Isolamento de idosos contra Covid-19 pode durar até 2021, diz Comissão Europeia

Os idosos da União Europeia podem ter que permanecer isolados até o próximo ano para se protegerem do coronavírus, alertou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Em entrevista publicada neste domingo pelo tabloide alemão Bild, Von der Leyen advertiu que enquanto não houver uma vacina "é preciso limitar, tanto quanto possível, os contatos dos idosos", em particular em relação àqueles que vivem em lares, até que uma vacina contra o Covid-19 seja desenvolvida.


A Europa é o continente mais afetado pela pandemia, concentrando metade de todos os casos de infecção oficialmente registrados no mundo e quase dois terços das mortes.

"Sei que é difícil e que o isolamento pesa, mas é uma questão de vida ou de morte. Devemos nos manter disciplinados e pacientes", disse a presidente.

A líder da UE expressou ainda confiança de que um laboratório europeu desenvolva uma vacina até o final de 2020. “Para garantir que as pessoas possam ser vacinadas rapidamente, já discutimos com os produtores sobre as capacidades globais de produção”, acrescentou.

Para Von der Leyen, "as crianças e os jovens desfrutarão mais cedo da liberdade de movimento que os mais velhos e aqueles que têm condições médicas pré-existentes".

PARA IDOSOS O CONFINAMENTO
SERÁ UMA QUESTÃO DE VIDA OU
MORTE, AVALIA PRESIDENTE DA
COMISSÃO EUROPEIA


A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.




Vídeo: Quarentena, brigas políticas, remédios polêmicos. É a Gripe espanhola de 1918!

Bolsonaro afirma a pastores que a pandemia 'não é isso tudo que estão pintando'

'Internet Segura' adverte para onda de golpes na quarentena

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Microbiologista critica a negação à ciência e alerta que o Covid-19 mudou o mundo




Comentários