Hospital Municipal de Campanha de São Paulo começa a receber pacientes do Covid-19

O Hospital Municipal de Campanha (HMCamp) do Pacaembu, da prefeitura de São Paulo, começou hoje (6) a funcionar e a receber os primeiros pacientes infectados com o novo coronavírus. 

HOSPITAL IMPROVISADO TEM 192 LEITOS
DE BAIXA COMPLEXIDADE E OITO
SEMI-INTENSIVO COM RESPIRADORES

Até as 16 horas, três pessoas com diagnóstico positivo para Covid-19 haviam sido internadas no local: dois estão na enfermaria e um, na sala de estabilização – equipada com recursos para tratamento de pacientes mais graves.

O hospital, instalado no estádio municipal Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) recebe pacientes com sintomas de Covid-19 de baixa e média complexidade, transferidos dos equipamentos de saúde da capital, como hospitais, pronto socorros, e unidades de pronto atendimento (UPA).

O HMCamp do Pacaembu funciona de portas fechadas, ou seja, suas vagas são controladas pela Secretaria Municipal de Saúde. A operação do local é feita pelo Instituto de Responsabilidade Social do Hospital Israelita Albert Einstein. 




O dia em que Bill Gates, defensor da ciência, previu a pandemia, em 2015

Bolsonaro afirma a pastores que a pandemia 'não é isso tudo que estão pintando'

'Internet Segura' adverte para onda de golpes na quarentena

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Microbiologista critica a negação à ciência e alerta que o Covid-19 mudou o mundo




Comentários