'Brasil caminha para o criacionismo', alerta cientista

“O Brasil caminha a passos largos para ser o segundo país mais criacionista do planeta. O primeiro é os Estados Unidos.” A afirmação é do cientista Walter Neves, paleoantropólogo brasileiro, hoje aposentado da USP, mas ainda na ativa em escavações em busca de fósseis humanos.

O paleoantropólogo Walter Neves explicando o crânio
do Homo heidelbergensis: 250 mil a 500 mil anos atrás 

O cientista acredita que não se deve polemizar com os criacionistas. “Quando se polemiza, a gente legitima a opinião dessas pessoas criacionistas sobre um assunto que de eles não entendem nada”. Segundo ele, essa é posição capitaneada, na comunidade científica mundial,  pelo biólogo evolutivo Richard Dawkins

Mineiro, nascido em em Três Pontas, Neves tem formação como biólogo evolutivo, arqueólogo, antropólogo sócio-cultural e paleoantropologia. É fundador do Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos da Universidade de São Paulo.

Decisão com boa informação

Acho que optar por uma interpretação da vida pelo viés religioso ou pelo viés científico é uma questão e uma decisão de foro íntimo. Até porque somos uma espécie que vive em termos de significado.

Então, quando você perde a pessoa mais querida da sua vida ou se você for diagnosticado com uma doença terminal,você não vai rezar para Darwin. Você não vai lembrar se Seleção Natural, o que vai querer é conforto para a sua alma. E é isso que se busca na religião. Por isso, é de foro íntimo

Agora, tem uma coisa que me preocupa hoje. Eu acho que as pessoas tem que tomar essa decisão bem informadas. E acho que o Estado brasileiro, a academia e as instituições brasileiras não estão fazendo absolutamente nada para colocar à disposição da população o que a gente conhece sobre evolução humana para a população conhecer.

Essa decisão íntima tem de ser informada, e nós não estamos fazendo e esse país caminha a passos largos para ser o segundo país mais criacionista do planeta.

Está na hora de a gente (cientistas) ir ao público em geral e apresentar suas informações sobre evolução, para que as pessoas possam fazer sua escolha bem informadas.

Com Canal da USP 





Explicar origem da vida com a religião é ridículo, diz Dawkins

Veja como a teoria da evolução ajuda a entender a mente humana

Darwin detonou a 'ordem mundial divina' em 1859 com o livro da 'Origem das Espécies'

Saiba por que Darwin cita 17 vezes o alemão que se fixou em Santa Catarina


Humanos saíram da África 500 mil anos antes do que se supõe, concluem brasileiros

DNA de ossos de 90 mil anos revela descendente de duas espécies de hominídeos

Jovens franceses acham dente humano de 560 mil anos

Cinco equívocos que se afirma sobre a teoria da evolução


Comentários

  1. Argumentos da Evolução – pela Seleção Natural :

    - a presença, na fase inicial do feto humano, de vestígios de guelras, cauda e pelugem, o que indica nossa descendência remota de outras espécies; (1)
    - a semelhança entre os embriões – dos mamíferos, aves, répteis e peixes – o que indica uma mesma origem; (1)
    - as diferenças da espécie humana – brancos, negros e amarelos – como resultado de mutações genéticas favoráveis à vida desses tipos humanos em seus ambientes;
    - a existência de órgãos sem função, como o apêndice no homem; asas em aves que não voam; olhos em peixes submarinos que não enxergam, o que exclui a ideia de um Projetista Inteligente. O atrofiamento desses órgãos, por sucessivas alterações genéticas, ocorreu porque se tornaram desnecessários em novo ambiente ou situação; (1)
    - a maior resistência ou imunidade dos povos das regiões tropicais em relação às doenças tropicais;
    - a existência do gene ou DNA – que está presente em todo ser vivo, inclusive nos vírus, que são vida incompleta; (2)
    - a presença de DNA sem função definida, em cada célula, o que desmente um projeto inteligente; (2)
    - a mutação das bactérias e vírus – que se tornam resistentes aos antibióticos e antiviróticos - quando as novas gerações de bactérias e virus sofrem alterações genéticas (propulsoras da evolução);
    - a extinção, por inadaptação, de mais de 90% das espécies que já viveram na Terra, o que exclui mais uma vez a ideia de um Projetista Inteligente; (1)
    - a seleção doméstica de animais – que gerou muitas variedades dentro das espécies – como por exemplo entre os cães, todos vindos de tipos selvagens anteriores;
    - a seleção de plantas – flores, cereais, frutas, etc;
    - as semelhanças e diferenças de animais comuns a ilhas e continentes, em casos em que a ilha era anteriormente ligada ao continente. As semelhanças indicam que os animais têm origem num mesmo lugar; e as diferenças resultam de sua evolução nos dois ambientes - na ilha e no continente.
    - a peculiaridade de animas em ilhas isoladas, como por exemplo na Austrália, Madagascar e outras, cujas espécies são completamente distintas das espécies de outras regiões da Terra.

