Gallup apura que mais americanos acreditam na evolução do homem

Maioria da população continua
 criacionista, mas a teoria da
evolução obtém novos adeptos

Pesquisa comprovou que uma parcela significativa da população dos Estados Unidos é criacionista, mas o que chama a atenção é manutenção da tendência de aumento de pessoas que acreditam que o homem evoluiu ao longo de milhões de anos, com ou sem a participação de Deus.

O Gallup apurou que de 1983 a 2019 o número de pessoas que acreditam que a evolução do homem não precisou de um Deus subiu de 9% para 22%. Trata-se da maior percentagem já registrada [gráfico abaixo].

Essa tendência se firmou nos últimos anos, coincidindo com a elevação de americanos sem religião, os nones.

Os americanos com diploma universitário se mostram mais propensos a acreditaram na evolução do homem que no criacionismo.

Desde 1983, as pessoas que acreditam que a evolução do homem ocorreu com ajuda divina variou de 38% para 33%.

Os criacionistas — aqueles que acreditam que Deus criou o homem exatamente do jeito que é hoje há cerca de 10.000 anos — são 40% da população.

No período, esses americanos já tiveram maior representação, de 47%.

A pesquisa foi feita de 3 a 16 de junho de 2019.






Estudo escreve de novo a origem na África do Homem Moderno

Triplica nos Estados Unidos universitários sem religião

Nos EUA, não religiosos superam evangélicos e empatam com católicos

Biólogo americano explica em vídeo por que todos somos peixes


Comentários

24.08.2019
BRASIL DAS DIRETAS-JÁ, PÁTRIA ULTRAJADA. O QUE O POVO VAI FAZER COM A COVARDIA E ALIENAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS? Os corruptos e incompetentes que sequestraram o Estado e a República brasileira a partir das primeiras eleições “democráticas” das Diretas-Já estão destruindo a nação brasileira. Todos os armamentos que o povo brasileiro comprou para as Forças Armadas, tais como fuzis, tanques, metralhadoras, aviões, jatos de guerra, etc., se viraram contra o povo com a finalidade de blindar os corruptos e os incompetentes. O Brasil tornou-se a vergonha, um pária entre as nações. Nem mesmo a falta de comida para os soldados deixam à míngua a covardia e a alienação das altas patentes das 3 Forças. Trilhões de reais roubados dos cofres públicos não foram devolvidos. A Lava-Jato foi uma grande farsa, onde foram colocados promotores e policiais federais jovens para prender enquanto as velhas raposas do Poder Judiciário mais corrupto do mundo tinham um único propósito, ou seja, soltar corruptos e providenciar centenários trânsitos em julgado. Vergonha, covardes! Ultraje, covardes! Afronta, covardes! Injúria, covardes! Desonra, covardes! Insulto, covardes! Ofensa ao povo pagador de impostos, covardes! Covardia contra o povo que paga o uniforme de vocês, covardes do inferno! LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

20.08.2019
POR QUE JEOVÁ, O CRIADOR DO UNIVERSO, É PEDÓFILO E ENTUSIASTA DO INCESTO E DA COMUNIDADE LGBT? Para Jeová, se uma menina menstruar aos 9 ou 10 anos é sinal que ela está pronta para acasalar, procriar, perpetuar a espécie, esta “única finalidade do casamento”. Via de regra os casais produzem uma prole em quantidade 50% homem, 50% mulher porque não prevê que o incesto seja crime, ou seja, a procriação provê diversidade de gênero em uma mesma prole para que seja possível a procriação entre a prole. De vez em quando Jeová “comete erros” de programação genética possibilitando que casais heteros produzam filhos homo, ou seja, quem produz membros da comunidade LGBT são os casais “normais”. Casais LGBTs não produzem filhos homossexuais. Para a maioria das espécies de mamíferos o incesto é algo normal. Os faraós e outras culturas antigas devem ter interpretado o casamento entre parentes ou consanguíneos de acordo com tais observações no reino animal, sendo inclusive muito de seus deuses parte ser humano, parte animal (teozooantropomorfismo). O incesto na cultura egípcia tinha como finalidade a pureza da linhagem nobre. A Bíblia está recheada de incestos, mesmo porque Jeová decidiu estupidamente “construir” do barro um só casal, em vez de vários casais para que o incesto não viesse a ser permitido por Ele e, posteriormente, por Ele proibido. Parece até o Bolsonaro voltando atrás em suas decisões. Essas permissões e proibições bíblicas ou do judaísmo-cristão se parecem muito com o imundo, corrupto e degenerado Congresso Nacional Brasileiro das Diretas-Já, que produz cataratas de leis, ora permitindo-as, ora proibindo-as. Que vergonha Jeová! Que vergonha, governantes das Diretas-Já! Quem cria se torna responsável pela criação e todas as consequências dessa criação! LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.



Se não fosse os cientistas os fanáticos americanos cristão estariam vivendo na Idade das Cavernas.