Se isso acontecer, os gays ganharam suas liberdades civis, e calaram a sociedade,"

      Já parou pra pensar que mulheres e negros "ganharam" liberdades civis e o mundo não acabou? e o nome já diz tudo "civil" a religião não tem nada haver com isto, viu o que da misturar religião com politica?

      Excluir
    3. Para defender o indefensável, os neo- crentes atacam direitos conquistados de determinados grupos. Tão previsíveis quanto fascistas...

      Excluir
    4. Os gays não querem que você ou qualquer outro compactue com eles, eles querem o que é por direito deles,casar, poder demonstrar afeto sem ser espancado... Esse tipo de coisa que os héteros sempre tiveram.
      Você esqueceu de citar que o pastor, que foi eleito democraticamente com 122 mil votos, também é racista e machista, além de ladrão e por fim covarde, pois aproveita da fé alheia pra pegar dinheiro. E da mesma maneira que existe um jeito democrático de ele entrar, existe um jeito de fazer ele sair.
      O Estado é laico.

      Excluir
    5. ERRADO.
      Os gays brasileiros, digo, os ativistas gays brasileiros, querem apenas mamar em verbas públicas. Os gays, que são cidadãos decentes, nesse momento estão trabalhando e produzindo para o Brasil ser um país melhor.
      São os ativistas marginais, como o agressor de idoso na CDH, que querem posar de defensor de DHs, mas na verdade os interesses são apenas engordar as contas das ONGs de seu grupo, e agora eles têm receio de que haja uma devassa e se descubra os milhões destinados a suas ONGs, apenas para produzir putaria e kits de promoção do homossexualismo para crianças.

      FONTE:

      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=UkeYgzdKaVE

      Excluir
    6. VÁRIAS DÙVIDAS:
      Brasil Livre, vc também discorda do ativismo negro e feminista? Ou vc acha que só o gay que mama na teta do Estado? Aliás e o ativismo evangélico vc também combate ou só o gay?

      Excluir
    7. Allan Santana,

      Ser gay É UMA OPÇÃO.
      Ser negro, como eu, que sou filho de bisneto de índio com negro, e ser mulher, não são opções, SÃO CONDIÇÕES HUMANAS.

      BASICAMENTE, essa é toda a diferença! ENTENDE?

      Excluir
    8. BRASIL LIVRE. Pois então, meu caro, vai estudar biologia. Após algum esforço tu vais perceber que ser gay NÃO É UMA OPÇÃO. A maioria ESMAGADORA dos homossexuais tem esses gostos desde o nascimento, e foi comprovado através de testes com gêmeos univitelinos que ser gay é provavelmente muito influenciado pela genética de um indivíduo. Logo, odiar uma pessoa por ser homossexual ou por ser negra é A MESMA COISA. Caso duvide, apenas vá estudar.

      Excluir
    9. É sério que ser gay é uma opção? Que opção mais ingrata e pouco inteligente, pra sofrer tanto preconceito, o ser humano escolha ser homossexual ao longo a História. De onde vc tirou isso? Foi do manual de sexualidade do Malafaia (o maior conhecedor de sexualidade na atualidade)?

      Acredito que opção é vc ser fundamentalista, opção é ser intolerante, opção é ser facista, opção é acreditar em Feliciano, opção é ser evangélico e etc... Desejo não é opção, não meu filho, ou vc opcionou sentir desejo pelas mulheres? Eu acho que é incontrolável, é como sentir fome ou sede, ninguém opciona ou conteola isso porque envolve desejo e necessidade. Logo homossexualidade é condição e não opção, sinto muito mas o mundo não gira em torno da sua mentalidade limitada "Brasil Livre".

      Mas vc não me respondeu a última pergunta, irei repetir:
      "Aliás e o ativismo evangélico vc também combate ou só o gay?"

      Já que são "opções"...

      Excluir
    10. Brasil Livre,

      Se ser gay é uma opção, ser hétero tb o é. O que vale para uma vale para outra já que ambas são orientações sexuais. O mesmo tb vale para a heterossexualidade - considerando pelo bem do argumento - os tais tratamentos (fajutos) de reversão/cura da homossexualidade, já que as pessoas que procuram essas terapias fraudulentas escolheram ser heterossexuais.


      Se vc falar que a homossexualidade é uma escolha por "não ser natural", não poderia ter cometido falácia maior. Homossexualidade pode até não ser bem vista em algumas sociedades (infelizmente), mas isso não significa que ela não seja natural. Homossexualidade é tão inerente à natureza humana (e em outros animais tb) como a heterossexualidade.

      PS: ser gay, hétero ou bissexual não são escolhas. Mas ser um desonesto intelectual e ignorante é.

