Padre Paulo Ricardo diz que vício da masturbação pode causar impotência


O celibatário
demonstra ter
fixação por
masturbação

[opinião]

Pelo que parece, o  padre Paulo Ricardo (foto) se especializou em masturbação, sobre a qual tem falado muito.

Para ele, a masturbação e a pornografia são “a mais nova e popular droga do momento”.

Ele compara essa “nova droga” ao vício da maconha, crack e cocaína.

Conhecido como “Malafaia dos católicos”, Paulo Ricardo publicou em seu site o curso "O Mal da Pornografia e da Masturbação".


Nele, o padre afirma que “o habito da masturbação afeta profundamente a atividade cerebral e o comportamento humano, causando vício e dependência”.

“São visíveis, no dia a dia, as consequências desse vício. Aquelas atividades comuns e prazerosas que fazem parte do cotidiano – como encontrar um amigo, rezar, comer, estar com a família, contemplar uma obra de arte etc. – começam a ficar sem graça.”

Entre outras coisas, o padre descobriu a causa da apatia entre familiares e por que pouca gente vai aos museus. A masturbação.

O “especialista” em sexo (embora celibatário) alerta que os adictos, nesse caso, acostumados a estímulos visuais, podem vir a sofrer de impotência “em um relacionamento sexual de verdade”.

Isso é uso de fake news para atemorizar os "pecadores".

Paulo Ricardo é terrorista.

O curso faz menção a estudos científicos, Deus, como se salvar do vício, etc.

Em resumo, trata-se de um amontoado de besteiras que presta um serviço ao obscurantismo.

Eu acho que determinados padres deveriam extravasar seus desejos sexuais com a masturbação, ou de alguma outra forma, sei lá, em vez de estuprar crianças e adolescentes e abusar de adultos.



Padre Paulo Ricardo diz que masturbação danifica o cérebro

Padre Paulo Ricardo afirma que não crê na existência de ateus



A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários