Psicóloga equipara pais sem fé aos drogados como maus exemplos

Marisa se diz profissional de
psicologia, mas só fala em Deus
Ao falar sobre a importância do comportamento dos pais na formação dos filhos, a psicóloga Marisa Lobo (foto) equiparou, como maus exemplos, os pais sem fé aos pais usuários de drogas, entre outros.

Em uma entrevista ao Jornal do Meio Dia, da Rede Sat, de Palmas (TO), ela disse que “pais que fumam, que bebem e usam drogas podem levar os filhos a repetir os seus modelos”.

Em seguida, afirmou que “pais que não têm uma fé, pais que não estimulam a fé em uma criança, a criança não respeita nada, ela vive no relativismo”.

Lobo, que se diz “psicóloga cristã”, mistura psicologia e religião em seus blogs e redes sociais.

No começo deste mês, o CRP (Conselho Regional de Psicologia) do Paraná deu prazo de 30 dias para que ela expurgue de seus endereços profissionais na internet a pregação religiosa. Se não fizer, poderá perder o registro profissional. Ela disse que foi denunciado ao conselho por  “ativistas gays, usuários de maconha e ateus”.

É ligada ao pastor e deputado Marco Feliciano (PSC-SP), que já citou o nome dela na tribuna do plenário.

Na entrevista de 8 minutos, de acordo com vídeo postado no Youtube no dia 6 deste mês, a psicóloga fala de Deus várias vezes e nenhuma em Freud ou qualquer outro nome de estudioso do comportamento humano.

Para ela, os valores morais de uma sociedade só podem ser transmitidos pela fé em Deus, embora tenha ressaltado na entrevista que estava falando como “profissional” de psicologia.

“Eu creio, na minha opinião, como profissional, como mãe, como uma líder da sociedade, [...] que o nosso freio é, graças a Deus que é, é a fé em Deus”, disse.

A jornalista poderia ter feita esta pergunta: se basta a fé, pra que serve a psicologia?

A psicologia está em crise, mais uma vez, porque até agora não conseguiu se firmar como uma ciência. E a sua contaminação pela religião, como faz Marisa Lobo, enfraquece-a ainda mais.

Comentários

  1. A Marisa Lobo é um caso PERFEITISSIMO de mau exemplo a TODOS os outros.

    Ela nao tem valores morais e eticos para viver em harmonia com a sociedade, pois procura sempre o confronto com todos os outros que nao sao como ela.

    E ainda é influenciada por MAUS EXEMPLOS como Marco Feliciano, Silas Malafaia e demais figuras do meio evangelico.

    Quem ela pensa que é para falar dos outros, se nao olha o proprio rabo ?

    Evangélico é uma desgraca mesmo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você acha isso da Marisa Lobo e ela acha o que quiser de ateus como você.

      Excluir
    2. Quem usa freio e buçal é cavalo...

      Agora, vista o seu freio de religioso e caia fora...
      Esse lugar é para pessoas que entendem que psicologia nada tem a ver com religião...

      Se você não tem discernimento para entender isso, então, não comente, amigo... "A paz." ¬¬

      Excluir
    3. Ei Abbadon, vocês não querem ter o direito de falar o que quer contra DEUS, e por que não dão o direito das pessoas falar o que quiser a favor dele?????. Fica esta minha dúvida. Direito de expressão a todos não é???

      Excluir
    4. é que voces tudo aí não seguem a minha religião. se seguissem a minha religião iriam ver como tudo voces tão errado. Minha religião diz o seguinte, neguinho anonimo defendendo a puta cristã vai ser empalado no inferno.

      Excluir
    5. A PALAVRA DA CRUZ É LOUCURA PARA OS QUE SE PERDEM, MAS PODER DE DEUS PARA OS QUE SÃO SALVOS

      I Coríntios 1:18

      Excluir
    6. A PALAVRA DA CRUZ É LOUCURA PARA OS QUE SE PERDEM, MAS PODER DE DEUS PARA OS QUE SÃO SALVOS

      I Coríntios 1:18

      Excluir
    7. "Credo Quia Absurdun" Parece tolice, logo é real...

      Excluir
    8. Mal exemplo é uma psicóloga preconceituosa...

      Aliás... jamais a consideraria como uma verdadeira profissional. LAMENTÁVEL

      A discussão já não é se Deus existe ou não...

      Mas a Hipocrisia existe com toda certeza.

      Excluir
  2. como pode ser tão incoerente? como ela se formou?
    essa mulher é um perigo pra sociedade... totalmente fora de sí

    ResponderExcluir
  3. Tem gente muito boa nos meios religiosos. Mas depois que eu vi aquele video do Marco Feliciano, onde uma colega pastor dele comeca a falar em 'linguas' e depois em portugues fica fazendo profecias de como o pastor Feliciano é predestinado para logo depois sair rodopiando pelo palco, não tem como não dizer que o cara é um salafrario. O 'assistente de palco' do pastor que deveria estar tomado pelo 'fogo do espirito santo' e portanto sem consciencia dos atos, entrega um objeto (carteira ou celular ou alguma outra coisa) para outro comparsa com medo que quebre ou saia voando assim que ele comecar a rodopiar. E uma multida iludida, delirando, gritando, provavelmente saindo dali e indo encher as urnas com votos para o tal Feliciano. Isso é bandidagem da pior especie. E essa psicologa, que estudou curso superior deveria pelo menos ter um pouco mais de discernimento em relacao ao seu lider espiritual. E se quer criar um novo ramo da psicologia, que escreva uma serie de artigos e os apresente perante uma banca examinadora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é voce? Se religioso, deve estudar mais á Bíblia. Se ateu, não me admira.

      Excluir
    2. "Sai da frente Satanás!!!!!!!!!!!!!"

      Pastor Zangief

      Excluir
  4. Ateus chorando que estão sendo "discriminados", "ofendidos", etc. em:

    3, 2, 1...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não? Deveríamos, pasmem, ser coniventes com a mentira, a ignorância, o preconceito? Correndo o risco de sofrer consequências por omissão?

      Ha! ha! Isto é o que eu chamo de relativizar o senso de ética e moral à favor do "partido". Para ilustrar, um exemplo prático seria uma inversão de papéis, ou uma substituição dos personagens: poderiam ser negros ao invés de ateus, e muito provavelmente o comentário nem seria feito, seria diferente ou ao menos reprovável para a maioria das pessoas.

      Imagine você falando agora: Negros chorando que estão sendo "discriminados", "ofendidos", etc.

      Excluir
  5. "Mardita" Lobo, você está necessitando de terapia "urgente".
    As igrejas estão lotadas de bons exemplos: Ex-drogado, Ex-prostituta, Ex-traveco, Ex-ladrão.
    Sou pai, ateu convencido depois de tanto ver essa merda de programação que invade os lares brasileiros com essa merda de evangelismo.
    Pra seu governo meus filhos são bem formados ambos bem casados, um deles doutor e outro com 25 anos já mestre em direito.
    Chega de exploração, basta de religião.
    O Brasil precisa de boas escolas, não de igrejólas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus filhos ainda são novos, podem ainda se tornarem uns ex: alguma coisa por isso cuidado com o que fala reflita. Escola somete não livra do caus e das mazelas humanas. Isso não é de nossa alçada evitar, só a palavra de Deus praticada evita. Voce deveria dar graças a Deus pelos seus filhos.

      Ass. Irmão

      Excluir
    2. cada um decide o que quer ser, e não precisamos de doutrinação e sim valores, e eles podem ser conseguidos fora da religião, porém usar religião como argumento não dá, é algo pessoal, e não cientifíco, ela que vire pastora e largue a psicologia, se ela atender um homossexual? Ela vai ficar jogando verdades na cara?

      Excluir
    3. Deus salva?
      A medicina é que nos salva das doenças
      e o conhecimento nos livra da hipocrisia

      Não existiria cristianismo se não houvesse MEDO.

      Afinal o inferno é um lugar ruim onde nunca ninguém esteve, mas está na Bíblia, logo é verdade.

      Excluir
  6. Vá ser líder lá para suas negas, aqui em minha casa cego não guia cego não minha senhora.

    ResponderExcluir
  7. O país precisa de educação e não de religião!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, ninguém pode se religar a Deus, pois Deus não existe.

      Excluir
  8. Ela deveria ser é caçada!
    Ela ainda está ligada ao pastor Marco Feliciano que fez declarações como: "africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é polêmica. Não sejam irresponsáveis twitters rsss”, " Gen9.Cão ri da nudez do pai.Alguns eruditos que a palavra rir aponta para o prazer então o filho a abusa da nudez do pai." "sendo possível o 10 ato de homossexualismo da história, a maldição de Noé sobre canaã, toca seus descendentes direto os africanos" "toda nação pagã parecem atraírem desgraças. A bíblia diz: Bem dita é a nação cujo o Deus é o senhor! A cura está em cristo." Pra mim uma pessoa que está ligada, que apoia um cara desses é da mesma laia que ele e deve ter o mesmo destino que ele; o manicômio, sendo assim privada do convívio em sociedade, já que pode representar o perigo para a mesma.

    ResponderExcluir
  9. Que loucura como ela pode afirmar estes absurdos ,ela não esta bem . Salvai nossos jovens e crianças destas pessoas doente que chama o que eles imagina de freio . Sera qual o problema desta mulher ? Eu fico irritado com umas coisas destas totalmente non sense esta mulher.