      Excluir
  21. Por ser cristã, ela defende pontos de vista cristãos...Somente desse meio encontra-se pessoas que a apóiem.

    Esses (Religiosos) manifestam suas opiniões baseadas em dogmas religiosos, se baseando em ideais de 3000 anos atrás, ignorando o que pede a sociedade atual. Religiosos não me representam...

    ResponderExcluir
  22. Essa gente tem uma incapacidade patológica de perceber que suas opiniões e preceitos morais não são unanimidade (ainda bem!) e acham que têm que ficar dando "testemunho" (leia-se: vomitando baboseiras). Qual a base ética para a defesa de uma moral totalmente restritiva, que proíbe o próximo de fazer coisas que não afetam ninguém em nada? O "livre-arbítrio" cristão é uma grande falácia, não há livre-arbítrio e liberdade onde impera o moralismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora sim, onde eu assino?

      Excluir
  23. Mas está explicado, a jumenta é evangélica , falando em causa própria, defendendo um ser desprezível, interpretando sua "briba" arcáica.

    ResponderExcluir
  24. alguém notou que a cara desta mulher, a do julio severo, e daquela blogueira cubana tem alguma coisa em comum?

    ResponderExcluir
  25. Opinião pessoal vem de uma pessoa, física ou jurídica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda opinião é pessoal (de pessoas), ou você já viu alguma opinião vir de uma cobra ou jumento?

      Excluir
    2. jah vi opinioes virem de jumentos os jumentos que apoiam essa jornalista e o feliciano

      Excluir
  26. Paulo Lopes, a tal "jornalista" atacou mais uma vez, recentemente, contra o Conselho Federal de Medicina. Ela disse que o CFM e todos os médicos são assassinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério mesmo? Se ela disse isso terá problemas de verdade desta vez.

      Excluir
    2. Sim, o que esperar de uma reacionária "pró-vida"(cof, cof)?

      Excluir
    3. Ela é uma barraqueira mesmo, não tem jeito!

      Excluir
    4. Ela quase disse tudo. Realmente, o CFM acoberta GROTESCOS ERROS MÉDICOS NO BRASIL!

      Excluir
  27. E desde quando o insulto e a falta de respeito ás pessoas é uma forma de "liberdade'???E desde quando esse cara ,que se diz homem de Deus,representa as minorias??
    Estão confundindo religião com com poder ... e vou falar...Infelizmente os evangélicos tem essa "mania" de achar que é melhor que todo mundo,que sabe mais que todo mundo,que no final (apocalipse)são eles que irão DOMINAR o mundo...é meio que uma paranoia...

    eu hein...FORA FELICIANO FORA FELICIANO FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  28. ‘Marcelo Parada, diretor de jornalismo do SBT, afirmou não saber nada sobre o abaixo assinado e acrescentou que os âncoras têm liberdade para manifestar sua opinião’.


    Opiniões pessoais como as de Boris Casoy sobre os garis!? Tá, quer dizer que jornalismo agora é feito com o objetivo de influenciar descaradamente a opinião dos outros através de técnicas de ‘lavagem cerebral”? Não sejamos ingênuos, pois toda texto é político e tem alguma tendência. Contudo, o jornalismo em países democráticos procura ser isento, imparcial, e, se há alguma tendência, as influências ideológicas nas notícias são sutis.

    No caso dessa jornalista, vemos que a influência ideológica do grupo ao qual ela pertence é descarada, direta, usando de técnicas de manipulação, lavagem cerebral. Não existe isso de âncoras terem opinião pessoal nas notícias que dão porque todo texto, de uma simples piada até ao livro mais complexo, é político. Mesmo um livro sobre matemática pura é político porque ensina sobre ciência, sobre informação técnica, sobre desenvolvimento (desenvolvimento não combina com certos sistemas que adoram viverem nas trevas; daí que tais sistemas acabam tendo dificuldades em manter suass crenças caducas frente ao conhcecimento científico – e só conseguem algum êxito através da opressão. Ao dar ‘sua opinião pessoal’, Sheherazeda está, em verdade, transmitindo a ideologia do grupo ao qual pertence: evangelibãs. Se o SBT concorda com isso, então essa ideologia também é do SBT, que está sendo usado como hospedeiro transmissor dessa doença chamada fundamentalismo. Sim, doença, uma vez que, de acordo com a memética, meme é qualquer informação – texto, música, dança, que tem a potencialidade de se propagar através da ‘infecção’ das mentes. Os memes estão para a memética assim como os genes estão para a biologia. Memes são como vírus: infectam e se multiplicam, procurando novos hospedeiros. Isso explica o motivo pelo qual determinadas músicas fazem sucesso, bem como danças e textos. Também explica o motivo de uma religião como o cristianismo infectar tantas mentes: a culpa é uma ferramenta poderosa de dominação mental, bem como o medo do inferno, etc. O comunismo também infecta muitas mentes com a promessa de uma sociedade mais justa, mas jamais houve um país comunista onde não tenha havido corrupção, nepotismo, grupos com privilégios tipo NOMENKLATURA, perseguições, e outras mazelas.

