Pular para o conteúdo principal

Parecer da Procuradoria é favorável ao Jesus gay do Porta dos Fundos

A Procuradoria-Geral da República emitiu um parecer favorável à Netflix e ao grupo humorístico Porta dos Fundos no caso do filme "Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo", lançado no fim de 2019. 

A exibição do especial natalino havia sido suspensa em janeiro por decisão do desembargador Benedicto Abicair, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, mas voltou por uma liminar concedida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli.

A ação foi originalmente movida pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. De acordo com a entidade, na produção, “Jesus é retratado como um homossexual pueril, Maria como uma adúltera desbocada e José como um idiota traído”. Segundo a instituição, o filme viola a liberdade religiosa e a dignidade da pessoa humana.


De acordo com parecer da PGR, assinado pelo subprocurador-geral da República José Elaeres Marques Teixeira, a proibição da exibição do filme tem o caráter de censura prévia do Estado, o que "viola o entendimento firmado na ADPF 130, relator Ministro Ayres Britto, que é enfático na proibição da censura".

O parecer ressalta também que é fundamental preservar a livre circulação de ideias, a não ser em situações em que se verifique a incitação ao ódio e ao cometimento de delitos, o que não é o caso, de acordo com o documento.

Para a PGR foi o fato de o filme estar à disposição do público na Netflix, uma plataforma de streaming que tem acesso controlado pelo próprio usuário, que pode acionar um mecanismo que impede o uso por menores de 18 anos sem a permissão de um adulto responsável.


Com informação da Conjur e íntegra do parecer.





Dinamarca extingue lei da blasfêmia depois de 151 anos

Grécia deixa de ter lei da blasfêmia e juramento religioso

Católicos franceses descobrem blasfêmia no pai-nosso

Limitar casamento com crianças é 'blasfêmia', diz órgão islâmico




Comentários

Paul Muadib disse…
Se Jesus não gostou, que venha aqui reclamar...
Heavyman disse…
bem feito pros crentes fanáticos, nem o deus deles impediu o filme kkkk, vai ver pq guiz curtiu!.

Posts + acessados hoje

Desmascarador de curandeiros e paranormais, James Randi morre aos 92 anos

Fortalecida pelo bolsonarismo, associação de juristas evangélicos ameaça o Estado laico

Natalia Pasternak é a primeira brasileira a integrar o comitê cético de Carl Sagan