Grécia deixa de ter lei da blasfêmia e juramento religioso

A lei da blasfêmia da Grécia será abolida discretamente no dia 1º de julho de 2019, como parte de uma ampla revisão do Código Penal e do Código de Processo Penal.

A lei vinha sendo usada para processar qualquer um que criticasse uma crença ou fizesse humor com religiosos.

Os condenados poderiam pegar prisão superior a dois anos e pagar multa de 3 mil euros.

Em 2012, por exemplo, um grupo de teatro foi acusado de blasfêmia pela peça “Corpus Christi”, apresentando Jesus e os apóstolos como gays.

O juramento da posse de autoridades deixará de ser religioso, com um texto sem menção a Deus.

Religiosos fundamentalistas criticaram a mudança na lei, como era de se esperar.

A reforma no código
penal da Grécia suportará
 brincadeira como esta?

Com informação das agências.





BBC pede desculpas por sugerir que blasfêmia merece punição

Católicos franceses descobrem blasfêmia no pai-nosso

Deputado quer prisão de 6 anos a quem blasfemar contra divindades

Dinamarca extingue lei da blasfêmia depois de 151 anos

Muçulmanos acusam Nike da ofensa de tênis que pisa em Alá



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários