Bispo primo do negacionista Silas Malafaia morre de Covid-19

O bispo Daniel Malafaia, primo do pastor negacionista Silas, morreu no sábado (12) vítima de Covid-19. 17 dias depois ele iria completar 70 anos. Estava internado em estado grave.

Houve uma campanha de oração pela cura do bispo, inclusive em cultos, o que poderia resultar em aglomeração e, consequentemente, contaminação do vírus.

“Conclamamos todos os servos de Deus para que venham orar e jejuar em prol da vida do nosso querido Bispo Daniel Malafaia, que se encontra internado em estado grave, decorrente do Covid-19”, afirmou um comunicado da igreja.

Diferentemente do primo, Daniel era discreto. Presidia a Assembleia de Deus em Campo Grande – Ministério de Madureira (RJ).

Daniel minimizava o contágio do coronavírus, mantendo as celebrações em sua igreja. Fotos de cultos mostram fiéis de máscara, mas sem distanciamento recomendado para evitar o contágio do novo coronavírus.

No último culto que celebrou, em 22 de novembro, Daniel Malafaia apresentou um neto recém-nascido.

Em se colocou no púlpito sem máscara segurando o bebê, tendo ao lado o seu filho, o pastor Danielzinho, e nora, ambos também sem proteção facial.

Último culto

Fiéis se aglomeram

Com informações e foto da rede social.