Doodle homenageia Stephen Hawking no dia em que ele faria 80 anos

Físico contribuiu para a compreensão do universo

O Google homenageou hoje (8 de janeiro) Stephen Hawking, que estaria fazendo 80 anos.

O físico teórico morreu em 2018, vivendo muito mais do que achavam os médicos que diagnosticaram ser ele portador de esclerose lateral amiotrófica. Ele tinha então 21 anos.

Em vídeo postado como doodle, o cientista, com sua voz computadorizada, conta a sua trajetória.

"Passei minha vida viajando pelo universo, tudo dentro da minha mente. Meu objetivo é simples: entender o universo, por que ele é assim e por que ele existe", narra o vídeo.

Hawking se tornou um cientista pop. Além de ter contribuído para a compreensão do universo, especialmente dos buracos negros, escreveu livros que foram best-sellers. 

Filhos de Hawking, Lucy, Robert e Tim agradeceram a homenagem do Google.

“Nós também acreditamos que ele teria achado importante mostrar que ele nunca deixou os desafios de sua condição física limitar o poder de sua expressão ou sua determinação em impactar o mundo em que vivia”, escreveram.

“Esperamos que seu exemplo ofereça inspiração e esperança global a todos aqueles que enfrentam grandes desafios neste momento difícil”.

Em seu último livro, Hawking escreveu que “ninguém dirige o universo”.

“Deus não existe.”