Hitchens combatia a nefasta influência de Deus na sociedade

Título original:
Ateu e polêmico, Hitchens, morto aos 62, vai fazer falta

Hitchens se considerava mais que ateu, era antiteísta

por Luiz Felipe Pondé para Folha

Para aqueles que creem em Deus, a morte é o grande momento de revelação dos maiores de todos os mistérios.

Existe vida após a morte? Existe um Deus do outro lado? Valeu a pena ser honesto, fiel e generoso?

Para um ateu, nada disso é importante. A morte é apenas a parada final de seu corpo. A máquina faliu.

O jornalista e escritor britânico Christopher Hitchens [na ilustração] morreu anteontem em Houston (EUA), vítima de um câncer no esôfago. Hitchens era ateu. E um ateu famoso por ser ateu.

Ele foi um dos maiores expoentes do chamado neoateísmo, ao lado de autores como Richard Dawkins, Sam Harris e Daniel Dennett. Seu livro "Deus Não É Grande" (Ediouro), de 2007, é um exemplo típico deste chamado neoateísmo: Deus não só não existe como a ideia de Deus é idiota, infeliz e faz mal à saúde física e mental.

Combativo, Hitchens defendia o termo "antiteísta" para sua posição, ao invés do clássico "ateu". E esta diferença é importante.

Um ateu seria alguém que, apesar de não crer em Deus, poderia guardar algum respeito pelo "personagem". Este respeito poderia levá-lo inclusive a reconhecer uma certa autoridade moral na "figura divina", o "Deus de Abraão". De repente, o ateu numa noite insone poderia pensar que "com Deus" o mundo seria melhor.

Para Hitchens, ser ateu não basta, há que endurecer contra a própria ideia de Deus, mostrando o caráter destrutivo do que há de valoroso no homem. Os crentes não só estão errados como atrapalham. Numa palavra: Jesus não era legal, seu pai tampouco, Maomé, um ridículo, Moisés, um chato.

Já um antiteísta seria alguém dedicado a combater a nefasta influência de Deus na sociedade, na moral, no pensamento, no futuro. Hitchens poderia dizer para Dostoiévski, escritor russo do século 19, em resposta a sua famosa afirmação "Se Deus não existe, tudo é permitido" que: "Ainda bem que Deus não existe, assim ficamos livres de suas bobagens e dos chatos que nelas creem".

Mas suas polêmicas foram além do combater a ideia de Deus. Sua recente biografia publicada em 2010, "Hitch-22" (Nova Fronteira), mostra seu trajeto de intelectual engajado nas controvérsias de nosso tempo e livre das amarras da academia.

Um tipo raro no Brasil onde os intelectuais costumam viver presos à barra da saia da universidade.

Hitchens foi um jovem socialista nos anos 70, e um defensor da intervenção americana no Iraque nos últimos anos. De socialista a neoconservador? Ele não era dado a "igrejinhas intelectuais", respondia às questões do mundo a partir de suas próprias ideias e intuições.

Usou termos como islamofascismo para se referir à associação entre religião islâmica e militância política antidemocrática. Por conta disso, foi odiado pela esquerda e por relativistas que dizem que "toda cultura é legal".

Não, para Hitchens a vida secular, democrática e liberal é a melhor. Concordo.

Morre Christopher Hitchens, o escritor de 'Deus não é Grande'.
dezembro de 2011

Mais sobre Hitchens.      Ateísmo

Comentários

  1. "Valeu a pena ser honesto, fiel e generoso" pq um livro mágico promete a vida após a morte né Luiz?

    DAR GARANTIAS, é outra coisa. Mesmo assim não somos tão... ingênuos pra achar que algum ser humano como nós teria o poder de prometer isso.

    Mas enfim, um brinde ao mestre. Hitchens é Grande! =)

    ResponderExcluir
  2. Opa, o livro "promete" e faz ameaças né?

    Não podia deixar de ser detalhista como seria o grande Hitchens. ^^

    ResponderExcluir
  3. Pondé, que escreveu um livro sobre o velho Dosto, cai no erro de propagar que a afirmação "se Deus não existe, tudo é permitido" é dele. Primeiro, é a fala de um personagem, que é ateu, e deve ser lida dentro de um contexto de um texto escrito pelo personagem. Segundo, não se deve concluir que o que diz um personagem é o que pensa o autor. Log, Dostoiévski não afirma isso, apesar de ter sido religioso.
    Outro erro, Hitchens não é um ateu famoso por ser ateu.

    ResponderExcluir
  4. faz falta é;

    Elvis presley, Sid vicious, Janis joplin.... este é igual a parente distante, foi tarde.


    PUNK NOT DEAD.

