Terapias alternativas avançam sobre o SUS e a comunidade científica não reage


Ilusão da magia
custa menos do
que tomografia 

As pseudoterapias estão aos poucos se expandindo no SUS, sem que a comunidade científica reaja à altura, principalmente a médica.

Agora, o governo anunciou a incorporação ao sistema de mais dez terapias alternativas. Florais, constelação familiar, aromaterapia...

A “cura pelas mãos” já tinha sido anunciada em 2017.

Do ponto de vista do governo, é mais fácil oferecer esses tipos de tratamentos não referenciados pela ciência do que investir na compra e manutenção de equipamentos médicos, como tomografia e mamografia.

É lógico que terapias como 'dança circular' podem ajudar pacientes, como qualquer outra forma de movimentação do corpo. Mas o SUS deveria oferecer a boa e tradicional medicina, antes de ter as tais de alternativas.


O governo fica bem na fotografia com os aprendizes de cura, e há muitos charlatões entre eles, e com quem tem fé nesse tipo de coisa.

O mais lamentável de tudo é que a comunidade científica tem sido omissa, para não dizer conivente, com a politicagem com o uso de recursos que já são insuficientes para o atendimento médico tradicional.

O CFM (Conselho Federal de Medicina) reconhece só duas das dezenas de “terapias complementares no SUS”, mas não age com vigor contra essas práticas no mínimo duvidosas.

O motivo da complacência seria o fato de haver muitos médicos que atuam como homeopatas ou acupunturistas, por exemplo?

Cabe a suspeita.

Terapias incluídas no SUS

1 - Apiterapia: método que utiliza substâncias produzidas pelas abelhas nas colmeias, como apitoxina, geleia real, pólen, própolis, mel e outros

2 - Aromaterapia: uso de concentrados voláteis extraídos de vegetais, os óleos essenciais promovem bem-estar e saúde

3 - Bioenergética: visão diagnóstica aliada à compreensão do sofrimento e adoecimento; adota a psicoterapia corporal e exercícios terapêuticos, ajudando a liberar as tensões do corpo e facilitando a expressão de sentimentos

4 - Constelação familiar: técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família

5 - Cromoterapia: utiliza as cores nos tratamentos das doenças com o objetivo de harmonizar o corpo

6 - Geoterapia: aplicação da argila com água no corpo; pode ser usada em ferimentos, cicatrização, lesões e doenças osteomusuculares

7 - Hipnoterapia: conjunto de técnicas que, pelo relaxamento e concentração, induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado para alterar comportamentos indesejados

8 - Imposição de mãos: imposição das mãos próximo ao corpo da pessoa para transferência de energia para o paciente; promove bem-estar e diminui o estresse e a ansiedade

9 - Ozonioterapia: mistura dos gases oxigênio e ozônio por diversas vias de administração; tem finalidade terapêutica e promove melhoria de diversas doenças, sendo usada na odontologia, neurologia e oncologia

10 -Terapia de Florais: uso de essências florais que modifica certos estados vibratórios; auxilia no equilíbrio e harmonização do indivíduo



Terapias já oferecidas

1 - Ayurveda

3 - Medicina tradicional chinesa

4 - Medicina antroposófica

5 - Plantas medicinais/fitoterapia

6 - Arteterapia

7 - Biodança

8 - Dança circular

9 - Meditação

10 - Musicoterapia

11 - Naturopatia

12 - Osteopatia

13 - Quiropraxia

14 - Reflexoterapia

15 - Reiki

16 - Shantala

17 - Terapia comunitária integrativa

18 - Termalismo social/crenoterapia

19 - Yoga 

Com informação da Agência Brasil e de outras fontes.




Com 3.500 anos, astrologia é a mais antiga pseudociência

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site