    ResponderExcluir
  10. psicologia com religião, como diz o sábio capitão nascimento no filme: vai dar merda !!

    ResponderExcluir
  11. Eu aceitaria um leigo dizendo que "quem não tem Deus no coração" é uma pessoa sem moral (o que obviamente não é verdade), mas uma psicóloga que deveria saber como se formam os princípios morais!!!???
    Essa fulana virtualmente rasgou seu diploma.

    ResponderExcluir
  12. Inicialmente, é importante que eu diga que sou ateu e que percebo que religião e ciência são importantes.

    Religião e ciência, cada uma delas, interpreta de maneira diferente aquilo que consegue perceber da “possível realidade” em que vivemos. Digo isso com o pensamento na epistemologia. Cada uma delas apresenta diferentes proposições para tentar explicar o que é que aconteceu e o que está acontecendo. Por exemplo, ao tentar entender por que chovia alguns disseram que era por causa dos deuses. Hoje aceitamos uma explicação melhor. Uma explicação que envolve o ciclo da água.

    Há séculos que a ciência separou-se da religião; cresceu, encorpou, atingiu a maioridade e hoje se apresenta como, em minha opinião, o melhor instrumento, o melhor caminho para tentarmos entender as coisas. A religião, por outro lado, envelheceu e anda apresentando sinais de debilidade mental.

    Essa religião senil tem feito mal às pessoas, tendo sucesso em impedir-lhes o uso adequado da razão, o exercício saudável do pensar, do raciocinar. Pior: tem promovido à propagação de idéias destorcidas que incentivam o preconceito e a perseguição dos diferentes. Mais ainda: vem oferecendo uma blindagem aos seus seguidores (e executores) tornando-os intocáveis e inimputáveis. Essa psicóloga é o exemplo vivo disso.

    Embora tudo isso, a religião sempre cumpriu com um importante papel: o de confortar, o de oferecer alivio aos que se sofrem. As pessoas procuram a religião não para sentirem-se mais inteligente e, sim, para sentirem-se confortadas. A ciência jamais fará isso, pois não nasceu para esse intuito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas usam a religião como droga, assim como uma pessoa usa drogas para se iludirem com um mundo fora de sua realidade, para se sentirem mais confortadas, para se sentirem especiais. A ciência faz a mesma coisa e ainda melhor com uso de drogas

      Excluir
  13. Deixando de lado o fato da mulher ser uma completa louca, que sobre isso nem tem o que se comentar (Ela é exatamente igual a charlatões como Malafaia e Macedo, e sua opinião, apesar de revoltante, não pode ser levada a sério pór se tratar de fanatismo puro)...
    O que é mais incrível, é que as pessoas têm o costume de tratar fé como se fosse uma coisa boa. E não estou me referindo só à fé no sentido religioso. Fé pura e simples, não é uma coisa boa, é um dos piores defeitos que um ser humano pode ter.
    Fé significa acreditar sem provas. Não questionar, não perguntar, não pensar por si mesmo, não avaliar a veracidade do objeto da fé antes de acreditar nele. Significa que a pessoa vai deixar de lado todo o bom-senso, toda a lógica, vai fechar os olhos para a realidade, vai deturpar a realidade, tudo para manter sua fé em seja lá o que for.
    E onde que isso é bom? Onde está a vantagem da pessoa ser assim? Digo, para a própria pessoa. Porque para líderes, pessoas com fé são as melhores, já que são tão facilmente manipuláveis. Mas para aquele que tem fé, ela só serve para causar danos. E para os outros também, já que aquele que tem fé pode e vai usá-la para causar dano a terceiros.
    Fé não é uma coisa boa. Não é louvável. É motivo de vergonha.

    ResponderExcluir
  14. Israel.

    Isso que você descreveu é fanatismo. Fé, realmente, é acreditar sem saber. Mas isso, nem sempre, é uma coisa ruim. Eu tenho fé que o Corinthians seja campeão da Libertadores, tenho fé que meus irmãos vençam na vida, tenho fé que eu consiga conquistar os meus objetivos. Eu não sei se tudo isso irá acontecer porque eu não posso saber como será o futuro, mas, espero (tenho fé, tenho esperança) que aconteça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não é fé, é esperança. Você tem esperança que seu time vença, porque é um resultado que pode acontecer e que você deseja. É completamente diferente.

      Excluir
    2. Israel.

      Um dos significados de fé "Estado ou atitude de quem acredita ou tem esperança em algo".

      Eu entendo as suas colocações. A fé que você se refere é a fé religiosa, é o ter esperança por algo impossível de acontecer, como, por exemplo, mover montanhas.

