Pular para o conteúdo principal

Morre de Covid-19 seguidora de Trump que dizia que vírus era invenção da mídia

A americana Karen Kolb Sehlke (foto abaixo) morreu no dia 2 de abril em consequência de contaminação do Covid-19.

Em 14 de março, repetindo o discurso à época de Trump, ela escreveu um post no Facebook dizendo que o vírus era uma farsa da mídia para prejudicar o presidente.

"Nosso governo está sendo atacado por dentro", escreveu ela, denunciado haver uma "farsa” para solicitar o impeachment".


Ela acrescentou que as pessoas que levam a pandemia do coronavírus a sério são “ovelhas em pânico”.

Trump mudou de opiniçao, passando a dar a merecida atenção à pandemia, até porque, se não o fizesse, muito mais americanos estariam agora morrendo por causa do Codid-19.

Karen, infelizmente não teve tempo de mudar de opinião — foi vítima do sua militância política irracional.



KAREN PAGOU COM A VIDA
POR POLITIZAR A PANDEMIA

Com informação do site Progressive Secular Humanist e de outras fontes e foto do Facebook.



O dia em que Bill Gates, defensor da ciência, previu a pandemia, em 2015

Bolsonaro afirma a pastores que a pandemia 'não é isso tudo que estão pintando'

'Internet Segura' adverte para onda de golpes na quarentena

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Microbiologista critica a negação à ciência e alerta que o Covid-19 mudou o mundo




Comentários

Postar um comentário

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato