Pular para o conteúdo principal

Site evangélico diz que Silas Malafaia e sua mulher estão com Covid-19

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, e sua mulher, a pastora Elizete, pegaram o coronavírus há alguns dias e não tiveram sintomas fortes. A informação é do site Fuxico Gospel. Houve confirmação da Folha de S.Paulo.

De acordo com o site evangélico, um integrante da Igreja informou que o período do isolamento do casal está terminando.

A pastora Elizete disse à Folha: "Tem que pegar, né? A gente lida com pessoas, com seres humanos. Fui assintomática, graças a Deus. Vambora pra frente que a vida continua, e Deus tem muito a fazer. Cremos no milagre."

Bolsonarista, Malafaia é defensor do inexistente "tratamento precoce" contra a Covid-19. Para ele, as igrejas pertencem à categoria de "serviços essenciais" e, portanto, não podem fechar neste período de pandemia.

O pastor tem sido acusado de promover aglomeração com a celebração de cultos e a divulgação de fake news sobre a doença.

Parentes e amigos de Malafaia têm morrido vítimas da doença, como o seu primo Daniel Malafaia, o pastor americano Morris Cerulho e o pastor Gessé Adriano da Silva, de Niterói.

Em dezembro de 2020, o Youtube deletou um vídeo onde o pastor prescrevia o uso de ivermectina contra a Covid-19, mesmo não havendo comprovação científica de que o medicamento seja eficaz nesse caso.

Em outubro de 2020, ele postou um vídeo [ver abaixo] criticando a pressa em adotar uma vacina.

Em referência à CoronaVac, então em desenvolvimento, Malafaia disse que o povo brasileiro não podia ser "cobaia de chinês".


> Com informação do Fuxico Gospel e de outras fontes. A foto é reprodução da rede social.






Comentários

Anônimo disse…
Vamos orar, tenho fé que em breve irá sair dessa situação muito difícil. boa sorte covid.
Simplesmente teve sorte, como ocorreu com Bolsonaro e tantos ouros. Cada organismo reage de uma forma. Apesar deles terem pressoas próximas que sofreram e até morreram.
Todo crédulo líder, seja por fé mesmo, como saber dos fatos mas para manipular seu gado, arrumam desculpas: "está nos Planos de Deus", "eu fui testado e com fé venci" e inúmeros etcéteras.
O perigo é esse desdém pelas outras pessoas, mesmo sem se dar contra, coisa típica de crédulos, piorando quando agem contra a Ciência e métodos de prevenção.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Lei anti-ciência de Ohio permite que alunos deem resposta com base na religião

Milagrento Valdemiro Santiago radicaliza na exploração da fé

Capela em centro espacial é absurdo, afirma estudante

do leitor Sérgio "Este prédio da capela poderia abrigar um bom laboratório" Sou físico e aluno de doutorado do INPE [Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais] em São José dos Campos (SP) e gostaria de fazer um breve comentário. Há 5 anos, quando ingressei no mestrado no instituto, fique fascinado com a estrutura física/financeira oferecida ao desenvolvimento da pesquisa. Sinceramente não tenho do que me queixar, mas uma coisa  chama muito atenção (não só a minha, claro). É que dentro do INPE (um centro de pesquisa principalmente física), acreditem, tem uma capela para oração. No local que é considerado o maior centro de pesquisa tecnológica da America Latina (a Nasa brasileira, como muitos dizem) existe tal absurdo. Esse prédio poderia, por exemplo, abrigar um bom laboratório ou coisa mais útil. O INPE (englobando todas as áreas – astrofísica, meteorologia, sensoriamento, engenharia de materiais, etc.) é formado por pesquisadores/cientistas de várias partes do mu

Pai de vocalista dos Mamonas processa Feliciano por dizer que morte foi por ordem de Deus

Ministro do STF critica a frase ‘Deus seja louvado’ do real

Marco Aurélio lembrou  que somente no  império  a religião era obrigatória  O ministro Marco Aurélio (foto), 65, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que não consegue conceber “que nas notas de moedas do real nós tenhamos ‘Deus seja louvado’”, porque isso fere a laicidade do Estado. Em uma entrevista ao UOL, lembrou que na argumentação de seu voto favorável à descriminalização do aborto de fetos anencéfalos, em abril, ressaltou que o Brasil não está mais no império, “quando a religião católica era obrigatória e o imperador era obrigado a observá-la”. “ Como outro exemplo de incompatibilidade com o Estado laico ele citou o crucifixo do plenário do STF. “Devíamos ter só o brasão da República.” Aurélio elogiou a decisão do Tribunal de Justiça gaúcho pela retirada do crucifixo de todas as suas dependências, o que demonstra, segundo ele, que o Rio Grande do Sul é um Estado que “está sempre à frente em questões políticas”. Celso de Mello, outro ministro do Supremo, já

Intel deixa de ajudar escoteiros que discriminam gays e ateus

Empresa avisou que as instituições preconceituosas não terão subsídios  Um grupo inglês de escoteiros rejeitou a filiação de George Pratt, 11, porque ele, ateu, disse que, no juramento de lealdade, não podia declarar obediência a Deus. Trata-se de um juramento padrão, seguido por escoteiros de todo o mundo. Nos Estados Unidos, a partir de agora, os grupos de escoteiros que discriminam ateus e gays deixarão de receber ajuda financeira do programa de voluntariado da Intel. A fabricante de chips informou aos grupos de escoteiros, entre outras entidades, que adotou uma nova política de não conceder ajuda a quem promove de discriminação. Chuck Mulloy, porta-voz da Intel, disse que as instituições, para receber subsídios, terão de assinar um documento declarando estar de acordo com as políticas de não discriminação da empresa. A decisão afeta principalmente os escoteiros de Oregon, onde a Intel tem uma fábrica. Somente em 2010, as doações foram de US$ 180.000 (R$ 360.000). Matt

Evangélico, chefão do tráfico no Rio manda fechar igrejas católicas

PSC radicaliza ao dar apoio a Feliciano, afirma Wyllys

por Ivan Richard da Agência Brasil Deputado disse que resposta também será a radicalização O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), na foto, criticou a decisão do PSC de manter o pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorais da Câmara. Para Wyllys, o acirramento dos ânimos por parte do PSC pode provocar ainda mais confusão nas sessões da comissão. Feliciano é acusado por de ter feito afirmações homofóbicas, como a de que a "Aids é câncer gay", e racistas. “Não falo em nome do movimento [LGBT], mas, se um lado radicaliza, o outro tende a radicalizar. Se o PSC radicaliza e não ouve a voz dos movimentos socais, das redes sociais, o pedido para que esse homem saia da presidência, se a tendência é radicalizar e não dar ouvidos, é lógico que o movimento radicalize do outro. Isso não é bom para a Câmara, para o Legislativo, para o PSC, nem para o país”, disse Wyllys. Wyllys afirmou que as lideranças do PSC estão “confundindo” as criticas ao

Família esperou por três dias, mas Neide não ressuscitou; corpo foi sepultado cheirando mal