Mulher registra Boletim de Ocorrência dizendo ter sido estuprada por Neymar

Neymar pagou passagem
e hospedam em Paris de
 mulher que conheceu
 no Instagram


Uma jovem registrou um BO (Boletim de Ocorrência) na 6ª Delegacia de Defesa à Mulher, em São Paulo, relatando que foi estuprada pelo jogador Neymar no dia 15 de maio de 2019, em Paris.

A suposta vítima relatou que conheceu o jogador no Instagram.

Contou que viajou a Paris a convite de Neymar, cujo assessor conhecido por “Gallo” lhe comprou passagem para o dia 12 daquele mês e providenciou a hospedagem no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triomphe.

O embarque foi no dia 14.

Ela disse que o encontro dos dois no hotel de início foi cordial.

Aparentemente, Neymar estava embriagado.

Pelo BO, houve troca de “carícias”, mas Neymar de repente ficou agressivo e, “mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da vítima”.

A jovem disse ter ficado muito abalada e se sentiu insegura para registrar queixa às autoridades francesas e retornou a São Paulo no dia 17 de maio de 2019.

O nome da suposta vítima é omitido no BO, para preservá-la, de acordo com a legislação.

Neymar, o pai, disse à TV Bandeirantes que não houve estupro, mas sexo consentido, e que o filho caiu uma “armadilha”.

“São pessoas que tentaram extorquir [dinheiro do jogador], não houve crime algum, Neymar está sendo chantageado.”

O próprio Neymar gravou um vídeo no Instagram colocando-se como vítima, conforme segue abaixo.
Com informação do Boletim de Ocorrência, da TV Bandeirantes e de outras fontes.



Robinho e Neymar se negam a ver crianças de lar espírita

Tido como evangélico exemplar, Neymar engravida adolescente

Franceses acusam Neymar de fazer proselitismo religioso

Neymar disse que é perseguido por divulgar o nome de Jesus

Neymar cita Bíblia no Twitter para se proteger do diabo



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários

Leandro Bueno disse…
Crime ou mais uma mulher louca por $$$$?