      Excluir
    3. Sim, é mais ou menos isso. Eu separo da seguinte forma; fé seria acreditar em algo sobre o qual você não tem nenhuma evidência que possa existir (como deuses, unicórnios, hobbits) ou acontecer (como uma pessoa voar ou levantar uma baleia com força física).
      Já quando o acontecimento é algo possível, mesmo que seja pouco provável, é esperança. Você tem chances ridiculamente pequenas de ganhar na loteria, mas ela existe. É uma possibilidade bem real. Portanto, quando a pessoa tem esperança em ganhar, não fé. Fé seria achar que vai ganhar na loteria sem comprar o bilhete.

      Excluir
  15. Evangelizar é substituir cultura. Essa senhora deveria cuidar de cozinhar feijão (será que ela sabe?). Cozinhar é muito difícil.

    ResponderExcluir
  16. Boa pergunta: se basta a fé, para que serve a psicologia???

    ResponderExcluir
  17. Eita que mulher fanática, gente!!! E o pior é que é ignorante como uma tábua.Vixe!

    ResponderExcluir
  18. É como eu digo pra minha namorada: "A raíz de todos os problemas da sociedade brasileira está na educação!"
    Que tipo de universidade forma uma pessoa assim pra cuidar da saúde mental de outras? É como colocar um doido pra cuidar de outro doido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior de tudo é que depois toda a classe profissional dessa alienada acaba sendo repudiada pela sociedade, quando é só essa sujeita que está agindo de forma incoerente.

      Excluir
  19. O "problema" é para quem esta psicóloga disse isso? Se não foi para os leitores deste blog, ela esta certa. Agora se foi, está mesmo totalmente errada, pois, aqui somos irracionais, não acreditamos em Deus e sim na nossa grande "inteliburrice", neste ambiente é proibido qualquer coisa que venha a dá vantagens para Deus. Salve o ateísmo!

    ResponderExcluir
  20. Bota ela de frente com o drauzio varella, ai quero ver quem é o drogado

    ResponderExcluir
  21. Discordo, a psicologia nao esta em crise, fora do Brasil cada vez mais sao os laboratórios de neuropsicologia, as descobertas sobre o cerebro e comportamento avançam cada vez mais, entretanto a ciência humana no Brasil sim, esta está em crise, nao é só à psicologia que os religiosos querem se impor como doutos senhores da razão, ao ir em uma livraria vemos livros como Pedagogia de Cristo, Filosofia de Cristo, Sociologia de Cristo.
    No Brasil, está seguindo o caminho de seu mestre, Estados Unidos, pois a cada vez mais valoriza profissões tecnicistas e desvalorizam as do pensar. Haja vista o salário de um professor secundarista ser, em alguns Estados, menor que o salário de um caixa de supermercado.
    Sou psicólogo, estudei muito na faculdade, estudo muito hoje, mas, o tempo que frequentei igrejas, sempre vi por parte de outros "profissionais", tentarem valorizar mais seus preceitos religiosos do que o que aprenderam na academia.
    Jamais um prozac ou uma reza irao substituir a descoberta de si mesmo que algum tempo de terapia pode lhe proporcionar, o tratar de seu sintoma e desejo, o aprender a conduzir-se. Mas, enquanto os Conselhos Federais de profissões prosseguirem inertes em sua função reguladora, teremos estas e outra demonstrações de curandeirismo, manchando a profissão a ponto de dizerem que psicologia - mesmo eu ter passado 3 anos (dos 6 entre faculdade e pós) em laboratorios - nao é ciência.

    ResponderExcluir
  22. Ética do Psicólogo cadêêê? Separar as próprias impressões individuais e subjetivas da prática profissional, cadêêê?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Psicologia não está em crise não. Esta psicóloga sim, é que está. Me pergunto se ela tem supervisão ou sequer é atendida por outro profissional, o que é essencial pra quem trabalha com a angústia alheia frequentemente, especialmente o profissional psicólogo.

      Excluir
  23. Se Deus existe, o fruto proibido no paraíso seria uma espécie de droga, começando aí os problemas com os drogados.

    ResponderExcluir
  24. Acho estranho os ateus se manifestar contra a a psicologa religiosa e não dizer nada sobre a terapia de vidas passadas amplamente utilizada pela psicologia.

    Ah já sei, terapia de vidas passadas é uma muleta para o paciente e se isto ajuda então que se dane o materialismo,o paciente em primeiro lugar!

    Agora só porque~, como queiram, porque a mulher não pode também utilizar a "muleta" da religião no tratamento de seus pacientes?

    Sabem porque ? porque existe um negócio um negócio que vem sendo chocado a anos e que agora eclodiu na forma de :

    "Estatuto da Diversidade Sexual".


    III - DIREITO À LIVRE ORIENTAÇÃO SEXUAL
    Art. 5º - A livre orientação sexual e a identidade de gênero constituem direitos fundamentais.

