Pular para o conteúdo principal

Bispo primo do negacionista Silas Malafaia morre de Covid-19

O bispo Daniel Malafaia, primo do pastor negacionista Silas, morreu no sábado (12) vítima de Covid-19. 17 dias depois ele iria completar 70 anos. Estava internado em estado grave.

Houve uma campanha de oração pela cura do bispo, inclusive em cultos, o que poderia resultar em aglomeração e, consequentemente, contaminação do vírus.

“Conclamamos todos os servos de Deus para que venham orar e jejuar em prol da vida do nosso querido Bispo Daniel Malafaia, que se encontra internado em estado grave, decorrente do Covid-19”, afirmou um comunicado da igreja.

Diferentemente do primo, Daniel era discreto. Presidia a Assembleia de Deus em Campo Grande – Ministério de Madureira (RJ).

Daniel minimizava o contágio do coronavírus, mantendo as celebrações em sua igreja. Fotos de cultos mostram fiéis de máscara, mas sem distanciamento recomendado para evitar o contágio do novo coronavírus.

No último culto que celebrou, em 22 de novembro, Daniel Malafaia apresentou um neto recém-nascido.

Em se colocou no púlpito sem máscara segurando o bebê, tendo ao lado o seu filho, o pastor Danielzinho, e nora, ambos também sem proteção facial.

Último culto

Fiéis se aglomeram

Com informações e foto da rede social.

Comentários

  1. Se ele for raivoso, preconceituoso, defensor de corrupto e ignorante como o irmão, certeza que foi pro inferno.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Colégio adventista expõe réplicas de dinossauros em evento criacionista

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Promotor nega ter se apaixonado por Suzane, mas foi suspenso