Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo aborto

Justiça manda reativar serviço de aborto legal em hospital municipal paulistano

Adolescente grávida vítima de estupro sofre perseguição de grupo religioso antiaborto

Deputada federal usa copia-e-cola em projeto para punir sátira ao cristianismo

Ana sangra, e médica a denuncia à PM por aborto. Tribunal manda encerrar o caso só seis anos depois

Direito ao aborto como direito à vida de mulheres em situação estarrecedora

Pelo menos 19 entidades do conservadorismo católico se articulam para barrar o aborto

Juiz compara feto à criança e isenta médicos que denunciaram mulher que fez aborto

CNJ investiga juíza que por motivo religioso tentou impedir aborto em menina

Médica orienta mulheres violentadas sobre o aborto. E vira alvo do CRM-MG

Aos 40 anos, uma em cada sete brasileiras já passou por aborto

Conselho tutelar tentou impedir aborto em jovem estuprada pelo pai

STJ decide que Centro Dom Bosco não representa a Igreja Católica

Dawkins sugere novo argumento em defesa do direito ao aborto

Justiça da Colômbia descriminaliza aborto até a 24ª semana da gestação

Decisão segue exemplo do México e Argentina O Tribunal Constitucional da Colômbia aprovou por 5 votos a quatro a descriminação do aborto até 24ª semana da gestação, na mais significativa vitória no país do movimento de defesa dos direitos das mulheres. Agora, a decisão terá de ser regulamentada pelo Congresso. A maioria dos colombianos é católica e de perfil conservador, em contraste a decisão do Tribunal. Vitória das mulheres sob a maioria conservadora Até agora, o aborto só era permitido em casos de estupro, má formação do feto e risco de morte da mãe. A média anual de mulheres condenadas por interromperam a gestação era de 400, com penas de 16 a 54 meses de prisão. Do total das condenações, até 70% deles eram denunciados por conhecidos das mulheres. Até ontem, 21 de fevereiro, quando o Tribunal anunciou sua decisão, 346 mulheres estavam cumprindo pena. Elas terão de ser soltas antes da regulamentação da nova lei. Recentemente, México e Argentina descriminaram o aborto, indicando uma

Fundamentalismo religioso faz Brasil retroceder na luta pela descriminalização do aborto

> MARIAMA CORREIA Agência Pública 

Vítima de violência sexual procura hospital para interromper gravidez. E recebe Bíblia de 'pró-vida'

A lei permite que mulheres engravidadas por estupro

Movimento antiaborto avança no Congresso mesmo em tempo de pandemia

> ANDREA DIP E MARIAMA CORREIA Agência Pública

Negras são as principais vítimas de morte por aborto inseguro, diz especialista

> ANDREA DIP Agência Pública

Presidente da Argentina vai apresentar projeto de lei para legalizar aborto

por Deutsche Welle     O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou neste domingo (1 de março de 2020) que enviará ao Congresso nos próximos dez dias um projeto de lei para legalizar o aborto, proposta que conta com o apoio de grande parte da população, mas também é alvo da oposição de grupos religiosos. CONTINUA NA ARGENTINA LUTA DA MULHER PARA TER O DIREITO DE DECIDIR SOBRE SEU CORPO "No século 21, toda sociedade precisa respeitar a decisão individual de seus membros de dispor livremente de seus corpos", argumentou o presidente. Fernández disse que a iniciativa que enviará ao Congresso legalizará o aborto nos "estágios iniciais da gravidez" e permitirá que as mulheres tenham acesso ao sistema de saúde quando tomarem a decisão de abortar. "Os desafios enfrentados pelas mulheres que desejam ter filhos são diferentes daqueles enfrentados por aquelas que decidem interromper a gravidez. Um Estado atencioso precisa acompanhar todas", afirm

Antiabortistas financiados por americanos enganam mulheres da América Latina com fake news

por Isabella Cota /openDemocracy “Entra, meu amor, logo vem alguém te atender”, diz uma mulher ao me receber no Centro de Ajuda à Mulher Latino-Americana em um subúrbio da Cidade do México. “Bem-vinda, deixa eu te dar um abraço”, completa, com um beijo na bochecha.