    § 1º - É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.

    Qualquer coisa que se diga sobre identidade de gênero, é motivo de vigilância e medo por profissionais de todas as áreas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vem com essa conversinha mole,não,Nosce.Esse Estatuto está corretíssimo e o Brasil não pode ficar na contra-mão do mundo civilizado que já reconheceu o direito dos LGBTs.

      Excluir
    2. OK eu como ateu quando tiver um filho vou ser igual um drogado sem fé?


      já que tu concorda com a atitude dela né?

      Excluir
    3. AnônimoFeb 17, 2012 04:05 PM
      Direitos ou privilégios? todos estamos debaixo da mesma constituição.

      E olha que nm é lei ainda! e já estão botando pra quebrar.

      Deixa a mulher "trabaiá" pô!

      Ela pega a laço os seus pacientes?, bota eles no pau de arara? dá choques elétricos?

      Psicólogos não tratam os medos e inseguranças de seus pacientes?

      Então qual é o problema?

      Excluir
    4. Nosce te ipsum: "Então qual é o problema?"
      Simples, querido aspirante a templário, comparar drogados a ateus, sempre batendo na mesma tecla, que sem deus na coração as pessoas são tudo, menos boas.
      E me responda como deixar uma "profissional" dessas "trabaiá", se não tem o menor respeito pelos outros (que não sejam da religião dela, claro)?

      Excluir
    5. AnônimoFeb 17, 2012 05:37 PM

      Já ouviu falar em lei de mercado? Laissez-faire? oferta e procura?

      E mesmo assim

      Já perguntaram para algum paciente dela se a mesma faltou com respeito?

      Tá cheio de clubinho de fetiche, sado masoquista, desrespeitando muita gente, tem caboclo sendo humilhado em cadeia nacional e ninguém tem dó dos caras pô!

      Excluir
    6. Querido aspirante a templário:
      1 - Já ouviu falar em lei de mercado? Sim, claro que já ouvi falar. Então a definição de mercado, neste caso, seria: pacientes retardados procuram psicóloga retardada.
      2 - Já perguntaram para algum paciente dela se a mesma faltou com respeito? O problema não é esse, não fuja do assunto, o problema é o modo como ela se referiu aos ateus, de forma equivocada e preconceituosa. Se fosse uma opinião pessoal dela, eu não me importaria, porém ela transporta sua opinião para o campo profissional, o que não concordo.
      3 - "Tá cheio de clubinho de fetiche, sado masoquista, desrespeitando muita gente, tem caboclo sendo humilhado em cadeia nacional e ninguém tem dó dos caras pô!" - Sinceramente, não entendi o que você quis dizer, mas não vejo problema algum em relação aos sadomasoquistas, cada um tem prazer do jeito que gosta (por mais estranho que pareça), devemos apenas respeitá-las.

      Excluir
    7. AnônimoFeb 17, 2012 06:40 PM

      Quando vcs falam que cristão são assassinos, malucos, com pouca inteligencia, que suas experiencias religiosas são comparadas a drogados. daí pode?

      Porque exigem respeito e não se dão ao respeito?

      Não precisa acreditar em mim, é só dar uma olhadinha nos posts e nos comentários para vc ver até onde vai o respeito para com mais de 90% deste país.

      Excluir
    8. Caríssimo aspirante a templário:
      1 - "Quando vcs falam que cristão são assassinos, malucos, com pouca inteligencia, que suas experiencias religiosas são comparadas a drogados. daí pode?" - Não, eu não generalizo, sim há pessoas más de ambos os lados, ateus e religiosos, religião não define caráter e a falta dela, também, não. Mas o problema é que eu gosto deu uma lei antiga chamada de lei de Talião (lembre-se, olho por olho; dente por dente, presente no antigo testamento), devolvo o troco na mesma moeda, se me faltar com respeito lhe faltarei com respeito também. Jamais falo coisas desses tipos (todos os cristão são burros,por exemplo), possuo primos que considero mais inteligentes do que eu, eles religiosos eu ateu, e convivo muito bem com eles. E quanto as suas experiência religiosas eu não acredito, até que você prove que estou errado, simples assim. Mas não se preocupe respeito sua forma de pensar.
      2 - "Porque exigem respeito e não se dão ao respeito?" - Em primeiro lugar, a "psicóloga" que começou as ofensas, eu apenas as rebati. Então lhe pergunto; Por que devo respeitá-la, se não me mostrou o devido respeito?
      3 - "Não precisa acreditar em mim, é só dar uma olhadinha nos posts e nos comentários para vc ver até onde vai o respeito para com mais de 90% deste país." - Isso depende caro templário, normalmente os comentários ofensivos neste blog partem, inicialmente, pelos religiosos, apenas rebatemos as ofensas de forma tão agressiva quanto. Mas, sim, tem hora que certos ateus extrapolam mesmo, já vi pessoas religiosas postarem seus comentários de forma pacífica, e serem trucidadas por certos ateus, o que sou totalmente contra. Porém, olhemos por outro lado, caso eu me declarar ateu em um blog cristão, garanto que serei bem mais repreendido do que um cristão em um blog ateu, digo por experiência própria.
      Que Gaia protega-lhe neste árduo caminho chamado vida.
      Abraços.

      Excluir
    9. AnônimoFeb 18, 2012 08:41 AM

      Bem, ela estava numa boa dando suas consultas, um belo dia foi denunciada por algum grupo que não aceita a religião como base de terapia.

      Precisa dizer quem é intolerante nesta história?

      Ps

      Da uma olhadinha n "Ofensa" que o religioso abaixo fez
      Logo abaixo

      Jesus CristoFeb 17, 2012 06:05 PM

      E depois na resposta tolerante que lhe foi dada.

      AnônimoFeb 17, 2012 07:04 PM.

      Excluir
    10. Caríssimo templário:
      1 - "Bem, ela estava numa boa dando suas consultas, um belo dia foi denunciada por algum grupo que não aceita a religião como base de terapia." - Ela precisa seguir a ética de sua profissão, que diz o seguinte:
      Art. 2º - Ao psicólogo é vedado:
      ...
      b. Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas, religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito, quando do exercício de suas funções profissionais;
      ...
      f. Prestar serviços ou vincular o título de psicólogo a serviços de atendimento psicológico cujos procedimentos, técnicas e meios não estejam regulamentados ou reconhecidos pela profissão;
      ...
      k. Ser perito, avaliador ou parecerista em situações nas quais seus vínculos pessoais ou profissionais, atuais ou anteriores, possam afetar a qualidade do trabalho a ser realizado ou a fidelidade aos resultados da avaliação;
      ...
      q. Realizar diagnósticos, divulgar procedimentos ou apresentar resultados de serviços psicológicos em meios de comunicação, de forma a expor pessoas, grupos ou organizações.
      Fonte: http://www.psicologo.inf.br/codigo_de_etica_psicologo.asp
      Bom, visto as restrições impostas aos psicólogos, como pode bem ver, ele quebra algumas regrinhas, não?
      Quanto à alínea b, fica claro que ela tem preconceito contra os homossexuais, e não apenas isso, ela tenta curar a suposta "doença" dos homossexuais, e utiliza a religião como técnica.
      Quanto à alínea f, a religião não é considerada como técnica da psicologia.
      Quanto à alínea k, como eu já disse, não se pode trasportar sua opinião pessoal para a opinião profissional, o que ela claramente apresenta fazer.
      Quanto à alínea q, o próprio vídeo acima mostra isso, ela denigre a imagem de ateus de forma preconceituosa, apresentado-se como psicóloga.
      Agora você entende o porque que ela não estava numa boa com seus pacientes dando consultas.
      2 - "Precisa dizer quem é intolerante nesta história?" - Agora eu te pergunto, querido templário, quem está sendo intolerante nesta história?
      3 - "Da uma olhadinha n "Ofensa" que o religioso abaixo fez
      Logo abaixo
      Jesus CristoFeb 17, 2012 06:05 PM
      E depois na resposta tolerante que lhe foi dada.
      AnônimoFeb 17, 2012 07:04 PM." Sim, admito, parte da minha resposta foi intolerante, peço desculpas.
      Basta apenas apagar uns pequenos pontos:
      "Querido Jesus Cristo:
      1 - "Asseguro-lhe que nós falamos do que conhecemos e testemunhamos do que vimos" - O que vocês testemunharam, provavelmente, foram alucinações, uma vontade muito grande de acreditar no sobrenatural, esquivando-se de explicações simples, forte uso de drogas alucinógenas (ópio, maconha, chá de cogumelo, etc.) ou talvez vocês possuam esquizofrenia."
      Creio que me equivoquei na parte das drogas e da psicopatia grave, mas quanto as alucinações e a forte vontade de acreditar no sobrenatural, creio que não me equivoquei, pois quem nunca viu um vulto, ouviu vozes, sentiu algo estranho, etc.? Eu já tive esses tipos de experiências, mas sei que foram apenas peças arquitetadas pela minha mente.
      No entanto, as pessoas com fortes tendências a acreditar, irão relacionar essas peças feitas por nossa mente a espírito, demônios, anjos e outras entidades sobrenaturais ou irão relacionar essas peças pregadas por nosso cérebro, dizendo que deus falou com elas ou que profetizaram algo. Entendeu meu ponto?
      Que Dionísio lhe abençoe com muitas festas, mulheres e bebidas.
      Abraços.

