MPF vai investigar passaporte diplomático de Valdemiro

Valdemiro Santiago
O chefe da Mundial e a sua mulher
obtiveram o privilégio em janeiro
O MPF (Ministério Público Federal) instaurou inquérito civil para investigar as razões que levaram o Itamaraty a conceder em janeiro passaporte diplomático a Valdemiro Santiago (foto), chefe da Igreja Mundial, e a sua mulher, Franciléia de Castro Gomes de Oliveira.

A iniciativa do MPF deve-se a uma representação de Ronald Durão Meziat, cuja argumentação é de que líderes religiosos não representam o país.

O governo, a rigor, só deveria conceder o documento especial a autoridades que representam o Brasil no Exterior. Apesar disso, o passaporte é expedido tradicionalmente a bispos católicos, e o privilégio foi estendido a líderes evangélicos, mas só a alguns deles, como Edir Macedo, da Universal, e R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graças, além de Valdemiro. Todos têm aviões com autonomia de voo internacional.

Meziat argumentou, em sua representação, que Valdemiro, além de não representar o Brasil, responde a processos judiciais. Esse também é o caso de Macedo, que recentemente fixou residência em Portugal, depois de morar anos nos Estados Unidos, onde a Universal é investigada em processos de lavagem de dinheiro.

Portadores de passaporte diplomático (que é expedido gratuitamente) têm tratamento diferenciado em aeroportos, livrando-se das longas filas da verificado de documentos. Eles também enfrentam menos burocracia para obter o visto de alguns países.






Com informação do Bol.

Mãe Stella deveria ter passaporte especial, diz Wyllys
novembro de 2011

Comentários

  1. Respostas
    1. Pra emitir GRATUITAMENTE esse passaporte PRIVILEGIANDO os religiosos, foi num estalar de dedos...

      Agora vai ser uma longa novela pra cancelar os passaportes.
      Igualzinha a questão da frase religiosa nas cédulas de dinheiro!

      Isso me parece algum tipo de mancomunação entre governantes e religiosos, pra distrair e ganhar tempo com a população secularista que se preocupa com questões de violação da laicidade do estado.

      Resumindo: Parece que esses pormenores são os "bois de piranha" dos teocratas.

      Enquanto isso, a nossa vida vai passando... e eles vão se aproveitando às nossas custas. Deixarmos para agir amanhã será tarde demais, pode apostar!

      Excluir
  2. E todo aquele festival de cantoria com o dinheiro público tb hein.

    ResponderExcluir
  3. Glórifica de pé igreja.. Kakaka mais um demônio que vai queimar no inferno.

    ResponderExcluir
  4. Na mesma hora lembrei da Aleluia de Handel:

    https://www.youtube.com/watch?v=usfiAsWR4qU

    ResponderExcluir
  5. já viu aqueles pastores estrangeiro que vem no brasil ?
    Então o que esses pastores vão fazer lá fora é o mesmo que eles vem fazer aqui..
    Eles não tem que ter passaporte para isto. Direto vem pastores americanos aqui e não vem fazer nada pelo povo americano, eles vem atrás de seus interesses..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paguei mais de 200 dilmas no meu simples passaporte, mas os tele-pastores ganham passaporte diplomático GRÁTIS!

      Ser trabalhador honesto e justo não compensa, não no Brasil.

      Excluir
  6. Já é alguma coisa. Mas quando é que o MPF vai investigar o próprio Valdemiro e colocá-lo na cadeia, junto com Malacraia & cia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma, o Valdemiro e Cia ainda vai ter bastante utilidade por muito tempo no sentido de atrair a atenção dos defensores do estado laico. Esses caras são apenas os testa de ferro públicos, enquanto que o esquema da máfia religiosa trabalha silenciosamente nos bastidores!

      Excluir
  7. Quero ver é punir quem favoreceu.
    Falta ver isso na Justiça brasileira.

    ResponderExcluir
  8. acho que num vai dar em nada. Como sempre.

    ResponderExcluir
  9. Pena que não vai dar em nada. Chegando no STF, aquela escumulha solta tudo. Certeza que os crentelhos vão falar de "perseguição religiosa".

    ResponderExcluir
  10. muita gente da duro por este país médicos professores trabalhadores autônomos etc que nunca vão ter a fortuna que esses cara tem , aí aparece esses pastores todos milionários sem fazer nada só vivem alienando o povo e ainda ganha passaporte diplomático.. Se não mudar teremos que fazer justiça com as próprias mãos, isto revolta demais as pessoas, deveriam de pagar impostos de tudo. Veja o malafaia mesmo, fatura milhões é só declara como sendo dele 4,5 milhões .. E esses cara é tão sem vergonha que quando estão doentes procura os médico.. Agora eu digo não queiram ser professores nem médicos vão ser pastores e só repetir a bíblia e vai ter um monte de imbecil pra te dar dinheiro e te idolatrar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site