    Conclusão: não existe opinião pessoal, pois todos veículos ‘memes’ que fazem parte de nossa mente, ou seja, somos seus hospedeiros. E tais memes estão sempre ligados a alguma ideologia, a alguma crença, dentro de algum contexto político. A opinião dessa jornalista é a opinião do SBT, infelizmente! O SBT está dominado por evangelibãs! Afinal de contas, a filha do dono é evangelibã...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: não existe opinião pessoal, pois todos ***veiculamos*** 'memes' que fazem parte de nossaS menteS ou seja, somos seus hospedeiros.

      Excluir
  29. Sou muito mais o Prates, ele esmaga a cabeça desta aí que só é bonitinha e mais nada!

    ResponderExcluir
  30. É insustentável, por mais que tenhams opiniões diversas, a manutenção da ídéia proposta por esse monstro.Precisamos de representantes neutros e não tendenciosos. Essa pobre repórtes é mais uma engolida por essa maquina de alienação em massa.

    ResponderExcluir
  31. Essa jornalista pode ser resumida como:

    I=C/B , onde "I" é inteligência, "C" é uma constante "crentelhisse" e "B" é a beleza.

    Matemática é mesmo linda!

    ResponderExcluir
  32. Abravanel, tira essa reaça e poe chaves no mesmo horário! Ah vai, você sabe que quer...

    ResponderExcluir
  33. Exportem essa mulher louca da Rachel Sheherazade pra Fox News! Ela vai se dar mto bem entre as âncoras bimbos republicanas/conservadoras/cabecinhas ocas/crentóides.

    Só que ela vai ter que clarear mais o cabelo pra ficar aquele louro beeem platinado, usar 10kg de maquiagem na cara, colocar um vidro inteiro de laquê no cabelo pra ele ficar bem volumoso e ocupar 85% da tela da TV e usar uma roupa mto cheguei, bem perua msm!

    ResponderExcluir
  34. http://youtu.be/pADMl0-eG-w

    ResponderExcluir
  35. O SBT Brasil é um telejornal inexpressivo, de audiência insignificante. Essa jornalista está usando seus comentários reacionários para ganhar alguma visibilidade, e obviamente a emissora a apoiará enquanto isso não acarretar perda de anunciantes. Portanto, seria interessante direcionar os protestos contra ela não apenas à emissora, mas aos patrocinadores e anunciantes do telejornal. Vou até dar uma olhada nesse jornaleco hoje para ver quem o patrocina (se não me engano, tem algum banco público como patrocinador principal, não recordo se a Caixa ou o BB).

    ResponderExcluir
  36. Gostaria de propor um boicote que represente a parcela gay da sociedade, juntamente com todos os negros e mulheres que não concordam com a postura de defesa daquela "jornalista (?)" aos programas de telejornais e toda a programação do SBT enquanto ela não se retratar. Opinião pessoal só se dá quando se é questionado sobre algo. No caso dela, houve uma opinião infeliz que fere vários grupos da sociedade. Acho melhor ela recolher o dízimo nas igrejas neo-pentecostais porque no jornalismo ela não tem mais crédito.

    ResponderExcluir
  37. A minha falecida mãe em sua sabedoria simples, porém "mordaz", tipica de pessoas do interior do Brasil costumava falar; "A língua é o chicote do corpo", pois é a referida jornalista utilizou a bancada do jornal para que na qualidade de "ancora" exercesse seu direito constitucional de explanar sua opinião, mesmo que carregada de ranço, reforçando mais ainda o tom preconceituoso do nada "nobre parlamentar", agora a partir do momento que ela levantou essa bandeira e emitiu sua opinião, que arque com as custas de suas palavras e de sua posição!

    ResponderExcluir
  38. Se não gostam do SBT e nao concordam com os comentários da Raquel mude para a Globo, lá é o lugar dos apaixonados pelo movimento gay, dão total apoio a estes movimentos levianos e sao contra a família, é bom começarmos a separar aqueles que lutam pela família e pela liberdade de expressão daqueles que gostam de passeatas gays, daquels que sao os verdadeiros impositores do Brasil.

    ResponderExcluir
  39. Sou a favor de Feliciano continue firme!!!

    ResponderExcluir
  40. Um bom jornalista deve exercer o seu papel, que e informar da maneira mais idonea e imparcial possivel. A opiniao pessoal de um jornalista nao interessa a ninguem.

    ResponderExcluir
  41. nunca concordei com nenhuma opnião dela

    ela fala de uma forma burra.

