Igreja Católica da Alemanha vai fechar 75 paróquias em 7 anos

Igrejas estão ficando vazias, e
 falta dinheiro para sustentá-las
A Igreja Católica da Alemanha vai fechar 75 paróquias ao noroeste do país, reduzindo-as a 30, por falta de fiéis e, consequentemente, de dinheiro para mantê-las. A informação, agora divulgada pela imprensa, foi comunicada em dezembro de 2012 aos fiéis pelo arcebispo Rainer Maria Woelki, da Arquidiocese de Berlim.

Woelki afirmou que a extinção das paróquias é necessária para que a arquidiocese consiga uma “estrutura sustentável” diante da “redução da população”.

Ele acrescentou que não se trata apenas de uma “reforma administrativa, mas também espiritual”.

A média de fiéis por paróquia atualmente é de 3.810. Com a nova estrutura, a média subirá para 13.300, na estimativa da arquidiocese.

Na Alemanha, existe o imposto eclesiástico, que é cobrado automaticamente uma vez por ano dos fiéis.

Nos últimos anos, tem sido significativo o número de alemães que comunicam ao órgão governamental responsável pela arrecadação que deixaram de ser católicos. Tanto que em 2012 a Conferência Episcopal da Alemanha baixou decreto determinando que quem deixou de pagar o imposto não poderá se casar na Igreja e batizar filhos. A Igreja só não negará a dar a extrema-unção.

O declínio da Igreja alemã se deve ao avanço na Europa da secularização, que, na Alemanha, foi impulsionada nos últimos dois anos pelos casos de pedofilia cometidos por padres e acobertados pela hierarquia católica.

Para a Igreja, contudo, o que há no país é uma “catolicofobia”, o que, de acordo com cardeal de Joachim Meisner, de Colônia, tem se refletido no noticiário.

O mais recente caso de repercussão na Alemanha envolvendo a Igreja foi o dos dois hospitais católicos que se recusaram a socorrer uma mulher estuprada, para não ter de receitar a pílula do dia seguinte.





Com informação do Vatican Today, entre outras fontes.

Por falta de fiéis, acelera-se na França venda de igrejas católicas
fevereiro de 2013

Igreja sofre perseguição igual à contra judeus, diz arcebispo
fevereiro de 2013


Comentários

Filho de Odin disse…
No Lugar de Igrejas católicas, serão abertos templos pagãos.GLÓRIA AOS DEUSES!

VIVA O NEOPAGANISMO!
Warner disse…
Este fato deve ter contribuido na decisão da renuncia.
Anônimo disse…
Aqui no Brasil, vai demorar um pouquinho ainda a começar fechar as Igrejas, é que o povo daqui é a costumado com sacanagens, da para ver só pela política do Pais.
Anônimo disse…
Deviam começar vendendo as igrejas históricas, já que se dependesse da igreja católica, elas já teriam caído há muito tempo!! E´o governo que mantem aqueles templos de pé!! Ou então, que estatizem aqueles terrenos e os transformem em museu!! Chega de previlégios!!!
Allan Santana disse…
Papa alemão decadente, igreja alemã decadente. Simples!
Anônimo disse…
aqui se um dia começar a fechar o governo banca tudo com dinheiro público. Aqui na minha cidade quase exoneraram o prefeito porque ele não queria gastar dinheiro público com restauração de obras artísticas da igreja.
satanás disse…
isso significa: mais bibliotecas, cafeterias, pistas de skate indoor, museus, etc. sria tão bom se o brasil seguisse o exemplo.
Anônimo disse…
Se no Brasil houvesse uma escola, mesmo que pequena, ou uma creche, em cada igreja e templo evangélico, faltaria professor. Mesmo assim seria um excelente começo.
Miriam, católica de valores disse…
fico muito triste quando vejo o povo abandonando a fé desse jeito

é por isso que o mundo ta como ta
Almir Ferreira disse…
"O declínio da Igreja alemã se deve ao avanço na Europa da secularização". Mas para eu ter plena convicção que este também é o caso alemão, eu gostaria de ver dados sobre a igreja protestante, pra saber se ela também está em queda. Porque os católicos alemães são franca minoria naquele país, e o predomínio da igreja protestante é imenso. Se a Igreja católica diminui e a protestante aumenta, como é o caso no Brasil, então trocamos 6 por meia dúzia.


Paulo Lopes disse…
Procure se informar melhor, Almir. Porque os católicos alemães são tantos quantos os protestantes. Pelo menos eram, de acordo com o último censo.
O-Sábio disse…
Glória à Dawkins! Ainda há uma esperança!
LucasChaves disse…
Salve o Santo Pontífice Dawkins, o único e verdadeiro vigário de Deus, mas pera ai...ele é Ateu! FAILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
Filho de Odin disse…
Não se esqueça de novos templos pagãos no lugares das igrejas dos Cristãos, pois muitas igrejas europeias foram construidas em cima de antigos templos domilidos pelos medievais católicos.
Anônimo disse…
É, tipo quando a fé tava em alta e rolavam altos massacres promovidos pela Icar?, tipo Cruzadas e Inquisição, entre outras.

(ironia On) É, o mundo na época que a Icar tinha poder era mais pacifico (Ironia off).
Anônimo disse…
Gloria a Odin e aos Aesir.
Anônimo disse…
"aqui se um dia começar a fechar o governo banca tudo com dinheiro público." [2]
Anônimo disse…
Assino em baixo! Sem privilégios!
Anônimo disse…
Bibliotecas e/ou cafeterias é uma excelente idéia! Ponto para os holandeses!!!
Anônimo disse…
Sim, é por isso que o mundo tá evoluindo e se afastando do obscurantismo!

Chora mais, crentalhona!
Anônimo disse…
Obrigado pela informação!
Se não for pedir demais, poderia postar um link com estes dados? Não estou duvidando de sua palavra, mas seria bom ter uma fonte pra calar a boca de certos falaciosos!

Novamente, agradeço!
Anônimo disse…
é por isso que o mundo ta como ta

O que ocasionam coisas ruins no mundo são mentalidades iguais a sua!
Anônimo disse…
O que acontece na Alemanha é a PROVA de que a religião NÃO RESISTE ao ENSINO de QUALIDADE. Dê educação de qualidade ao povo e será o fim das religiões, não só da católica.
Anônimo disse…
Se acontecesse isso no nosso país, nos tornaríamos os mais cultos (cultos de cultura, fise-se bem...) do mundo. Afinal, igreja, por aqui, concorre com boteco: tem uma dúzia em cada bairro (enquanto que bibliotecas...).

Ruggero