Universidade de Maringá faz convênio com associação de pseudociência

Guru dos Beatles,
 Maharishi agora é
também venerado em
 universidade do Paraná

A UEM (Universidade Estadual de Maringá), no Paraná, assinou um convênio de cooperação com a Associação de Meditação Transcendental, que versa sobre um assunto que não possuiu nenhuma evidência científica.

Trata-se de mais uma “terapia integrativa”, que as universidades deveriam, no mínimo, questionar, e não promover.

A “meditação transcendental” foi inventada por Maharishi Mahesh Yogi (1918-2008) [foto], que é mais conhecido como o “guru dos Beatles”.

A pregação guru se tornou um negócio que movimenta milhões de dólares por ano em todo o mundo.

O início do convênio Maharishi-UEM foi marcado no dia 2 de abril de 2019 por uma palestra do ex-jogador do Barcelona Rubén Sánchez Yepes.

Ele falou em auditório da universidade sobre a aplicação da meditação transcendental nos esportes.

Apresentado como bacharel em “ciência védica de Masharishi” “coach de alto rendimento” e "coaching holístico", Yepes defendeu a promoção do “esporte baseado na consciência”.

Afirmou coisas como “a meditação transcendental é uma técnica de aceleração do máximo rendimento, que mora em cada um de nós, com integração entre físico, mental, emocional e transcendental”.

Yepes tem uma empresa de palestra que se chama Al200%.

Depois de terem se alastrado no SUS, as “terapias integrativas” começam a avançar nas universidades, com a conivência dos professores, como se vê em Maringá.

Da esquerda para direita, o
coaching holístico Rubén Yepes,
professor Celson Conegero,
 Maria Bernadete de Cerna
 (presidente da Associação
Internacional de Meditação),
 Júlio Damasceno (reitor da UEM)
e o instrutor Gustavo Cerna.
Todos a serviço da pseudociência

Com informação da UEM, Maharishi University, Al200% e outras fontes e fotos de divulgação.




Aviso de novo post por e-mail

‘Medicina alternativa’ coloca o SUS contra a ciência, dizem estudiosas

Brasil precisa de saneamento básico e não de pseudoterapias no SUS

Saiba como identificar argumentações de divulgadores de pseudociência

Drauzio Varella afirma nunca ter visto cura com força do pensamento




'Esquerda caviar' considera chique adesão às pseudociências, escreve Graziano


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários