Pular para o conteúdo principal

Ministro de Israel que disse ser o Covid-19 castigo divino contra gay pegou o vírus

O ministro de Saúde de Israel, Yaakor Litzmana, e sua mulher pegaram o Covid-19, de acordo com exame feito na quarta-feira da semana passada. Ambos estão em quarentena.

As pessoas que com eles convivem também estão sob observação.

Em março, quando apareceram os primeiros casos de contaminação em Israel, Litzman disse que o coronavírus era “punição divina contra a homossexualidade”.


Ele ignorou as diretrizes de distanciamento social recomendadas pela OMS e de seu próprio ministério.

A oposição está pressionando o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu a tirar um religioso do Ministério da Saúde e colocar um médico, alguém da ciência que esteja capacitado a enfrentar a pandemia. 

Até agora, Israel tem mais de 8 mil pessoas contaminadas pelo Covid-19 e 60 óbitos.

YAAKOR LITZMANA É SEGUIDOR
DE UMA DINASTIA HASSÍDICA

Comentários

Anônimo disse…
Fake News, ele nao disse isso. Foi outro.
Anônimo disse…
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2612800775707449&id=1870808929906641