      Excluir
  25. Felipe...Feb 17, 2012 04:14 PM

    vcs são muito volúveis, e são ótimos para relativizar as coisas quando lhe convém.

    ex:

    Todos os padres são pedófilos, homossexuais enrustidos, pervertidos sexuais.

    Outra;

    em qual paragrafo eu comentei o post ?

    ResponderExcluir
  26. Terapias de vida passadas, todo mundo já foi principe rainha princesa, rica...


    nunca um escravo ou qualquer outra coisa...


    Volúveis são os crentes, que uma pessoa estando desorientada usa a sua religião pra converter, e se a psicologa fosse da umbanda tu ia concordar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe...Feb 17, 2012 05:22 PM

      Porque O Conselho não desce o pau na TVP?

      Se são crentes ou não crentes príncipe ou plebeu, isto não importa. Funciona? então não se fala mais nisso.

      Se ela fosse da umbanda? pelo que eu conheço de umbanda eles não ligam para homossexualismo não? mesmo assim,

      Sendo uma religião de origem africana e das minorias oprimidas acho que n daria tanto barulho não.

      Excluir
    2. uashuashusahuas terapia das vidas passadas funciona?

      só falta me mostra uma provinha que ela funciona, ou só serve pra aumenta o ego da pessoa deprimida?

      Excluir
    3. O conselho não autoriza TVP - só que pra poder fazer algo, precisa de denúncia de pacientes ou parentes, o que raramente acontece.

      Excluir
    4. Pedro Henrique LealFeb 17, 2012 08:29 PM
      Nunca ouvi dizer que o conselho ameaçou de cassar o registro de alguém por fazer TVP.

      Excluir
    5. cade a prova que ela funciona?


      a é mesmo religião não precisa de prova né?

      Excluir
    6. Terapias de vidas passadas? Em que faculdade se ensina isso? Porque eu sou estudante de Psicologia e jamais ouvi falar disso. Isso não é científico e nada tem a ver com a Psicologia. Por favor não inventa.

      Excluir
  27. Cristãos, falando asneiras desde 313 D.C.

    P.S: Data da legalização da religião cristã no império romano por Constantino.

    ResponderExcluir
  28. Ela está apta a se tornar pastora Evangélica.

    Eu inclusive indicaria isso à ela.

    Dá mais dinheiro que psicologia e a clientela não é famosa por ser muito cética...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá mais dinheiro que psicologia, o investimento é menor e tem retorno em prazo menor.
      Não precisa ralar 5 anos em uma faculdade, estudando feito um louco. Tem status e autoridade divina, pois o pastor(a) é um homem (ou mulher) de deus, portanto representa deus na Terra.
      E ainda lhe concede imunidade, se alguém te acusr de cometer qualquer infração legal, é você dizer que está sendo perseguido e pronto, uma leva de fiés, pastores e políticos estarão te apoiando.

      Excluir
  29. Asseguro-lhe que nós falamos do que conhecemos e testemunhamos do que vimos, mas mesmo assim vocês não aceitam o nosso testemunho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Jesus Cristo:
      1 - "Asseguro-lhe que nós falamos do que conhecemos e testemunhamos do que vimos" - O que vocês testemunharam, provavelmente, foram alucinações, uma vontade muito grande de acreditar no sobrenatural, esquivando-se de explicações simples, forte uso de drogas alucinógenas (ópio, maconha, chá de cogumelo, etc.) ou talvez vocês possuam esquizofrenia.
      2 - "mas mesmo assim vocês não aceitam o nosso testemunho" - Claro que não, vocês apenas falam e não mostram provas ou evidências necessárias para que possamos acreditar no que vocês dizem
      Jesus, que Odin guie seu caminho, para que você possa repousar (ou seja, guerrear,comer e transar) sua alma em Asgard.

      Excluir
  30. Pessoas como Marisa Lobo ñ sabem o q é respeito. Vivemos em uma sociedade tão variada e quer q deem importância apenas a visão dela.

    Não é a toa q dizem q psicólogas são isso, baseadas na Marisa Lobo, pelo visto:
    http://desciclopedia.ws/wiki/Psic%C3%B3loga

    ResponderExcluir
  31. Porque O Conselho não desce o pau na TVP?
    o conselho desce:“Em 90% dos processos de pacientes contra a TVP, fica provada a tentativa do profissional de associar a terapia a alguma religião”(Presidente do conselho federal de psicologia Humberto Velosa.)

    ResponderExcluir
  32. cotrimFeb 18, 2012 02:35 PM
    Qual profissional foi cassado?

    ResponderExcluir
  33. Ateu não existe, não tem história, não tem cara e só sabem dizer que Deus não existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando algo existe, não é preciso ter fé na existência desse algo.

