Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo cosmos

Duas estrela de nêutrons se fundem e geram a segunda maior explosão de raios gama

Objeto mais brilhante do Universo consome um Sol por dia

Nossa existência é um acidente cósmico, afirma o físico Lawrence Krauss

Comunicadores científicos deveriam parar de dizer que a vida não tem sentido

A ciência precisa chegar às padarias e botequins, diz brasileira consultora da Nasa

É promissor o estudo sobre a existência de novo planeta no sistema solar, diz astrônomo

Faz 30 anos que uma nave espacial detectou vida na Terra

Cientistas encontram evidências de que buraco negro gira. E Einstein estava certo mais uma vez

Pesquisadores descobrem estrela capaz de se transformar em poderoso imã

Cientistas usam inteligência artificial na busca de vida extraterrestre

Descoberta de brasileiro de anel em Quaoar força revisão em modelo solar

James Webb descobre exoplaneta com tamanho semelhante ao da Terra

Brasileiros participam de estudo sobre morte de estrela

Cientistas medem estrutura interna de jato de quasar

Bahia tem rochas mais antigas da América do Sul, de 3,6 bilhões de anos

Inclinação da Terra no passado provocou ressecamento no Nordeste

Cerrado foi afetado por estação de seca nos últimos 45 mil anos JOSÉ TADEU ARANTES Agência FAPESP A bacia hidrográfica do rio São Francisco abriga parte substancial do cerrado, além de amplas áreas de Caatinga e, em menor proporção, de Mata Atlântica. O cerrado ocupa a porção central da bacia e seu complexo bioma apresenta diversas fisionomias, variando desde a vegetação aberta, sem árvores e com expressivo estrato herbáceo e pequenos arbustos, até o dossel fechado, com densa ocorrência de árvores. A densidade da cobertura arbórea tem profunda importância ecológica nesse bioma, exercendo grande influência em fatores como propagação do fogo, fauna local, ciclo hidrológico e balanço de carbono. Reconstruções precisas da vegetação do passado são fundamentais para entender a distribuição e a diversidade atuais da flora do Cerrado e para projetar cenários futuros. Um estudo recentemente publicado no periódico Quaternary Science Reviews mostra que a densidade de árvores no cerrado foi majori

Doodle homenageia Stephen Hawking no dia em que ele faria 80 anos

Físico contribuiu para a compreensão do universo O Google homenageou hoje (8 de janeiro) Stephen Hawking, que estaria fazendo 80 anos. O físico teórico morreu em 2018, vivendo muito mais do que achavam os médicos que diagnosticaram ser ele portador de esclerose lateral amiotrófica. Ele tinha então 21 anos. Em vídeo postado como doodle, o cientista, com sua voz computadorizada, conta a sua trajetória. "Passei minha vida viajando pelo universo, tudo dentro da minha mente. Meu objetivo é simples: entender o universo, por que ele é assim e por que ele existe", narra o vídeo. Hawking se tornou um cientista pop. Além de ter contribuído para a compreensão do universo, especialmente dos buracos negros, escreveu livros que foram best-sellers.  Filhos de Hawking, Lucy, Robert e Tim agradeceram a homenagem do Google. “Nós também acreditamos que ele teria achado importante mostrar que ele nunca deixou os desafios de sua condição física limitar o poder de sua expressão ou sua determinaç

Pesquisa confirma impacto de asteroide que gerou cratera na região Sul de SP

Data do choque vai de 5 milhões a 36 milhões de anos atrás  JOSÉ TADEU ARANTES Agencia FAPESP Com 3,6 quilômetros de diâmetro, cerca de 300 metros de profundidade e uma borda soerguida de 120 metros, a cratera de Colônia é uma formação geológica situada em Parelheiros, na região Sul de São Paulo, a menos de 40 quilômetros da Praça da Sé. Tendo o interior atulhado por sedimentos e a borda coberta por vegetação, essa estrutura permaneceu escondida até o início da década de 1960, quando fotos aéreas e depois imagens de satélite mostraram sua forma circular quase perfeita. Sua origem, a partir do impacto de um corpo extraterrestre, só foi confirmada, porém, em 2013, por meio da análise microscópica de sedimentos colhidos em diferentes níveis de profundidade. Esse estudo e outros realizados posteriormente, todos eles conduzidos pelo geólogo Victor Velázquez Fernandez, professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP).  Nova pesquisa feita por Veláz

Maioria dos ateus americano acredita haver vida inteligente em outros planetas

A maioria expressiva de 85%

Nova imagem mostra detalhes do campo magnético do primeiro buraco negro fotografado

> GUILHERME GAMA Jornal da USP