    ResponderExcluir
  5. O neoateismo é tipo assim: qnd a gente ascender ao poder vamos terminar o q Hitler começou, vamos exterminar essa crentaiada de vez! hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "terminar o q Hitler começou" não tem nada a ver com "neoateismo".
      O antiteísmo não tem ligação com etnia. Os apóstatas estão em toda parte, e expandir ou proteger a "vida secular, democrática e liberal" não é missão de nenhum grupo genético ou cultural específico.

      Excluir
  6. O anônimo idiota das 11:01 disse...

    "O neoateismo é tipo assim: qnd a gente ascender ao poder vamos terminar o q Hitler começou, vamos exterminar essa crentaiada de vez! hehehe"


    Hitler era um TEÍSTA, seu imbecil...E Hitchens não era um neocon, apesar do seu apoio à invasão do Iraque, em 2003. Ele continuava a admirar Vladmir Lenin, mesmo em sua maturidade (http://www.bbc.co.uk/radio4/history/greatlives/index_series7.shtml)

    ResponderExcluir
  7. Calma aí Augusto Moreira, to do teu lado pow...

    O que quis dizer é que com o antiteísmo a faxina vai ser geral e não somente étnica. Você acha que um cara que admirava Lenin vai dar a mínima para direitos humanos?!

    O que Hitchens e cia começou os secularistas do seculo 21 vão terminar. Vamos varrer do mapa esses religiosos! heheheh

    ResponderExcluir
  8. Não sabia da morte desse tipo. A face da terra esta menos empestiada. SIC TRANSIT GLORIA MUNDI...

    ResponderExcluir
  9. vai ver que ateísmo faz bem à saúde17 de dezembro de 2011 23:45

    "...a ideia de Deus faz mal à saúde física e mental"

    E vem um câncer no esôfago pra matar um fanático e raivoso ateísta admirador do assassino Lênin.

    ResponderExcluir
  10. Acabei de me "converter" ao Antiteísmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamento... Quando você se "converter" à verdadeira Razão de nossa existência, você vai ter muita história para contar! Que Deus o ilumine e lhe revele Seu imenso amor. Grande abraço fraterno. Alberto Torres.

      Excluir
  11. Anônimo das 18:33, que parte do "Não, para Hitchens a vida secular, democrática e liberal é a melhor." você não entendeu?

    Você está tentando se passar por ateu numa tentativa frustrada de defender sua religião ao fazer críticas infundadas e falaciosas sobre o ateísmo.
    É óbvio que você desconhece o ateísmo, mas sua ignorância é problema seu, e é você que tem q evoluir(em se tratando de evolução, nós sabemos que vocês são bastante estúpidos e incapazes) e se adaptar, e não o mundo que tem q se rebaixar aos seus padrões. Só os mais fortes sobrevivem ou, nesse caso, só as idéias mais inteligentes sobrevivem, e não é a toa que a religião está quase em crise existencial.


    Seu infeliz energúmeno, você teve a capacidade de associar hitler ao ateísmo. Você tem sérios problemas mentais. Na verdade, vc é só um troll se fazendo de defensor do lado oposto para causar a ilusão de que ele não tem nada de bom. Comportamento visivelmente falacioso, digno de trolls religiosos.
    Hitler era um religioso cristão fervorosamente fanático, alucinado, que dizia falar com deus e que acreditava estar cumprindo sua vontade ao cometer as atrocidades que cometeu. Foi isso que transformou ele no que ele era: um exemplar perfeito de um religioso pleno e funcional.

    O antiteísmo não ataca pessoas, ataca idéias. Se os religiosos insistirem na idéia de matar quem não acredita no mesmo ser fantasioso e - por natureza - contraditório em que eles acreditam e, portanto, e simplesmente por isso, são impuros e devem morrer, então qualquer humano com saúde mental intacta tomaria as providências necessárias para por um fim à essa tirania.

    Mas seu medo de que religiões irão acabar é fundamentado. Com o direito à liberdade e respeito aos direitos humanos, cairá essa enorme manipulação e controle mental exercidos pelas religiões e, como consequência, o ateísmo provavelmente vai prevalecer. Caso ainda existam uns poucos religiosos, os planos de dominação mundial e desrespeito contra os que pensam de forma diferente não farão mais parte das religiões que sobreviverem à era dos direitos humanos(isso se, e somente se alguma delas sobreviver, o que é bastante improvável).

    A propósito, vá procurar no dicionário o significado de secularismo, seu terrorista insano e prepotente.

    ResponderExcluir
  12. vai ver que ateísmo faz bem à saúde disse...

    "...a ideia de Deus faz mal à saúde física e mental"

    E vem um câncer no esôfago pra matar um fanático e raivoso ateísta admirador do assassino Lênin.

    -------------------------

    Tá de brincadeira comigo? Eu ri mto com essa. Tá certo, você me convenceu. Se Hitchens tivesse se convertido à alguma das milhares religiões, cada uma delas sendo a única detentora de toda verdade, ele não teria tido câncer mesmo fumando, bebendo whisky e sendo propício à aquisição de câncer e tumores devido ao seu código genético. VIVA O ESPAGUETE VOADOR!!, digo, deus, não deus não, alah, não, thor, não, ah viva o batman! ou seria o goku...


    A propósito, se quiserem associar comunismo com os regimes comunistas de sei lá quem que matou sei lá quantos, problema de vocês. Só não cometam o erro de associar comunismo ou regime comunista com ateísmo. É pior do que dizer que se uma pessoa é vegetariana ela gosta de gatos, comete crimes, prefere a cor azul, e anda de skate pelado todo dia 27 de abril de anos bissextos.

    Só por acaso, nenhuma pessoa sequer foi morta em nome do ateísmo, mas já em nome da religião...

    ResponderExcluir
  13. Ei, Anônimo de 17/12/11 às 23:51, menina como tu ta azeda, mulé! Procura o teu pra se acalmar princesa...

    Buneca, tu vem toda furiosa xingando, com palavras odiosas, julgando quem você não conhece com jargões preconceituosos, discriminatórios e ainda chama isso de "argumentos racionais"?!

    Isso aí é cólera e não razão! Suas ideias perderam o viço diante de tanta estupidez e são tão estúpidas quanto as ideias estúpidas dos religiosos. Se acabar a religião essa mesma estupidez vai continuar, porque o problema desta estupidez está na própria humanidade e você é prova disto.

    ResponderExcluir
  14. Ser "ateu" ou "crente" é uma questão de escolha, agora ser idiota a ponto de ficar discutindo com os outros como se fosse "dono da verdade" e se dizer ateu, deve ser uma grande ofensa ao ateísmo. Vejo que alguém esta confundindo ateísmo com o ridículo e a baixaria, não sou ateu, porém, conheço alguns, e todos são amáveis, ninguém é assim.

    ResponderExcluir
  15. "Já um antiteísta seria alguém dedicado a combater a nefasta influência de Deus na sociedade, na moral, no pensamento, no futuro. Hitchens poderia dizer para Dostoiévski, escritor russo do século 19, em resposta a sua famosa afirmação "Se Deus não existe, tudo é permitido" que: "Ainda bem que Deus não existe, assim ficamos livres de suas bobagens e dos chatos que nelas creem"."

    Só na cabeça do Pondé isso. Que ateus ele conhece que pensam assim?

    ResponderExcluir
  16. Ops. Citei a frase errada. :)
    Essa faz sentido sim.

    Esta sim é totalmente sem sentido:


    "Um ateu seria alguém que, apesar de não crer em Deus, poderia guardar algum respeito pelo "personagem". Este respeito poderia levá-lo inclusive a reconhecer uma certa autoridade moral na "figura divina", o "Deus de Abraão". De repente, o ateu numa noite insone poderia pensar que "com Deus" o mundo seria melhor."

    ResponderExcluir
  17. @Anônimo 17/12/11 11:01 e 17/12/11 18:33
    Crente troll fingindo ser ateu.
    Acha mesmo que engana alguém aqui moleque?

    @Paulo Lopez
    A mensagem desse anônimo esta incitando o ódio. Apaga os comentários desse debiloide do site.

    ResponderExcluir
  18. Buneca, tu vem toda furiosa xingando, com palavras odiosas, julgando quem você não conhece

    Quem não conhece os feitos da igreja são os seguidores. Ou se conhecem consentem. Não sei qual é pior. Se vc não conhece o cara da conversa e não viu a discussão, pq vc se mete sem saber do que se trata? Nossa, esse tópico vai acabar batendo o recorde de trolls...

    com jargões preconceituosos, discriminatórios e ainda chama isso de "argumentos racionais"?!

    Não é preconceito. Tá mais pra pós-conceito. Esse pessoal tem mania de chamar de preconceito tudo que não é do jeito que eles querem. Daqui a pouco vai ter estuprador e assassino dizendo ser vítima de preconceito por ser condenado à prisão. Religião não é muito diferente. Pô, nem posso mais jogar na fogueira esses ateus? que país mais preconceituoso.

    Discriminação? Discriminação é o que o Datena e o povo fazem contra os ateus. É você não poder exercer seus direitos por não ter religião(ou por ter a religião "errada"). Nos EUA, ateus não podem assumir cargos públicos, entre outros absurdos. Isso é discriminação.

    Uma pesquisa de agosto de 2010 realizada pelo Núcleo de Opinião Pública da FPA em uma iniciativa da Fundação Perseu Álamo e SESC revelou que 66% das mulheres brasileiras jamais votariam em um ateu e 11% dificilmente votaria, enquanto 61% dos homens brasileiros nunca votaria e 13% dificilmente votaria.
    (wiki)

    Já o tratamento é justificado pela natureza troll do anônimo citado anteriormente. O troll defecou pela boca e foi chamado de estúpido. Não vejo porque seria uma ofensa chamar um energúmeno de energúmeno. Aposto que você não sabe o significado de energúmeno. Vá estudar um pouquinho antes de vir chorar.
    Desde quando isso é preconceito, descriminação, ou sei lá o que que o anônimo das 02:13 veio choramingar?


    Isso aí é cólera e não razão! Suas ideias perderam o viço diante de tanta estupidez e são tão estúpidas quanto as ideias estúpidas dos religiosos.

    ? Como? Quanta asneira. Por que motivo você acha que simplesmente chamar uma ideia de estúpida sem justificar seu ponto de vista vai te dar alguma credibilidade? É estúpida só pq vc axa estúpida? pq vc quer q seja estúpida? O engraçado é que você discorda mas não tem um ponto de vista, não argumenta, não cita nenhum motivo. É só mais um troll.

    Discutir com alguém assim é o mesmo que discutir com uma porta. Olha sua "lógica": Pq é estúpida? Pq é! Mas pq é? Pq sim!... Está até parecendo um religioso. Só sabe repetir a mesma coisa.
    Pq o céu é azul? PQ DEUS QUIS! Pq a água é molhada? PQ DEUS QUIS! Pq a terra e redonda? A TERRA É PLANA PQ DEUS QUIS!!11, e por aí vai...


    Se acabar a religião essa mesma estupidez vai continuar, porque o problema desta estupidez está na própria humanidade e você é prova disto.

    Vc tá de brincadeira? Suécia: religião quase 0, um dos melhores países do mundo, condições de vida ótimas, baixa desigualdade social, índice de criminalidade baixíssimo, idh elevadíssimo. Noruega: quase o mesmo que a Suécia. Países mais pobres do mundo: elevada religiosidade, proselitismo e fundametalismo.

    A propósito, você sim cometeu a falácia de ataque ao argumentador, e possivelmente outras. Você não expôs nenhum ou quase nenhum argumento(não considerei falácia como argumento).

    ResponderExcluir
  19. O ateísmo já foi considerado crime em muitas sociedades antigas, sendo-o ainda em algumas da actualidade. As escrituras de muitas religiões condenam os descrentes. Podemos encontrar um exemplo bíblico na história de Amaleque. Na Europa Medieval, o ateísmo era tido como amoral e muitas vezes criminoso; ateus podiam ser sentenciados à morte na fogueira, especialmente em países onde actuava a Inquisição. Enquanto o Protestantismo sofria discriminação e perseguição pela então dominante Igreja Católica Romana, Calvino também defendia a morte de ateus e hereges na fogueira. O fato é que algumas igrejas, seitas ou grupos perseguiram, e ainda hoje perseguem, aqueles que não compartilham de suas interpretações religiosas, perseguindo ateus e teístas - mesmo aqueles que fazem parte da mesma religião mas que se insiram em grupos, seitas ou igrejas com interpretações religiosas distintas.

    "Não sei se ateus deveriam ser considerados como cidadãos nem como patriotas. Essa é uma nação sob Deus." — George H. W. Bush


    Ah, o famoso amor cristão. Religiosos, tomem essa!

    ResponderExcluir
  20. Fonte: wikipédia, qualquer livro de história de credibilidade, conhecimento humano, entre outras.

    ResponderExcluir
  21. Morreu um homem e nasceu um santo para os ateus. Ele vai fazer falta rrss

    ResponderExcluir
  22. OLHA O QUE UM RETARDADO ATEU FALOU GENTE: Hitler era um religioso cristão fervorosamente fanático, alucinado, que dizia falar com deus e que acreditava estar cumprindo sua vontade ao cometer as atrocidades que cometeu.

    KAKAKAKAK HAHAHAHA KAKAKAKA DÁ PRA LEVAR A SÉRIO? kakakaka hahahah kakaka

    ResponderExcluir
  23. Ô anônimo infeliz, vc ao menos já leu Mein Kampf? Aposto que nem sabe o que é. Seu ignorante infeliz, vá estudar ao invés de cometer falácias e comentar idiotices.

    ResponderExcluir
  24. PQP, quanta gente estúpida. Ateus e religiosos. Teísmo ou ateísmo é irrelevante, a burrice é que dói.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, anônimo! Sou cristão, não-religioso, e odeio a burrice que assola nossa sociedade "pensante"...

      Excluir
  25. Esse sabia o que fazia mal á saude: fumava e bebia compulsoriamente.

    ResponderExcluir

Postar um comentário