Pular para o conteúdo principal

Comunidade no Orkut afirma que atirador teve 'morte heroica'


Um usuário do Orkut que se assina como Phoenix Slayer Sancto – provavelmente um jovem desajustado querendo chamar a atenção – criou a comunidade “Cadeia já para Sargento Alves!”

Trata-se do policial que alvejou o joelho do atirador Wellington Menezes de Oliveira, impedindo-o de prosseguir a matança na Escola Municipal Tasso da Silveira, no Realengo, Rio.

Se a intenção do tal de Phoenix foi fazer uma piada de humor negro, ele mostrou não ter nenhum talento, porque só conseguiu ofender as famílias que tiveram filhos abatidos pelo atirador.

A comunidade diz que Oliveira “morreu em um ato heroico” e agora está sendo “execrado pela mídia”. E critica o PM por ter atirado "covardemente" em Oliveira, “sem dar o direito de defesa”.

“Um erro não justifica o outro, que direito este policial tem para achar que pode tirar a vida de alguém?”

O rapazinho com certeza está querendo fama e, se é assim, ele deveria experimentá-la passando uns dias em uma cadeia.

Comunidade Cadeia já para Sargento Alves!

Suposto perfil no Orkut do atirador do Realengo faz menções à Bíblia.
abril de 2011

Caso do atirador do Realengo.

Comentários

  1. Esse cara(que criou essa comunidade imbecil) é um idiota.

    ResponderExcluir
  2. E quem escreve este post comparando quem fez a comunidade com "HUMOR NEGRO", também.

    ResponderExcluir
  3. Poxa Paulo Lopes, isso é um troll óbvio. Divulgar isso só faz aumentar a coolface dele.

    ResponderExcluir
  4. Porque não é correto ou como alguns gostam dizer politicamente correto. Tudo que é ruím é negro, preto, escuro... Depois reclamam daquele pastor que disse que o negro era uma raça amaldiçoada... filho de cão, que era filho de Noé.... lembra-se da reportagem do Paulo.

    Mas continuam deixando essas mensagens sub liminares... mas deixa pra lá... Não são religiosos que escreveram esta bobagem...

    ResponderExcluir
  5. Mas que este sargento tem cara de policial bandido com estas sobrancelhas cerradas e cara feia....haha...isso ninguém nega....
    Não sei se é ou não é. MAs que tem cara, tem.

    ResponderExcluir
  6. Essa é a primeira vez que um policial diz que atirou no "joelho" de alguém.

    ResponderExcluir
  7. O anônimo do dia 11/04 (23:04) disse tudo e fim de papo!

    ResponderExcluir
  8. "Poxa Paulo Lopes, isso é um troll óbvio. Divulgar isso só faz aumentar a coolface dele. "



    coolface ? RAPAZ TU ACHA QUE TROLL GANHA ALGUMA COISA COM ESSA MERDA ? COM UM LIXO DESSES ?

    puts essa galera pensa o que ? que ser troll é alguma coisa ? é isso que eles arranjam de bom nas suas vidas miseraveis de internet ?

    puta merda, essa galera tem que acordar pra vida
    SAIR DO COMPUTADOR PQ ELES TÃO LOUCO MESMO
    ACHAM QUE A VIDA DA ISSO PRA ELES O PRAZER DE TROLLAR ALGUEM ...


    é muita internação de computador mesmo, o cara pra fazer isso tem que ta internado no pc mesmo, é muita porcaria, esses caras tem coco na cabeça, de tanto usarem o pc em exesso ficaram doentes.

    ResponderExcluir
  9. o cara que é troll é doente mesmo, vive internado no computador. ja não sabe mais o que é vida direito ,mesmo os que sabem ja tão doente mesmo, se infurnaram nessa merda de pc, cresceram com computadores e hoje estão loucos

    ResponderExcluir
  10. .É claro,ele não teve motivo, mais se esse Phoenix tivesse entre vida e morte com o atirador apontando a arma bem no meio do seu coração,o sargento chega lá da um tiro na perna do cara e em seguida esse cara comete suicidio.Bom, ai não seria cadeia para ele não é?seria '' Sargento Alves um heroi'' e o mais babaca é ver que tem 168 membros

    ResponderExcluir
  11. Olá oi! Boa noite! Houve exagero do atirador, deveria ter se vingado de uma outra forma. É cada uma que aparece né...

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. My god, apaga de novo e vai ver só

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

No Brasil, mulher que não crê em Deus é submetida à opressão em dobro

Cobrado por aluguel de templo, Valdemiro diz não ter contrato social com a Igreja Mundial

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade