Pular para o conteúdo principal

Pastor pede ajuda de Deus para conduzir o MEC com respeito à laicidade

Ao assumir o comando do MEC (Ministério da Educação e Cultura), o pastor Milton Ribeiro pediu ajuda de Deus para que sua gestão esteja dentro dos princípios constitucionais, “respeitando a laicidade do Estado”.

“[..] Tenho a formação religiosa, meu compromisso que assumo hoje ao tomar posse está bem firmado e localizado em valores constitucionais da laicidade do estado e do ensino público. Assim, Deus me ajude”, disse ele nesta quinta-feira (15).


Quando o presidente Jair Bolsonaro anunciou o nome do seu quarto ministro da Educação, parlamentares manifestaram a preocupação de que o pastor não respeite a separação entre Estado e Igreja.

A deputada Tabata Amaral (PDT-SP), relatora da Comissão Externa de acompanhamento do MEC, por exemplo, disse ter dúvidas sobre o desempenho do novo ministro porque ele foi escolhido por Bolsonaro por ser evangélico. 

No discurso de posse, o pastor Ribeiro disse também que nunca defendeu que as escolas adotem a violência contra as crianças.

Em um culto gravado em vídeo anos atrás, Ribeiro pregou que os pais, se preciso, têm de adotar uma metodologia de educação que inclua “a dor”.

Em outro vídeo [trecho abaixo], ele defendeu a esta orientação que também consta na Bíblia: a mulher deve se submeter ao marido.



Com informação da Agência Brasil e de outras fontes.



Governador de Goiás veta lei que obrigava leitura da Bíblia nas escolas

Religião na escola estimula a intolerância, diz antropóloga

Ensino confessional enfraquece Estado laico, afirma Karnal

Aluna candomblecista será indenizada por ter de rezar, decide TJ-SP

Comentários

Psiquê disse…
É antidemocrático uma pessoa dizer Deus acima de todos. E se Deus não existe, não se pode atacar o que não existe, mas Jesus disse que quem recebe os discípulos recebem a Jesus e quem recebe Jesus recebem a Deus(Mateus 10:40) Os discípulos existem, então podemos atacar os discípulos.
Unknown disse…
Psiquê tem sérios distúrbios mentais .

Posts + acessados hoje

Pregação criacionista abre evento científico da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Robinho e Neymar se negam a ver crianças de lar espírita

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade