Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Não muçulmano vai se lamentar no Juízo Final, afirma leitora

de Aisha Samira a propósito de
Leitora rebate este blog e diz que 'muçulmanas são felizes'

No Dia do Juízo Final vocês gritarão porque desejariam ter sido muçulmanos.

Não tente me dizer que sou infeliz ou oprimida, porque, se eu fosse, eu seria a primeira a saber!

Vocês já visitaram países de maioria muçulmana para poder se sentir no direito de dizer que os homens de lá são "radicais islâmicos"? Vocês não conhecem NADA do Islam.

Vocês se atêm a fatos que vieram de revistas e jornais, isso é digno de pena. Vocês não conhecem a religião, nem a Sharia ou como os homens e as mulheres são tratados! Acho melhor vocês lerem o Corão e estudarem a Sunnah antes de falar alguma coisa sobre o Islam.

Sou muçulmana, nasci na França, já morei no Brasil há um bom tempo e atualmente moro no Oriente Médio e sou casada com um homem daqui — que nasceu em Meca (ou Makkah)!

Mas é claro que mesmo assim vocês vão continuar achando que sabem mais do Islã e sobre como os muçulmanos são, melhor do que alguém que mora no Oriente Médio, que é muçulmana e que já leu o Corão! Claro, né? Vocês são os sabichões!

Falando desse jeito, se eu não conhecesse o Brasil, talvez pensaria que no Brasil fosse um mar de rosas, que a mulher aí fosse ultra respeitada (não, acho que isso eu não pensaria, rsrs. Com a imagem que a brasileira tem em todos outros países é impossível pensar assim!), que não houvesse assassinato, que as mulheres não fossem brutalmente espancadas por muitos maridos, que não houvesse preconceito racial, sem estupro, que o índice de divórcio fosse quase zero, que não houvesse prostituição, nem adultério etc...

Então parem de falar de outros países como se o de vocês, com essa corrupção linda que vocês têm, fosse o Jardim do Éden.

Vocês não têm a mínima noção de como é ótimo morar aqui! =D Não, vocês não tem...

Eu gosto muito do Brasil, e adoraria voltar para rever minhas amigas e as belas arquiteturas de Salvador, Recife e do lindo Rio — mas eu sei dos problemas, tanto que já morei aí por anos. Eu MOREI, então eu posso falar, pois eu convivi e conheço.

Culpar o Islam pelas atrocidades que algumas pessoas que vivem em países de maioria muçulmanas ou o que seus governos fazem, ou como é regido,  é o mesmo que culpar o catolicismo (por ser um país de maioria católica) pela corrupção do Brasil e por todas as coisas monstruosas que muitas pessoas aí fazem.

E não existe país de regime islâmico, porque o único metódo político apoiado pelo Islam é o Khilafah e não existe nenhum país com ele!

Não acreditem nessas mentiras da internet. Tá interessado em ter conhecimento do Islam? Vá numa mesquita!

Vocês estão julgando algo que vocês nem conhecem!

'Deus é grande', grita talibã. E mata a tiros acusada de adultério.
julho de 2012

Fanatismo islâmico.   Posts de leitor.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...