sábado, 18 de janeiro de 2014

Jornalistas do SBT têm vergonha de Rachel Sheherazade

Colegas afirmam que opiniões da jornalista
estão levando o SBT para extrema direita
Os jornalistas da redação do SBT Brasil, o principal jornal da emissora, têm vergonha de serem colegas de Rachel Sheherazade, 40, de acordo com o colunista Miguel Arcanjo Prado, do R7. Ela divide a apresentação do telejornal noturno com o jornalista Joseval Peixoto.

Sheherazade tem se destacado por suas opiniões tidas como de extrema direita, a política e a religiosa.

Entre outras manifestações, ela acusou os defensores da laicidade de Estado laico de “intolerantes”, defendeu a permanência da frase “Deus seja louvado” nas notas do real, disse que o cristianismo foi a fonte dos valores da cultura ocidental e quem o critica é ingrato, e deu apoio ao direito de expressão do pastor e deputado Marco Felicano (PSC), considerado como racista e homofóbico.

Em recente entrevista à Folha de S.Paulo, ela admitiu ter enfrentado dificuldades no SBT, mas, disse, tem resistido graças a sua fé em Deus. Quando tinha 23 anos, ela foi batizada na Igreja Batista.

Afirmou que era de esquerda e foi uma das caras-pintadas que saíram às ruas contra o presidente Collor. Explicou que mudou sua orientação política porque ficou decepcionada com o PT.

Ela mora com o marido e os filhos Clara, 5, e Gabriel, 3, em Alphaville, região de condomínios da classe média alta que fica na Grande São Paulo. Estima-se que o seu salário seja de R$ 150 mil. É servidora licenciada do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Os jornalistas do SBT lamentam que, por causa de Sheherazade, a emissora pareça cada vez mais afinada com a direita, deixando de lado a neutralidade em seu noticiário.

Embora polêmicas, as opiniões de Sheherazade não têm ajudado a alavancar a audiência do SBT Brasil, mas por enquanto ela permanece firme no telejornal porque contaria com o apoio de Silvio Santos, o dono da emissora.

Com informação do R7, entre outras fontes.





Jornalista que critica Estado laico desconhece história
dezembro de 2012

Casos de fanatismo religioso


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...