    Notas - argumentos posteriores a Darwin :
    1. Carta a Uma Nação Cristã, Sam Harris, Companhia das Letras-2007;
    2. DNA: O Segredo da Vida, James Watson – com Andrew Berry – Companhia das Letras-2005.

    Se os seres vivos atuais não tivessem se adaptado a seus ambientes, através de sucessivas mutações, eles teriam sucumbido às diversas modificações ambientais ocorridas ao longo de milhões de anos, conforme ocorreu com a maior parte das espécies.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos de um "Carl Sagan da biologia" para barrar o criacionismo.

    ResponderExcluir
  3. E pensar que vc contribuiu para isso, Paulo, ao apoiar a besta do Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  4. Não contribui, não, Rodolfo Lobato. Antes das eleições, escrevi alguns textos sobre o perigo que a eleição de Bolsonaro representa para o Estado laico.

    ResponderExcluir
  5. A ciência é divulgada para o público, mediante o pagamento de mensalidades nas escolas privadas, mas aceitar que Deus existe, não é aceitar que Deus está certo, por exemplo, Deus está errado por ter mandado o homem trabalhar no mesmo tempo em que foi feita a Terra, mas não ter mandado o homem fazer a própria Terra, assim como está errada a valorização do tempo de serviço em vez do serviço, assim como está errada a comemoração do tempo de aniversário em vez do que foi feito no tempo de aniversário.

    ResponderExcluir
  6. Acredita num deus-fantasia já é começar errado...

    ResponderExcluir
  7. A teoria da evolução está mal definida...Ernst MAYR diz que seleção natural é sucesso reprodutivo, Dawkins diz que é uma espécie de guindaste que leva a vida a complexidade. Querem me fazer crer o seguinte: das bactérias que são uma espécie literalmente IMORTAL, compõe mais biomassa que o resto da vida na terra, dependendo da condição pode fazer uma geração em trinta minutos sendo DE LONGE O MAUS APTO, deu, por sucessivas heranças com.modificacao o surgimento do HOMO SAPIENS, que faz uma geração a cada quinze anos, e com certeza tem MENOR SUCESSO REPRODUTIVO. A pergunta que se faz é : por que a seleção natural não impediu o surgimento do MENIS APTO??? Só para dar o exemplo, a resistência aos antibióticos DIMINUI O SUCESSO REPRODUTIVO DA BACTÉRIA. Isso se repete com HIV, e Plasmodium. O aumento de complexidade DIMINUI O SUCESSO REPRODUTIVO...uma piada essa explicação para a evolução...

    ResponderExcluir
  8. A teoria da evolução está mal definida...Ernst MAYR diz que seleção natural é sucesso reprodutivo, Dawkins diz que é uma espécie de guindaste que leva a vida a complexidade. Querem me fazer crer o seguinte: das bactérias que são uma espécie literalmente IMORTAL, compõe mais biomassa que o resto da vida na terra, dependendo da condição pode fazer uma geração em trinta minutos sendo DE LONGE O MAUS APTO, deu, por sucessivas heranças com.modificacao o surgimento do HOMO SAPIENS, que faz uma geração a cada quinze anos, e com certeza tem MENOR SUCESSO REPRODUTIVO. A pergunta que se faz é : por que a seleção natural não impediu o surgimento do MENIS APTO??? Só para dar o exemplo, a resistência aos antibióticos DIMINUI O SUCESSO REPRODUTIVO DA BACTÉRIA. Isso se repete com HIV, e Plasmodium. O aumento de complexidade DIMINUI O SUCESSO REPRODUTIVO...uma piada essa explicação para a evolução...

    ResponderExcluir
  9. "O aumento de complexidade DIMINUI O SUCESSO REPRODUTIVO...uma piada essa explicação para a evolução..."
    Claro, quanto mais complexo maior o "tempo de fabricação", ainda mais com tamanhos estupidamente maiores. Comparação sem nexo entre bactéria e ser humano.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diario Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.