Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Seita abusa de adolescente em ritual de fim de mundo

Líder usou calendário maia para convencer
jovem a se submeter a provas e sacrifícios
O MP (Ministério Público) do Estado do Rio denunciou a seita Centro de Estudos de Autoconhecimento e quatro pessoas acusadas de violentar uma adolescente de 17 anos no dia 12 de dezembro de 2012 em Niterói, manipulando-a com a ideia de que o fim do mundo estava próximo.

A Justiça decretou a prisão preventiva de Ailton Aires Araujo Júnior, líder da seita e foragido, e de suas seguidoras Livia Vasconcelos, Jansen Lima Araújo e Maria Madalena Batista Vasconcelos.

Segundo a denúncia (acusação formal à Justiça) do MP, Ailton e as seguidoras doutrinaram a adolescente ao longo de seis anos com previsões de fim dos tempos, tendo como base uma interpretação do calendário maia.

Eles convenceram a jovem que, para ser salva, ela teria de ser submetida a provas e sacrifícios, entre os quais relacionamento sexual. Não houve conjunção carnal, mas atos de conotação sexual envolvendo Ailton e duas de suas seguidoras.

Ailton disse à moça que o ritual faria que ela ficasse purificada e iluminada, livrando-a do apocalipse previsto para acontecer entre os dias 21 e 23 daquele mês. O ritual foi feito na casa da jovem, no bairro Badu.



A denúncia foi ajuizada pelo promotor de Justiça Rubem Vianna, da 7ª Promotoria de Investigação Penal da 2ª Central de Inquéritos.

Na avaliação de Vianna, os religiosos se aproveitaram da fragilidade psicológica da adolescente, inclusive para convencê-la a fugir no dia 20 da casa dos seus pais para um abrigo, onde ficaria protegida do fim dos tempos.

Com informação do Terra.

Polícia prende profeta do Piauí 10 min antes do fim do mundo
outubro de 2012

Notícias do fim do mundo

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...