Crivella fala contra aborto e Menicucci tem de ficar calada

Crivella faz pregação religiosa
e Menicucci não pode falar sobre
um assunto de seu ministério 
O ministro e pastor licenciado Marcelo Crivella (foto) tem tido liberdade para falar contra o aborto, embora esse assunto não diga respeito à sua pasta, a da Pesca.

Já a ministra Eleonora Menicucci (foto), amiga de Dilma, tem de se manter calada, apesar de a questão sobre o aborto pertencer à pauta do seu ministério, o da Políticas para as Mulheres.

Depois que Menicucci, ao assumir o ministério, disse ser favorável à legalização do aborto porque se trata de “uma questão de saúde”, ela nem sequer toca no assunto para evitar a ira de  líderes religiosos em um ano de eleições municipais.

Em outras palavras: no governo de esquerda da Dilma, só tem liberdade para falar sobre a questão um pastor ultraconservador da Igreja Universal, do bispo Edir Macedo.

Com certeza não era isso que os eleitores de Dilma esperavam dela.

Religiosos intensificam ataques para desmoralizar ministra pró-aborto.
fevereiro de 2012

Religião na política.

Comentários

  1. Paulo, a Universal é a favor do aborto, o próprio Macedo é quem diz e até defende o aborto no jornal da IURD. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Penso que no Brasil as antigas linhas ideológicas de esquerda, centro ou direita nada mais são atualmente do que uma fachada para exatamente o mesmo oportunismo, populismo e mau-caratismo.

    E para piorar parece que os bandidos mais organizados na politica do momento são os religiosos.

    ResponderExcluir
  3. O Brasil no caminho do fundamentalismo cristão.
    Lamentável !!.

    ResponderExcluir
  4. Os celibatários abortaram sua aproximação de mulheres, disso resulta que por parte deles não nascem filhos.

    ResponderExcluir
  5. Teocracia já.


    Isso é muito bom pros trolls aqui, gostam de pregações até em eleição e em ministério, que venham os padres.

    ResponderExcluir
  6. Pobre do povo que realmente acha que elegendo um presidente, este terá "culhões" para governar sem medo. Infelismente, nossa "amada" presidenta, nem isso tem.

    Os mais fortes deitam e rolam em cima da nossa presidenta e ela nem faz nada para impedi-los.

    Pobre povo brasileiro que, são enganados e elegem esses tipos de governantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Político nenhum tem culhões de fazer o que deve fazer mesmo que isso vá desagradar alguém. Porque esse alguém desagradado sempre tem poder de incomodar e atrapalhar o trabalho do político com culhões, boicotando-o das mais diversas formas.
      E aí é que mora o problema; quase qualquer coisa desagrada evangélicos conservadores, e eles já dominaram a política e praticamente decidem tudo o que acontece e o que não acontece. Por causa disso, quase nada pode ser feito, especialmente se for algo que signifique progresso, avanço cultural e/ou garantia de direitos de minorias demonizadas.
      E ainda dizem que não estamos numa teocracia.

      Excluir
    2. A presidenta não tem culhões, mas tem dedo.

      Excluir
    3. Verdade Alaista Man

      A presidenta tem muitos dedos....

      Por isso ela é tão cheia de deos com a bancada cristã.

      Excluir
  7. "ela nem sequer toca no assunto para evitar a ira de líderes religiosos em um ano de eleições municipais."
    -Interesse de ambos os lados, uma não toca no assunto agora, pois é ano de eleições minicipais. Enquanto o outro fala, fervorosamente, ser contra o aborto, para ganhar aprovações religiosas.
    Ou seja, uma não quer perder votos para seu partido, enquato o outro tenta ganhar mais votos com seu discurso religioso.
    A política no Brasil está cada vez mais triste, os políticos pensam apenas em sua reeleição, em vez de dar atenção e discutir de forma séria questões importantes.

    ResponderExcluir
  8. Mas a ministra sequer precida expor sua opinião. Aborto é assunto para ser tratado pro médicos, psicólogos, assistentes sociais e afins; não por políticos, advogados, juíses, padres, pastores, rabinos, etc.
    Basta dizer que se há uma lei para o aborto, também tem de haver para dor de dente, unha encravada, cirrose hepática ... e transformar o judiciário em um posto de saúde do SUS, cheio de doentes pedindo para o Gilmar Dantas curá-las.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece que ela é ministra de política para mulheres. Sabe, mulheres? Sendo aborto algo que diz respeito somente ao gênero feminino, é algo bastante relacionado a elas, não acha?

      Se não, é algo relacionado com pesca, certamente.

      Aliás, pq padres deveriam tratar sobre aborto? Padre nem pode fazer sexo, quanto mais ter filhos!

      Aborto é assunto para ser tratado por todos os cidadãos, bem como todo e qualquer assunto que diga respeito à vida em sociedade e liberdades individuais.

      Excluir
    2. Deve ser por isso que os padres fazem sexo com meninos, assim não correm o risco de engravidar e não precisam se preocupar em cometer um pecado horrível como abortar.

      Excluir
  9. Os homens de deus não falam nada do aborto espontanio séra que é porque deus fez?

    ResponderExcluir
  10. Em outras palavras: um quer matar o feto o outro quer deixá-lo viver.
    Depois da queda de vários ministros, a dilma não quer arriscar mais nada.

    ResponderExcluir
  11. Será que eles são contra só por causa do livro sangrento deles chamado bíblia? A quem eles querem agradar com este discurso. Eu não sou tão a favor do aborto ,mais sou a favor da liberdade individual o que os religiosos também deveriam de ser ,pois afinal segundo eles elas tem livre arbítrio e se deve alguma coisa elas teria que prestar conta ao deus judaico pelo aborto que fez . Mais o deus judaico segundo o livro sangrento matou muita gente , acho que ele não se importa tanto que pessoas abortem ,mesmo porque ele não da nenhuma garantia de vida para um recém nascido, que sem as necessárias vacinas para lutar contra os vírus que ele criou a criança não sobrevive nem ao primeiro ano de vida.

    ResponderExcluir
  12. Que povo com cada comentarios idiotas confundindo tudo, coisa boa é um aborto para não se ter um cuidado, qdo falam essas babozeiras pensam que é o mesmo que extrair uma unha e o que Deus tem haver com isso, o que esta errado nós nao debatemos que é ministerio de pesca, ministros corruptos, hospitais fechando por falta de verbas e medicos, Tantos outros temas.Cruz credo Deus ta de olho

    ResponderExcluir
  13. Que ironia Senador Crivella? Seu líder bispo Edir Macedo é pró-aborto. Sabia disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A explicação é que, No governo, o Crivella está representando a maioria dos evangélicos, e não só o seu tio Macedo.

      Excluir
    2. O Edir Macedo se diz favorável ao aborto em algumas situações, mas nunca deu declaração como sendo oficial de sua Igreja ou como líder. E nem nunca tentou fazer com que os políticos de sua religião tivessem uma postura pró-descriminalização – do contrário, eles militam até mesmo pela criminalização do aborto dos casos permitidos.

      Excluir
  14. Ela ainda está se preocupando com a irá dos religiosos. Acho que não é esse o temor dela não. Não quero nem pensar se a lei contra o aborto for aprovada em todo o país. Já teve até Anápolis que proibiu o aborto. ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOOOIiiiii AlyneS2S2S2S2S2S2S2S2S2S2S2S2S2S2S2....

      ai, ai

      Do jeito q a nossa presidenta esta se arreganhando pra conseguir votos, não duvido nada que negocie tb algumas leis, etc....

      Tudo pela corrupção, digo, pelo poder.

      E, quando ainda concorria a presidencia, ela disse que seus ministros iriam ser idoneos e escolhidos a dedo.... nota-se que a dilma escolheu seus ministros a dedo (a dedo mindinho do Lula). Nunca vi tanta mazela e corrupção nos ministérios.

      Excluir
  15. www.verdadesbiblicas.com.br13 de março de 2012 11:23

    O deus Jeová cegou os entendimentos.

    ResponderExcluir
  16. _Olhem para suas vidas: povo tão bom e ordeiro!

    ResponderExcluir

Postar um comentário