Com fechamento de 400 templos em uma década, Igreja da Inglaterra ruma para o fim

Congregações não conseguem atrair os jovens

De 2010 a 2019, as dioceses da Igreja da Inglaterra fecharam 423 templos por falta de fiéis. Na palavra do reverendíssimo Andrew Nunn, reitor da Catedral de Southwark, a perspectiva é "chocante" porque está em questão o futuro da Igreja.

O número de fechamento de templos corresponde às previsões mais pessimistas da cúpula da igreja, a de que essa ramificação do cristianismo poderá ser extinta nos próximos anos 20 anos

As congregações não estão atraindo novos fiéis e a idade média de quem as frequenta é alta, de idosos. Os esforços que a cúpula faz para alterar essa situação não apresentam resultados. Uma igreja chegou a permitir que se instalasse sob sua nava um jogo de golfe, para atrais os jovens.

As dioceses de Durham e Manchester tiveram o maior número de templos fechados agora possuem 15% do que havia em 1987. Canterbury é uma das apenas três dioceses que apresentaram aumento de templos, de 10,8%.

Até 2019, as 43 dioceses da Igreja tinham 15.490 templos, descontando os 940 que perdeu desde 1987.

Nave de Catedral da Inglaterra vira campo de golfe para atrair pessoas


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Pastor afirma que 'mendigos têm dever bíblico de passar fome'

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Nos EUA, críticos da pseudociência processam fabricante de homeopatia