    ResponderExcluir
  42. se ela estivesse a favor do homossexualismo ela seria a queridimha de todos, mas como ela assim como eu sou contra homossexualismo e abominavel aos olhos de Deus, nao devemos aceitar o que é errado se fosse assim Deus nao criava homem e mulher mas sim dois homens ou duas mulheres, familia e pai, mãe e filhos. aceitem a realidade e se convertam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse assim Zeus não teria dividido os Andróginos ao meio, e criado os homossexuais e os heterossexuais.

      Excluir
    2. olhos de Deus???? de que deus? Jeová? Júpiter? o rei Josias de Judah, foi ele e seus rabinos que escreveram a Torah e Talmud aonde tem essas asneiras para que o povo judeu se multiplicasse feito coelhinhos.

      Excluir
  43. Ela é teocrática e promove crenças da Idade do Bronze...... Tirania pura!

    ResponderExcluir
  44. Ela está correta, porque toda unanimidade é burra e ultimamente neste país está cada vês mais difícil expor opiniões sem ser taxado de alguma coisa.

    ResponderExcluir
  45. A opinião da referida repórter é por um lado esclarecedora, Ex. de onde vem o dinheiro para manter aquela turma de pessoas que defendem a dita maioria? quem sustenta todo este pessoal? Será que são pessoas só de Brasília? Quem está por tráz deste movimento, Será que o PT.se arrependeu de largar a presidência desta comissão? Quem introduziu o Sr. Willys na política? Não estaría representando os interêsses de alguma rede de televisão poderosa que sabemos é francamente apoiadora desta chamada minoria inclusive colocando pessoas idosas fazer propaganda dando beijo em outra idosa? Porque as pessoas estão colocando numa fogueira uma pessoa que deu sua opinião? Oque significa toda esta raiva contra pessoas que tem opinião diferente da sua?
    Será que querem os militares de volta para que a época dura volte e aí sim uma regressão? Não se está sabendo chegar a resultados com democracia estão querendo impor idéias na marra, quem sabe a volta dos militares resolveria tudo isso?.

    ResponderExcluir
  46. Essa mulher come merda...

    ResponderExcluir
  47. Essa mulher é corajosa, foi para o SBT nacional graças a isso, gosto de pessoas assim, que saem do status quo. Parabéns Sheherazade, não sou evangélico nem religioso, mas essa ditadura gayzista não pode ser unanimidade, e não é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a olavete esqueceu de tomar o haldol???

      Excluir
  48. Não esqueçamos que Silvio Santos já está só pelo coice.
    Logo logo essa dai vai cair numa emissora local qualquer ou parar em algum canal fechado.

    ResponderExcluir
  49. Sou heterossexual, casado, pai de duas filhas, católico praticante e apoio os gays contra esses seguidores de seitas neopentecostais. Se eu sei que 80% dos padres da Igreja Católica são gays e 50% das freiras são lésbicas por que vou ficar de mimimi e frescura dizendo que ser viado ou sapatão é pecado? Hipocrisia tem limite. Que sejam, que casem, que façam tudo que der nas suas telhas, não matando, roubando e fazendo mal a alguém é o que importa de verdade. Quero saber no que interfere na vida dos "cristãos" o fato de um homem ficar com outro e uma mulher ficar com outra. Nada. Quem gosta de mulher vai continuar, quem gosta de homem, também. E quem se sente ofendido com essa "liberalidade" é porque TEM O RABO PRESO E TÁ COM MEDO DE SER DESMASCARADO. E gays, lésbicas, travestis, transexuais, aprendam que o que crente diz não se escreve porque metade deles são ladrões e a outra metade possuem um cérebro do tamanho de um caroço de azeitona. A vida de vocês já é bastante desafiadora pra ficar dando bola pra essas besteiras de quem não tem o que fazer. É como eu já disse, a maioria dos padres são gays e metade das freiras são lésbicas, eles usam a igreja pra fugir da pressão social, pressão psicológica, e não os condeno, não são todos que possuem a coragem de dar a cara pra bater. Se eu quero que minhas filhas sejam lésbicas??? Se eu puder escolher, não. Não acho feio, não acho abominável, apenas não quero que elas sofram tudo isso...o instinto paternal fala mais alto. Se forem??? Vou dar todo o apoio e carinho que precisarem e dou um soco na cara de quem se atrever a falar mal delas. Parabéns a todos os LGBTT, assumidos pra sociedade ou que já se assumiram para vocês mesmos, tenham sempre em mente que vocês TODOS são vitoriosos nesse mundo cão. E, para os que acreditam, saibam que DEUS NÃO DISTINGUE SEUS FILHOS DESDE QUE POSSUAM BOM CORAÇÃO.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site