      Excluir
  34. Egocêntricos escondidos sob o manto da crença e da fé...

    Certos religiosos perdem, sem qualquer pudor - ou temor - a noção de tudo aquilo que deveriam ter aprendido de seu mestre - Jesus, a começar pela humildade.

    Antes de manifestar-se publicamente proferindo afirmações baixas, que não correspondem à realidade e agridem frontalmente o seu próximo, deveriam imaginar-se no ambiente bíblico, transportando-se àquela época onde, conforme escrito no livro que é sua bússola, Jesus viveu e, então, imaginarem-se ao lado dele. Imaginarem se seria possível ouvir tais palavras saídas da boca do mestre.

    Certos religiosos - e são muitos - ultrapassam a medida de sua fé, caem no êxtase de seu próprio ego e, flagrantemente, querem competir com o próprio Jesus, modificando mandamentos e ensinamentos que ele deixou.
    Por exemplo:
    "amar ao próximo como a ti mesmo" e
    "não julgueis para que não sejais julgados... tira primeiro o argueiro do teu olho...!"

    O ser humano é patético.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você também é um ser humano ou será que você é um deus?

      Excluir
    2. hããnn? deus? qué isso minino!

      Excluir
    3. kkkkk, deus....

      Excluir
  35. "Mardita" Lobo, você está necessitando de terapia "urgente".
    As igrejas estão lotadas de bons exemplos: Ex-drogado, Ex-prostituta, Ex-traveco, Ex-ladrão.
    Sou pai, ateu convencido depois de tanto ver essa merda de programação que invade os lares brasileiros com essa merda de evangelismo.
    Pra seu governo meus filhos são bem formados ambos bem casados, um deles doutor e outro com 25 anos já mestre em direito.
    Chega de exploração, basta de religião.
    O Brasil precisa de boas escolas, não de igrejólas."

    Seus filhos ainda são novos, podem ainda se tornarem uns ex: alguma coisa por isso cuidado com o que fala reflita. Escola somete não livra do caus e das mazelas humanas. Isso não é de nossa alçada evitar, só a palavra de Deus praticada evita. Voce deveria dar graças a Deus pelos seus filhos.

    Ass. Irmão

    ResponderExcluir
  36. estão dando muita importância pra quem não tem nenhuma. Deixe que o CRP tome as providências e o mais é lembrar que essa moça não é nada além de mais uma crente fanática em surto.

    ResponderExcluir
  37. CORREÇÃO: A Psicologia é sim uma ciência! Não misturemos alhos com bugalhos! Vamos estudar mais epistemologia, antes de falar coisas que, claramente, expressam um total desconhecimento sobre o assunto!

    Quanto à ela, o CRP já deveria ter caçado o registro dela! Tá demorando demais, já!

    ResponderExcluir
  38. Muitos comentários, muitos posicionamentos! Não quero referir-me à psicóloga. Quero apenas dizer que sentir Deus dentro de si é uma dádiva. Não dá para explicar: ou se sente ou não se sente! Eu sou pesquisadora na área da linguagem, e nem por isso coloco-me como um ser que está imune, acima do bem e do mal. Sou Católica e a religião para mim é tão importante quanto a ciência, as duas conseguem ocupar papel importante em minha vida! Quanto aos excessos, são lamentáveis! Penso que passa por uma questão de poder, muitos querem duelar com o que acredita e com o que sabe!

    ResponderExcluir
  39. Como defensor do cristianismo, queria me posicionar completamente contra esta aí, que comprou o seu diploma de psicóloga. Misturar a ciência e a religião é algo que envergonha qualquer religioso ou não. É uma pena sermos servidos por pessoas assim, o cristianismo não merece ser exposto desta maneira, convenhamos. O fato dela ser de Curitiba também é algo decepcionante.

    ResponderExcluir
  40. hum olah se tem uam coisa q percebi e q por mais q venhamso a discutir com religiosos nunca vai dar em nada algo me dis q essa porra vai acaba dando guerra ainda pq na boa q tip ode pisicologo e esse afinal? aff religiosos semrpe se fasendo de coitados. a igeja catolica na idade media mato MILHOES de pessoas queimadas vivas na frente de todo mundo apenas por serem de religioes DIFERENTES ae depois nos q somos tudo de ruim ?! porra religiosos se encherguem

    ResponderExcluir
  41. O psicólogo e escrito Ezio Bazzo ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Ezio_Flavio_Bazzo ) pensa diferente: "iniciar uma criança numa fé, numa crença, numa confraria, num partido, numa seita ou em qualquer outra idiotice metafísica é um crime, um crime tão nefasto e hediondo como viciá-la em cocaína, em ópio ou em açúcar.": http://goo.gl/l8pVA

    ResponderExcluir

Postar um comentário