Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Justiça turca adia julgamento de ateu acusado de blasfêmia

Fazil Say é pianista de prestígio internacional
A Justiça da Turquia adiou para 18 de fevereiro de 2013 o julgamento do pianista ateu Fazil Say (foto), 42, que está sendo acusado de insultar o Islã em dois tweets postados em abril.

Em um deles, o pianista comentou a duração de 22 segundos de uma recitação de um muezzin (puxador de oração em mesquita): “Por que tanta pressa? Ele tem uma amante a sua espera ou um raki em cima da mesa?”. Raki é uma bebida proibida pelo Islã, com qualquer outra que tenha álcool.

Em outro tweet, Say transcreveu um verso de Omar Khayyám, do século 11: “Você diz que rios de vinho fluem no céu/, o céu é uma taverna para você?/ Você diz que duas virgens esperam cada crente lá/, o céu então é um bordel para você?”

Say compareceu nesta quinta-feira (18) ao Tribunal e pediu a anulação do processo, o que foi recusado. A Justiça manteve a acusação da Promotoria de que o pianista foi insultuoso para com os “valores religiosos”, além de incitar o ódio e promover a desordem pública.

O pianista conseguiu ser dispensado de comparecer às audiências judiciais até que se realize o julgamento, de modo que ele possa cumprir a sua agenda de concertos.

Representantes de entidades dos direitos humanos protestaram diante do tribunal contra a falta de liberdade de expressão na Turquia.

Se for condenado, Say poderá ficar preso até 18 meses.

Fonte: agências. 


Justiça da Turquia condena pianista ateu por blasfêmia
abril de 2013


Religião contra liberdade de expressão.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...